ANÁLISE: Innergie PocketCell

ANÁLISE: Innergie PocketCell

O PocketCell é um banco de bateria recarregÁvel portÁtil de 3000 Miliamperes para gadgets. Ele foi apresentado durante a CES 2012 pela Innergie, uma das marcas fornecedores de produtos da Delta, empresa especializada em criar soluções de fornecimento de energia para o mercado coorporativo.


A função bÁsica desse aparelho que analisamos é armazenar energia para realizar cargas em dispositivos quando não hÁ uma tomada por perto. Medindo 9 centímetros e 72 gramas, a sua grande vantagem é poder ser carregado no bolso e ser facilmente utilizado em situações de emergência.

Quer saber mais sobre ele? Dê uma olhada nas especificações abaixo e siga para as próximas pÁginas.

Capacidade de bateria
3000 mAh
Entrada
DC 5V DC / 1.5A (Max)
Saída
USB 5V DC / 2.1A
Dimensões aproximadas
29,8 x 21,1 x 90,9 mm (L x A x P)
Peso
72 g
Conteúdo da embalagem
Manual em Português, 1 Magic Cable Trio, 1 Pocket Cell
Proteções Embutidas
OCP, OVP, OTP, OPP, SCP

{break::Design e funcionalidade}Branco com um lado destacado em cinza, o aparelho tem uma superfície lisa e um visual simples e discreto. Ele conta com apenas um botão, que serve para ligÁ-lo e desligÁ-lo, e duas portas nas suas pontas: a micro USB e a USB.


Para seguir a proposta de ser compatível com mais de 10 mil aparelhos, ele também vem acompanhado do Magic Cable Trio, um cabo de 20 cm para carregamento e transferência de dados. Ele possui três entradas: micro USB, mini USB e a de 40 pinos da Apple.


Mesmo com a grande variedade de opções, alguns aparelhos, como o Galaxy Ace Plus, não são compatíveis. É aconselhÁvel consultar a lista de compatibilidade, disponibilizada no site da empresa, antes da compra.

Quanto à recarga da bateria interna, basta conectar o PocketCell por meio do próprio Magic Cable Trio a uma porta USB padrão. O sistema de indicação de carga é através de quatro pequenos LEDs azuis na lateral do aparelho, que são acendidos progressivamente, determinando a finalização do processo de recarga quando todos estão ligados.


{break::Testes}Para avaliar a funcionalidade do armazenador portÁtil, realizamos o teste com o Samsung Galaxy S3, que tem bateria de 2100 mAh. Plugamos o PocketCell no celular às 13:35, e após duas horas de recarga, tivemos uma surpresa. O aparelho carregou somente 92% da bateria do smartphone e parou de carregar, pois ficou sem bateria.



Quando o PocketCell estÁ perto do descarregamento total, ele passa a piscar um dos LEDs azuis localizados na lateral. Como pode-se visualizar nas fotos abaixo, antes de finalizar a carga do Galaxy S3, o aparelho iniciou esse processo.

Outro ponto que comparamos foi o tempo de carregamento efetuado pelo portÁtil com o pelo realizado por um carregador normal. A conclusão é que os dois levam o mesmo tempo para carregar 92% da bateria do smartphone, mostrando que a recarga com o PocketCell leva o mesmo período que o carregador de tomada convencional.

Para finalizar, realizamos testes sobre o recarregamento da bateria interna do PocketCell. A conexão foi feita através da porta USB de um computador e o tempo médio ficou entre 3h a 3h30.



{break::Conclusão}O PocketCell surge como uma ideia vÁlida e interessante para o nosso cotidiano. Ele é pequeno, sendo possível guardÁ-lo no bolso, e pode nos salvar em situações de descarregamento de gadgets.

Como exemplo temos os casos de quando estamos em ônibus ou avião e não hÁ tomadas ou quando vamos a algum evento e o celular/tablet se encontra descarregado. No entanto, o aparelho falha quando observamos que apesar de oferecer uma bateria com capacidade de 3000mAh, ele não consegue efetuar a carga completa de um smartphone com 2100mAh. 

O mesmo se aplica a recarga da bateria interna do PocketCell: a média sugerida pela empresa dura em torno de 2 horas, enquanto os testes revelam a duração de mais de 3 horas. 

Outro fator negativo é que além de mantermos o próprio celular carregado, temos que também efetuar rotineiramente a recarga do portÁtil. Isso acaba se tornando trabalhoso e o uso do aparelho acaba sendo mais indicado para situações de emergências. Dessa forma, o preço de 199 reais é caro para a utilidade do serviço.

PRÓS
Compacto e discreto
Salva em situações de emergência
CONTRA
Não cumpre o recarregamento que promete
Assuntos
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado é responsável pelas análise de drones e alguns gadgets relacionados a fotos e vídeo, como Action Cams.