ANÁLISE: Asus Maximus VIII Hero Alpha

Uma alternativa "mais barata" que a Maximus VIII Extreme sem abrir mão de tecnologias

A Maximus VIII Hero Alpha é a mais recente placa-mãe socket LGA 1151 com suporte aos novos processadores Skylake da linha RoG da ASUS, sendo ela um modelo que traz as principais tecnologias da plataforma, com preço mais competitivo do que o modelo topo de linha Maximus VIII Extreme.

Em cenário internacional a Hero Alpha está custando em média US$ 270, já a Extreme custa US$ 485, diferença de preço que torna a Hero Alpha uma ótima opção porque ela continua sendo um modelo cheio de recursos. As funcionalidades vão desde Wifi/Bluetooth ao suporte à múltiplas placas de vídeo, conexões para drives M.2, U.2, USB 3.1 tipo A e C, áudio SupremeFX, bom potencial para overclock, um controle para "luzes" de LED externas e mais outras características que serão citadas ao longo da análise. Enfim, uma excelente placa para gamers entusiastas.

Tecnologias


Abaixo temos as principais tecnologias da placa, como já destacado, um modelo bem interessante para quem não abre mão de ter disponível o que existe de melhor no mercado.

Basicamente as principais mudanças entre a Extreme e a Hero Alpha são que essa última não acompanha o OC Panel, não traz conexões SATA Express, suporta 3 placas de vídeo simultaneamente e não 4. Por outro lado, a Hero Alpha traz controle de luzes externas RGB, além de trazer suporte a memórias de até 3800MHz, ao contrário de 3400MHz da Extreme.

Cabo Aura 4-pin RGB
A placa-mãe traz a possibilidade de conectar um cabo extra com LEDs RGB, que podem ser controlados pela própria mainboard. É possível personalizar a extensão através das configurações do software da Maximus VIII Hero Alpha. Os LEDs podem ser configurados em seis opções: cores estáticas e sempre ligadas; cores em fade; cores em flash; ciclo constante de tons; pulsos de cor de acordo com a batida da música ou mudança gradativa de cor de acordo com a temperatura da CPU. Os "cabos" de LED com padrão RGB da ASUS, nomeadas AURA, também podem ser adquiridos separadamente.

SupremeFX 2015
A tecnologia SupremeFX 2015 minimiza a interferência eletromagnética e os componentes premium oferecem áudio melhor, inclusive, que o das placas de som dedicadas. Ela também normaliza o volume do microfone para uma gravação estável e reduz os ruídos do ambiente.

OC Design
A placa-mãe vem equipada com OC Design, um gerador dedicado de clock de base (BCLK) projetado para 6ª geração de processadores Intel® que permite aumentar a frequência de clock de base em até 400MHz ou mais. Essa solução de ajuste trabalha em conjunto com o ASUS TurboV Processing Unit (TPU), para aumentar a tensão e o controle de overclock do clock de base — providenciando um novo jeito de aumentar o desempenho a alturas extremas.

Conectividade: U.2, M.2, USB 3.1, Wi-fi 2.4/5.0GHz + Bluetooth 4.1
A placa possui dois conectores SATA-Express, sendo U.2 16Gb/s. Há seis portas SATA 6Gb/s, uma porta USB 3.1 de 10Gb/s, incluindo Tipo-A e Tipo-C. Além disso, a Maximus VIII Hero Alpha traz conexão Wi-Fi no padrão 802.11ac, o mais rápido atualmente. Sendo uma placa 2x2 802.11ac MU-MIMO Wi-Fi, ela consegue operar em duas bandas para uma conexão mais rápida.

Saiba o que muda com o USB 3.1

A Maximus VIII Hero Alpha também apresenta uma CPU VRM de 10 fases, quatro slots DIMM DDR4, e dois slots PCI-Express 3.0 x16 para alimentação dentro e fora do soquete do processador. Sendo um modelo completo cheio de tecnologias, a placa traz o melhor design de BIOS UEFI e uma ferramenta de OC intuitivo para garantir mais performance e uma jogabilidade mais suave. Estão disponíveis os modos EZ e Avançado. A placa é equipada com a moderna Ethernet LAN Intel, que tem a vantagem dupla de reduzir o overhead da CPU e oferecer um rendimento TCP e UDP elevados.

