ANÁLISE: Samsung Galaxy S7

Câmera rápida, ótima performance e acabamento caprichado que se espera num topo de linha

Assim como o esperado, a Samsung lançou seus novos aparelhos topo de linha na MWC 2016, o Galaxy S7 e o S7 edge, onde eles fizeram bastante sucesso entre público e crítica, principalmente por recuperar recursos que haviam sido abandonados na geração S6. Conseguimos testar o S7 por aqui a tempo antes da Samsung lançar algum novo smartphone ainda mais e vamos dar nossas impressões na análise a seguir! Será que o Galaxy S7 vale R$ 3.800?

Comparativo


Samsung Galaxy S7

Apple iPhone 6s

Microsoft Lumia 950

LG G5

Preços

Preço no lançamentoU$ 690,00
Preço atualizadoU$ 690,00

Especificações

Armazenamento interno|32GB||64GB| 16GB, 64GB, 128GB |32GB| |32GB|
Cartão microSDAté 200GB Até 2TB
Memória RAM4GB 2GB 3GB 4GB
Número de núcleos8 2 6 4
Portas de conexão|Micro-USB| |USB Tipo-C|
Sistema OperacionalAndroid 6.0 iOS 9.0 Windows 10 Android 6.0
Update disponível para o sistemaNão informado iOS 11 -
ProcessadorSnapdragon 820 | Exynos 8890 Apple A9 Qualcomm Snapdragon 808 Qualcomm Snapdragon 820
Clock2.3GHz e 1.6GHz | 2 + 2 ou 4 + 4 GHz1.84 GHz1.8 GHz2 cores em 2.3GHz 2 cores em 1.6GHz GHz
GPUAdreno 530 | Mali-T880 MP12 PowerVR GT7600 (6 cores) Adreno 418 Adreno 530
Bateria3000mAh mAh1810 mAh mAh3000 mAh mAh2.800 mAh mAh
Dimensões142.4 x 69.6 x 7.9mm mm138.3 x 67.1 x 7.1 mm mm145 x 73.2 x 8.2 mm mm149.4 x 73.9 x 7.7mm mm
Peso152g g143 g g150g g159g g

Recursos

GPSSim Sim Sim Sim
Leitor de DigitalSim Sim - Sim
LTESim Sim Sim Sim
NFCSim Sim Sim Sim
Número de cartões SIM1 1 1 1
RadioNão Sim
Tipo de cartão SIMNano SIM Nano SIM - Nano SIM
TV DigitalNão Não
Bluetooth4.2 4.0 4.1 4.2
ExtrasIP68, carregamento por indução, Gorilla Glass 5 3D Touch, Coprocessador M9, Touch ID 2ª geração Modo Continuum, Fast Charge Design semi-modular e bateria removível

Display

Resolução1440 x 2560 750 x 1334 1440 x 2560 1440 x 2560
Tamanho5.1 polegadas 4.7 polegadas 5.2 polegadas 5.3 polegadas
TecnologiaSuper AMOLED IPS IPS IPS Quantum
ProteçãoVidro ionizado

Câmera

Vídeos2160p 60 fps 2160p 30 fps 2160p 30 fps 2160p 60 fps
Traseira12MP Dual Pixel 12 MP 20MP Standard 16MP | Wide 8MP
Frontal5MP 5 MP 5MP 8MP

Vídeo Análise

Design e Tela
As melhores características do aparelho aparecem logo de cara

O trabalho que a Samsung dedicou ao capricho no design de seu novo aparelho topo de linha fica evidente assim que se olha para o Galaxy S7. A tela de 5,1' não ocupa muito do corpo, cujas bordas finas garantem um aparelho de bom tamanho que pode ser manuseado sem dificuldade alguma com apenas uma mão, e isso é um ponto muito positivo. É comum aparelhos mais baratos começarem a ficar desajeitados ao passarem das 5' no tamanho da tela.

São 3 opções de cores para o aparelho: prata, dourado e preto. Recebemos a cor dourada, que não seria minha escolha pessoal, mas não é menos bonita por isso. Para quem faz questão de chamar a atenção para seu smartphone que custou mais de R$ 3.000, o dourado consegue não ser exagerado, com um brilho bonito que combina com a tela.

 

A tela, aliás, é uma grande característica para o S7. Fora minha preferência pessoal pelo Super AMOLED, que sempre traz cores fortes e vivas que realmente se destacam e dão uma grande dinâmica ao aparelho, isso associado à resolução QuadHD (1440 x 2560), realmente entregam uma tela muito bonita que se destaca até em configurações com menos brilho.

A crítica aqui, assim como no Galaxy S6, vai para a traseira do aparelho. Enquanto o formato liso é bonito de se ver, as marcas de dedo são inevitáveis e, pior do que isso, a pegada fica um pouco comprometida. O aparelho não fica tão firme na mão como smartphones que optam pela traseira texturizada e não sentir firmeza na hora de segurar o celular é especialmente agravado quando falamos de um dispositivo caro como o Galaxy S7.

Câmera
Fotos muito bonitas de maneira rápida e prática

A câmera é outra grande vitória para este aparelho. O aplicativo abre e tira fotos com velocidade impressionante, o que é uma característica bastante importante para este tipo de recurso em que, muitas vezes, queremos tirar uma foto de algo que está acontecendo num exato momento e que pode ser perdido esperando o celular carregar.

