.: Tópico Oficial dos Românticos :. #2

Fox.renan

Member
Registrado
Caras, eu to meio perdido, contar mais ou menos o que aconteceu:

Eu namoro a mais e 1 ano, nosso relacionamento é bom, como somos mais caseiros, acabamos ficando mais na casa de cada um, reveza bem isso, mas costumamos sair vira e mexe, pra shopping e outros lugares.

Como todo relacionamento, não somos perfeitos, temos nossas desavenças, mais em mais de 1 ano, tivemos apenas uma briga, o restante foram discussões.

Acontece que ela tem um gênio forte, meio que tem saber o que falar por as vezes causar confusão, temos alguns desentendimentos com isso, eu também sou um pouco difícil pra lidar, tenho um pensamento mais certo do que improviso, exemplo, prefiro juntar e casar com uma casa certinha do que casar e ir aos trancos e barrancos erguendo a casa.

Fora isso, tem algumas questões como casamento, que nossos familiares, por vir de costumes diferentes, meio que fazem uma “pressão” pra casar, já conversamos sobre isso e vamos fazer no nosso tempo, mas a pressão psicológica me irrita um pouco.

De umas semanas pra cá, andamos discutindo mais do que o normal, tendo mais picuinhas do que o normal, chegando ao ponto dessa semana ela me pedir um espaço, um tempo pra pensar porque ela estar confusa do que sente por mim.

Tentei entender melhor o que é essa confusão, o que causou isso, mais é difícil, ela não me deixa muito claro o que é e então tá nisso, estamos a dias sem se falar muito, mandamos mensagens mas poucas vezes no dia.

Eu gosto muito dela, amo mesmo, me abalou um pouco essa situação mas não deixei de gostar nem um pouco dela, estou com medo que não seja recíproco, que não tenha valor o que passamos e criamos juntos, pode ser pouco tempo, mas ela é a pessoa que mais me fez criar afeição e me importar com alguém.

Literalmente não sei o que fazer.
 

adaounder

Gemini no Saint
Registrado
Caras, eu to meio perdido, contar mais ou menos o que aconteceu:

Eu namoro a mais e 1 ano, nosso relacionamento é bom, como somos mais caseiros, acabamos ficando mais na casa de cada um, reveza bem isso, mas costumamos sair vira e mexe, pra shopping e outros lugares.

Como todo relacionamento, não somos perfeitos, temos nossas desavenças, mais em mais de 1 ano, tivemos apenas uma briga, o restante foram discussões.

Acontece que ela tem um gênio forte, meio que tem saber o que falar por as vezes causar confusão, temos alguns desentendimentos com isso, eu também sou um pouco difícil pra lidar, tenho um pensamento mais certo do que improviso, exemplo, prefiro juntar e casar com uma casa certinha do que casar e ir aos trancos e barrancos erguendo a casa.

Fora isso, tem algumas questões como casamento, que nossos familiares, por vir de costumes diferentes, meio que fazem uma “pressão” pra casar, já conversamos sobre isso e vamos fazer no nosso tempo, mas a pressão psicológica me irrita um pouco.

De umas semanas pra cá, andamos discutindo mais do que o normal, tendo mais picuinhas do que o normal, chegando ao ponto dessa semana ela me pedir um espaço, um tempo pra pensar porque ela estar confusa do que sente por mim.

Tentei entender melhor o que é essa confusão, o que causou isso, mais é difícil, ela não me deixa muito claro o que é e então tá nisso, estamos a dias sem se falar muito, mandamos mensagens mas poucas vezes no dia.

Eu gosto muito dela, amo mesmo, me abalou um pouco essa situação mas não deixei de gostar nem um pouco dela, estou com medo que não seja recíproco, que não tenha valor o que passamos e criamos juntos, pode ser pouco tempo, mas ela é a pessoa que mais me fez criar afeição e me importar com alguém.

Literalmente não sei o que fazer.
Mano, por experiencia própria, não insista em quem não tem certeza sobre vc.
Sei que o sentimento atrapalha o julgamento, mas o fato dela ter duvidas já é a resposta que vc precisa e vc sabe o que fazer. "Se tu tem duvidas então eu que não quero" pronto
 

ProgramadorLoko

Member
Registrado
Caras, eu to meio perdido, contar mais ou menos o que aconteceu:

Eu namoro a mais e 1 ano, nosso relacionamento é bom, como somos mais caseiros, acabamos ficando mais na casa de cada um, reveza bem isso, mas costumamos sair vira e mexe, pra shopping e outros lugares.

Como todo relacionamento, não somos perfeitos, temos nossas desavenças, mais em mais de 1 ano, tivemos apenas uma briga, o restante foram discussões.
Penso exatamente o mesmo que nosso colega @adaounder .. isso pode ser uma má fase apenas e mts ja passaram por isso.. porééééém
pode ser que ela pense melhor e as coisas fiquem bem novamente e vcs aprendam e sentam pra conversar.. eu sempre tentei buscar o diálogo e sempre
vou tentar porém se a pessoa não quiser se afaste..

Mas eu acho que se é pra ter um tempo é pra ter um tempo, melhor nem mandar msg pra ela cara, deixa ela sentir saudades de voce.. eu sei q é dificil
ja passei por isso umas 3x o que voce está passando e a tendencia é piorar..

Mas te digo uma coisa, se começar mt com esse negocio de Confusão e não sabe do sentimento e ficar enrolando mt tempo, terminar é a saida..
pq a mina quer terminar mas ela n tem coragem e quer jogar a bucha pro seu lado.. ou quer simplesmente dar uma desculpa conhecida desse
negocio de estar confusa sobre o sentimento e etc..

Quem Ama quer ta perto, quer estar junto, se ela não quer após esfriar a cabeça é pq não existe amor..
Abs.
 

Pedro Mullen

New Member
Registrado
Galera, boa noite.

