ANÁLISE: Asus Rampage V Extreme

ANÁLISE: Asus Rampage V Extreme
Por Fabio Feyh 02/10/2014 18:14 | atualizado 15/08/2019 08:11 comentários Reportar erro

Depois de muita espera, a Intel lançou no final de agosto os novos processadores Core Extreme da linha Haswell-E, junto com eles a empresa lançou o chipset X99, que atualiza a plataforma topo de linha da empresa com as principais tecnologias do segmento, adicionando como destaque exclusivo por enquanto, as memórias DDR4.

Nossa primeira anÁlise de placa-mãe X99 serÁ logo de um dos principais modelos do mercado, a Asus Rampage V Extreme, placa da linha que é considerada por muitos a melhor do mercado quando o assunto é produto destinado a entusiastas e overclockers.

Entre os destaques da placa, muitas tecnologias como sempre, agora com suporte a drives M.2 e SATA Express nativos pelo chipset, assim como aconteceu com as placas com chipset Serie 9 (H97/Z97). Além dessas novas conexões, podemos destacar o Áudio SupremeFX, suporte a 4 placas de vídeo em Crossfire ou SLI, suporte a Bluetooth e Wi-fi, esse último com 3 antenas, chegando a 1300Mbps. O modelo também se destaca pelo projeto voltado a overclock extremo, sendo um dos melhores modelos do mundo para essa finalidade utilizando esse chipset.

Em cenÁrio internacional, a placa foi lançada custando US$498,99. No Brasil, ela deve chegar nos próximos dias com preço variando de R$2,5 mil a R$3 mil 

Tecnologias
Na imagem abaixo temos destacadas algumas das principais tecnologias da placa, confiram:


Suporte a SLI e CrossFireX com quatro placas de vídeo
O usuÁrio pode desfrutar do poder de até quatro placas de vídeo operando simultaneamente na Rampage V Extreme. HÁ espaço suficiente entre cada slot de conexão PCI Express 3.0 para que as placas se encaixem.

OC Socket
Com base no socket LGA2011-3, que por padrão possui 2011 pinos, a ASUS criou sua própria versão do socket que vem com mais pinos para oferecer mais desempenho: o OC Socket. Ao todo, foram adicionados cerca de 39 pinos a mais que melhoram a estabilidade do processador, eliminando virtualmente a queda de tensão. E eles só são ativados caso o usuÁrio faça overclock ou altere a voltagem na BIOS da placa.

Suporte a memória DDR4
Esta é a primeira plataforma a suportar memórias DDR4, sendo capaz de overclockÁ-las a até 3300+ MHz com todos os oito módulos DIMM ocupados. O design de circuito T-Topology, exclusivo da ASUS, mais o OC Socket ajudam a liberar todo o potencial das memórias DDR4.

OC Panel
A placa-mãe vem acompanhada pelo OC Panel, acessório que permite ao usuÁrio monitorar o sistema, principalmente em situações de overclock.

Botões Safe Boot e ReTry
A Rampage vem ainda com os botões Safe Boot e ReTry para ajudar o usuÁrio quando um overclock dÁ errado. O primeiro desliga o sistema e aciona o modo seguro, no qual as configurações anteriores vão estar salvas e serÁ possível alterÁ-las para tentar de novo. JÁ o ReTry é um botão que, ao ser pressionado, vai reinicializar a placa-mãe caso a inicialização dela tenha dado algum problema.

Extreme Engine Digi+ IV
O módulo regulador de voltagem Digi+ IV também estÁ presente na placa. A tecnologia utiliza reguladores de voltagem para minimizar o desperdício de energia, aperfeiçoar a eficiência, aumentar a tolerância de modulagem da voltagem e melhorar a estabilidade e longevidade da placa.

Design termal DirectCU
A tecnologia de resfriamente DirectCU possui tubos de cobre condutores de calor em contato direto com Área do módulo regulador de voltagem Digi+ IV para melhorar a dissipação do calor. A placa fica até 7°C mais resfriada que outros padrões de resfriamento.

X-Socket II
O X-Socket II torna mais fÁcil instalar seu sistema de resfriamento com nitrogênio líquido ou gelo seco ao socket LGA2011-3.

Fan Xpert 3
O Fan Xpert 3 coloca a CPU e o bloco de 4-pinos/3-pinos e o controle das ventoinhas num mesmo lugar. Ele analisa as informações de cada ventoinha e oferece configurações personalizadas para cada uma com base nas temperaturas detectadas nas Áreas por sensores térmicos de hardware dedicados. Garante que cada ventoinha alcance o melhor equilíbrio entre refrigeração mÁxima e baixo ruído. O Fan Xpert 3 suporta o modo combo PWM/DC para as ventoinhas da CPU e do gabinete, e é capaz de reduzir a velocidade da ventoinha da CPU abaixo do padrão mínimo, para silêncio extremo e economia de energia.

