Disputa de câmeras: Samsung Galaxy S6 vs iPhone 6 Plus, quem faz as melhores fotos?

A rivalidade entre o iPhone e o Galaxy permeia muitos dos aspectos dos dois aparelhos. Design, recursos, publicidade, preço... é difícil ter algum atributo em que os dois dispositivos não estejam em uma "briga das feias". Com a oportunidade de ter os dois aparelhos por aqui ao mesmo tempo, fizemos uma sequência de fotos comparativa, para colocar as duas excelentes câmeras nas mesmas situações e ver como cada uma se vira.

Mantivemos ambas em suas resolução máxima e ajustes totalmente automáticos. A intenção aqui é ver como o software original lida com as situações, porém quando o assunto ajustes, o Galaxy está em vantagem. O software que acompanha a câmera tem uma maior variedade de alterações possíveis, e uma futura atualização deve dar um controle ainda maior às configurações na hora de fazer a foto. Essa é uma excelente pedida para quem entende um pouco de fotografia, mas em muitas das situações o que será usado mesmo é o bom e velho "automático". 

Em estúdio

Boa luz
(iPhone) f/2.2, 1/40s, ISO 32 - (Galaxy) f/1.9, 1/33s, ISO 64
iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original)

Pouca luz
(iPhone) f/2.2, 1/4s, ISO 125 - (Galaxy) f/1.9, 1/10s, ISO 500
iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original

Flash
(iPhone) f/2.2, 1/16s, ISO 80 - (Galaxy) f/1.9, 1/24s, ISO 200
iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original

Outras situações

iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original
(iPhone) f/2.2, 1/4s, ISO 80 - (Galaxy) f/1.9, 1/10s, ISO 500

iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original
(iPhone) f/2.2, 1/241s, ISO 32 - (Galaxy) f/1.9, 1/390s, ISO 40

iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original)
(iPhone) f/2.2, 1/4s, ISO 250 - (Galaxy) f/1.9, 1/7s, ISO 1000

iPhone 6 (foto original) - Galaxy S6 edge (foto original
(iPhone) f/2.2, 1/15s, ISO 100 - (Galaxy) f/1.9, 1/25s, ISO 250

Galeria livre

Incluímos aqui também as galerias das fotos feitas com cada aparelho para suas respectivas análise:

Galaxy S6 edge

Apple iPhone 6 Plus

Conclusão 

Correndo esta bateria de fotos, de forma geral, dá para perceber como tanto o iPhone quanto o Galaxy S6 fazem excelentes fotografias. Na maioria das cenas, colocamos ambos os smartphones em situações desafiadoras, como pouca luz em diversos casos e, no caso da partida de basquete, temos um caso ainda pior: pouca luz e muito movimento.

Ao longo das fotos, conseguimos observar alguma características de cada aparelho. Além de uma abertura maior para fotos (f/1.9) o Galaxy S6 não viu problema em aumentar o ISO da foto, para conseguir "clarear" a cena. Como resultado, o modelo da Samsung conseguiu imagens muito mais nítidas em locais com pouca luz. O efeito negativo desta escolha, porém, é inevitável, as fotos do Galaxy sofrem muito mais com granulação da imagem, algo que é bem perceptível se você ver a foto em 100%. Para a sorte do modelo da Samsung, sua maior resolução no sensor e o fato da maioria dos usuários redimensionar para um tamanho menor a foto reduz em muito o impacto da granulação.

Na hora de enfrentar "a falta de luz", o iPhone costuma utilizar outro artifício: aumenta o tempo de exposição. Felizmente, sua estabilização óptica - algo também presente no Galaxy - ajuda a evitar que a foto saia borrada caso haja movimento do usuário. Apesar da exposição mais longa, curiosamente foi o Galaxy quem mais "borrou" as pessoas na foto da última cena comparativa.

Na captura de detalhes, algo bem perceptível nos comparativos de estúdio onde fazemos o "crop" de uma parte da foto, os 16MP disponíveis no Galaxy S6 fazem diferença. Com o dobro de resolução disponível, as imagens do aparelho da Samsung pegam minúcias que o iPhone não "alcança". Um exemplo, na primeira cena do estúdio, são os números e o código de barra em um adesivo amarelo, na placa mãe. No detalhe em 100% do iPhone, mal dá para perceber que tem algo escrito ali, enquanto que no Galaxy por pouco não deu para ler que números estão ali.

Quando o assunto é equilíbrio de cores, os dois aparelhos se saem muito bem. Enquanto a Samsung já abusou da saturação no passado, hoje seus smartphones tem cores mais balanceadas e "realistas", uma característica que também vemos no iPhone. Um diferencial não será possível ver neste comparativo: a resolução QuadHD e as cores bastante saturadas da tela Super AMOLED dão ao modelo da sul-coreana uma vantagem interessante, quando você está olhando as fotos diretamente da tela do celular.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".