ANÁLISE: Asus ARES

ANÁLISE: Asus ARES

Não é de hoje a boa reputação que a Asus tem no mercado por fabricar produtos com qualidade. E a companhia vem, nos últimos tempos, se superando e produzindo algumas das "obras de arte" tecnológicas mais cobiçadas de toda a indústria.

Um bom exemplo do que estamos falando é a Asus MARS, projeto inédito em que uma VGA de série limitadíssima (apenas 1.000 unidades) era equipada com duas GPUs GTX 285 e inimaginÁveis 4GB de memória, deixando assim para trÁs a GeForce GTX 295.

Foi então que veio a Radeon série 5000. Vendo a oportunidade "bater na porta", a Asus não hesitou e brindou todos os amantes por tecnologia com o lançamento da ARES.

A placa é equipada com dois chips Cypress, mas que diferentemente da Radeon HD 5970, onde os clocks sofreram uma redução em seus patamares, a ARES conta com frequências de operações idênticas a de uma legítima 5870, ou seja, GPU em 850Mhz e 4GB de memória a 4.8Ghz. Além disso, a placa possui, em sua construção, componentes da mais elevada qualidade e um design de PCB e cooler próprio, tudo para acomodar com perfeição suas especificações.

{break::A história por trÁs da ARES}Antes de mais nada, muitos devem estar se perguntando a explicação de seu nome. A Asus se inspirou na mitologia grega para batizar seu mais novo e audacioso projeto. Ares é o deus grego filho do soberano Zeus com Hera. Seu nome estÁ relacionado com o substantivo grego aré (dano). Não é por menos que é conhecido como o deus da guerra , mais precisamente o deus da guerra selvagem, em virtude de sua sede de sangue e pelos métodos utilizados em sua matança. JÁ Atena, sua meia irmã, era chamada como deusa da guerra, mas esta, como da guerra estratégica.

Um fato histórico curioso é que os romanos do antigo império nomearam Ares de Marte, o deus da guerra e da agricultura herdado dos etruscos. Muito bem, o fato é que Marte é mais conhecido pelo nome original Mars, ou seja, o mesmo nome dado pela Asus para identificar a GTX dual GPU 285.


(Ilustração do deus mitológico Ares)

Curiosidades a parte, vamos ao que interessa: os diferenciais da placa! Como a ARES é baseada em um chip amplamente discutido (inclusive tendo sido divulgado um review na Adrenaline), não iremos aqui abordar novamente os mesmos detalhes. Em contra partida, iremos nos deter no que a placa tem de especial.

Assim como na MARS, a ARES é um produto extremamente raro, digno para colecionadores: foram fabricadas apenas 1.000 unidades. Juntando isso ao fato da placa possuir clocks generosos e componentes de primeiríssima qualidade, podemos assim compreender o motivo de seu preço, em torno de US$ 1.200,00!

Outro fato que poucos conhecem, ou se lembram, é que tanto o projeto ARES quanto o MARS foram inspirados hÁ vÁrios anos atrÁs, mais precisamente no final de 2005 com o advento da Asus Extreme N7800GT Dual, placa equipada com dois chips GeForce  7800GT com 512MB de memória GDDR3, época em que a tecnologia SLI apenas engatinhava.


(Asus Extreme N7800GT Dual)

{break::Eu tenho a força!}

Definitivamente a Asus ARES é uma placa fora do comum. Com 2,16 quilogramas distribuídos em 29,3cm de comprimento, 12cm de largura e 5,1cm de altura, a placa carrega o que hÁ de melhor da indústria em termos de hardware.

Para interligar os dois chips Cypress (RV870), hÁ um chip "ponte" PLX, em uma forma especial de CrossFire. Ao invés dos tradicionais 725Mhz de GPU, a VGA vem overclockada de fÁbrica a 850Mhz. Para impulsionar ainda mais sua performance, as memória ultrapassam a barreira dos 4Ghz, chegando a 4.80Ghz. Ou seja, uma legítima dual Radeon 5870! Contudo, a Asus guardou mais um segredo na "manga": a presença de 2GB adicionais de memória, perfazendo assim um total de impressionantes 4GB de VRAM!

Para quem achou ainda pouco, a placa possui um grande potencial de overclock, uma vez que a regulação das voltagens recebeu uma atenção especial dos engenheiros, com a placa recebendo reguladores de força Volterra multi programÁveis.

