Infinity Ward explica resolução mais baixa de Call of Duty: Ghosts no Xbox One

Semana passada, a Infinity Ward havia anunciado que Call of Duty: Ghosts rodarÁ com resolução nativa de 1080p no PlayStation 4, enquanto no Xbox One, ele rodarÁ nativamente em 720p. Em entrevista ao Eurogamer, o produtor executivo da Infinity Ward, Mark Rubin, disse que a resolução menor do console da Microsoft se deve a um problema de alocação de recursos.


"Para ser sincero, a coisa mais difícil para gerenciar [nos novos consoles] não é a arquitetura. São os sistemas operacionais", revela Rubin. Ele diz que hÁ recursos do sistema do Xbox One que interagem com o jogo, como o chat por voz, por exemplo. "Um dos maiores desafios de nossos engenheiros é lidar com o gerenciamento de memória, ou dos threads", fala o produtor executivo.

Segundo Mark Rubin, isso acaba se tornando um desafio para a engine do game. "Isso acontece se eles [a Microsoft] aumentam a quantidade de MB [de memória RAM] que eles precisam para seus recursos, ou caso eles decidam que todos seus processos estejam no mesmo thread", explica.


Por isso, Rubin diz que os recursos do sistema operacional do Xbox One, em geral, acabaram impedindo que o game rodasse em resolução 1080p nativa. Mas ele defende que isso não é uma prova final de que o PS4 é mais poderoso que o Xbox One.

"É uma questão muito mais complexa. Não depende apenas do harware físico, mas também da quantidade de recursos que cada sistema aloca para os desenvolvedores", fala Rubin. Mas ele afirma que ainda estamos apenas no começo da geração, e que ainda faltam anos para que se atinja o mÁximo que se pode fazer em cada plataforma. Via CVG.

Assuntos
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor lançamento de setembro de 2019?