REVIEW- INTELBRAS EPS 301!

yurieu

Active Member
Registrado
Bom, pessoal, comprei e desmontei só para ver o nível de qualidade deste dispositivo, que tem preço honesto, e especificações razoáveis. A embalagem é diferente, porém o aparelho voou ao tirar o envelope plástico.

O que eu tenho a dizer é que gostei muito do produto, e caso tenha uma boa avaliação de vocês, vou comprar uns 20!

prós do ponto de vista usuário comum

bom lay out
pino sólido, não é aquele lixo oco que a Clamper usa
plástico bem acabado, não é aquele plástico de 1.99 da Clamper
LED azul escuro bem bonito, não é aquele LED infernal que a Clamper usa, que parece ter sido escolhido de um bacião.















 

josé Amilton

Member
Registrado
Parece um protetor contra sobretensões bem robusto mecanicamente. Mas eu, por filosofia, sou sempre contra protetor bi-volt.
Eles nunca atuam e dão a proteção necessária para as tensões menores, no caso aqui, em 110V, 120V e 127 Volts.
Para estas tensões o correto seria varistores de 170 a 180 volts.
Paramos por aí, ele não é um filtro de linha para ruídos elétricos. Para estes é necessário um filtro passa baixa em conjunto com os supressores contra sobretensões.
Boa sorte.
 

yurieu

Active Member
Registrado
Parece um protetor contra sobretensões bem robusto mecanicamente. Mas eu, por filosofia, sou sempre contra protetor bi-volt.
Eles nunca atuam e dão a proteção necessária para as tensões menores, no caso aqui, em 110V, 120V e 127 Volts.
Para estas tensões o correto seria varistores de 170 a 180 volts.
Paramos por aí, ele não é um filtro de linha para ruídos elétricos. Para estes é necessário um filtro passa baixa em conjunto com os supressores contra sobretensões.
Boa sorte.
Eu já imaginava, ele cumpre bem sua função de "smart plug" que virou moda no último ano, para produtos individuais é bom e barato(29 reais), e pensando no que você disse, esses protetores bivolt nacionais deveriam ser classificados então como apenas 230V.
 

josé Amilton

Member
Registrado
Eu já imaginava, ele cumpre bem sua função de "smart plug" que virou moda no último ano, para produtos individuais é bom e barato(29 reais), e pensando no que você disse, esses protetores bivolt nacionais deveriam ser classificados então como apenas 230V.
O Correto !:joia:
 

pedrohsk1

New Member
Registrado
Parece um protetor contra sobretensões bem robusto mecanicamente. Mas eu, por filosofia, sou sempre contra protetor bi-volt.
Eles nunca atuam e dão a proteção necessária para as tensões menores, no caso aqui, em 110V, 120V e 127 Volts.
Para estas tensões o correto seria varistores de 170 a 180 volts.
Paramos por aí, ele não é um filtro de linha para ruídos elétricos. Para estes é necessário um filtro passa baixa em conjunto com os supressores contra sobretensões.
Boa sorte.
E vc conhece algum protetor que seja somente pra 220v ? dificil achar, a maioria é bivolt ou 110v ( belkins, apc e outras marcas top's por ai ).
--- Post duplicado mesclado automaticamente: ---

Aqui em BSB é 220v, então filtros de linha como os da clamper me servem bem ? Eu nao teria esse problema citado por você José Amilton ?
 

yurieu

Active Member
Registrado
E vc conhece algum protetor que seja somente pra 220v ? dificil achar, a maioria é bivolt ou 110v ( belkins, apc e outras marcas top's por ai ).
--- Post duplicado mesclado automaticamente: ---

Aqui em BSB é 220v, então filtros de linha como os da clamper me servem bem ? Eu nao teria esse problema citado por você José Amilton ?
Mas amigo, aí em cima um exemplo de bom protetor de surtos, e barato.

Filtros importados você jamais vai conseguir... 230V@50hz dos europeus, tomada diferente.

Nobreaks APC, vai converter de 220 para 115, pesam 20 quilos e tem bateria.

condicionadores de energia nacionais são de preço e qualidade questionáveis, e não estabilizam a energia.
 

pedrohsk1

New Member
Registrado
Mas amigo, aí em cima um exemplo de bom protetor de surtos, e barato.
Leia novamente meu comentário.
Agora sobre sua postagem :
Esse filtro pode ser melhor se comparado aos clamper pocket, nao entendo muito, teria que esperar o faller da uma opinião ou alguém com conhecimento técnico necessário, mas sim ele parecem ser bem bom, porém não é melhor que um clamper energia 5, computer pro, energia 8 ou multiproteção, é bom deixa isso claro.
 