Já aconteceu com vocês aparecer alguém tão bom na sua frente, que você acha bom demais pra ser verdade?
Então, deixa eu contar um pouco da minha história.
Eu já relatei aqui, a uns dois anos atrás.

Eu tenho 26 anos, conheci minha ex namorada aos 15, namoramos e casamos, e ficamos juntos por 9 anos e 6 meses.
Ela me traiu, tomou a minha empresa, manchou meu nome, espalhou boatos sobre mim, apenas para poder ficar com o então amante dela.
Até então, eu fazia, vivia e respirava, tentando torná-lá a mulher mais feliz do mundo, era romântico, carinhoso mas mesmo assim, tomei um galho. (Durante 4 anos).
Fui chamado de vagabundo pra baixo por todos os amigos em comum, pelos boatos que ela inventou, fora que ela ainda, por ter manchado o nome da minha empresa, que faliu devido a isso, me deixou num prejuizo de 70k.

Ok, jurei a mim mesmo que não ia deixar isso acontecer, cortei o envolvimento com mulheres (sim, sou hétero), por trauma. E assim foi, durante 1 ano e 6 meses. Daí Setembro, viajei pra gringa pra relaxar e peguei umas 10, só na viagem hahaha.
Até então, parei de acreditar em amor, tentei cortar todo meu lado romântico, e parei de acreditar nas mulheres. Me tornei um MGTOW de carteirinha, RedPill Rage. Mas a verdade que nem sempre consegui controlar essa Pill. Posso ainda ter resquicios de MGTOW, mas meu desejo, sempre foi e talvez sempre será casar e ter filhos.

Hoje, sou Autônomo, ganho entre 4.5 e 5k, um salário razoável a fins de Brasil, mas ralando como um escravo.
Eu tranquei a minha faculdade que eu fazia na época para me dedicar mais a minha empresa (fazia numa federal), portanto, não tenho ensino superior.
Tenho carro, um Gol Highline 2016, nada demais, moro com meus pais, porte de gordo, Ok.

Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.

Eu contei pra ela sobre a minha ex, o que eu passei com ela, e ela foi super complacente. Contei sobre minha formação, que eu com 26 anos, fui fazer o Enem domingo, pra disputar com um bando de garotos. Mas não tive coragem pra dizer que sou autônomo.
Fico pensando se caso namorássemos, o que ela iria dizer ao me apresentar aos amigos poderosos dela, sabe? Não quero envergonhar, essa é a verdade.
Como diria a minha ex: "Ela poderia arranjar algo melhor..."

Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
 

yurieu

Active Member
Registrado
Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.


Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
Eu sou médico e tenho que dizer que não vejo nenhuma diferença em relação à profissão ou classe social. No máximo os pais dela que vão achar que você deveria ser um cirurgião cardíaco que de manhã transplanta coração, de tarde salva refugiados da síria e de noite constroi casas para os desalentados. Essa geração antiga.

Trabalhe muito, cuide do seu corpo e da sua saúde, seja um exemplo, e nem que ela seja ministra do STF ela vai te admirar.
 

Gamerock

Economicamente estável
Registrado
Galera, boa noite.

Já aconteceu com vocês aparecer alguém tão bom na sua frente, que você acha bom demais pra ser verdade?
Então, deixa eu contar um pouco da minha história.
Eu já relatei aqui, a uns dois anos atrás.

Eu tenho 26 anos, conheci minha ex namorada aos 15, namoramos e casamos, e ficamos juntos por 9 anos e 6 meses.
Ela me traiu, tomou a minha empresa, manchou meu nome, espalhou boatos sobre mim, apenas para poder ficar com o então amante dela.
Até então, eu fazia, vivia e respirava, tentando torná-lá a mulher mais feliz do mundo, era romântico, carinhoso mas mesmo assim, tomei um galho. (Durante 4 anos).
Fui chamado de vagabundo pra baixo por todos os amigos em comum, pelos boatos que ela inventou, fora que ela ainda, por ter manchado o nome da minha empresa, que faliu devido a isso, me deixou num prejuizo de 70k.

Ok, jurei a mim mesmo que não ia deixar isso acontecer, cortei o envolvimento com mulheres (sim, sou hétero), por trauma. E assim foi, durante 1 ano e 6 meses. Daí Setembro, viajei pra gringa pra relaxar e peguei umas 10, só na viagem hahaha.
Até então, parei de acreditar em amor, tentei cortar todo meu lado romântico, e parei de acreditar nas mulheres. Me tornei um MGTOW de carteirinha, RedPill Rage. Mas a verdade que nem sempre consegui controlar essa Pill. Posso ainda ter resquicios de MGTOW, mas meu desejo, sempre foi e talvez sempre será casar e ter filhos.

Hoje, sou Autônomo, ganho entre 4.5 e 5k, um salário razoável a fins de Brasil, mas ralando como um escravo.
Eu tranquei a minha faculdade que eu fazia na época para me dedicar mais a minha empresa (fazia numa federal), portanto, não tenho ensino superior.
Tenho carro, um Gol Highline 2016, nada demais, moro com meus pais, porte de gordo, Ok.

Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.

Eu contei pra ela sobre a minha ex, o que eu passei com ela, e ela foi super complacente. Contei sobre minha formação, que eu com 26 anos, fui fazer o Enem domingo, pra disputar com um bando de garotos. Mas não tive coragem pra dizer que sou autônomo.
Fico pensando se caso namorássemos, o que ela iria dizer ao me apresentar aos amigos poderosos dela, sabe? Não quero envergonhar, essa é a verdade.
Como diria a minha ex: "Ela poderia arranjar algo melhor..."

Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
Na época de faculdade namorei uma mulher onde o pai dela era médico, a família deles realmente tinha muito dinheiro e a minha família era classe média, sei como você se sente com esta questão dos amigos dela e tudo mais, no começo eu ficava super sem jeito só de ir jantar com a família dela, com o tempo acabei percebendo que eles eram bem mais "normais" do que eu imaginava.
 

adaounder

Gemini no Saint
Registrado
Galera, boa noite.

Já aconteceu com vocês aparecer alguém tão bom na sua frente, que você acha bom demais pra ser verdade?
Então, deixa eu contar um pouco da minha história.
Eu já relatei aqui, a uns dois anos atrás.

Eu tenho 26 anos, conheci minha ex namorada aos 15, namoramos e casamos, e ficamos juntos por 9 anos e 6 meses.
Ela me traiu, tomou a minha empresa, manchou meu nome, espalhou boatos sobre mim, apenas para poder ficar com o então amante dela.
Até então, eu fazia, vivia e respirava, tentando torná-lá a mulher mais feliz do mundo, era romântico, carinhoso mas mesmo assim, tomei um galho. (Durante 4 anos).
Fui chamado de vagabundo pra baixo por todos os amigos em comum, pelos boatos que ela inventou, fora que ela ainda, por ter manchado o nome da minha empresa, que faliu devido a isso, me deixou num prejuizo de 70k.

Ok, jurei a mim mesmo que não ia deixar isso acontecer, cortei o envolvimento com mulheres (sim, sou hétero), por trauma. E assim foi, durante 1 ano e 6 meses. Daí Setembro, viajei pra gringa pra relaxar e peguei umas 10, só na viagem hahaha.
Até então, parei de acreditar em amor, tentei cortar todo meu lado romântico, e parei de acreditar nas mulheres. Me tornei um MGTOW de carteirinha, RedPill Rage. Mas a verdade que nem sempre consegui controlar essa Pill. Posso ainda ter resquicios de MGTOW, mas meu desejo, sempre foi e talvez sempre será casar e ter filhos.

Hoje, sou Autônomo, ganho entre 4.5 e 5k, um salário razoável a fins de Brasil, mas ralando como um escravo.
Eu tranquei a minha faculdade que eu fazia na época para me dedicar mais a minha empresa (fazia numa federal), portanto, não tenho ensino superior.
Tenho carro, um Gol Highline 2016, nada demais, moro com meus pais, porte de gordo, Ok.

Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.

Eu contei pra ela sobre a minha ex, o que eu passei com ela, e ela foi super complacente. Contei sobre minha formação, que eu com 26 anos, fui fazer o Enem domingo, pra disputar com um bando de garotos. Mas não tive coragem pra dizer que sou autônomo.
Fico pensando se caso namorássemos, o que ela iria dizer ao me apresentar aos amigos poderosos dela, sabe? Não quero envergonhar, essa é a verdade.
Como diria a minha ex: "Ela poderia arranjar algo melhor..."

Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
Vc ta ligado que esse mina for isso tudo mesmo e se ela for uma pessoa de caráter, ela ta pouco se fudendo pro tanto que vc ganha ou pra sua graduação. Ela vai se importar mesmo é com o que vc É e não o que vc tem.
Eu me lembro da historia da sua historia, e mantenho o que o disse na época... Pau no cu dessa sua ex! Gente da pior espécie possível. Alguém com uma indole dessa não é digna de ser levada em consideração, mas é isso que vc ta fazendo. Vc ta acreditando no que aquela ordinária te falou
Todas essas limitações vem do seu trauma com ela, e se vc não tomar cuidado vai acabar refletindo isso na relação com a 10/10 e se autossabotando.
Essa nova pessoa não precisa do seu dinheiro ou do seu diploma mas precisa da sua auto confiança e disposição pra crescer com ela pra terem um relacionamento sadio
 

Diєgø

Ubi dubium ibi libertas
Registrado
Galera, boa noite.

Já aconteceu com vocês aparecer alguém tão bom na sua frente, que você acha bom demais pra ser verdade?
Então, deixa eu contar um pouco da minha história.
Eu já relatei aqui, a uns dois anos atrás.

Eu tenho 26 anos, conheci minha ex namorada aos 15, namoramos e casamos, e ficamos juntos por 9 anos e 6 meses.
Ela me traiu, tomou a minha empresa, manchou meu nome, espalhou boatos sobre mim, apenas para poder ficar com o então amante dela.
Até então, eu fazia, vivia e respirava, tentando torná-lá a mulher mais feliz do mundo, era romântico, carinhoso mas mesmo assim, tomei um galho. (Durante 4 anos).
Fui chamado de vagabundo pra baixo por todos os amigos em comum, pelos boatos que ela inventou, fora que ela ainda, por ter manchado o nome da minha empresa, que faliu devido a isso, me deixou num prejuizo de 70k.

Ok, jurei a mim mesmo que não ia deixar isso acontecer, cortei o envolvimento com mulheres (sim, sou hétero), por trauma. E assim foi, durante 1 ano e 6 meses. Daí Setembro, viajei pra gringa pra relaxar e peguei umas 10, só na viagem hahaha.
Até então, parei de acreditar em amor, tentei cortar todo meu lado romântico, e parei de acreditar nas mulheres. Me tornei um MGTOW de carteirinha, RedPill Rage. Mas a verdade que nem sempre consegui controlar essa Pill. Posso ainda ter resquicios de MGTOW, mas meu desejo, sempre foi e talvez sempre será casar e ter filhos.

Hoje, sou Autônomo, ganho entre 4.5 e 5k, um salário razoável a fins de Brasil, mas ralando como um escravo.
Eu tranquei a minha faculdade que eu fazia na época para me dedicar mais a minha empresa (fazia numa federal), portanto, não tenho ensino superior.
Tenho carro, um Gol Highline 2016, nada demais, moro com meus pais, porte de gordo, Ok.

Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.

