ANÁLISE: Nokia Lumia 625

ANÁLISE: Nokia Lumia 625

O Lumia 625 é um smartphone curioso: trata-se de um aparelho com especificações de entrada, preço intermediário e algumas características de top, como a tela de 4,7 polegadas, o peso (é praticamente um Lumia 920 nesse quesito) e a compatibilidade com o 4G brasileiro.

Com toda a experiência do Windows 8 (inclusive atualizável para a mais nova versão, o Amber), o aparelho tem um bom custo/benefício. É um dos aparelhos 4G mais baratos disponíveis atualmente no mercado nacional o que, em conjunto com a tela grande protegida por Gorilla Glass e a ótima câmera característica dos produtos da Nokia, tornam o 625 uma ótima escolha.

A seguir, vamos destrinchar um pouco mais do smartphone, com todos os seus prós e contras.

Vídeo-review, especificações e comparativos

Dimensões: 133.3 x 72.3 x 9.2 mm
Peso: 159g 
Tela: 4.7" LCD IPS 480x800 
Memória: 8GB de armazenamento, 512MB de RAM
Cartão SD: expansível em até 64GB
WLAN: Wi-Fi 802.11 b/g/n, Wi-Fi hotspot
Bluetooth: 4.0 com A2DP, LE
NFC: Não
DLNA: Não
HDMI: Não
MHL: Não
USB:  microUSB 2.0
Câmera traseira: 5MP (2592х1936 pixels), autofoco, flash LED
Vídeo câmera traseira: 1080p@30fps
Câmera frontal: VGA
Sitema operacional: Windows Phone 8
CPU: Qualcomm Snapdragon dual-core de 1.2GHz
Sensores: Acelerômetro, proximidade, bússola
GPS: Sim, A-GPS e GLONASS
Bateria:  Li-Ion 2000 mAh



Lumia 625
Motorola Moto X
Sony Xperia SP
Processador
Snapdragon dual-core 1.2GHz
Snapdragon dual-core 1.7GHz
Snapdragon dual-core 1.7GHz
Armazenamento
8GB + slot microSD
16/32GB 
8GB + slot microSD
Memória RAM
512MB
2GB
1GB
Sistema operacional
Windows Phone 8
Android 4.2.2 (Jelly Bean)
Android 4.1 (Jelly Bean)
Câmeras
Traseira 5MP / Frontal VGA
Traseira 10MP / Frontal 2MP
Traseira 8 MP / Frontal VGA
Tela
IPS LCD 4.7"
AMOLED 4.7"
TFT 4.6'
Dimensões
133.3 x 72.3 x 9.2 mm
129.3 x 65.3 x 10.4 mm
130.6 x 67.1 x 10 mm 
Peso
159g
130g
155g
Bateria
Li-Ion 2000 mAh
Li-Ion 2200 mAh
Li-Ion 2370 mAh
LTE



HDMI



Preço (02/10/13) R$967 R$1.319 R$1.034

Design e tela

O Lumia 625 herda as características visuais de toda a família. O corpo unibody em policarbonato, com traseira removível, está entre os mais resistentes do mercado. Retirar a tampa, no entanto, é uma tarefa bastante complicada, especialmente nas primeiras vezes.

O visual é elegante, clean. Olhando rapidamente, parece uma versão melhorada do Lumia 920, com as bordas mais arredondadas, ligeiramente mais fino e um pouco mais leve, embora ainda bem pesado para os padrões atuais, com 159g. O peso pode ser um grande impeditivo para quem preza pela portabilidade.


Lumia 920, Lumia 625 e Lumia 520

Outro detalhe é que, como de costume, no Brasil, não temos aquelas opções de cores vibrantes características da linha Lumia. A unidade que recebemos é preta, e a única opção além desta disponível para o mercado nacional é a branca.

A tela é o principal atrativo do Lumia 625. Grande e larga, deixa o smartphone quase sem bordas laterais e, ainda por cima, conta com a proteção do Gorilla Glass 2. Porém, o aparelho não conta com a tecnologia ClearkBlack do Lumia 920, o que diminui a taxa de contraste e não deixa o preto tão preto - algo que pode ser percebido facilmente na foto comparativa acima.

A usabilidade, como em todos os outros modelos da linha, é excelente: a tela tem uma aderência na medida certa, é fácil de limpar e é bastante responsiva, podendo ser usada até com luvas. Esse último detalhe, no entanto, pode causar alguns toques “acidentais”, já que até cobrindo o dedo com uma camisa é possível operar o telefone. Para quem quer evitar este empecilho (afinal, usar o celular com luvas não é a realidade brasileira), basta entrar nas configurações e reduzir a sensibilidade da tela.

O ponto negativo é a resolução. São apenas 480x800 pixels, o que dá 199 pixels por polegada. É uma densidade muito pequena para os padrões atuais, menor, inclusive, que a do Lumia 610, o smartphone de entrada da geração passada da Nokia, que tem 252 ppi. Claro, o display é bem menor (3,7Â’Â’) e a resolução é a mesma.

