Solução para Ping , Máximo definido pela Anatel Resolução nº574

Fabiano da Silva Costa

New Member
Registrado
Andei viajando em alguns regulamentos do setor de telecomunicações (Até gosto disso), e eis o que encontro HAHA:

Resolução nº574, de 28 de outubro de 2011 (a mesma que fala sobre velocidade mínima)

Art. 18. Durante o PMT, a Prestadora deve garantir latência bidirecional de até oitenta milissegundos (terrestre) e novecentos milissegundos (satélite) em, no mínimo:

I - oitenta e cinco por cento dos casos, nos doze primeiros meses de exigibilidade das metas, conforme estabelecido no art. 46 deste Regulamento;

II - noventa por cento dos casos nos doze meses seguintes ao período estabelecido no inciso I deste artigo; e

III - noventa e cinco por cento dos casos, a partir do término do período estabelecido no inciso II deste artigo.


Esta é a mesmo regulamento de velocidade mínima instantânea (40% atualmente, se não me engano).
Fiquei feliz por encontrar esta regulamentação(o que o LoL não te faz com ping 200ms hehe), mas triste por saber que a maioria de nós não faz idéia de que ela existe!
Os grandes portais sempre noticiaram a velocidade mínima, mas nunca se lembraram do ping.

De qualquer forma, fiquei em dúvida com relação à esse artigo, pois o limite de ping não poderia ser aplicado à servidores internacionais. Imagina o que deveria ser feito por exemplo para um ping até China ser menor que 80... Impossível( Na tecnologia atual é claro, quem sabe no futuro) . E assim, abri um pedido de informação para a Anatel, já que o pessoal do call center não soube me responder, muito menos o supervisor. Uma ironia gigantesca

Recebi a resposta pelo site da mesma:
Latência bidirecional, popularmente conhecida como “ping”, é o tempo em que um pacote de dados leva para deixar o computador de origem, chegar ao seu destino e voltar ao computador de origem, independentemente ser o servidor de destino está no Brasil ou no exterior. Agora, com relação a meta do Regulamento de Gestão da Qualidade do Serviço de Comunicação Multimídia (RGQ-SCM), aprovado pela Resolução nº 574, de 28 de outubro de 2011 (80ms para rede fixas), tal medida é feita contra os servidores localizados no pontos de troca de trafego do NIC.BR que, apesar de não estarem dentro da operadora, estão dentro do Brasil. Neste sentido, é possível que o latência bidirecional medida contra um servidor for a do país apresente valores acima do estabelecido dentro do RGQ-SCM, contudo a operadora não tem como obrigação garantir estes valores nesta situação, uma vez que o tráfego passara por partes da internet for a do seu controle.

E como imaginei, se o seu ping ATÉ o servidores de troca ser maior que 80 ms sua operadora está fora dos limites impostos de qualidade da Anatel, e você consumidor, pode entrar com pedido de reparo técnico. E se nada for resolvido, vá atrás dos processos jurídicos corretos que com certeza a causa será ganha.



 
Última edição:

binhooo

Member
Registrado
Essa existe a tempos, resumindo o que a Anatel disse:

Essa lei so eh aplicada nas operadoras se o servidor estiver localizado em um PTT, fora isso ela pode alegar algo e nao se responsabilizada.
 

maciel_lopes

New Member
Registrado
Nessa mesma resolução ainda fala sobre a perda de pacotes, que deixa a navegação horrível, assim como a alta latência.
 

natanurso

Member
Registrado
A legislação trata apaenas de latencia em servidores NACIONAIS, para servidor internacionais, depende de rotas internacionais que nao estao sob controle das telecoms nacionais, portanto nada elas podem interferir, alem de que em determinadas distancias, é fisicamente impossivel atingir um ping de 80, pois por mais fodastica a tecnologia, ela vai estar em termos relativisticos limitada a velocidade de luz, e fazer um dado ser transmitido e ter um retorno a velocidade da luz em determinadas distancias, é impossivel pq a luz levaria mais que 80segundos..
Tambem, é levado em consideração o ping por salto, pois as vezes pode ser as rotas internas do servidor que limitam a latencia, entao nao é de responsabilidade da Telecom (exemplo server congestionado)
Exemplo: Distancia DIRETA Brasil, - Japão é de 17369 km (sem levar em consideração que os dados estao passando por cabos em diversos caminhos que nao uma linha reta, e sao processados por servidores, o que gera um delay,), levando em conta que os dados tem de fazer um PING para obter a latencia ou seja, ir e voltar, tem de percorrer uma distancia de 34.738km, a velocidade da luz é 299792 km/s, portanto 299,792 km/ms, seriam necessarios 115MS na Velocidade da Luz para transmitir uma informação em linha reta do Brasil para o Japão, isso se fosse uma fibra que nao perdesse dados com a distancia, em linha reta e estivesse sem nenhum Servidor intermediario.
 

Usuários que estão vendo esse Tópico (Users: 0, Guests: 1)

Topo