Eu contei pra ela sobre a minha ex, o que eu passei com ela, e ela foi super complacente. Contei sobre minha formação, que eu com 26 anos, fui fazer o Enem domingo, pra disputar com um bando de garotos. Mas não tive coragem pra dizer que sou autônomo.
Fico pensando se caso namorássemos, o que ela iria dizer ao me apresentar aos amigos poderosos dela, sabe? Não quero envergonhar, essa é a verdade.
Como diria a minha ex: "Ela poderia arranjar algo melhor..."

Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
Eu sei como tu não deve agir: demonstrando essa insegurança toda e colocando ela em um pedestal divino por ganhar mais dinheiro que tu. Homem inseguro deve ser o melhor método anticoncepcional existente. Mulher gosta de homem confiante.

O negócio é tu ser um cara legal, com uma conversa bacana, de bem com a vida, bem humorado etc. Dinheiro e status não fazem ninguém melhor do que ninguém. Todo mundo caga e todo mundo acaba da mesma forma. Se a diferença de salário ou padrão de vida for um deal breaker pra ela, então ela não servia pra tá contigo em primeiro lugar. Gente que se acha melhor do que os outros por causa de dinheiro não presta pra ser parceiro de vida.
 

ROSTICHELLI

o/
Registrado
Galera, boa noite.

Já aconteceu com vocês aparecer alguém tão bom na sua frente, que você acha bom demais pra ser verdade?
Então, deixa eu contar um pouco da minha história.
Eu já relatei aqui, a uns dois anos atrás.

Eu tenho 26 anos, conheci minha ex namorada aos 15, namoramos e casamos, e ficamos juntos por 9 anos e 6 meses.
Ela me traiu, tomou a minha empresa, manchou meu nome, espalhou boatos sobre mim, apenas para poder ficar com o então amante dela.
Até então, eu fazia, vivia e respirava, tentando torná-lá a mulher mais feliz do mundo, era romântico, carinhoso mas mesmo assim, tomei um galho. (Durante 4 anos).
Fui chamado de vagabundo pra baixo por todos os amigos em comum, pelos boatos que ela inventou, fora que ela ainda, por ter manchado o nome da minha empresa, que faliu devido a isso, me deixou num prejuizo de 70k.

Ok, jurei a mim mesmo que não ia deixar isso acontecer, cortei o envolvimento com mulheres (sim, sou hétero), por trauma. E assim foi, durante 1 ano e 6 meses. Daí Setembro, viajei pra gringa pra relaxar e peguei umas 10, só na viagem hahaha.
Até então, parei de acreditar em amor, tentei cortar todo meu lado romântico, e parei de acreditar nas mulheres. Me tornei um MGTOW de carteirinha, RedPill Rage. Mas a verdade que nem sempre consegui controlar essa Pill. Posso ainda ter resquicios de MGTOW, mas meu desejo, sempre foi e talvez sempre será casar e ter filhos.

Hoje, sou Autônomo, ganho entre 4.5 e 5k, um salário razoável a fins de Brasil, mas ralando como um escravo.
Eu tranquei a minha faculdade que eu fazia na época para me dedicar mais a minha empresa (fazia numa federal), portanto, não tenho ensino superior.
Tenho carro, um Gol Highline 2016, nada demais, moro com meus pais, porte de gordo, Ok.

Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.

Eu contei pra ela sobre a minha ex, o que eu passei com ela, e ela foi super complacente. Contei sobre minha formação, que eu com 26 anos, fui fazer o Enem domingo, pra disputar com um bando de garotos. Mas não tive coragem pra dizer que sou autônomo.
Fico pensando se caso namorássemos, o que ela iria dizer ao me apresentar aos amigos poderosos dela, sabe? Não quero envergonhar, essa é a verdade.
Como diria a minha ex: "Ela poderia arranjar algo melhor..."

Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
Eu sei como tu não deve agir: demonstrando essa insegurança toda e colocando ela em um pedestal divino por ganhar mais dinheiro que tu. Homem inseguro deve ser o melhor método anticoncepcional existente. Mulher gosta de homem confiante.

O negócio é tu ser um cara legal, com uma conversa bacana, de bem com a vida, bem humorado etc. Dinheiro e status não fazem ninguém melhor do que ninguém. Todo mundo caga e todo mundo acaba da mesma forma. Se a diferença de salário ou padrão de vida for um deal breaker pra ela, então ela não servia pra tá contigo em primeiro lugar. Gente que se acha melhor do que os outros por causa de dinheiro não presta pra ser parceiro de vida.
Penso exatamente a mesma coisa.
Ler o que você escreveu dá uma sensação de 'lamento'. Se a faculdade é algo que te incomoda e faz falta, corra atrás. Porém, hoje em dia não sei mais se é tão vantajoso assim ter ensino superior. A maioria das pessoas que conheci que são realmente ricas, têm até o ensino médio e desenvolveram uma habilidade de empreendedorismo/geração de dinheiro invejável. Leia o livro 'pai rico, pai pobre'. Eu mesmo sou um engenheiro que faço mestrado na Itália, mas que tive que vir pra cá por falta de opção, uma vez que existem poucas vagas no mercado e eu estou longe de ser a prioridade.
Além disso, melhore sua autoestima. Você transmitir essa insegurança pra ela não vai te ajudar em nada (contar sobre o que a ex fez com você, também não). Sua ex é uma desgraça e em algum momento vai pagar pelo que fez, mas você precisa seguir em frente.
Demonstre segurança e vá em frente. Pelo que você relatou, você não tem nada a perder.
 