Além disso, a ARES é equipada com um super sistema de refrigeração, composto por um gigantesco corpo dissipador de calor de cobre e uma poderosa ventoinha. Não é por acaso que o cooler ocupa não dois, mas 3 slots.

O projeto geral é bastante robusto, sem perder, no entanto, elegância, sobriedade e funcionalidade. O design da placa foi projetado de forma a levar o ar circulante de dentro para fora do interior da placa. Contudo, por ser demasiadamente aberto, uma parte do calor permanece no sistema. Por isso, é recomendado ao "sortudo" que conseguir por as mãos nesta belezura, que tenha um gabinete refrigerado.

Para alimentar um "monstro" como esse, a Asus equipou a ARES com 3 conectores extra de energia. São ao todo 2 PEGs de 8 pinos e um de 6 pinos, garantindo assim 375W a mais de energia, totalizando assim 450W, em virtude dos 75W provido pelo PCI Express. Desta forma, é recomendado uma fonte de alimentação (PSU) de pelo menos 800W!

Conforme mencionado rapidamente acima, um dos grandes destaques da placa estÁ no sistema de refrigeração e a companhia estÁ particularmente orgulhosa do feito. De acordo com David Yang, membro da divisão para VGAs da Asus, a ARES é uma placa não apenas para ser apreciada como "obra de arte" guardada em alguma estante, ou apenas servir como objeto de desejo por parte dos sites especializados em reviews. O objetivo maior da placa é ser sim um produto que tenha serventia para seu proprietÁrio em tempo integral, no seu cotidiano. Daí a preocupação da empresa em produzir uma VGA que possa ter uma longa vida útil.

Para tanto, Yang revelou que sua equipe de engenheiros levou 6 meses para chegar ao atual estÁgio do sistema de refrigeração. De acordo com o executivo, a ARES foi submetida por 96 horas ininterruptas ao Furmark, ficando com temperatura constante de 55 graus Celsius.

Basicamente, o cooler da placa é composto em sua plenitude por heatpipes e aletas de cobre envernizadas com uma tinta especial para protegê-los da oxidação e que, de acordo com a Asus, melhora ainda a dissipação de calor, elevando ao mÁximo o potencial de condutividade térmica do metal.

Os componentes de regulação de energia, que normalmente trabalham em condições severas de temperatura, ganharam um sistema de refrigeração a parte na ARES, eliminando assim o grande "calcanhar de Aquiles" da Radeon série 5000 para o overclock. Agora na placa, hÁ um heatsink e aletas diretamente postas sobre os componentes, recebendo ainda a refrigeração ativa da ventoinha.

Outro ponto que a Asus faz questão de ressaltar é o poder da fan presente na VGA. De acordo com a companhia, a FAN é 600% mais potente do que o do modelo de referência. E não é para menos, uma vez que enquanto que em uma Radeon 5870 padrão, a ventoinha é de 80x15mm, na ARES, o modelo presente é de 100x32mm do tipo pÁ angular, aumentando assim o fluxo de ar de 18CFM para 119,2CFM!

Na parte traseira do PCB, hÁ ainda um dissipador (backplate) que além de auxiliar na dissipação de calor, reduz o risco de avarias por parte do manuseio do usuÁrio. No lado superior, é possível identificar três pequenos pontos de solda, que na verdade são pontos de monitoramento de tensão/voltagem que com o uso de um multímetro, o proprietÁrio pode conferir as voltagens da GPU e memória.


{break::Fotos}A Asus Ares é vendida em uma caixa bastante grande, do tamanho de uma Gabinete MID-Tower (grande). A placa também vem protegida no interior de um case especial, ao estilo das usadas para carregar equipamentos eletrônicos sensíveis como câmeras fotogrÁficas profissionais. Além do Manual e do CD com os drivers, o kit possui 2 conectores de energia de 8 pinos, conector Crossfire e adaptador DVI para HDMI. Possui também um pequeno adesivo metÁlico, com a logo da linha Republic of Gamers (ROG).

O item mais interessante entre os acessórios é o mouse Asus GX 800, outro produto da linha ROG, na cor preta. Voltado à comunidade gamer, o mouse possui 6 botões, sendo 2 customizÁveis com possibilidade de programação de macro e mapeamentos. Um botão dedicado é responsÁvel pela mudança da precisão do mouse, que vai de 800 até 3200 DPI, e um conjunto de LEDs indicam qual a precisão configurada no momento.

Para os que querem conhecer melhor o que estÁ incluso no kit da placa, pode ver o vídeo do unboxing, produzido pela equipe do Adrenaline.

