ANÁLISE: Kingston HyperX Fury DDR3

ANÁLISE: Kingston HyperX Fury DDR3

A Kingston adicionou recentemente à linha HyperX uma nova série chamada FURY, sendo que os primeiros componentes a chegar no mercado são kits de memórias de entrada DDR3, com clock de 1333MHz, 1600MHz e 1866MHz.

Como um dos principais destaques do kit, o overclock automÁtico para seu clock mÁximo. Na prÁtica o sistema detecta automaticamente qual o clock mÁximo do kit e faz a configuração na bios da placa-mãe sem que o usuÁrio tenha que fazer qualquer configuração. Outro destaque como acontece com outros modelos da empresa, estÁ na garantia vitalícia.

Os kits podem ser de 4GB(1x4GB), 8GB(1x8GB ou 2x4GB) e 16GB(2x8GB). A Latência CAS fica em 9-9-9-27 e 10-10-10-30 com tensão de 1.5V. 

No Brasil o preço dos kits varia de acordo com a velocidade e quantidade de memória e inicia em cerca de R$150 para o modelo de 4GB com clock de 1333MHz, sem diferença de valor para as cores. Mas jÁ é possível encontrar valores promocionais, como o kit de 8GB(2x4GB) de 1866MHz por R$199.

Abaixo um vídeo apresentando a nova série:

Especificações
Na imagem abaixo, temos as especificações dos kits da série FURY:


Fotos
Abaixo uma série de fotos dos kits analisados: o modelo na cor branca de 8GB (2x4GB) com clock de 1866MHz, e o modelo na cor preta também de 8GB (2x4GB), mas com clock de 1600MHz.

O acabamento e visual é bem interessante, com dissipadores envolvendo todo o PCB do pente e com vÁrios detalhes visuais e nome da série impresso sobre o dissipador. Apesar de nossos kits serem na cor branca e preta, ainda existem kits nas cores vermelha e azul.

Não existe nenhuma diferença entre as cores, sendo que a Kingston lançou todas as possibilidades de clocks em todas as cores.

Um detalhe importante é que a série segue o padrão na altura, não gerando limitação com coolers de alto desempenho, comum com alguns kits de memórias mais rÁpidos, como os da linha Predator, onde o dissipador mais alto acaba gerando problemas com alguns coolers instalados em placas-mãe com chipset X79 que possuem 8 slots de memória.

Nas fotos abaixo, o kit na cor branca com clock de 1866MHz.

Agora o kit na cor preta com clock de 1600MHz.

Testes
Para os testes utilizamos duas plataformas, uma baseada em AMD Kaveri com placa-mãe  MSI A88XM Gaming e processador A10-7850K e seu vídeo integrado Radeon R7, jÁ outra baseada em Ivy-Bridge com mainboard Gigabyte Z97X-Gaming G1 WiFi-BK e processador Core i7 4770K. Abaixo algumas telas da BIOS da placa-mãe com o kit FURY de 1600MHz na plataforma Kaveri. O sistema operacional é o Windows 8.1 64 Bits.

IMPORTANTE: Não utilizamos uma placa de vídeo dedicada e sim o vídeo onboard do A10-7850K e do Core i7 4770K, dessa forma veremos diferenças altas nos resultados dos testes que utilizem bastante o vídeo integrado, leia-se 3DMark e games, especialmente na plataforma AMD, jÁ que a mudança na quantidade de memórias e na velocidade das mesmas influencia diretamente no desempenho do vídeo integrado, totalmente diferente do que aconteceria se tivéssemos uma placa de vídeo dedicada, que não usaria em praticamente nada  como diferencial de desempenho a quantidade de memória e seus clocks.

CPU-Z
Abaixo telas do CPU-Z com informações dos kits de memória e sistema utilizado para os testes.

Testes com a plataforma AMD A88X (+ A10-7850K)

AIDA64
O aplicativo AIDA64 possui testes específicos de desempenho para memórias. Abaixo colocamos o resultado do teste de latência dos kits:

MaxxMEM
Outro bom aplicativo para testes de memória, na verdade bastante semelhante aos testes do AIDA64, é o MaxxMEM. Abaixo, os resultados das memórias sobre os testes desse aplicativo. Utilizamos o resultado do "Reached memory score" para os comparativos.