A tecnologia 5-Way Optimization exclusiva da Asus apresenta uma solução rápida para ajustar definições complexas, seja em melhorias de performance instantâneas e para experimentar outras definições. O sistema pode otimizar a CPU, economia de energia para o dia-a-dia, energia digital ultra estável, refrigeração pelas ventoinhas e até as definições de rede e áudio podem ser adaptadas.

Além do GameFirst III, que ajuda a atribuir prioridade e alocar mais banda para o jogo, a a placa mãe possui o grande atrativo de ter suporte tanto para o CrossFire quanto para o SLI. Ela também apresenta o módulo regulador de voltagem Digi+ IV. A tecnologia utiliza reguladores de voltagem para minimizar o desperdício de energia, aperfeiçoar a eficiência, aumentar a tolerância de modulagem da voltagem e melhorar a estabilidade e longevidade da placa.

O Fan Xpert 3 também está presente na placa. A funcionalidade coloca a CPU e o bloco de 4-pinos/3-pinos e o controle das ventoinhas num mesmo lugar. Ele analisa as informações de cada ventoinha e oferece configurações personalizadas para cada uma com base nas temperaturas detectadas nas áreas por sensores térmicos de hardware dedicados.

Fotos


Sendo uma placa da linha RoG, já é esperado que a Maximus VIII Hero Alpha tivesse um acabamento diferenciado e muitas tecnologias voltadas a gamers, sendo isso mesmo o que a placa entrega. O acabamento é excelente, semelhante ao da Extreme. Talvez a Asus devesse fazer com os slots PCI-Express um acabamento semelhante ao de outras empresas. Na pratica, isto não traria tanto benefícios a não ser a parte visual, mas seria interessante deixar este modelo ainda mais bonito.

Ela tem um projeto que promete bom comportamento em overclock, com destaque aos seus 10 controladores de fases além de toda a tecnologia exclusiva da Asus por traz. Por se tratar de um modelo lançado já mais "amadurecido", naturalmente trará eventuais melhorias que não foram possíveis nos primeiros modelos de placas Z170.

Se tratando de conexões para drives, temos o suporte a M.2 e U.2 como destaque. Outra conexão no PCB que é bastante destacada pela Asus é para o controle das "mangueiras"de LED, possibilitando que o usuário controle a iluminação dessas mangueiras via software disponibilizado pela empresa.

O painel de conexões traseiro merece destaque pela quantidade de conexões disponíveis, desde as antenas de WiFi/Bluetooth à HDMI e DisplayPort. A placa também conta com as novas USB 3.1, tipo A e C.

BIOS
O layout da BIOS segue o padrão das últimas mainboards da Asus, sempre muito clean e organizado, com certeza entre os melhores. O destaque está nos perfis avançados de overclock, já mais maduros do que os modelos iniciais, garantindo overclocks mais estáveis.

 

Memórias AVEXIR RoG

AVEXIR RoG Certified DDR4 32GB (4x8GB) 2666GHz
Junto com a mainboard, a Asus nos enviou um kit com certificado RoG de memórias da Avexir. Abaixo algumas fotos do kit, composto por 4 módulos de 8GB, cada um com clock de 2666MHz. O detalhe fica por conta do efeito gerado em cima dos módulos que deixam o sistema com um visual incrível, interessante para casemoders.

Para quem quiser mais informações desse kit de memórias com certificado RoG clique aqui.

Sistema Utilizado


Abaixo algumas fotos do sistema utilizado, mais abaixo a configuração completa:

Máquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:

- Processador: Intel Core i7 6700K
- Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 980 Ti (referência)
- Memórias: 8 GB Kingston HyperX Predator 3000MHz (2x4GB) @ 2133MHz
- SSD: Kingston HyperX Savage 240GB Sata 6Gb/s
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s
- Cooler: Noctua NH-U12S / Cooler BOX
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 10 64 Bits com Updates
- Intel INF 10.0.27
- GeForce 364.72

Aplicativos/Games:
- AIDA 5.xx
- AS SSD Benchmark 1.8.x
- CPU-Z Bench
- wPrime 2.10
- WinRAR 5.31

- 3DMark (DX11)
- Grand Theft Auto 5 (DX11)
- Metro Last Light (DX11)

CPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z e GPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e sistema utilizado nos testes.

