SSD dá FPS? Colocamos dois PCs idênticos para tirar a prova!

As coisas carregam mais rápido, mas também dá pra ganhar uns quadros por segundo com esse upgrade?

Os SSDs estão cada vez mais baratos, e com isso vem cada vez se tornando uma opção mais viável para quem quer montar um PC. Mas, afinal, a performance superior comparado a um HD também impacta em como os jogos rodam. Nesse artigo testamos os níveis de performance não apenas no carregamento, mas também enquanto o jogo é executado.

Para isso, montamos dois sistemas o mais idêntico possível que conseguimos, e colocamos um SSD em uma, e um HD na outra. Instalamos o sistema operacional e apenas o mínimo de aplicações necessárias para executar os jogos. As bancadas usadas são:

SSD Kingston 480GB

- AMD Ryzen 5 2600X stock
- ASRock X570 Phantom Gaming
- G.SKILL 2x8GB DDR4 3200 MHz 
- Coolerbox Wraith Stealth
- Gigabyte GeForce RTX 2080 Ti

HD Seagate SSHD 4TB

- AMD Ryzen 5 2600X stock
- MSI MEG X570
- G.SKILL 2x8GB DDR4 3200 MHz 
- Coolerbox Wraith Stealth
- Nvidia GeForce RTX 2080 Ti (com OC para ficar mais parecida com o modelo da Gigabyte)

Performance em jogos

Colocamos dois jogos rodar com essas bancadas para verificar a variação no desempenho. Battlefield V foi escolhido por ser um jogo com longo tempo de carregamento, amplo mapa e eventuais stutterings que acontecem ao longo do teste, buscando verificar se o tempo do carregamento do HD era o fator que influenciava nesses travamentos.

Já GTA V entrou no comparativo por motivos parecidos com o do Battlefield e mais outro: o benchmark faz um avanço rápido pelo mapa com um caça, algo que força o carregamento de novos objetos e texturas de forma rápida, situação com potencial de encontrar limitações da capacidade do HD em trazer esses elementos. Ele também é caracterizado por pequenas travadas, e novamente estamos tentando verificar se "a culpa" é do HD.

Testes sintéticos

Mas o que muda em desempenho de um HD versus um SSD? Abaixo vamos fazer um conjunto de testes que trazem uma dimensão da diferença entre os diferentes tipos de armazenamento. Importante destacar que o HD Velociraptor é um dos HDs mais rápidos do mercado.

Antes dos testes, configuração do sistema utilizado, considerando o melhor cenário que existe atualmente para testes de SSD, já que apenas uma placa-mãe com chipset X570 em conjunto com um Ryzen 3000 suportam a tecnologia PCIe 4.0 dos SSDs compatíveis.

Máquina utilizada nos testes
- Mainboard Gigabyte X570 AORUS Master [análise]
- Processador AMD Ryzen 9 3900X [análise]
- Placa de vídeo NVIDIA GeForce RTX 2080[análise]
- Memórias G.Skill TridentZ RGB 16GB (2x8GB) [site oficial]
- SSD Gigabyte AORUS PCIe 4.0 1TB [site oficial]
- Fonte Thermaltake Toughpower 850W Gold [site oficial]

O SISTEMA NÃO RODA NENHUM ANTI VÍRUS OU
APLICATIVO QUE POSSA INTERFERIR NOS TESTES

Sistema Operacional e Drivers
- Windows 10 Pro 64 Bits

Aplicativos/Games:
- AS SSD Benchmark 2.x
- ATTO Benchmark 4.x
- Battlefield V (DX12)
- BootRacer 7.x
- CrystalDiskMark 6.x
- DiskBench


Testes com aplicativos de benchmarks

AS SSD Benchmark
Começamos nossos testes com o AS SSD Benchmark, software específico para testes de drives SSD, HD etc.

O aplicativo faz uma série de testes em diversas situações de leitura e escrita e, no final, gera uma pontuação com a média entre todos os testes. Confiram abaixo:

ATTO Disk Benchmark
Outro famoso aplicativo para teste de desempenho de unidades de armazenamento é o ATTO. Vejam abaixo o comportamento dos modelos comparados:


Tempo de BOOT do Windows 10

Entre os maiores atrativos que os SSDs proporcionaram, o tempo de carregamento do Windows certamente está entre os maiores benefícios, mesmo parecendo algo bobo para se dizer, é uma coisa rotineira e que fazemos muitas vezes, e que demorava bastante.

Com o software BootRacer, medimos o tempo necessário para inicializar o sistema operacional, um dos principais atrativos de drives SSD.

O teste consiste no melhor resultado após três boots seguidos do sistema, considerando o tempo total até finalizar na área de trabalho com o score informado pelo aplicativo, por isso é mais lento do que o boot até mostrar a tela da área de trabalho.


Tempo carregando um game

Um teste bem interessante é o carregamento de um game. Para isso, utilizamos o Battlefield V com teste em cima do mesmo mapa que utilizamos em boa parte de nossas reviews de placas de vídeo. O conceito do teste foi simples: medir o tempo que levou da hora que clicamos até a hora em que o gameplay começa, porém executamos o teste e depois novamente carregamos o mesmo mapa na sequencia para ver como é o comportamento após o sistema já ter o mapa "pre carregado" na memória.

A segunda vez que se carrega um mesmo mapa
demora o mesmo tempo em um SSD ou em um HD


Conclusão

Então, SSD dá FPS? A resposta é um categórico não. O impacto na performance do jogo (depois de carregado) não é relevante, com o sistema entregando basicamente o mesmo nível de desempenho. Mesmo alguns travamentos em alguns testes que rodamos por aqui, que poderiam ser influenciados pela incapacidade do HD de entregar os arquivos necessários para um ampla mapa aberto, no comparativo não foi possível notar nenhum sinal claro que o SSD representa algum ganho de qualidade na execução do game.

Mesmo assim, ainda recomendamos fortemente a compra de um SSD em seu sistema. O ganho de agilidade do computador para executar as ações, desde ligar até abrir os aplicativos, tornam a experiência de uso muito superior, então sem dúvidas colocar um armazenamento mais rápido, nem que seja só para manter ao menos o sistema e softwares mais usados, é algo que deve ser cogitado no orçamento de montagem de um computador. Principalmente levando em conta os preços mais "camaradas" que vem surgindo para esse tipo de componente.

Mas, ao mesmo tempo, é importante ter em mente que o SSD não vai ajudar na performance dos jogos, exceto no carregamento deles (e isso caso você instale o jogo no SSD). Se está pensando em um upgrade em seu computador, e o que está buscando é mais desempenho em jogos, melhor olhar com mais atenção para uma nova placa de vídeo ou um novo processador. Um SSD torna seu PC muito melhor, mas não vai ajudar especificamente nessa situação.

  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

Quem você acha que merece o GOTY do The Game Awards?