Tiramos uma série de fotos da placa, mostrando ela de todos os ângulos e tudo que acompanha.


 

{break::MÁquina/Softwares utilizados}Comparamos a Asus Ares com todas as demais placas TOP com suporte a DirectX 11 do mercado, sendo elas a Radeon HD 5970, Radeon HD 5870 e GeForce GTX 480. Abaixo algumas fotos dos modelos utilizados.

Abaixo, detalhes da mÁquina, sistema operacional, drivers, configurações de drivers e softwares/games utilizados nos testes.

MÁquina utilizada nos testes:
- Mainboard Asus Rampage II Extreme
- Processador Intel Core i7 980X @ 4.2GHz
- Memórias 6 GB DDR3-1600MHz G.Skill Trident
- HD 1TB Sata2 Wester Digital Black
- Fonte XFX 850W Black Edition

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows Seven 64 Bits
- Intel INF 9.1.1.1025
- ATI Catalyst 10.8 WHQL: Placas ATI
- Nvidia ForceWare 258.96 WHQL: Placas Nvidia

Configurações de Drivers:
3DMark
- Anisotropic filtering: OFF
- Antialiasing - mode: OFF
- Texture filtering: High-Quality
- Vertical sync: OFF
- Demais opções em Default

Games:
- Anisotropic filtering: Variado
- Antialiasing – mode: Variado
- Texture filtering: High-Quality
- Vertical sync: OFF
- Demais opções em Default

Aplicativos/Games:
- 3DMark Vantage 1.0.2 (DX10)
- Unigine HEAVEN Benchmark 2.1 (DX11)
- Aliens vs Predator (DX11)
- DiRT 2 (DX11)
- Just Cause 2 (DX10/10.1)
- Mafia II (DX9)
- StarCraft II (DX10)
- S.T.A.L.K.E.R.: Call of Pripyat (DX11)

{break::GPU-Z, Temperatura, Ruído}Abaixo temos a tela principal do GPU-Z, que mostra algumas das principais características técnicas da Asus Ares.


Temperatura
Iniciaremos nossa bateria de benchmarks com um dos testes mais solicitados e importantes de uma VGA de alto desempenho: a temperatura.

Conforme pode ser conferido abaixo, a Asus cumpriu com o que prometeu e disponibilizou um sistema de refrigeração extremamente eficiente à ARES.

Em estado ocioso (idle), a placa gera quase 40% menos calor se comparada à Radeon HD 5970 "padrão", cerca de 35% a menos que à GTX 480, e 15% menos que a 5870.

Quando submetida a stress (full), a ARES é 18% mais eficiente em termos de consumo de energia do que as Radeons 5970 "comum" e 5870, e 32% do que a GTX 480.

{benchmark::838}

Ruído
Fizemos um pequeno vídeo mostrando o ruído gerado pela placa, comparando com o ruído gerado por uma 5970 com características do modelo referência. Confiram abaixo:

OBS.: Recomendamos o uso de fone de ouvido.

{break::3DMark Vantage, Unigine Heaven 2.1}3DMark Vantage
Embora seja considerado um teste bastante polêmico por parte da comunidade, por ser tachado como um benchs sintético que não reflete muitas vezes a condição da placa no mundo real (leia-se jogos), o 3DMark Vantage é um dos indicadores de performance mais amplamente utilizados em todo o mundo, e não poderíamos refutÁ-lo neste teste.

Na resolução de 1280x1024 sem utilizar nenhum filtro, a Asus ARES mostra mais uma vez toda a sua "força", cravando 32.005 pontos, 11% a mais do que a 5970, 38% a mais do que a GTX 480 e 51% a mais do que a 5870.

{benchmark::818}

Unigine HEAVEN 2.1 - DirectX 11
Trata-se de um dos testes sintéticos mais "descolados" do momento, pois tem como objetivo mensurar a capacidade das placas 3D em suportar os principais recursos da API grÁfica DirectX 11, como é o caso do Tessellation.

O teste fora dividido em duas partes: uma sem e outra com o uso do Tessellation, ambos a 1920x1080 com o filtro de antialiasing em 8x e anisotropic em 16X.

No primeiro cenÁrio (sem o Tessellation), a ARES cravou 1.592 pontos contra 1.380 da 5970, 1.140 da GTX 480 e 900 da 5870, numeros dentro do esperado.

No teste com tessellation setado em "normal", nenhuma mudança de posição, mas a GTX 480 se comporta de forma mais regular, tendo uma perda de performance menor. A Ares continua no topo, como jÁ era de se esperar, cerca de 10% acima da 5970.