Overclock
Fizemos overclock no sistema através de um perfil pré-definido pela Asus optando pelo perfil mais alto disponível, que colocou o Core i7 6700K trabalhando em 4.8GHz. Não fizemos nenhuma configuração manual, deixamos totalmente por conta do perfil criado pela empresa, mais o XMP das memórias, subindo do padrão de 2133MHz para 3000MHz. Vejam abaixo a telas do CPU-Z:

Testes

Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema. Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso (IDLE).  

Rodando o 3DMark
Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os seguintes resultados de consumo:

Testes de desempenho
Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes, com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.

CPU-Z Bench
Abaixo o resultado do teste "Multi Thread" do aplicativo CPU-Z.

AIDA64 
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o AIDA64 e seu teste de memórias, mostrando o resultado de latência, confiram:  

AS SSD Benchmark
Dando sequência, abaixo um teste de desempenho do mesmo SSD utilizado em todas as placas:  

WinRAR
Outro teste indicado que pode ser usado para medir o comportamento do processador é o WinRAR, que consegue fazer bom uso de todos os cores.

wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:  

3DMark
Começamos nossos testes com foco em vídeo com o 3DMark, mas por enquanto com a placa de vídeo dedicada.

Testes em games

Grand Theft Auto 5
O game GTA V para PC está entre os mais exigentes da atualidade, trazendo ótima qualidade gráfica. Confiram abaixo o comportamento das placas rodando o game e como fica a diferença entre os processadores:

Metro Last Light
Para finalizar, fizemos mais um teste em games com a placa de vídeo dedicada, agora com o Metro Last Light.

 

A Maximus VIII Hero Alpha é uma opção de placa-mãe ideal para um gamer entusiasta que está montando um novo sistema top, já que ela traz todas as principais tecnologias do mercado, algumas tecnologias exclusivas desenvolvidas pela Asus. Ademais, a placa-mãe não custa um valor tão alto com o da Extreme, modelo topo de linha da empresa com chipset Z170.

A placa ideal para um gamer entusiasta, não custa tanto como modelos topo de linha, mas oferece quase o mesmo

Todo o acabamento diferenciado encontrado em placas da linha RoG estão presente nesse modelo, desde os componentes utilizados, as tecnologias e apelo visual, que no caso dessa placa tem seguido a tendência que vários fabricantes de produtos gamers estão aplicando: o uso de LEDs RGB. No caso da Hero Alpha além de suportar o controle de "luzes" externas há a possibilidade de que o gamer gerencie os LEDs utilizados em um casemod ou mesmo em uma árvore de natal, como o vídeo promocional da empresa demonstra.

Analisando as tecnologias, ela vem recheada com WiFi, Bluetooth, áudio SupremeFX, conexões M.2, U.2, USB 3.1 Tipo A e C, suporte a múltiplas placas de vídeo e uma suíte de aplicativos excelente para fazer o bom uso dessas tecnologias e do que elas podem oferecer.

Quando o assunto é overclock a placa também se comporta muito bem, especialmente em seus perfis pré-definidos, que ajudam e muito os usuários com menor conhecimento. Como mostrado anteriormente, um dos perfis colocou o Core i7 6700K trabalhando em 4.8GHz em um dos cores, trazendo bom ganho extra sem que para isso fosse necessário conhecimento avançado.

Esse modelo ainda não chegou no Brasil, mas quando chegar deverá custar aproximadamente R$ 2.000. Afinal, a média é fazer o dobro do que é cobrado no exterior, atualmente cerca de US$ 270.

Conclusão

 

Avaliação: Asus Maximus VIII Hero Alpha

Tecnologias
10
Acabamento
10
Overclock
10
Performance
10
Preço
7

PRÓS
Ótimo acabamento e visual gamer
Componentes de alta qualidade
Suporte a Crossfire e SLI
Ótimo comportamento em overclock
Conexões M.2, U.2 e USB 3.1
Excelente suite de aplicativos
CONTRA
Hmmmm, preço no Brasil. Só pra colocar um contra. :-)
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado é responsável pelas análise de drones e alguns gadgets relacionados a fotos e vídeo, como Action Cams.

  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier