ANÁLISE: GigaByte Z97X-Gaming G1 WIFI-BK

ANÁLISE: GigaByte Z97X-Gaming G1 WIFI-BK

Recebemos da Gigabyte sua placa topo de linha com chipset Z97, a Z97X-Gaming G1 WIFI-BK, modelo que se destaca pelo visual gamer, bastante imponente, e por trazer suporte a uma série de tecnologias diferenciadas, que vão desde a construção da placa com alto grau de testes visando entregar ao usuÁrio um produto com melhor estabilidade, ao suporte a sistemas de liquid cooler, WiFi, Bluetooth e 4 placas de vídeo simultaneamente.

Diferenças entre chipsets Intel Z97 e H97

Em cenÁrio internacional a placa chega custando US$380, valor bastante alto, típico de um produto com projeto desse nível. No Brasil a placa deve chegar nos próximos dias, ainda sem preço definido, mas com certeza na casa de R$1.500+.

Tecnologias by GYGABYTE
Abaixo algumas das principais tecnologias da placa, inclusive com detalhamento de alguns dos componentes:


Tecnologias destacadas pela Gigabyte:
- Teste de durabilidade extendida de 168 horas
- Suporte à 4ª e a 5ª geração dos processadores Intel Core
- Processador de Áudio quad-core Onboard Creative Sound Core3D
- Tecnologia AMP-UP Audio com Upgradable OP-AMP exclusiva
- Audio Noise Guard com luz LED
- Portas USB Dual DAC-UP 
- Portas de Áudio banhadas à ouro
- Capacitadores de Áudio topo de linha Nichicon
- Killer E2200 e Intel gaming networking
- Bluetootf 4.0+867Mbps 11AC dual band WIFI card
- Suporte à grÁficos Extreme gaming 4-way
- Suporte de 10Gb/s de transferência de dados pela tecnologia SATA Express
- Design térmico de Water Block com G1/4 threaded fittings.
- Durable Black Solid caps de longa vida útil
- APP Center incluindo EasyTune e Cloud Station.
- GIGABYTE UEFI DualBIOS™

Ultra Durable BLACK EDITION

A nova placa mãe da GIGABYTE foi testada rigorosamente por 168 horas (7 dias inteiros) antes de ser entregue à venda. Tudo para assegurar uma qualidade superior para seus consumidores. Um certificado de validação é incluso em toda placa-mãe, indicando que ela passou por todos os testes de padrões elevados.

G1 Gaming Motherboards

As placas Z97X-Gaming G1 WIFI-BK marcam o lançamento da mais nova linha de placas-mãe voltadas para os gamers da GigaByte.

G1 Audio

As placas-mãe GIGABYTE G1 são equipadas com a tecnologia exclusiva AMP-UP da GigaByte, que proporciona o maior nível de Áudio onboard do mercado. Com o GIGABYTE AMP-UP Audio, gamers e audiófilos terão a experiência de ouvir efeitos de sons ultra realistas enquanto jogam e a experiência mais rica possível enquanto ouvem sua música favorita ou assistem um filme.

OP-AMP atualizÁvel:

.Os usuÁrios poderão escolher a qualidade de Áudio baseada em preferências individuais.
. Grande disponibilidade de OP-AMPs adicionais.
. Melhoria de dinâmicas de Áudio e qualidade de som com baixo custo.
. Não é necessÁrio gastar mais dinheiro com head-sets caros.

Processador de Áudio Creative Sound Core3D Quad-Core:

. Experiência mais rica de Áudio.
. Solução total para Creative (Hardware + Software)
. Diminui a energia necessÁria para um processador de Áudio dedicado, dexando a CPU com menos trabalho. 

Gold Plated Audio Hardware:

Usa a qualidade de portas de som e HDMI banhadas a ouro para melhorar a conectividade e a duração da vida útil. O processador Creative Sound Core3D também é coberto com uma camada dourada para eliminar a interferência eletrostÁtica.

Duas portas USB DAC-UP:

Com duas portas USB 2.0, proporciona um som mais limpo e com até 2 vezes menos ruídos para o seu conversor Digital-to-Analog. 

G1 Networking

As placas Z97X-Gaming G1 WIFI-BK vem com o controlador Ethernet Killer E2200 da Qualcomm Atheros, que oferece uma performance bem superior para jogos - até 50% a mais de trÁfego de  dados - e média online - quase 300% a mais. 
Além disso, elas vêm equipadas de uma porta LAN Intel Gigabit, com um módulo exclusivo de WiFi e Bluetooth 4.0 IEEE802.11ac.


