ANÁLISE: Ratchet & Clank

Uma aventura linda, divertida e indicada para todas as idades

Produzido pela Insomniac Games, "Ratchet & Clank" é a estreia no Playstation 4 da franquia de aventura de um dos mascotes mais marcantes nos videogames da Sony. O jogo é uma reimaginação do primeiro episódio da série, lançado no Playstation 2 em 2002, trazendo a mecânica clássica conhecida pelos fãs, com algumas novidades modernizadas, ao mesmo tempo em que faz conexão com o longa de animação que estreia nos cinemas do Brasil em maio.

Será que o retorno de "Ratchet & Clank" faz jus ao legado da saga? É isso o que você vai descobrir na análise do game abaixo. O título está disponível exclusivamente para PS4.


História
Dois amigos improváveis destinados a salvar a galáxia

A história de "Ratchet & Clank" conta como os dois heróis que dão nome à franquia se encontraram de uma maneira muito improvável e decidiram seguir juntos numa jornada para salvar a galáxia de Solana da tiraria do vilão Drek.

 

O enredo é todo narrado pelo Capitão Qwark, que tece comentários bem-humorados sobre cada parte em que o jogador for passando. O desenvolvimento dos acontecimentos costuma ser bem equilibrado, explicando detalhes adjacentes que ajudam a contextualizar os eventos norteiam a aventura.

Personagens carismáticos esbarram numa história pouco interessante e empolgante. Mas as dublagens em português estão sensacionais e garantem a imersão.

O problema é que a maioria desses eventos não chegam a ser muito interessantes ou convidativos a continuar jogando pela curiosidade do que pode acontecer na sequência. Existem algumas cenas bem divertidas e outras um tanto épicas, mas não são suficientes para prender a atenção e criar uma empolgação pela trama.

No final das contas, você estará  jogando mais pela companhia do carisma simpático dos personagens, que têm personalidades bem envolventes e costumam fazer piadinhas certeiras, inclusive com a própria franquia e o fato da existência do jogo ser baseada numa animação baseada no jogo.


Jogabilidade
Aventura com tiroteios, plataformas e puzzles garante a diversão

A jogabilidade de Ratchet & Clank resgata a clássica mecânica da série: uma mistura bem balanceada de aventura com tiro em terceira pessoa e elementos modestos de plataforma com quebras-cabeças. O deslocamento é livre em todas as direções e depende totalmente das extensões dos cenários, que se dividem entre áreas mais abertas, as exploradas por Ratchet, e setores mais lineares, sob o comando de Clank.

Os dois personagens são utilizados em trechos individuais, ou seja, eles nunca atuam juntos, embora se comuniquem constantemente. Ratchet é o único que possui uma mecânica sólida de combate, podendo aplicar combos físicos ao mesmo tempo em que pula, atira e usa uma série de habilidades exclusivas, como planar com uma hélice, voar com um jetpack, caminhar de cabeça para baixo usando botas magnéticas, mergulhar ou deslizar em canos.  

O espírito dos jogos da saga está aqui: tiroteios frenéticos com muitas armas divertidas, exploração na medida certa e segredos ocultos espalhados por cenários grandiosos. Os fãs vão gostar instantaneamente.

Cada um desses recursos é adquirido aos poucos no decorrer do jogo, que faz questão de não apresentar a extensão da experiência toda de uma vez, evitando a fadiga de uma possível repetição na jogabilidade. E isso realmente nunca acontece: "Ratchet & Clank" traz uma diversidade de planetas exploráveis com características únicas de design e atrativos atrelados à mecânica que diversificam a aventura, deixando-a divertida, desafiante e atraente na maior parte do tempo.

Um dos aspectos mais legais dessa variedade são os armamentos que Ratchet pode usar. Existem pelos menos 12 tipos de armas, cada uma com particularidades no jeito de atirar, causar danos e de como interagir em combate. A maioria veio dos jogos anteriores da saga; poucas são inéditas, mas são o suficiente para acrescentar algo de novo ao que os fãs de longa data já estão familiarizados.

A proposta, entretanto, permanece a mesma de sempre: combine o potencial de cada uma delas para destruir tudo o que encontrar pela frente causando o máximo de estrago possível. Além disso, todas as armas ainda podem ser evoluídas, aumentando seu poder de fogo e ajudando a criar a ótima sensação de ser um verdadeiro guerreiro intergalático.

Já os trechos de Clank baseiam-se puramente em quebra-cabeças que envolvem mecanismos típicos de plataforma, como mover alavancas, burlar ligações de sistemas eletrônicos e ativar interruptores para alcançar áreas escondidas. Esses momentos são bastante lineares e os próprios puzzles não são dos mais desafiantes e criativos já vistos na série, derrubando parte do ritmo e da diversão da jogatina. Felizmente, estas fases são curtas e não chegam a incomodar muito.