Última edição:

yurieu

Active Member
Registrado
Leia novamente meu comentário.
Pelo visto preciso de um protetor para surtos de falta de educação.

O protetor dito bi volt vem com proteções para 250V, as empresas brasileiras compram capacitores configurados nessa voltagem.
 

PC-pilot

Old Member
Registrado
E vc conhece algum protetor que seja somente pra 220v ? dificil achar, a maioria é bivolt ou 110v ( belkins, apc e outras marcas top's por ai )
Você não precisa se preocupar em achar um filtro/protetor 220 volts, basta utilizar um transformador abaixador de tensão (de 220 para 110 perde -se muito pouco em eficiência) para então poder utilizar um filtro Top em 110 volts.

.
 

pedrohsk1

New Member
Registrado
Você não precisa se preocupar em achar um filtro/protetor 220 volts, basta utilizar um transformador abaixador de tensão (de 220 para 110 perde -se muito pouco em eficiência) para então poder utilizar um filtro Top em 110 volts.

.
Entendi. É que algumas pessoas falam que filtro bi volt é ruim, que quem tem 110v fica prejudicado. Ai fiquei um pouco receoso, mas aqui em BSB é 220v, então acho que eu estaria "fora"desse "problema". Acredito que seja isso rs. Vlw pela respota bro.
 

lfaller

New Member
Registrado
Como "smart plug" parece ser um bom dispositivo, honesto pelo menos..
Como filtro de linha lhe falta um bom filtro passa baixas, de mais elevada ordem, com elementos L e C por exemplo modelo "pi" ou o que seja, e como auxiliar para concentrar tomadas lhe faltam mais posições de encaixe de plugs (nem é sua função) bem como chave liga/desliga e elementos fusíveis, para proteção série, de mais fácil acesso e substituição.
Felizmente duas dessas desvantagens foram resolvidas pela própria Intelbrás em diferentes dispositivos. Veja ai:

Mais serve para elemento descartável, que quando em defeito ou queima de fusível, se substitui por completo, jogando fora aquele defeituoso.

Acho que cumpre o que promete.

Pena que para melhor análise tenha faltado foto da identificação dos varistores (os azuizinhos) que permitiria saber qual a tensão de ruptura dos mesmos, bem como dos foto detalhada da especificação dos fusíveis térmicos (para se saber para qual temperatura estão setados para abertura por aquecimento) (os elementos brancos)
 

yurieu

Active Member
Registrado
Como "smart plug" parece ser um bom dispositivo, honesto pelo menos..
Como filtro de linha lhe falta um bom filtro passa baixas, de mais elevada ordem, com elementos L e C por exemplo modelo "pi" ou o que seja, e como auxiliar para concentrar tomadas lhe faltam mais posições de encaixe de plugs (nem é sua função) bem como chave liga/desliga e elementos fusíveis, para proteção série, de mais fácil acesso e substituição.
Felizmente duas dessas desvantagens foram resolvidas pela própria Intelbrás em diferentes dispositivos. Veja ai:

Mais serve para elemento descartável, que quando em defeito ou queima de fusível, se substitui por completo, jogando fora aquele defeituoso.

Acho que cumpre o que promete.

Pena que para melhor análise tenha faltado foto da identificação dos varistores (os azuizinhos) que permitiria saber qual a tensão de ruptura dos mesmos, bem como dos foto detalhada da especificação dos fusíveis térmicos (para se saber para qual temperatura estão setados para abertura por aquecimento) (os elementos brancos)
Estava aguardando sua análise.

Eu tentei mas PARECE que não tem nada escrito nos azuis, Se quiser eu olho novamente...

Por 29 reais, acho que é um produto excelente. Comprei vários!
 

josé Amilton

Member
Registrado
Não adianta ficar inventando ou adivinhado, existe normas para tudo no setor elétrico e os equipamentos são ensaiados na sua suportabilidade elétrica baseado nestes fatores.
Querem ver um exemplo ;
Tem um nível na saída da subestação ou entrada de energia em que a norma chama de nível IV - Nestes a tensão impulsiva máxima é de 4 Kv para o tipo de alimentação 220V/127 Volts e suas variantes existindo outros maiores para 380, 440 e 690 volts por exemplo.

Já no quadro de distribuição este nível baixa para 2,5 Kv, no nível chamado III.
Já na alimentação de equipamentos o nível cai mais ainda , no chamado nível II para 1,5 Kv.
Por fim vem a proteção dos equipamentos especificamente, o chamado nível 1. Neste esta especificado 0,8 Kv.
O que diz mais a norma : para circuitos trifásicos 220/127 Volts; 208/120 volts e sistemas monofásicos com neutro de - 230/114 ; 240/120 e 254/127 volts.
O que se entende é que o protetor deva ser instalado em derivação com o terra, portanto, considerando a tensão menor que é de fase-neutro.
desta forma qualquer protetor nesta linha tem que ser de 175 a 180 volts.
Onde entra o protetor para 220 volts :
Entra no ítem seguinte da planilha Tabela 31 da NBR 5410.