SupremeFX 2014
A tecnologia SupremeFX 2014 minimiza a interferência eletromagnética e os componentes premium oferecem Áudio melhor, inclusive, que o das placas de som dedicadas. Ela também normaliza o volume do microfone para uma gravação estÁvel e reduz os ruídos do ambiente.

Sonic Radar II
Sonic Radar II mostra a origem do som em um radar e permite identificar, por exemplo, em um jogo de FPS a origem dos tiros ou dos passos do inimigo.

Intel Ethernet
A placa possui a mais recente Intel Ethernet para jogos mais rÁpidos e fluidos. A LAN da Intel reduz a sobrecarga da CPU e oferece alto rendimento do TCP e UDP.

LANGuard – RJ45 reinventada
A ROG reinventou a porta LAN. Os capacitores melhoram a produtividade, enquanto os componentes ESD Guards protegem a placa-mãe de raios e eletricidade estÁtica.

GameFirst III
A ferramenta exclusiva GameFirst III foi atualizada com mais recursos para ajudar os games. Quando ativada, ela otimiza o trÁfego da rede, dando preferência aos pacotes dos jogos, mantendo a latência no mínimo e reduzindo os tempos de ping.

KeyBot
O microprocessador KeyBot permite atribuir macros às teclas de função F1-F10 e pode iniciar qualquer aplicativo com um único toque ou como controle de players de vídeo e Áudio.

RAMDisk
O ROG RAMDisk é um software exclusivo de produtos selecionados da linha ROG que permite utilizar toda a capacidade da memória RAM disponível e melhorar o desempenho do sistema e a durabilidade dos drives SSD.

UEFI BIOS
A interface grÁfica UEFI BIOS controlada por mouse foi atualizada para oferecer configuração mais rÁpida e funções mais prÁticas, facilitando o overclock.

Truevolt USB
A placa-mãe vem com design USB Truevolt que oferece uma fonte de 5V para os sockets USB frontais e traseiros. Todos os equipamentos conectados se beneficiam dos 5V ao mesmo tempo.

Fotos

Como destacamos, começamos nossas anÁlises de placas-mãe X99 logo por um dos modelos mais desejados do mercado, entre os motivos pelo seu visual extremamente imponente e acabamento de alto padrão. Começamos pelas fotos da caixa e acessórios que acompanham aa Asus Rampage V Extreme.

Ainda acompanha a placa o acessório OC Panel, bastante interessante para overclockers. Entre suas funcionalidades o mesmo consegue até informar algumas características do sistema quando ele estiver desligado ou antes de entrar no sistema operacional, sem que seja instalado qualquer software.

Assim como demais placas da Asus com selo RoG, a Rampage V Extreme segue o padrão nas cores preto e vermelho. Os slots PCI-Express e de memórias alternam também entre essas cores, sendo que os dissipadores ficam todos na cor preta e as portas Sata/Sata Express na cor vermelha, ainda como destaque diferente do modelo anterior a Rampage V Extreme possui uma carcaça sobre as conexões do painel traseiro com a palavra "EXTREME" impressa, semelhante a utilizada na Rampage IV Black Edition.

Assim como toda placa RoG, o sistema de Áudio SupremeFX estÁ entre seus diferenciais, no caso desse modelo com suporte a 8 canais de Áudio. Portas SATA Express também estão presentes no modelo, assim como uma conexão M.2 baseado em PCIe 4X que chega a 32Gb/s

Como sempre botões de acesso rÁpido facilitam a vida de quem montar o sistema em bancada, alguns exclusivos para quem monta o sistema com esse conceito, como o Safe Boot e o Retry Button. Para overclockers mais exigentes, hÁ a possibilidade de acompanhar de forma mais precisa voltagens do sistema com aparelhos específicos.

Esse modelo também passou a ter um novo sistema de dissipação de calor utilizando a tecnologia DirectCU, implementada inicialmente em placas de vídeo da Asus.

No painel traseiro, muitas conexões com destaque as 3 antenas WiFi, novidade em placas da Asus, de acordo com a empresa possibilitando 1.3Mbps.

Uma bela placa-mãe, que deve agradar bastante quem não abre mão de visual imponente e muitas tecnologias. 

Nas fotos abaixo detalhes do socket sem e com o processador utilizado, um Core i7 5960X.