G1  Performance

Extreme Multi-GPU Support:

Capacidade de suportar ou 4-Way CrossFire ou 4-Way SLI, proporcionando a melhor perfomance no quesito de grÁficos para games.

SATA Express Connector:

Possui um conector SATA Express que chega até 10Gb/s de velocidade de transferência de dados - muito maior que os SATA antigos, que só chegavam em 6Gb/s. Para saber mais, acesse nosso artigo sobre a tecnoliga SATA Express.


G1  Look

 Além de um novo design que suporta a instalação de liquid coolers, as novas placas-mãe também suportam coolers OPT fan, um cooler adicional que pode ser usado para conectar uma vÁlvula de Água para proporcionar operações em velocidade mÁxima.

Suíte de software Sound Blaster X-Fi MB3
A plataforma de Áudio é equipada com tecnologia de ponta e oferece efeitos e recursos de qualidade e melhorias no som dos games.

 

Fotos
A linha Gaming da Gigabyte estreia com os chipsets Serie 9, sendo que até a geração anterior os modelos voltados para os gamers eram somente da linha Sniper, que até o momento não deu as caras nessa nova geração. A Gigabyte lançou uma série de placas dessa linha, com modelos dos mais variados preços, sempre associados à quantidade de tecnologias e acabamento que a placa traz. A G1 WIFI-BK é o topo nessa linha, sendo o modelo mais robusto e completo da empresa, destinado a usuÁrios que buscam um produto refinado e não abrem mão de ter o que existe de melhor em tecnologias.

De cara, jÁ vemos que a empresa adotou cores diferentes da série "Sniper", mudando o verde limão para vermelho, cor que estÁ virando tradicional para todas as marcas quando se trata de foco em público gamer, vide linha RoG da Asus e linha Gaming da MSI. E, essa última fez muito sucesso na geração passada.

Uma série de acessórios acompanham a placa, entre eles a placa WiFi + Bluetooth e suas antenas.

A G1 WIFI-BK traz suporte a sistemas de liquid cooler sobre os dissipadores principais localizados sobre os controladores de fases, mas diferente de modelos topo de linha da geração passada como a Sniper 5, não traz ventoinhas sobre os dissipadores, coisa que incomodava muita gente pelo barulho extra e pela poeira que fica retida nesses fans, sem contar que não trazem muito benefício prÁtico para a grande maioria dos usuÁrios.

Botões de acesso rÁpido para ligar/resetar o sistema, monitoramento de tensão, configurações padrão de BIOS etc estão disponíveis no PCB. Outro destaque é que a placa traz suporte à conexão SATA Express, mas ficou devendo a conexão M.2, um erro que consideramos grave por ser um modelo que prima por trazer o que existe de melhor em tecnologias, mesmo sendo uma conexão com poucas opções de drives no mercado atualmente.

Outro grande destaque da placa estÁ em seu sistema de Áudio. Ela possui vÁrios diferenciais, indo desde o chip Creative Sound Core3D, ao sistema de isolameto de componentes que promete menos interferência, além da possibilidade de troca do amplificador. Uma pena a placa não vir com nenhum outro amplificador junto.

Apesar do suporte a sistema de cooler líquido para os dissipadores, essa funcionalidade é opcional e direcionada a usuÁrios entusiastas que pretendem overclockar o sistema no mÁximo.  

Outro destaque é que algumas conexões são banhadas a ouro, novamente visando entregar melhor fidelidade de Áudio e vídeo. 

Abaixo algumas fotos com a Z97X-Gaming G1 WIFI-BK ao lado da Z87X-UD7-TH e da G1.Sniper 5 (verde limão). As três placas são bastante robustas, todas suportando sistema de cooler líquido. A diferença é que a com chipset Z97 jÁ não vem mais com FANs sobre dissipadores como as demais.

BIOS
Assim como demais empresas do ramo, a Gigabyte fez algumas alterações visuais nas BIOS das placas-mãe com chipset Intel Serie 9. A empresa manteve o visual anterior e, até mesmo o mais antigo, adicionando agora um terceiro "visual" (thema), separando algumas das principais opções em blocos, como podemos ver abaixo.