Última edição:

ProgramadorLoko

Member
Registrado
Galera, boa noite.
Amigo não é pq voce tomou chifre da ex e se ferrou que voce vai tomar chifre da médica, pare de colocar traumas do passado em pessoas no presente, são pessoas diferentes..
Eu sei bem o que é isso as vezes eu também fico um pouco acoado, diante da minha própria familia e da minha namorada e da familia dela também.. minha namorada ja viajou pra uns 20 lugares diferentes, é super inteligente, conhece muito de história, fala umas 3 linguas..tem uma parte da familia que é muito bem de vida e é viagem internacional e o papo é sobre isso, eu escuto e acho interessante. porém tenho grande dificuldade em bater papo pois sou péssimo em historia e nunca fui pra lugar nenhum pra fora..

Eu: o lugar mais longe que fui foi Fortaleza kkkkkk, não falo nem o PT-br direito, estudei em grandes instituições de ensino em SP mas to longe de ser "inteligente".

As vezes me "distancio" da propria familia, meus pais, meus tios e etc, pois a conversa no jantar é a super viagem internacional, minha namorada se enturma rapido pq conhece um bilhão de lugares e eu fico a ver navios, fico sem assunto dentro da propria conversa com familia, e o pior é que esse assunto não morre e o pessoal só sabe
falar disso, ja até comentei com a namorada e ela msm diz ter percebido que eu fico mais quieto qnd começam esses assuntos, porém vou falar o que??

Pq estou falando tudo isso, se vc namorar ou se envolver com essa médica já espere por isso voce vai passar igual eu provavelmente... mas vale a pena com certeza arriscar
e não ligue pra isso, se ela ganha mais que voce.. nao sinta-se menor por fazer faculdade.. isso n tem problema nenhum é até melhor mostra q vc ta no corre pra melhorar e isso é bem valorizado tbm acredite..
 

Peanuts

.... +_+ ....
Registrado
Caras, eu to meio perdido, contar mais ou menos o que aconteceu:

Eu namoro a mais e 1 ano, nosso relacionamento é bom, como somos mais caseiros, acabamos ficando mais na casa de cada um, reveza bem isso, mas costumamos sair vira e mexe, pra shopping e outros lugares.

Como todo relacionamento, não somos perfeitos, temos nossas desavenças, mais em mais de 1 ano, tivemos apenas uma briga, o restante foram discussões.

Acontece que ela tem um gênio forte, meio que tem saber o que falar por as vezes causar confusão, temos alguns desentendimentos com isso, eu também sou um pouco difícil pra lidar, tenho um pensamento mais certo do que improviso, exemplo, prefiro juntar e casar com uma casa certinha do que casar e ir aos trancos e barrancos erguendo a casa.

Fora isso, tem algumas questões como casamento, que nossos familiares, por vir de costumes diferentes, meio que fazem uma “pressão” pra casar, já conversamos sobre isso e vamos fazer no nosso tempo, mas a pressão psicológica me irrita um pouco.

De umas semanas pra cá, andamos discutindo mais do que o normal, tendo mais picuinhas do que o normal, chegando ao ponto dessa semana ela me pedir um espaço, um tempo pra pensar porque ela estar confusa do que sente por mim.

Tentei entender melhor o que é essa confusão, o que causou isso, mais é difícil, ela não me deixa muito claro o que é e então tá nisso, estamos a dias sem se falar muito, mandamos mensagens mas poucas vezes no dia.

Eu gosto muito dela, amo mesmo, me abalou um pouco essa situação mas não deixei de gostar nem um pouco dela, estou com medo que não seja recíproco, que não tenha valor o que passamos e criamos juntos, pode ser pouco tempo, mas ela é a pessoa que mais me fez criar afeição e me importar com alguém.

Literalmente não sei o que fazer.
se está confusa pelo que sente por você, já era... é mais ou menos do tipo: vou pensar se vale a pena ficar contigo...

chegou nesse nível, ficar junto é perda de tempo...

acontece...

:thatfeel:

Galera, boa noite.

Já aconteceu com vocês aparecer alguém tão bom na sua frente, que você acha bom demais pra ser verdade?
Então, deixa eu contar um pouco da minha história.
Eu já relatei aqui, a uns dois anos atrás.

Eu tenho 26 anos, conheci minha ex namorada aos 15, namoramos e casamos, e ficamos juntos por 9 anos e 6 meses.
Ela me traiu, tomou a minha empresa, manchou meu nome, espalhou boatos sobre mim, apenas para poder ficar com o então amante dela.
Até então, eu fazia, vivia e respirava, tentando torná-lá a mulher mais feliz do mundo, era romântico, carinhoso mas mesmo assim, tomei um galho. (Durante 4 anos).
Fui chamado de vagabundo pra baixo por todos os amigos em comum, pelos boatos que ela inventou, fora que ela ainda, por ter manchado o nome da minha empresa, que faliu devido a isso, me deixou num prejuizo de 70k.

Ok, jurei a mim mesmo que não ia deixar isso acontecer, cortei o envolvimento com mulheres (sim, sou hétero), por trauma. E assim foi, durante 1 ano e 6 meses. Daí Setembro, viajei pra gringa pra relaxar e peguei umas 10, só na viagem hahaha.
Até então, parei de acreditar em amor, tentei cortar todo meu lado romântico, e parei de acreditar nas mulheres. Me tornei um MGTOW de carteirinha, RedPill Rage. Mas a verdade que nem sempre consegui controlar essa Pill. Posso ainda ter resquicios de MGTOW, mas meu desejo, sempre foi e talvez sempre será casar e ter filhos.

Hoje, sou Autônomo, ganho entre 4.5 e 5k, um salário razoável a fins de Brasil, mas ralando como um escravo.
Eu tranquei a minha faculdade que eu fazia na época para me dedicar mais a minha empresa (fazia numa federal), portanto, não tenho ensino superior.
Tenho carro, um Gol Highline 2016, nada demais, moro com meus pais, porte de gordo, Ok.