{benchmark::819}

{break::Aliens vs Predator}Chegamos finalmente ao ponto alto do review: os testes em jogos!
Nada melhor do que começar por Aliens vs Predator, game que traz o suporte ao DX11 e que foi muito bem recebido pelo público e crítica.

Na resolução mais baixa (1280x1024), a Ares despontou em primeiro lugar com 80,7 FPS, 10,6 FPS ou 15% a mais do que a segunda colocada Radeon HD 5970. Em terceiro e quarto lugar, bem mais distantes, ficaram respectivamente a GTX 480 e a 5870 sendo, respectivamente, 33% e 43% mais lentas do que a placa da Asus.

{benchmark::820}

Em 1680x1050, as posições mantiveram-se as mesmas. Ares em primeiro, Radeon 5970 em segundo, seguida da GTX 480 em terceiro e a 5870 no quarto lugar. Em termos de vantagem comparativa, a placa da Asus foi respectivamente 15%, 52% e 80% mais poderosa que as demais.

{benchmark::821}

Novamente as colocações são mantidas, na resolução de 1920x1080, e em condições bem semelhantes, ou seja, boa vantagem da Ares para 5970 (15,5%), e ampla vantagem em relação à GTX 480 e 5870 (respectivamente 51% e 79,5%).

{benchmark::822}

{break::DiRT 2}Colin McRae: Dirt 2, mais conhecido simplesmente como DiRT 2, é uma das séries de corrida off-road de maior sucesso da história da indústria dos jogos eletrônicos. Lançado em setembro de 2009, o game foi um dos primeiros a ser desenvolvido para o DirectX 11.

As posições das placas são exatamente as mesmas que em AvP nas 3 resoluções testadas: Ares em primeiro, Radeon 5970 em segundo, GTX 480 em terceiro e 5870 em quarto lugar. Contudo, o que diverge um pouco é a diferença de desempenho entre elas. Na verdade todas estão bem próximas, a exceção para a 5870. A surpresa fica para o resultado da GTX 480, VGA single GPU (assim como a 5870), mas que não fez feio para as oponentes dual-GPU.

Em 1280x1024, a placa da Asus é apenas 7% mais veloz que a 5970; 12% mais rÁpida que a GTX 480 e 47% mais potente que a 5870.

{benchmark::823}

JÁ em 1680x1050, a ARES tem respectivamente as seguintes vantagens em relação à 5970, GTX 480 e 5870: 15,5%, 25% e 56%.

{benchmark::824}

Finalmente na resolução FullHD, com 1920x1080, os 113,2 FPS da ARES conferiram à placa uma vantagem de 8% para os 104,6 FPS da Radeon HD 5970; 29% para os 87,8 FPS da GeForce GTX 480 e 49% para os 75,9 FPS da 5870.

Vale ressaltar que em DiRT 2, todas as 4 placas conseguem rodar com folga a todas as resoluções, mesmo na condição severa de 1920x1080 com AA em 8x e AF em 16x.

{benchmark::825}

{break::Just Cause 2}Em Just Cause 2, ocorre um fato interessante: a Radeon HD 5870 deixa na quarta colocação a GeForce GTX 480, com uma pequeníssima vantagem sobre a placa da NVIDIA, mas em um patamar consideravelmente abaixo do que as soluções dual-GPU da ATi. Como era de se esperar, em primeiro lugar segue absoluta da Asus ARES, seguida da 5970.

Em 1280x1024, a vantagem da ARES para as demais competidoras é a seguinte: 14,5% para a 5970; 74% em relação a 5870 e 96% sobre a GTX 480.

{benchmark::826}

Em 1680x1050, a placa da Asus é 14,5% mais veloz que a Radeon 5970; 74% mais rÁpida que a 5870 e 89% mais poderosa que a GeForce GTX 480.

{benchmark::827}

Finalmente em 1920x1080, os 77,4 FPS da ARES deram à VGA uma vantagem de 15% sobre os 67,54 FPS da Radeon 5970; 71% sobre os 44,83 FPS da 5870 e 88% em relação aos 41,6 FPS da GTX 480.