Mais do que suas concorrentes, a Gigabyte oferece uma série de personalizações, algo que na prÁtica tem pouco uso, sendo sempre o mais interessante focar em otimizações das funções e acesso aos comandos, diga-se de passagem, característica onde a empresa também se destaca.

Abaixo algumas telas da BIOS da placa.


{break::MÁquinas/Softwares utilizados}Abaixo, detalhes sobre o sistema que utilizamos em todas as anÁlise de placas-mãe com mesma série de chipset, além de drivers e aplicações utilizadas nos testes.

Mas antes, fotos da placa analisada montada com demais hardwares do sistema que utilizamos.

MÁquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:
- Processador: Intel Core i7 4770K
- Placa de vídeo: Vídeo integrado do processador
- Memórias: 8 GB Kingston Predator 2800MHz (2x4GB)
- SSD: Corsair Neutron GXT 240GB Sata III
- HD: Seagate Barracuda 2TB SATA III 7200RPM
- Cooler: Cooler Master TPC 812
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 8.1 64 Bits com Updates
- Intel INF 10.0.14
- Intel HD Graphics Drivers 15.33.19.3540

Aplicativos/Games:
- CineBENCH R15
- MaxxMEM 2.01
- x264 FHD Benchmark 1.0.1
- wPrime 2.10

- 3DMark (DX11)
- Bioshock Infinite (DX11)
- GRID 2 (DX11)
- Tomb Raider (DX11)

CPU-Z, GPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z e GPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e sistema utilizado nos testes. Destacando que mudamos alguns componentes do sistema para testes das novas placas Serie 9, como um kit de memórias Kingston de 8GB (2.4GB) de 2800MHz.


Overclock
JÁ que não tivemos grandes mudanças nos chipsets Serie 9, temos um cenÁrio muito semelhante ao anterior, com foco em otimizações, especialmente das empresas que desenvolvem as placas-mãe.

Um dos atrativos da Z97X-Gaming G1 WIFI-BK estÁ em seu potencial para overclock, com projeto diferenciado visando entregar boas possibilidades nessa característica a usuÁrios mais exigentes. Ela traz, inclusive, suporte a sistema de cooler liquido para os mais entusiastas. Vale destacar ainda que a empresa possui uma placa com projeto totalmente focado em overclock, a GA-Z97X-SOC Force.

Para o overclock, seguimos dois processos, com o objetivo de mostrar o comportamento da placa. Em ambos os casos, utilizando funções de overclock fÁcil. Primeiro através do Perfil "Extreme" via Smart Quick Boost, aplicativo para overclock da empresa. Esse aplicativo ainda possui perfis mais modestos além de modo para economia de energia.

Também utilizamos o processo de "Auto Tuning" do mesmo aplicativo, que colocou o Core i7 4770K utilizado trabalhando em 4.7GHz. A princípio, o sistema aumenta o clock do processador e em seguida gera testes de stress para ver se o sistema aguenta, caso positivo ele tenta subir o clock em mais um nível até chegar a um limite, que no caso foi 4.7GHz. Como nosso 4770K jÁ estÁ bem surrado, não se mantem estÁvel nesse clock. Dessa forma, apesar de ter se mantido estÁvel no teste da Gigabyte, em alguns dos testes o sistema travou e não validamos. Porém, percebe-se que a empresa tem investido nesse conceito: tornar o overclock mais simples para o usuÁrio, especialmente para os que não tem ou nem querem ter conhecimento avançado nessa característica, mas não abrem mão de usar o que a placa tem a oferecer.

Abaixo a tela do CPU-Z com o overclock do perfil "Extreme". Abaixo, telas do aplicativo. 

OBS.: Nosso Core i7 4770K estÁ apresentando limitações em overclock. Estamos tentando providenciar outro processador para mostrar um pouco mais dessa caraterística nas mainboards que testamos.

Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema.

IDLE (Sistema ocioso)
Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso.

Rodando o 3DMark
Quando colocamos o sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os consumos abaixo:

{break::Testes de desempenho}
Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes. Com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.

CineBENCH R15
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o CineBench, que testa o processador convertendo uma imagem. 

x264 Full HD Benchmark
Em um teste de conversão de vídeo Full HD, temos os seguintes resultados:

MaxxMEM
O aplicativo MaxxMEM serve para testar o desempenho das memórias. Os testes são do modo "copy".

wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:

PCMark 8
Através do aplicativo PCMark 8 temos uma bateria de testes diversos do sistema, sendo um dos melhores para ver o comportamento geral do computador.

