Explicamos tudo que você precisa saber sobre teclados na Escola de Hardware!

Por João Gabriel Nogueira 08/04/2017 19:35 | atualizado 14/08/2019 17:06 Comentários Reportar erro

A Escola de Hardware segue no mundo dos periféricos e chega aos teclados. Como sempre, comentamos e explicamos as principais características e diferenças entre modelos para ajudar você, usuário, a escolher o que melhor vai atender suas necessidades.

Entre as características que comentamos no vídeo estão as seguintes:

Idioma e posicionamento das teclas

Os teclados não são iguais em todos os países do mundo. O posicionamento das teclas e mesmo os símbolos mudam dependendo do idioma porque o uso das letras varia muito em cada língua.

O modelo padrão brasileiro atualmente é o ABNT 2, que conta com uma tecla para o "Ç" e algumas mudanças de posicionamento de acentos, especialmente do til. Mas é interessante conhecer também o teclado em inglês porque não é incomum comprarmos periféricos ou notebooks importados, como mostramos no vídeo.

Teclas de macro e multimídia

Se até no mouse as empresas conseguem colocar mais botões, imagine no teclado que foi feito pra isso. Muitos teclados ainda voltados para o segmento casual já acompanham teclas multimídia para ajudar com atalhos assistindo a vídeos, ouvindo músicas ou navegando na internet, por exemplo.

Quando entramos no segmento gamer, começam a aparecer ainda mais teclas, principalmente os "macros", para programar ações em seus jogos ou software. Há também teclas para trocar perfis instantaneamente que também são muito comum e mais uma infinidade de funções, que exemplificamos no vídeo.

Construção do teclado

É aqui que o assunto fica bem técnico. A maneira que o teclado é feito impacta, e muito, na sua usabilidade. Os mais comuns, atualmente, são os de membrana. Mas os modelos mecânicos são também muito populares, especialmente para usuários entusiastas e há também os chamados "scissor" ou "tesoura", muito usados em notebooks e teclados de perfil baixo.

No vídeo explicamos melhor as diferenças, mas temos também um conteúdo anterior desmontando um teclado pra mostrar bem como é:

LED RGB

Como não poderia deixar de ser com os periféricos, tem também os LEDs RGB, as famosas pequenas lâmpadas que deixam tudo colorido. Este recurso é uma tendência cada vez mais presente no mundo dos computadores e tem umas diferenças a serem explicadas em relação aos teclados de membrana e mecânicos principalmente.

Até onde a moda RGB vai chegar?

Playlist da Escola de Hardware:

- Episódio 1: Placas-mãe
- Episódio 2: Processadores
- Episódio 3: Memória RAM
- Episódio 4: Placas de vídeo
- Episódio 5: Armazenamento
- Episódio 6: Resfriamento
- Episódio 7: Fontes
- Episódio 8: Gabinetes
- Episódio 9: Montando um PC
- Episódio 10: Eletricidade estática
- Episódio 11: Reforço de processadores
- Episódio 12: Mouses

Assuntos
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Você se importa com a temperatura da série RX 5700?