ANÁLISE: Lian-Li PC-Q30

ANÁLISE: Lian-Li PC-Q30

Recebemos da Lian-Li – por intermédio da WAZ – um gabinete bastante curioso e diferente, devido a seu tamanho e formato.

Estamos falando do Lian-Li PC-Q30, case para placas-mãe formato Mini-ITX, destinado aos usuÁrios que pretendem montar um computador compacto.

Logo de inicio seu design jÁ chama bastante atenção pelo formato, bem diferente dos tradicionais, até mesmo de outros modelos compactos. Além do formato, ele ainda possui a parte frontal em acrílico transparente, possibilitando ver parte dos componentes internos do sistema.

Ele suporta uma placa de vídeo dual slot de até 200mm de comprimento. Seu preço em cenÁrio internacional é U$149 dólares, consideravelmente alto comparado a outros modelos compactos. 

Especificações
Abaixo estão as principais especificações do gabinete, incluindo formato de placas-mãe suportadas, tamanho mÁximo da VGA e da fonte de energia:

Modelo: PC-Q30
Tipo: Mini Tower Chassis
Dimenções: (largura) 223mm, (altura) 357mm, (profundidade) 300mm
Cores disponíveis: Preto, Prata
MaterialAlumínio
Peso do gabinete: 2.13 kg
Baia 5.25": Não
Baia 3.5": Não
Baia 2.5": 4
Slots de expansão: 2
Formato de placa-mãe suportados: Mini-ITX, Mini-DTX
Suporte a FANS: 1 x 140mm na parte de trÁs (acompanha o gabinete)
Portas I/O: USB 3.0 x 2 / HD Audio
Tamanho mÁximo da VGA: 200mm
Tamanho mÁximo da fonte (PSU): 125mm
Altura mÁxima do cooler: 130mm
Formato da fonte de energia: SFX (Não acompanha o gabinete)
Peso total da caixa: 2.9kg

Nas imagens abaixo podemos ver parte da parte interna do gabinete, junto das medidas da fonte de energia (vermelho), VGA (azul) e altura do cooler (verde):


Fotos
Abaixo disponibilizamos uma série de fotos do gabinete, que não fica com o sistema na horizontal e nem vertical, mas sim um pouco angulado. Seu acabamento é muito bom, feito todo em aço escovado. O modelo para anÁlise veio cor preta, mas também existe a opção na cor prata.

Nas laterais, ele possui saídas de ar para melhor a dissipação do calor interno gerado pelo sistema, e na parte frontal boa parte fica transparente, possibilitando visualizar o sistema. 

Na parte traseira vem um cooler de 140mm, ajudando a dissipar o calor gerado pelo sistema, em especial da placa-mãe, jÁ que ele fica exatamente abaixo dela. A placa de vídeo, como destacado, pode ser um modelo dual slot, desde que tenha comprimento mÁximo de 200mm. 

O PC-Q30 possui duas portas USB 3.0 laterais, com adaptador para USB 2.0, o que é importante para quem não possui uma placa-mãe com suporte ao novo padrão. Ainda tem conexão para microfone e fone de ouvido, além do botão de Power na parte frontal. Esse botão fica na cor azul acusando que o sistema estÁ ligado, e pisca na cor vermelha quando o drive de armazenamento estÁ sendo acessado.

Instalação
A instalação é bastante simples, especialmente porque é possível remover toda a parte frontal, facilitando bastante na hora de fixar a placa-mãe e os demais componentes do sistema. Vale destacar novamente que a fonte de energia precisa ser formato SFX, bem mais compacta que modelos tradicionais. Outro ponto importante sobre fontes desse formato, é que naturalmente existe limitação na capacidade.

Abaixo, uma série de fotos com os componentes que utilizamos, partes internas do gabinete, etc. Reparem que a Lien-Li adicionou um adaptador USB 3.0 para USB 2.0, bastante importante se a placa-mãe não tiver suporte ao padrão USB 3.0 Caso contrÁrio, o uso das portas sem esse adaptador estaria impossibilitado.

Para facilitar a instalação ou remoção da placa de vídeo, a Lian-Li fez uma espécie de adaptador, onde a placa é fixada no gabinete. Veja na imagem abaixo. Por causa do formato interno do gabinete, não é possível encaixar a placa de vídeo internamente sem remover esse "adaptador".

Na foto seguinte, o sistema montado com uma XFX Radeon HD 7770.

Testes
Fizemos alguns testes de temperatura comparando o Lian-Li PC-Q30 com o Cooler Master Elite 120 Advanced, com ambos utilizando o mesmo sistema e peças. Os testes consistem em medir a temperatura mÁxima da CPU e da placa de vídeo em modo ocioso e rodando algumas aplicações. Confira abaixo:

Sistema utilizado
- Placa-mãe ECS H67H2-I
- Processador Intel Pentium G870
- Fonte de energia Thermaltake 220W SFX
- XFX Radeon HD 7770 GHz Edition

Temperatura CPU
Começamos pelos testes de temperatura da CPU, sendo que as temperaturas foram medidas com o sistema em modo ocioso, rodando o 3DMark11 e, por fim, o wPrime.