Há 3 semanas atrás, conheci uma mulher inacreditável. Uma beleza de parar o trânsito, corpo perfeito, de academia e a formação dela: Médica, pós graduada. 29 anos, rica, rica, rica, ganha 4x mais do que eu, mora sozinha, famosa no instagram e tals. Muito gente boa, é o tipo de mulher dos meus sonhos, não pelo dinheiro, CLARO, mas pela conversa, por termos os mesmos objetivos.
Então.
Me sinto travado. Eu olho pra minha vida, e vejo o abismo para a vida dela, e me lembro das palavras da minha ex: "Seu melhor nunca será o suficiente", e namoral, eu morro de medo. Ela sem querer, super sem querer mesmo, deixou escapar algo sobre o ex dela. Mais rico e bem sucedido que ela. Fiquei de cara. E geralmente, mulheres sempre buscam por homens mais "bem colocados" do que elas.
Minha ex dizia também que sempre haverá um cara melhor que eu, e desde que eu ouvi isso, não sei, algo morreu em mim, fico com medo de ser um "atraso de vida", e deixo as pessoas passarem.

Eu contei pra ela sobre a minha ex, o que eu passei com ela, e ela foi super complacente. Contei sobre minha formação, que eu com 26 anos, fui fazer o Enem domingo, pra disputar com um bando de garotos. Mas não tive coragem pra dizer que sou autônomo.
Fico pensando se caso namorássemos, o que ela iria dizer ao me apresentar aos amigos poderosos dela, sabe? Não quero envergonhar, essa é a verdade.
Como diria a minha ex: "Ela poderia arranjar algo melhor..."

Enfim, é isso.
Não sei como eu devo agir. Mesmo ganhando 5k, achava ok, falo 4 idiomas, tenho meu apê, que está alugado pra levantar uma grana, tenho um dinheirinho em ações (36k), já paguei a divida que a ex me deixou. Mas não estou na faculdade, e acho brabo começar, imagina, uma pós doutora, namorando um cara de "primeiro período de faculdade particular..."
Mas como agir, sabendo que você está ha no minimo 5 degraus da sua possível namorada, e provavelmente, não vou conseguir estar ao lado dela? Só ser legal e romântico, pra esse caso, acho que não ajudaria, né? Fui bastante legal e romântico com a outra, tomei chifre.
Fora o fato que também fico pensando que pela diferença de vida, se eu não sou só um possível passatempo.

Me ajuda galera, tá enlouquecedor.
velho... se existir oportunidade de ser feliz, se atira... nem que ela seja bilionária e tu seja mendigo... amar, se apaixonar e gostar de alguém independe de qualquer coisa... seja você rico, pobre, feio, bonito, portador de alguma necessidade especial, ...

se a gente não arriscar, jamais vai conseguir ser feliz... se der certo, beleza... se não der, sacode a poeira e tenta de novo... a vida é assim...

só não jogue fora as oportunidades que a vida te dá... no futuro tu pode se arrepender muito mais de não ter tentado do que ter tentado e se dado mal...
 

El Toro

New Member
Registrado
Unico conselho extra que dou pro amigo, além do que o pessoal já disse.

Arrisca, investe e coloca suas fichas, mas sempre se prepara pra não dar certo. Se der, é perfeito e tudo de bom, se não der, pelo menos você estava com os pés no chão e preparado.

Parte do principio que é uma viagem de carro. Você quer chegar no destino, aproveitando a viagem, mas sempre anda de cinto de segurança, para caso aconteça algum acidente, você poder sobreviver e realizar novas viagens. Bateu o carro na ultima viagem? Acontece. Com isso, você tem que buscar aprender com os erros e não ficar com medo de se acidentar denovo nem ficar lembrando que teu caroneiro disse pra você ir por outro caminho ou te chamou de mal motorista. Cada viagem, um novo destino, com novos passageiros, paisagens, caminhos, enfim. Aproveita a viagem e use o cinto de segurança sempre.
 

Pedro Mullen

New Member
Registrado
Eu vou salvar essa pagina aqui nos meus favoritos, pra eu sempre reler. Esses foram os melhores conselhos que alguém me deu. Agradeço de coração a todos os envolvidos, estou sem palavras por todas as mensagens de apoio que eu recebi aqui.
Podem ter certeza que vou colocar em prática todos os conselhos que aqui foram me ditos, e torçam por mim.
Prometo que venho escrever o desfecho pra vocês!


Unico conselho extra que dou pro amigo, além do que o pessoal já disse.

Arrisca, investe e coloca suas fichas, mas sempre se prepara pra não dar certo. Se der, é perfeito e tudo de bom, se não der, pelo menos você estava com os pés no chão e preparado.

Parte do principio que é uma viagem de carro. Você quer chegar no destino, aproveitando a viagem, mas sempre anda de cinto de segurança, para caso aconteça algum acidente, você poder sobreviver e realizar novas viagens. Bateu o carro na ultima viagem? Acontece. Com isso, você tem que buscar aprender com os erros e não ficar com medo de se acidentar denovo nem ficar lembrando que teu caroneiro disse pra você ir por outro caminho ou te chamou de mal motorista. Cada viagem, um novo destino, com novos passageiros, paisagens, caminhos, enfim. Aproveita a viagem e use o cinto de segurança sempre.
Show! Sim, acho que aprendi isso também.. Tô buscando uma rota de viagem completamente diferente da passada, mas o destino ainda é, e sempre será um só: Felicidade.
Acho que o amadurecimento me fez enxergar que também pode não dar certo, e que isso é parte da vida..


velho... se existir oportunidade de ser feliz, se atira... nem que ela seja bilionária e tu seja mendigo... amar, se apaixonar e gostar de alguém independe de qualquer coisa... seja você rico, pobre, feio, bonito, portador de alguma necessidade especial, ...

se a gente não arriscar, jamais vai conseguir ser feliz... se der certo, beleza... se não der, sacode a poeira e tenta de novo... a vida é assim...

só não jogue fora as oportunidades que a vida te dá... no futuro tu pode se arrepender muito mais de não ter tentado do que ter tentado e se dado mal...
Que FOD*! Você tem toda razão! Essa é uma oportunidade e tanta, porque passei 2 anos analisando as mulheres, e cara, não achei que fosse querer dar uma chance a alguém de novo. Agora vou de cabeça, de verdade! Não tem porque ficar pensando demais, minha chance está aqui! Vou atrás dela!
Muito, muitíssimo obrigado por esse conselho meu amigo!