Fizemos um vídeo mostrando alguns detalhes da placa em diferentes ângulos, confiram abaixo:

BIOS

Desde o lançamento dos chipsets Serie 7, as BIOS trazem novo visual, buscando se tornar mais amigÁveis acima de tudo, além de trazer pré-configurações e funções automatizadas. Placas mais recentes da Asus que utilizam chipsets como Serie 9 e X99 tiveram mudanças significativas em cima da geração passada, tanto visual como de configuração.

Visualmente ela estÁ mais bonita, com dashboard trazendo informações cruciais do sistema e atalhos rÁpidos para funções como overclock automÁtico, configuração de memórias e etc.

Falando em overclock automÁtico, funções como essa se tornaram muito fÁceis de se utilizar, sem necessidade de muito conhecimento técnico. O sistema pede apenas o modo de overclock para uso de trabalho ou games e qual o sistema de cooler utilizado no sistema. O restante ele faz sozinho. 

Por ser o modelo topo de linha da empresa tem algumas funções mais avançadas, especialmente relacionadas a overclock. Abaixo algumas telas da BIOS da placa.

Sistema utilizado

Abaixo, detalhes sobre o sistema utilizado, mas antes, fotos com demais hardwares utilizados, nesse caso com algumas combinações diferente de memórias.

MÁquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:

- Processador: Intel Core i7 5950X
- Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 780 (referência)
- Memórias: 64 GB Kingston Predator 2400MHz (8x8GB)
- SSD: Kingston HyperX 3K 480GB Sata 6Gb/s
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s
- Cooler: Noctua NH-U12S
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 8.1 64 Bits com Updates
- Intel INF 10.0.20
- GeForce 344.16

Aplicativos/Games:
- CineBENCH R15
- MaxxMEM 2.01
- x264 FHD Benchmark 1.0.1
- wPrime 2.10

- 3DMark (DX11)
- Bioshock Infinite (DX11)
- Metro Last Light (DX11)
- Tomb Raider (DX11)

CPU-Z

Abaixo, telas do CPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e sistema utilizado nos testes.

Overclock

O Overclock na plataforma X99 assim como anteriores destinadas a usuÁrios entusiastas estÁ entre seus grandes diferenciais, com a Rampage V Extreme combinada ao Core i7 5960X atingimos um nível acima em se tratando de desempenho, sendo possível subir muito o clock do processador e memórias em especial, consequentemente possibilitando se quebrar vÁrios recordes.

Em nossos testes, utilizamos dois métodos de overclock, um através do EZ Wizard, que overclocka o sistema automaticamente de acordo com os componentes instalados, e outros manual, onde setamos o clock desejado.

Com o EZ Wizard o sistema subiu o clock do CPU para 3875MHz( padrão = 3000MHz) e das memórias para 2446MHz padrão = 2400MHz). JÁ em nosso overclock manual, subimos o clock do CPU para 4.6GHz, representrando aumento de mais de 50% sobre o clock original. Para isso, tivemos que aumentar a tensão do CPU para 1.375v a fim do sistema se manter estÁvel.

Vale destacar que clocks muito altos como o que fizemos não é recomendado para uso contínuo, sendo que tende a diminuir a vida útil do processador. JÁ o overclock feito pela ferramenta EZ Wizard pode ser utilizado sem problemas. A seguir veremos qual o ganho de desempenho que esses overclocks trouxeram ao sistema. 

Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema.

IDLE (Sistema ocioso)
Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso.


Rodando o 3DMark
Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os consumos abaixo:


Testes de desempenho
Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes, com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.

CineBENCH R15
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o CineBench, que testa o processador convertendo uma imagem. 


x264 Full HD Benchmark
Em um teste de conversão de vídeo Full HD, temos os seguintes resultados:


wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:

MaxxMEM
O aplicativo MaxxMEM serve para testar o desempenho das memórias. Os testes são do modo "copy".

AIDA64 - Memory
Para medir o desempenho das memórias também utilizamos o aplicativo AIDA64, abaixo os resultados.

3DMark
Começamos nossos testes com foco em vídeo com o 3DMark.

BioShock Infinite
Em teste de games, começamos pelo "Bioshock Infinite", o mais recente da franquia, lançado em 2013.

Tomb Raider
Para finalizar os testes em games com o sistema utilizando uma placa de vídeo dedicada, vamos ao teste de desempenho do "Tomb Raider".