Mas, tão importante quanto a velocidade, é o resultado das fotos obtidas, outro quesito onde o S7 não decepciona. As imagens são vivas e ricas em detalhes, sendo possível obtermos ótimas fotos tanto de perto como de longe, em paisagens, por exemplo. Mesmo tendo um sensor com 12MP, menos do que alguns concorrentes, a Samsung cumpriu sua promessa de oferecer fotografias de qualidade com a tecnologia Dual Pixel. Veja o comparativo:

Boa Luz

Pouca Luz

Flash

Desempenho
Tão rápido quanto se espera de um topo de linha

Já faz tempo que nenhum topo de linha decepciona em matéria de desempenho. Aplicativos geralmente são desenvolvidos para rodar com tranquilidade no maior número de dispositivos móveis possível, então aparelhos mais caros com processadores melhores são até um exagero em alguns casos. Claro que com o Galaxy S7 não é diferente. O uso se dá de maneira completamente fluida e sem engasgos, não importa qual app o usuário está abrindo e nem o número de programas abertos. Testamos o modelo com o Exynos 8890 @2,60GHz que entregou mais performance do que qualquer aplicativo precisa. 

Infelizmente, o Galaxy S7 é o único smartphone topo de linha 2016 que recebemos até o momento, então tivemos que compará-lo com aparelhos anteriores em nossos testes de benchmark. No futuro vamos atualizar os gráficos para ver como ele se sai no ranking, mas, de novo, mesmo o aparelho com a menor pontuação nessas tabelas oferece uma ótima usabilidade quando estamos neste segmento. 

 

Autonomia
Cumpre o dever de durar um dia inteiro

O Galaxy S7 conta com uma ótima autonomia de bateria, mas nada digno de destaque e elogios como sua câmera ou tela. Um uso moderado do aparelho pode até levá-lo para um pouco além de um dia, mas um uso intenso, com o 4G ligado, fazendo ligações e jogando no smartphone vai drenar bastante sua bateria, durando até menos do que um dia, o que é um problema.

Recursos
Extras que realmente trazem vantagens para a experiência do usuário

O aparelho oferece alguns ótimos recursos que ajudam muito na sua usabilidade. O mais importante, provavelmente, é o leitor de digitais, de uma rapidez e precisão impressionantes! A leitura da impressão digital é uma tecnologia prática e segura para se travar seu smartphone, mas para as empresas ela tem um viés muito importante: tem que ser perfeito. Não adianta nada incorporar o recurso se ele for tão chato de ser usado que o usuário opta logo pelo PIN e nunca mais quer saber do sensor. No caso do Galaxy S7 fica difícil optar por outro método de travamento. Em menos de um segundo com o dedo que pode até estar mal posicionado no sensor e o celular já destrava.

Além do leitor, temos outros recursos interessantes também. O "Briefing", por exemplo, é uma extensão do Flipboard que transforma uma das páginas da sua interface inteira num jornal. O usuário não precisa acessar nada, basta fazer o swipe para a página e as últimas notícias já aparecem no formato de "lista sem fim". É possível configurar quais assuntos que vão ser mostrados e tocar num dos posts leva para a página original dele. Muito prático.

A Samsung preparou também um recurso especialmente para os jogadores mobile, o bem-vindo"Game Tools". Quando ativado, o recurso acrescenta um pequeno e discreto ícone com transparência sobre o seu jogo, que pode ser posicionado onde o usuário quiser. Ao acessar este ícone o jogo pausa e são oferecidas as seguintes opções:

- Desligar alertas durante o jogo
- Bloquear teclas "recentes" e "voltar"
- Minimizar jogo
- Captura de tela
- Gravar
- Configurações

Um pequeno ponto negativo aqui acaba indo para o bundle de aplicativos Microsoft. O aparelho vem com os instaladores do Excel, Word, PowerPoint e OneNote, além do OneDrive e Skype já instalados. Enquanto estes não são apps ruins e até muito bem-vindos por alguns usuários, eles podem ser completamente inúteis para outros. Já que eles estão disponíveis gratuitamente na Play Store, por que não deixar o usuário escolher se quer ou não?

Como todo aparelho acima dos R$ 2.000, o Galaxy S7 é um excelente smartphone que cumpre com maestria suas promessas. O aparelho é muito bonito, a tela é impecável, sua câmera é rápida e confiável, a tela é sensível e responsiva e o desempenho não deixa a desejar em momento algum. A autonomia não impressiona, mas satisfaz e a traseira lisa não é a melhor opção, só que permite um visual bem legal.

Quem estiver disposto a pagar não só pela tecnologia e acabamento, mas também pelo nome, ao menos vai ter um ótimo aparelho não vai decepcionar.

Mas vale R$ 3.800? A verdade é que do ano passado pra cá os preços dos smartphones inflaram muito e não encontramos mais aqueles modelos perfeitamente satisfatórios por R$ 500 ou R$ 600. O segmento intermediário subiu para a casa dos R$ 1.500 a R$ 2.000, o que os aproxima dos topo de linha. Mas isso não faz dos topo de linha acessíveis ou até mesmo justificáveis. O valor cobrado no Galaxy S7 não vai só pelas suas excelentes qualidades que listei nesta análise, mas também pela sua "grife". Quem estiver disposto a pagar não só pela tecnologia e acabamento, mas pelo nome também, ao menos vai ter um ótimo aparelho que de maneira alguma vai lhe decepcionar.

Conclusão

 

Avaliação: Samsung Galaxy S7

Design
9.5
Câmera
9.0
Desempenho
9.5
Autonomia
8.0
Recursos
9.0
Preço
5.0

 

PRÓS
Belíssimo design, com acabamento impecável
Tela com cores vivas e excelente resolução
Leitor de digitais rápido e preciso
Câmera ultra-rápida com ótimas fotos
Resistência à água
CONTRA
Preço
Aplicativos não convidados da Microsoft
Autonomia podia ser melhor
Traseira lisa é bonita, mas compromete a pegada
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.