Amigo não é pq voce tomou chifre da ex e se ferrou que voce vai tomar chifre da médica, pare de colocar traumas do passado em pessoas no presente, são pessoas diferentes..
Eu sei bem o que é isso as vezes eu também fico um pouco acoado, diante da minha própria familia e da minha namorada e da familia dela também.. minha namorada ja viajou pra uns 20 lugares diferentes, é super inteligente, conhece muito de história, fala umas 3 linguas..tem uma parte da familia que é muito bem de vida e é viagem internacional e o papo é sobre isso, eu escuto e acho interessante. porém tenho grande dificuldade em bater papo pois sou péssimo em historia e nunca fui pra lugar nenhum pra fora..

Eu: o lugar mais longe que fui foi Fortaleza kkkkkk, não falo nem o PT-br direito, estudei em grandes instituições de ensino em SP mas to longe de ser "inteligente".

As vezes me "distancio" da propria familia, meus pais, meus tios e etc, pois a conversa no jantar é a super viagem internacional, minha namorada se enturma rapido pq conhece um bilhão de lugares e eu fico a ver navios, fico sem assunto dentro da propria conversa com familia, e o pior é que esse assunto não morre e o pessoal só sabe
falar disso, ja até comentei com a namorada e ela msm diz ter percebido que eu fico mais quieto qnd começam esses assuntos, porém vou falar o que??

Pq estou falando tudo isso, se vc namorar ou se envolver com essa médica já espere por isso voce vai passar igual eu provavelmente... mas vale a pena com certeza arriscar
e não ligue pra isso, se ela ganha mais que voce.. nao sinta-se menor por fazer faculdade.. isso n tem problema nenhum é até melhor mostra q vc ta no corre pra melhorar e isso é bem valorizado tbm acredite..
É, eu vou arriscar sim, eu estou com um bom sentimento, e agora, tentar melhorar ainda mais. Sei que vou passar uns perrengues, e as pessoas do nicho dela vão me analisar, e talvez falar que eu não sou o melhor pra ela, mas eu estou disposto a tentar ser.
E sim cara, antes eu demonizava as mulheres pelo o que minha ex fez comigo. Daí engoli todo aquele conteudo de RedPill Rage pra dentro, e tô tentando tirar.


Penso exatamente a mesma coisa.
Ler o que você escreveu dá uma sensação de 'lamento'. Se a faculdade é algo que te incomoda e faz falta, corra atrás. Porém, hoje em dia não sei mais se é tão vantajoso assim ter ensino superior. A maioria das pessoas que conheci que são realmente ricas, têm até o ensino médio e desenvolveram uma habilidade de empreendedorismo/geração de dinheiro invejável. Leia o livro 'pai rico, pai pobre'. Eu mesmo sou um engenheiro que faço mestrado na Itália, mas que tive que vir pra cá por falta de opção, uma vez que existem poucas vagas no mercado e eu estou longe de ser a prioridade.
Além disso, melhore sua autoestima. Você transmitir essa insegurança pra ela não vai te ajudar em nada (contar sobre o que a ex fez com você, também não). Sua ex é uma desgraça e em algum momento vai pagar pelo que fez, mas você precisa seguir em frente.
Demonstre segurança e vá em frente. Pelo que você relatou, você não tem nada a perder.
Sempre achei que faculdade não fosse necessário também. Eu já fui um grande empresário, que tomei um golpe da minha ex, e fiquei quase em situação de rua. Não dá pra recomeçar minha empresa por razões complicadas.
Mas a verdade que "acomodei" com esse salário, vendo meus amigos de faculdade lutando e se matando pra ganhar 1.6k, enquanto eu, num emprego nada glamouroso, ganhando 5k.
Vou tentar fazer um EAD agora no começo do ano.
Sobre contar sobre o que houve com a minha ex, já contei, ela perguntou, não quis mentir, mas acabou que menti sobre o meu trabalho :/
Agora, com essas mensagens de vocês, estou super disposto a ir em frente! Quero contar a verdade a ela, tô confiante pra isso.

Eu sei como tu não deve agir: demonstrando essa insegurança toda e colocando ela em um pedestal divino por ganhar mais dinheiro que tu. Homem inseguro deve ser o melhor método anticoncepcional existente. Mulher gosta de homem confiante.

O negócio é tu ser um cara legal, com uma conversa bacana, de bem com a vida, bem humorado etc. Dinheiro e status não fazem ninguém melhor do que ninguém. Todo mundo caga e todo mundo acaba da mesma forma. Se a diferença de salário ou padrão de vida for um deal breaker pra ela, então ela não servia pra tá contigo em primeiro lugar. Gente que se acha melhor do que os outros por causa de dinheiro não presta pra ser parceiro de vida.
Eu tô aprendendo a ser.. Eu sempre fui, mas a mulher que eu estava antes, fez questão de me destruir. Levei 2 anos pra poder me recuperar, sendo que ano passado, estava quase em situação de rua. Não tem como você ter confiança desse jeito.
Sim, acho que é a minha essência, ser bem humorado, boa conversa.. Estou sempre a faze-la rir. Graças a Deus não é um deal breaker, ainda. Tenho receio que no futuro, ela queira fazer programas que minha condição não permita, afinal, o ex dela ganhava 20k, ela ganha 15, e eu, 5. Acho que isso uma hora pode acabar pesando.

