ANÁLISE: Maxprint Kit Carregador 2 em 1 para XBox 360

ANÁLISE: Maxprint Kit Carregador 2 em 1 para XBox 360

As pilhas são um "carma" comum para os donos de Xbox 360. O controle wireless vem com elas, por padrão. Sem comprar pilhas recarregÁveis, o jogador se vê obrigado a comprar novas pilhas periodicamente. Imagine então, quando a jogatina é muito intensa...



Não é à toa que a Microsoft disponibiliza o kit Play & Charge, ideal para quem não quer ter todo esse trabalho (e também fazer uma economia a longo prazo). Sabe-se lÁ por que, o acessório sequer vem no novo modelo do console, o Xbox 360 "S". Isso abriu caminho para que diversas empresas lançassem suas próprias soluções semelhantes ao kit oficial, que consiste em uma bateria recarregÁvel e um cabo USB, em um sistema idêntico ao do Playstation 3.



É o caso do Kit Carregador 2 em 1 fabricado na China e distribuído no Brasil pela Maxprint. A proposta é a mesma: oferecer ao jogador uma alternativa prÁtica para as pilhas. A bateria recarregÁvel de 2100mAh promete até 18 horas de jogo e, quando ela te "deixar na mão", é só conectÁ-la ao cabo USB e ao joystick, sem interromper a aventura.

{break::Especificações}O Kit Carregador 2 em 1 da Maxprint inclui uma bateria recarregÁvel para o joystick do Xbox 360 e um cabo carregador USB com indicador LED, além de um manual do usuÁrio em português e espanhol.



Tipo da bateria: recarregÁvel níquel-hidreto metÁlico (Ni-mH)
Capacidade: 2100mAh
Autonomia: até 18 horas de jogo
Tempo de recarga completa: 2 horas
Dimensões: 35x55mm
Peso: 50g
Cor: branca
Composição do cabo: termoplÁstico, metal e circuito eletrônico
Comprimento do cabo: 3 metros
Peso do cabo: 110g

{break::Design e funcionalidade}A bateria recarregÁvel da Maxprint é, em essência, o que se espera de um kit desse tipo para o Xbox 360. Disponível na cor branca com acabamento fosco, o acessório cai muito bem nos joysticks da mesma cor, típicos da versão Arcade do modelo anterior ao mais atual disponibilizado pela Microsoft, jÁ Kinect-ready. Na traseira, traz estampado o logotipo da Maxprint, o que diferencia os joysticks equipados com a bateria daqueles de fÁbrica, com a parte de trÁs totalmente lisa.



A bateria, no geral, tem um bom acabamento e não deixa a desejar. Parece robusta e confiÁvel e se encaixa perfeitamente no controle, sem folgas. JÁ o cabo poderia ser melhor. A ponta que conecta no joystick é grosseira: o conector que liga diretamente no joystick estÁ encaixado um pouco torto e o plÁstico que o envolve tem algumas rebarbas. Ao contrÁrio da bateria, o cabo não tem nenhum logotipo, o que dÁ a ele uma cara de "genérico". Na ponta USB, apenas uma etiqueta com os dizeres "Xbox 360 Play & Charge Kit Made in China. For use with Xbox 360 console".



Pelo menos, os conectores estão bem encaixados e o fio não deve se soltar tão fÁcil. Além disso, o cabo é extenso o suficiente para que não haja muitas dificuldades na hora de plugar o carregador no console, mesmo em distâncias maiores. Os três metros são mais do que suficientes para uma jogatina tão confortÁvel quanto uma partida sem fio. Além disso, o cabo é bastante maleÁvel e flexível, não incomodando nem um pouco quando é utilizado.

O tempo de autonomia não chega a alcançar as 30 horas, em média, prometidas pelo acessório original da Microsoft de 4800mAh. Mas ainda assim não decepciona: dÁ para chegar facilmente às 18 horas prometidas pela Maxprint. O LED indicador de carga é que não pareceu muito preciso nos nossos testes - se o jogador largar o joystick carregando, corre o risco de não ver a luz ficar verde até que mexa em algum botão.


{break::Conclusão}O kit da Maxprint é uma alternativa mais econômica e prÁtica em relação às pilhas. Mesmo aquelas com amperagem maior, como as da Sony, com 2500mAh, exigem longos tempos de carregamento em acessórios separados - obrigando o gamer a interromper suas partidas, a não ser que disponha de um estoque de pilhas de reserva.



A economia é tanto no sentido financeiro quanto no de horas de jogo e acabamento do produto, mais especificamente do cabo. O acessório não é tão bem acabado quanto o da Microsoft e nem tão poderoso, mas tem um preço acessível e cumpre o prometido, oferecendo aos gamers a possibilidade de desfrutar de quase 20 horas de jogo sem ficar na mão, por exemplo, no meio de uma batalha com um chefão daqueles.


PRÓS
Carrega em apenas duas horas e oferece 18 horas de autonomia
Cabo maleÁvel e longo não atrapalha a jogatina
Preço acessível
CONTRA
O acabamento dos conectores do fio poderia ser melhor
Falta uma opção na cor preta
Assuntos
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.