Sistemas 220/380 Volts ; 230/400 e 277/480 volts e neste a proteção para o equipamento no nível 1 não é 0,8 Kv e sim 1,5 Kv.

Por isso eu sou contra tomadas bi-volt. Ela não respeita a norma para equipamentos sensíveis e não respeita os ensaios dos fabricante para a suportabilidade elétrica dos equipamentos.
Veja o link anexo da NBR 5410 - Pagina 71 - Tabela 31
E chega de repetir isso para leigos.
 

yurieu

Active Member
Registrado
Não adianta ficar inventando ou adivinhado, existe normas para tudo no setor elétrico e os equipamentos são ensaiados na sua suportabilidade elétrica baseado nestes fatores.
Querem ver um exemplo ;
Tem um nível na saída da subestação ou entrada de energia em que a norma chama de nível IV - Nestes a tensão impulsiva máxima é de 4 Kv para o tipo de alimentação 220V/127 Volts e suas variantes existindo outros maiores para 380, 440 e 690 volts por exemplo.

Já no quadro de distribuição este nível baixa para 2,5 Kv, no nível chamado III.
Já na alimentação de equipamentos o nível cai mais ainda , no chamado nível II para 1,5 Kv.
Por fim vem a proteção dos equipamentos especificamente, o chamado nível 1. Neste esta especificado 0,8 Kv.
O que diz mais a norma : para circuitos trifásicos 220/127 Volts; 208/120 volts e sistemas monofásicos com neutro de - 230/114 ; 240/120 e 254/127 volts.
O que se entende é que o protetor deva ser instalado em derivação com o terra, portanto, considerando a tensão menor que é de fase-neutro.
desta forma qualquer protetor nesta linha tem que ser de 175 a 180 volts.
Onde entra o protetor para 220 volts :
Entra no ítem seguinte da planilha Tabela 31 da NBR 5410.

Sistemas 220/380 Volts ; 230/400 e 277/480 volts e neste a proteção para o equipamento no nível 1 não é 0,8 Kv e sim 1,5 Kv.

Por isso eu sou contra tomadas bi-volt. Ela não respeita a norma para equipamentos sensíveis e não respeita os ensaios dos fabricante para a suportabilidade elétrica dos equipamentos.
Veja o link anexo da NBR 5410 - Pagina 71 - Tabela 31
E chega de repetir isso para leigos.
Sim mas, apesar de leigo em eletricidade, proteções existem mundo afora em 230 240v de outras nações, se o que temos aqui é gambiarra(fora de normas) é com conivência dos organismos reguladores autorizados pelo governo federal. Assim sendo, até o momento não se tem uma boa proteção 220v, esse produto intelbras custa só 29 reais e atende o propósito para quem não busca ups ou, no meu caso, não há no mercado condicionadores 220v.
 

yurieu

Active Member
Registrado
Encontrei os dados específicos dos varistores. Peço aos especialistas qualificarem por gentileza!

quadradinho branco: SET115 10A 250V


disco azul: VPR 14KD300


disco amarelo: CT7 Y1

Link com datasheet:
Guangdong-Fenghua-Advanced-Tech-CT7-Y9Y5U0E222MSE_C278127.html

"alternating current disk ceramic capacitor"

 

josé Amilton

Member
Registrado
Encontrei os dados específicos dos varistores. Peço aos especialistas qualificarem por gentileza!

quadradinho branco: SET115 10A 250V


disco azul: VPR 14KD300


disco amarelo: CT7 Y1

Link com datasheet:
Guangdong-Fenghua-Advanced-Tech-CT7-Y9Y5U0E222MSE_C278127.html

"alternating current disk ceramic capacitor"

Tem se adotado como padrão para circuitos alimentados em 380/220 Volts o de 275 Volts. Isso porque a tensão de clampagem dele é menor de os 800 Volts .
Já para circuitos de 220-127, 208-120 e 110 Volts o recomendado é um Varistor de 175 Volts.
Nota : Normalmente o Varistor é instalado em derivação das fases contra o Terra. Existindo outras aplicações onde atuam diretamente no circuito alimentado, por exemplo em comutações e chaveamento de circuítos eletrônicos.
 

Usuários que estão vendo esse Tópico (Users: 0, Guests: 1)

Topo