Adobe Photoshop
O teste com o Photoshop consiste em aplicar o filtro "Extrude" em uma imagem de alta resolução. Abaixo os resultados:

PCMark 8
Rodamos o PCMark 8 com o teste em modo "Creative", que utiliza aplicações de renderização de imagem e vídeo como destaque. Confiram abaixo o resultado:

3DMark
O aplicativo de benchmark 3DMark é nosso último teste com aplicativo antes dos testes com alguns games, sendo mais uma boa forma para ver o desempenho do sistema.

Bioshock Infinite
Abaixo o teste com o  game "Bioshock Infinite", game no estilo FPS baseado em DirectX 11.

GRID 2
Por fim, o desempenho sobre o game "GRID 2", outro baseado em DirectX 11 que se comporta muito bem em soluções com vídeo integrado, onde a memória é crucial para bons resultados.

Testes com a plataforma Intel Z97 (+ Core i7 4770K)

MaxxMEM
Abaixo os testes com o MaxxMEM, aplicativo com testes semelhantes ao do AIDA64.

3DMark
Mais alguns testes, agora um que utiliza o vídeo integrado.

Conclusão
A linha FURY da Kingston chega ao mercado como uma ótima opção para quem quer um produto de boa qualidade sem ser necessÁrio gastar muito. O preço dos kits, mesmo sendo lançamento, é equiparado aos valores de modelos concorrentes mais baixos e, consequentemente, deve cair com o passar do tempo. Testamos os modelos de 1600MHz e 1866MHz, ambos kits de 8GB (2x4GB), com latências CAS 9 e 10 respectivamente.

Bom desempenho e destaque para o potencial para overclock. Colocamos o modelo de 1600MHz trabalhando em 1866MHz sem nenhuma dificuldade na plataforma AMD A88X (Kaveri), jÁ o kit de 1866MHz não ficou estÁvel acima de seu clock original, mas claramente o problema era da plataforma, sendo que ao colocar o kit em um sistema com uma mainboard Z97, subimos o clock do modelo de 1866MHz para 2400MHz totalmente estÁvel apesar de ligeira queda de desempenho por termos apenas subido a frequência delas sem nenhuma outra modificação, mostrando o bom comportamento desses kits em overclock.

Mais um detalhe interessante dessa linha e que muitos usuÁrios não sabem, é que o sistema seleciona automaticamente o clock mÁximo do kit, não sendo necessÁrio fazer modificações na BIOS. Diversos kits de marcas famosas acabam que usando como padrão clocks bem inferiores do que podem trabalhar, ex.: um kit de 2133MHz rodando em 1600MHz, sendo necessÁrio uma configuração na BIOS da placa-mãe para esse kit trabalhar em sua velocidade mÁxima. Os kits FURY possuem um sistema que informa à placa-mãe seu clock mÁximo e a mesma jÁ faz o processo automaticamente, sem que o usuÁrio tenha que fazer qualquer configuração.

Eles não possuem incompatibilidade com coolers a ar de alto desempenho, jÁ que seus dissipadores são baixos.

Por ser lançamento espera-se valores altos, mas os kits FURY conseguem rivalizar com modelos de mesmo nível que jÁ estão no mercado a algum tempo. Algumas lojas inclusive jÁ vendem os kits com preços promocionais, como exemplo, é possível encontrar o kit de 8GB (2x4GB) de 1866MHz por R$199.

Vale destacar um detalhe sobre velocidade das memórias. Se o sistema tiver uma placa de vídeo dedicada, serão poucas as aplicações/games que conseguirão tirar algum proveito da velocidade das memórias, valendo mais investir em quantidade do que velocidade. 

PRÓS
Visual Gamer com ótimo acabamento e 4 opções de cores
Compatibilidade com praticamente todas as plataformas AMD e Intel
Sem limitação de compatibilidade com coolers de alto desempenho
Seleção mÁxima do clock do kit de forma automÁtica, sem necessidade de modificações na BIOS da placa-mãe
Bom potencial para overclock
100% testadas e com garantia vitalícia
CONTRA
Kits com velocidade mÁxima de 1866MHz
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado é responsável pelas análise de drones e alguns gadgets relacionados a fotos e vídeo, como Action Cams.