Conclusão

Avaliação: Asus Rampage V Extreme

Tecnologias
10.0
Acabamento
10.0
Overclock
10.0
Performance
10.0
Preço
8.0

A plataforma com chipset X79 a tempos era questionada por não trazer avanços tecnológicos como as plataformas mais recentes da Intel, a exemplo da LGA 1150 com chipset Serie 9. Com o anúncio dos novos processadores Haswell-E, finalmente chegou o chipset X99 atualizando a plataforma topo de linha da Intel, que também é a topo de linha do mercado. Além de trazer todas as novidades existentes para esse tipo de produto em se tratando de tecnologias, temos também a grande novidade que é o suporte as novas memórias DDR4, que prometem clocks mais altos com menor consumo de energia.

A Rampage V Extreme da Asus é aquela placa-mãe que reúne tudo que a plataforma tem de melhor ao mesmo tempo que eleva ao extremo todo o projeto que envolve a placa; além disso, traz também todas as principais tecnologias, inova em algumas e procura entregar aos usuÁrios entusiastas e overclockers um produto que se comporte bem mesmo em situações extremas -como em overclocks com modificações avançadas em tensões do sistema, possibilitando monitoramento refinado através do acessório OC Panel etc.

Em seu lançamento, as memórias DDR4 ainda não conseguiram fazer grande diferença sobre modelos DDR3(se é que irão fazer), sendo que os clocks disponíveis por enquanto ainda estão abaixo do que prometem atingir com o passar dos próximos meses. Em nossos testes utilizamos kits da Kingston, modelo HyperX Predator com clock de 2400MHz (abaixo do que modelos DDR3 que chegam a superar 3000MHz). Naturalmente teremos kits DDR4 alcançando clocks mais altos do que modelos DDR3, mas isso ainda pode demorar alguns meses. Em se tratando de desempenho, na prÁtica, a princípio, a mudança não surtiu grande diferença, se é que irÁ fazer em algum momento. Na verdade, é mais uma atualização de tecnologia do que algo que irÁ trazer grandes benefícios prÁticos, ao menos em desempenho. De qualquer forma, a Rampage V Extreme suporta o que existe de mais rÁpido e o que estÁ por vir em memórias DDR4, podendo chegar a 128GB de RAM no sistema quando utilizando 8 módulos de 16GB, ainda nem disponíveis no mercado.

Como tinhamos destacado, um dos grandes diferenciais das placas Rampage estÁ em seu pacote de tecnologias, trazendo tudo e mais um pouco, produto que visa agradar usuÁrios entusiastas. Como destaque nessa características, o suporte às novas conexões M.2 via PCIe 4x, que pode alcançar 32Gb/s, além de SATA Express. O novo controlador Wi-Fi agora suporta 3 antenas e nada menos que 1.300 Mbps. Uma série de outras tecnologias como suporte a 4 placas de vídeo simultaneamente, outras exclusivas da Asus como OC Socket que promete melhor comportamento em overclock para o sistema, o acessório OC Panel, botões Safe Boot e Retry, módulo regulador de voltagem com tecnologia Extreme Engine DiGi+ IV, sistema de dissipadores com tecnologia DirectCU, X-Socket II, SupremeFX, Fan Xpert 3, Sonic Radar II, GameFirts III, RAMDisk, uma completa suite de aplicativos, ainda fazem desse modelo um dos melhores; se não o melhor até o momento.

Em cenÁrio internacional a placa foi lançada custando U$498,99, valor alto comparado a modelos de plataformas de segmento inferior, mas dentro do esperado por se tratar do que existe de melhor e mais avançado no mercado, especialmente por ser lançamento e por introduzir um novo padrão de memórias. Na prÁtica tirando o suporte a memórias DDR4 e aos novos processadores topo de linha da Intel, ela segue o padrão de outros bons modelos do mercado, como as da linha Maximus da própria Asus.

Para ser perfeita, poderia vir no design todo na cor preta como a Rampage IV Black Edition, quem sabe um futuro modelo.

Placa-mãe foi desenvolvida para ser a melhor do mercado destinada ao público entusiasta/overclocker que procura montar um sistema baseado nos novos processadores Intel Haswell-E com suporte as novas memórias DDR4

PRÓS
Excelente acabamento, entre as melhores com esse chipset
Componentes de altíssima qualidade
Ótimo comportamento em overclock com tecnologias exclusivas
Ótima suíte de aplicativos
Suporte a 4 placas de vídeo simultaneamente
Suporte a memórias DDR4
BIOS com opções avançadas e melhorada sobre mainboards com chipset Serie 8
FÁcil overclock "automÁtico" pela opção EZ Wizard da BIOS
Botões de acesso rÁpido a diversas opções no PCB
Áudio SupremeFX
Wifi, Bluetooth, M.2, Sata Express e mais uma série de tecnologias
CONTRA
Preço alto
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado é responsável pelas análise de drones e alguns gadgets relacionados a fotos e vídeo, como Action Cams.