Vc ta ligado que esse mina for isso tudo mesmo e se ela for uma pessoa de caráter, ela ta pouco se fudendo pro tanto que vc ganha ou pra sua graduação. Ela vai se importar mesmo é com o que vc É e não o que vc tem.
Eu me lembro da historia da sua historia, e mantenho o que o disse na época... Pau no cu dessa sua ex! Gente da pior espécie possível. Alguém com uma indole dessa não é digna de ser levada em consideração, mas é isso que vc ta fazendo. Vc ta acreditando no que aquela ordinária te falou
Todas essas limitações vem do seu trauma com ela, e se vc não tomar cuidado vai acabar refletindo isso na relação com a 10/10 e se autossabotando.
Essa nova pessoa não precisa do seu dinheiro ou do seu diploma mas precisa da sua auto confiança e disposição pra crescer com ela pra terem um relacionamento sadio
QUE FOD*! Cara, exatamente! Eu sinto isso, às vezes eu acabo me distraindo e pensando nas palavras que ela disse, tinha dias que eu me sentia mal, chorava até. Todo dia eu tento tirar essa barreira psicológica que ficou, me forço a fazer coisas diferentes, mostrar pra mim mesmo que eu não sou o que ela falou. Hoje, eu considero que eu ganho bem, tenho meus negócios, e faço tudo sozinho, pra me forçar a me conhecer, e gostei do resultado.
Eu tô tentando mostrar o melhor de mim pra 10/10, até porque, ela não merece menos. Depois de 2 anos, é a primeira vez que eu permiti alguém se aproximar, não por quem ela é, mas pelo papo sabe? Fiquei impressionado com as nossas conversas, os projetos dela, e isso me deixou balançado.
Amigo, muito obrigado, de verdade! Era o choque que eu precisava pra poder me lançar nesse possível relacionamento!

Na época de faculdade namorei uma mulher onde o pai dela era médico, a família deles realmente tinha muito dinheiro e a minha família era classe média, sei como você se sente com esta questão dos amigos dela e tudo mais, no começo eu ficava super sem jeito só de ir jantar com a família dela, com o tempo acabei percebendo que eles eram bem mais "normais" do que eu imaginava.
É bizarro, eu tô super sem jeito, todo mundo rico, uns donos de 5/6 consultórios aos 35 anos e eu lá, moscando! Hahahaha
Muito obrigado por compartilhar sua experiencia comigo@

Eu sou médico e tenho que dizer que não vejo nenhuma diferença em relação à profissão ou classe social. No máximo os pais dela que vão achar que você deveria ser um cirurgião cardíaco que de manhã transplanta coração, de tarde salva refugiados da síria e de noite constroi casas para os desalentados. Essa geração antiga.

Trabalhe muito, cuide do seu corpo e da sua saúde, seja um exemplo, e nem que ela seja ministra do STF ela vai te admirar.
Obrigado amigo, eu já tinha passado a cuidar do meu corpo (emagrecer) antes dela aparecer na minha vida. Quero estar bem comigo mesmo primeiro, antes de querer ficar bem com qualquer pessoa.
 

rbruniera

Cumedô de pão de queijo.
Registrado
Sobre o relacionamento, a galera já deu uns bons conselhos aí em cima. Você teve seus problemas no passado mas pelo que fala, está longe de ser um pé rapado.
Mas a verdade que "acomodei" com esse salário, vendo meus amigos de faculdade lutando e se matando pra ganhar 1.6k, enquanto eu, num emprego nada glamouroso, ganhando 5k.
Vou tentar fazer um EAD agora no começo do ano.
Li seus históricos, parece que trancou a faculdade de Ciência da Computação, correto?
Não sei se sua área de trabalho hoje é TI. Se sim, já tem uma bagagem, talvez faculdade não faria muita diferença. Já pensou em estudar para ceriticações?
 

LoiraDoBanheiro

...
Registrado
Final de semana chegando... Quais os planos mirabolantes de vocês?
Esse tópico está muito quieto, devem estar todos felizes e plenos.
 

p.s.y.c.h.o

Usuário Adrena Platinum®
Registrado

ROSTICHELLI

o/
Registrado
Focando no shape pq pra sentimentos ninguém liga, mas um peitoral fibrado sempre é notado
Como ter motivação para isso? Todo ano começo academia, vou 6 meses direto e depois desanimo de uma forma absurda kk
To planejando ter um corpo que eu realmente goste nos últimos 12 anos e nunca cheguei lá. Lamentável.
 

Phytheon

Member
Registrado
Como ter motivação para isso? Todo ano começo academia, vou 6 meses direto e depois desanimo de uma forma absurda kk
To planejando ter um corpo que eu realmente goste nos últimos 12 anos e nunca cheguei lá. Lamentável.
O problema, no seu caso, pode ser o fato de você querer praticar algum esporte do qual você não gosta.
Existem outros esportes que também podem promover um shape bom, tal como a natação e a luta. :)
 

adaounder

Gemini no Saint
Registrado
Como ter motivação para isso? Todo ano começo academia, vou 6 meses direto e depois desanimo de uma forma absurda kk
To planejando ter um corpo que eu realmente goste nos últimos 12 anos e nunca cheguei lá. Lamentável.
Fora o que o pessoal falou, pode ser sua pressa tbm.
Construir um corpo da hora leva tempo, e muito. Eu tô a três anos e tá longe ainda. Ainda mais não tendo dinheiro.
Só que eu sei que se eu parar, aí sim que não vou ter nunca. Então prefiro ir de grão em grão do que parar de vez.
E cara... Tirando a parte estética, a musculação me faz um bem que sei que não posso ficar sem mais. O alívio do estresse, da ansiedade, a autoestima, isso serve mais de estímulo do que a busca pelo corpo sonhado
 

Usuários que estão vendo esse Tópico (Users: 1, Guests: 1)

Topo