Mas estamos falando em um produto no qual a Nokia quis usar o display como grande atrativo, imaginamos que a resolução deveria ser melhor. E isso fica bem claro ao usar o teclado do aparelho ou navegar na web. É possível ver que as letras ficam levemente serrilhadas, com contornos nada suaves. Ler páginas fica praticamente impossível sem zoom.  

Câmeras e multimídia

O Lumia 625, assim como todos os Lumias, dá um show na câmera. Com 5 megapixels, é mais do que suficiente para belíssimas fotos. Não é tão boa quanto a do Lumia 920 – que ainda ganhou recentemente um app da Nokia que oferece ajustes manuais na hora de capturar a imagem – mas, mesmo assim, está bem acima da média do segmento de smartphones de entrada / intermediários.

As imagens são nítidas, com boa fidelidade de cor e baixo nível de ruído. O flash ajuda bastante em fotos noturnas, assim como o próprio sensor da câmera, de excelente qualidade. O app Cinemagraph permite fazer fotos animadas de maneira super fácil e intuitiva: basta capturar a imagem e escolher quais pontos deseja animar. O resultado é um gif que pode ser visto em qualquer computador. O Lumia 625 também tem o Smart Cam, que ajuda a capturar fotos em movimento e fazer vários efeitos, como foto em sequência, captura de movimento e escolher o melhor rosto e encaixá-lo na melhor pose.

A câmera frontal também é excelente. Não tem uma fidelidade de cores tão boa, mas se sai melhor que outros aparelhos, inclusive mais caros. É interessante notar que o smartphone “compensa” um pouco a falta de luz automaticamente: você pode observar, no display, a foto um pouco escura, mas no momento da captura, ela rapidamente se ilumina mais e fica bem melhor. Bem interessante.

Na parte de vídeos, o Lumia 625 também se sai bem. Ele grava em 1080p a 30fps, com bastante nitidez e uma boa estabilização. O aparelho também reproduz vídeos em FullHD, mas tivemos dificuldade em fazer o dispositivo reconhecer o formato .MP4, tão amplamente utilizado por aí.

Como de costume, o aparelho também tem um player musical e uma rádio FM. É interessante notar a potência dos alto-falantes: é um dos smartphones com o som mais alto que já recebemos por aqui.

Funcionalidades e desempenho

A linha Lumia tem uma série de aparelhos, desde os de entrada até os tops de linha. Mas o desempenho nas tarefas cotidianas não muda muito de um para o outro, o que é um ponto positivo para quem não quer gastar muito, mas também não quer passar raiva com um aparelho lento.

O Lumia 625 não foge à regra. É um smartphone agradabilíssimo de usar, com uma experiência ainda mais aprimorada devido ao tamanho generoso da tela. É espaço de sobra para navegar na Internet, ler e-mails, assistir a vídeos em FullHD e jogar sem tapar a maior parte da área útil com os seus dedos.

Nos benchmarks, ele surpreendeu um bocado. Anunciado como um aparelho de entrada, os números mostram algo mais puxado para o intermediário, com 9.187 pontos no AnTuTu. Para vocês terem uma ideia do que isso significa, o Lumia 620 faz cerca de 7,1 mil.

O aparelho também se sai bem em jogos, com boa renderização gráfica e execução suave, sem travadas, e com boa taxa de frames. A tela grande, aliás, é ótima para games. Outra surpresa é a bateria: imaginamos que um display maior prejudicaria a autonomia, mas não foi exatamente isso que ocorreu. Com uso médio, alternando momento de Wi-Fi ligado e desligado, o aparelho aguenta bem uns dois dias. Ficou acima da média dos Androids do segmento.

Quanto às funcionalidades, nada muito excepcional para quem já conhece a linha Lumia. O 625 conta com o excelente serviço de mapas da Nokia, que exibe pontos de interesse no mapa e, ao tocar em qualquer um deles, automaticamente dá direções para chegar até lá – seja a pé ou de carro. É uma solução muitas vezes superior ao Google Maps, por sinal.

Outro recurso muito bem-vindo são os apps de fotografia, como já comentamos na seção adequada. Fazer fotos animadas com o Lumia 625 é muito fácil e rápido, e o resultado é bem bonito. Para quem gosta de música e cansou da sua seleção de mp3, o aparelho, assim como outros modelos da linha, contra com a Mix Radio da Nokia, que traz uma seleção com dezenas de estilos diferentes para você ouvir canções por streaming. 

O Lumia 625 é um ótimo aparelho. Superior ao 520 e ao 620, tem uma tela grande, mas infelizmente com baixa resolução e sem o ClearBlack, coisas que a Nokia poderia ter incluído para realmente valorizar o display desse modelo. A compatibilidade com o 4G brasileiro é um ponto forte, já que é difícil achar aparelhos em uma faixa de preço mais acessível com essa tecnologia.

PRÓS
Ótimo desempenho
Compatível com 4G
Câmera excelente
Tela grande
Alto-falantes potentes
CONTRA
Baixa resolução
Relativamente pesado
Apesar de grande, a tela tem qualidade inferior à do Lumia 920
Assuntos
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.