Jogar com Clank não tem metade da diversão proporcionada com as partes de jogatina com Ratchet. Os trechos de plataforma são básicos e os puzzles são pouco inspirados.

Uma das novidades mais bacanas que "Ratchet & Clank" reimaginado traz à franquia é umancoleção de cartas. Ao todo, são 99 delas espalhadas pelo jogo que, quando completadas em série de três para cada categoria, conferem benefícios (perks) permanentes que são automaticamente incorporados à mecânica. Esses extras podem ser, entre outros, um aumento de 100% no dano desferido por ataques físicos ou a liberação da potência máxima de uma determinada arma.

Existem ainda cartas repetidas: quando se reúne 5 cartas que já estejam na sua coleção, é possível trocá-las, à livre escolha, por uma carta que se esteja precisando, preenchendo um novo trio de uma categoria anteriormente incompleta e liberando mais um tipo de bônus na jogabilidade. Embora não seja algo exatamente inovador na indústria de games, é uma novidade válida na série que incentiva a continuar jogando para buscar por melhorias cada vez mais úteis, já que elas sempre jogam a favor do jogador. 


Gráficos
Praticamente uma animação jogável da Pixar

Uma das melhores atrações de "Ratchet & Clank" são gráficos. Os cenários são belíssimos, bem coloridos e recheados de detalhes que deixam a experiência bastante vívida, alegre e contagiante. De tão bem polido que o título está, muitas vezes, a impressão que se tem é que não se está jogando um game, mas assistindo a uma típica animação da Pixar, sem exageros.

Os cenários costumam ter vários elementos que se movimentam nos arredores, como veículos voadores, predadores gigantes, naves espaciais e alienígenas de diversos tipos, passando uma constante sensação de que tudo está realmente acontecendo simultaneamente enquanto o jogador tenta salvar a galáxia da tirania do vilão.

Ratchet & Clank é um dos jogos de aventura mais bonitos de todos os tempos. O colorido gráfico se aproxima muito das animações da Pixar, sendo atraente visualmente a jogadores de todos os estilos e idades.

Além disso, as texturas estão bastante precisas, ressaltando a qualidade de objetos e de estruturas de composição espalhadas por todas as áreas. Os efeitos de luz, de sombra, de reflexos, de explosão, de água, de fogo, de neve e de partículas também estão bem apurados, acrescentando uma variedade de recursos visuais que ajudam a incrementar a experiência.

O jogo só não ganha nota máxima no quesito porque existem situações ultrapassadas na dinâmica de física. Quando Ratchet caminha sobre plantas, por exemplo, estas não emitem qualquer tipo de reação e permanecem estáticas, independente da movimentação do herói. Embora seja algo quase que irrelevante e que em nada influencie na aventura, poderia ter recebido um pouco mais de cuidado, pois causa estranheza e prejudica uma pequena parte da imersão.


Áudio
Trilha sonora contagiante e dublagens de primeira

"Ratchet & Clank" também acerta em cheio no áudio. A trilha sonora é bem divertida, envolvente e costuma dosar bem os momentos mais agitados, com melodias empolgantes e mais agressivas, com os trechos de exploração, com músicas mais suaves e intrigantes. A combinação entre esses momentos é bem balanceada e é estampada o tempo inteiro na ótima plasticidade sonora do game.

Além disso, as dublagens em português brasileiro estão excelentes e praticamente seguem o mesmo nível da dublagem nacional para animações. Não só as interpretações estão sensacionais, mas a variedade de vozes e de efeitos para encontrar a identidade correta e que combine com cada tipo de personagem, dos principais aos secundários, é bem trabalhada e garante a imersão exata na experiência.  

Tirando os tropeços da história e os trechos monótonos de se jogar com Clank, "Ratchet & Clank" é uma ótima estreia da franquia no Playstation 4. Tudo o que os fãs da saga já conhecem e gostam está de volta: gráficos coloridos muito bem trabalhados, tiroteios frenéticos com uma penca de armas divertidas para usar e exploração intergaláctica por diversos planetas cheios de segredos para descobrir. O game diverte bastante com uma sólida mecânica de gameplay e personagens carismáticos, atrativos suficientes para conseguir ser recomendado para jogadores de todas as idades, inclusive para os que nunca tiveram contato com um jogo da franquia anteriormente.

Conclusão

 

Avaliação: Ratchet & Clank

História
7.0
Jogabilidade
9.0
Gráficos
9.5
Áudio
9.0

PRÓS
Gráficos lindíssimos bem coloridos e lotados de detalhes
Muitos planetas para explorar: cenários com desafios bem variados 
Variedade de armas garante tiroteios e combates frenéticos
Dublagens em português no mesmo nível das animações dos cinemas
Sistema de coleção de cartas é novidade bem-vinda à franquia
Divertido para todas as idades
CONTRAS
História desinteressante
Trechos com Clank não empolgam
Quebra-cabeças muito fáceis
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.