Testes com uso do vídeo integrado
Agora vamos aos testes com o vídeo integrado do Core i7 4770K utilizado nos sistemas.

3DMark 11
Começamos nossos testes com o 3DMark.

BioShock Infinite
Em teste de games, começamos pelo "Bioshock Infinite", o mais recente da franquia lançado em 2013.

GRID 2
O game de corrida "GRID 2" é um bom exemplo de jogo que roda em alta qualidade grÁfica mesmo em sistema com vídeo mais modestos, rodando muito bem mesmo com vídeos integrados.

Tomb Raider
Para finalizar os testes de games, vamos ao teste de desempenho do "Tomb Raider".

Versões futuras do pacote de drivers de vídeo da Intel podem trazer boas melhoras de desempenho e, consequentemente, gerar uma diferença superior entre os sistemas. 

{break::Conclusão}A Gigabyte briga em pé de igualdade com Asus, MSI e ASRock em modelos de alto desempenho, sempre trazendo modelos diferenciados para atrair os usuÁrios mais exigentes. A Z97X-Gaming G1 WIFI-BK é uma dessas placas, com um projeto muito diferenciado sobre modelos tradicionais.

Como a placa topo de linha da série Gaming, ela traz uma série de tecnologias, começando por um processo bastante exigente, fazendo a placa rodar, continuamente, testes por 168 horas (uma semana). Características como suporte opcional a sistemas de cooler líquido para os dissipadores vão agradar a quem pretende overclockar o sistema em modo extremo. JÁ o suporte a 4 placas de vídeo simultaneamente é um atrativo para quem usarÁ múltiplos monitores ligados ao sistema ou mesmo buscar recordes.

Diversas outras tecnologias como WiFi 11AC dual band, Bluetooth 4.0 e um sistema de Áudio diferenciado com chip Creative também estão entre os atrativos, aliÁs, as conexões de vídeo e Áudio são banhadas a ouro, com promessa de entregar maior fidelidade nesses quesitos, adicionando ainda uma série de tecnologias que prometem mais qualidade ao usuÁrio. Não podemos deixar de falar da conexão de rede com chip Killer E2200, outro diferencial da placa.

Como é uma placa-mãe com chipset Serie 9, a Z97X-Gaming G1 WiFi-BK traz como novidade o suporte a drives com conexão SATA Express, novo padrão que promete chegar a 10Gb/s. Por outro lado, peca bastante ao deixar de lado o suporte à conexão M.2, que se torna quase padrão em placas com esse chipset. Sendo esse modelo um produto bastante diferenciado e que prima por trazer suporte ao que existe de melhor em tecnologia, essa conexão não poderia ficar de fora. Para completar, poderiam ter adicionado suporte à conexão Thunderbolt 2. Essas duas tecnologias tornariam a placa a mais completa do mercado.

JÁ que se trata de uma placa topo de linha, com um projeto muito diferenciado e cheia de tecnologias, naturalmente espera-se um preço alto. Em seu lançamento, ela custa US$380 em cenÁrio internacional. Apesar de ainda não estar disponível no Brasil, o que deve acontecer nos próximos dias, por aqui ela não custarÁ menos de R$1800, beirando os R$2000,00. Um produto destinado aos usuÁrios mais exigentes, mas com preço alto, especialmente por não trazer algumas tecnologias cruciais para quem paga por uma placa desse nível, como o M.2 e até mesmo Thunderbolt 2. No mais, com certeza vai agradar quem a comprar, porque são muitos seus diferenciais frente a modelos tradicionais.

 

PRÓS
Excelente acabamento
Componentes de alta qualidade
Boa suíte de aplicativos
Suporte a 4 placas de vídeo
BIOS com opções avançadas e perfis pre-programados para overclock
FÁcil overclock "automÁtico" pelo software Easy Tune e BIOS
Botões de acesso rÁpido a diversas opções no PCB
Conexões de Áudio e vídeo banhadas a ouro
Áudio Creative Sound Core3D
Rede com chip Killer E2200
Bluetooth 4.0 e WiFi 867Mbps 11AC dual band
CONTRAS
Preço bastante alto
Poucas melhorias sobre placas com chipset Z87
Falta da conexão M.2
Assuntos
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.