IDLE
O teste em modo IDLE, nada mais é do que o sistema em modo ocioso, sem estar executando nenhuma tarefa.

3DMark11
O teste em full load consiste em rodar o 3DMark 11, para simular uma situação de uso contínuo que exija bastante do sistema, abaixo os resultados:

wPrime
Por fim, teste com o wPrime, o que mais exige do processador por estressar todos seus cores e consequentemente ser o que mais esquenta o processador:

Temperatura da Placa de vídeo
Também fizemos testes de temperatura com uma Radeon HD 7770 GHz Edition da XFX. Abaixo, os resultados.

IDLE
No primeiro teste, com o sistema em modo ocioso:

3DMark11
Agora com o sistema rodando o 3DMark 11, e, consequentemente, gerando uma situação de estresse do sistema, no que diz respeito à temperatura:

Conclusão
À primeira vista, o gabinete PC-Q30 da Lian-Li chama a atenção pelo seu design bastante diferente e incomum. Indo contra a maioria dos gabinetes, especialmente modelos HTPC, ele não busca se tornar compacto na altura, mas sim na profundidade/largura.

Para possibilitar montar o sistema com esse conceito, a Lian-Li projetou ele um pouco angulado e colocando algumas limitações de hardwares, começando pela placa-mãe formato mini-itx (17x17cm) padrão em modelos compactos. A fonte de energia deve ser no formato SFX, jÁ a placa de vídeo com 20 cm de comprimento mÁximo, drives de armazenamento apenas no formato 2.5 inch, e sem suporte a drives 3.5 ou 5.25 inch, ou seja, nada de drives de HD tradicionais ou de DVD/Blu-ray.

Em se tratando das conexões frontais, ele traz duas portas USB 3.0, mas que podem virar 2.0 através do cabo que funciona como retro-compatibilidade, bastante importante se a placa-mãe não tiver entrada USB 3.0 (não serÁ problema em modelos recentes como os com chipset Intel série 7 ou 8). Ainda hÁ uma entrada para microfone e outra para fone de ouvido, padrão em gabinetes. O botão de power fica localizado na parte frontal e informa se o sistema estÁ ligado e pisca quando hÁ acesso ao disco rígido.

Para quem gosta de mostrar o que tem dentro do gabinete, ele traz boa parte de sua frente em acrílico transparente. Em alguns casos, pode ser bem legal, mas como mostramos em nossas fotos, pela posição da placa-mãe, é possível ver partes "feias" do sistema. O acrílico começando alguns centímetros mais em cima na parte de baixo teria resolvido esse "problema".

Um ponto bem interessante estÁ em uma das característica mais importantes de um gabinete, a dissipação de calor. Ele tem bom espaço interno e um dos motivos é por não ter suporte a alguns componentes maiores como drives 5.25 inch, o que facilita a dissipação interna. O cooler na parte de trÁs da placa-mãe também ajuda a dissipação do calor do sistema, e as aberturas laterais surtiram ótimo efeito na placa de vídeo, superando inclusive o CM 120 Advanced nesse aspecto.

Gabinete tem formato excêntrico com boa dissipação do calor interno, mas limitação dos componentes para o sistema e preço muito acima dos modelos concorrentes complicam sua vida.

Além de seu design um tanto quanto esquisito que pode não agradar a muitos, e suas limitações no suporte a componentes, seu preço é um bocado proibitivo: US$ 150 em cenÁrio internacional, ou seja, quase três vezes o valor cobrado pelo CM 120 Advanced (US$ 55), um dos melhores modelos de gabinete HTPC do mercado, com suporte a fontes de alta capacidade, placas de vídeo de alto desempenho, drive 5.25 inch etc. São projetos bem diferentes, mas no final das contas mesmo quem pensa em um estilo diferente, deve optar pelo modelo mais tradicional com melhor projeto.

 

PRÓS
Design excêntrico
Boa dissipação do calor interno
Suporte a VGA dual slot
Conexões USB 3.0 com retro-compatibilidade
Acompanha cooler 140mm
CONTRA
Design excêntrico
Limitação de VGA´s com comprimento mÁximo de 20cm
Limitação de fonte de energia formato SFX
Não suporta drives 3.5 e 5.25 inch
Estão de brincadeira cobrar U$150, quase 3 vezes o valor do CM 120 Advanced que custa U$55
Assuntos
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado é responsável pelas análise de drones e alguns gadgets relacionados a fotos e vídeo, como Action Cams.