{benchmark::828}

{break::Mafia II}Em Mafia II – game recém-lançado e que trouxe a continuação do aclamado game de ação em terceira pessoa, ambientado no obscuro mundo da mÁfia italiana dos anos 40 e 50 nos EUA - as posições voltaram às condições de AvP e DiRT 2, ou seja, domínio da ARES, seguida pela Radeon HD 5970 em segundo lugar, GeForce GTX 480 em terceiro e a 5870 na última posição. Contudo, as posições foram estabelecidas com uma boa disputa entre as concorrentes, com diferenças mínimos.

Em 1280x1024, a briga pelo primeiro lugar ficou entre as soluções dual-GPU da ATi. A placa da Asus é apenas 9% superior à 5970 (115,8 FPS contra 106,1 FPS). Outra disputa acirrada estÁ pela terceira colocação, entre GTX 480 e 5870, com pequena vantagem para a placa da NVIDIA (89,3 FPS contra 81,6 FPS) de 9%.

{benchmark::829}

Em 1680x1050 a mesma disputa acirrada: ARES com vantagem de meros 11% sobre a 5970 e em terceiro, GTX 480 com superioridade de apenas 7% sobre a 5870.

{benchmark::830}

Por fim, em 1920x1080 a vantagem da ARES para a Radeon 5970 é de 19%. JÁ a da GTX 480 em relação a 5870 (briga pela terceira posição) é de ínfimos 4%.

Vale ressaltar que ainda que mínima, a vantagem da ARES para a Radeon 5970 foi aumentando a medida que a resolução foi ficando maior, um indicativo de que a quantidade extra de memória pode ter dado uma "mãozinha" em favor da placa da Asus.

{benchmark::831}

{break::StarCraft II}Não poderíamos deixar de fora em nossos testes um dos games mais aguardados dos últimos tempos. Desenvolvido pela Blizzard Entertainment como a sequência de um dos mais populares jogos de estratégia dos anos 90, StarCraft II: Wings of Liberty é um dos testes de referência para os principais portais de tecnologia.

Em 1280x1024, existe uma diferença muito pequena entre a primeira e a última colocada, isso porque o game não é dos mais exigentes quando se trata de grÁficos. A ARES levou a melhor, com um margem mínima de menos de 4% sobre a Radeon HD 5970.

{benchmark::832}

Em 1680x1050, também não temos grandes mudanças, as posições se manteram e a diferença de um modelo para outro continua pequena.

{benchmark::833}

Para finalizar, na resolução de 1920x1080 resultados novamente bem próximos, mostrando que para jogar o StarCraft II uma placa TOP não farÁ grandes diferenças sobre uma intermediÁria de alto desempenho.

{benchmark::834}

OBS.: Fizemos testes com anti-aliasing em 8x e anisotropic em 16x, mas a diferença ficou absurdamente a favor da placa da Nvidia, onde ela ganhou de todos os demais modelos, inclusive da ARES. Para não gerar mais polêmicas, preferimos deixar os testes com os filtros ativados para futuras reviews, jÁ que mesmo a ATI tendo informado de que tinha resolvido o bug que existia com a ativação dos filtros em suas placas, a perda de performance é tão grande que deixa os resultados duvidosos, indicando existir ainda algum possível problema.

{break::S.T.A.L.K.E.R.: Call of Pripyat}Call of Pripyat é o terceiro título da aclamada franquia de FPS S.T.A.L.K.E.R., desenvolvido com a versão 1.6 da engine grÁfica X-Ray, que traz como grande destaque o suporte ao DirectX 11.

Neste teste, foram feitas simulações em 4 cenÁrios diferentes: Day, Night, Rain e Sun Shafts. Em todos eles as posições de primeiro e segundo colocados não mudam, ficando respectivamente a ARES e Radeon HD 5970. Contudo, a disputa pela terceira colocação foi bastante acirrada entre GTX 480 e a 5870, cada uma vencendo 2 dos 4 testes, ou seja, um "empate técnico".

{benchmark::835}

Em 1280x1024, a 5870 levou a melhor sobre a GTX 480 em Day e Sun Shafts. JÁ em Night e Rain, a placa da NVIDIA deu o troco na da ATi.

{benchmark::836}

O mesmo acontece em 1680x1050. Radeon HD 5870 em terceiro em Day e Sun Shafts, com as posições se invertendo em Night e Rain.

As condições são exatamente as mesmas em 1920x1080. Vale ressaltar que as diferenças entre e ARES e Radeon 5970, e entre GTX 480 e Radeon 5870 são bem pequenas. Como dito no início do texto, uma boa briga entre o primeiro e terceiro lugares.

{benchmark::837}

{break::Overclock}Como se jÁ não bastasse todos seus diferenciais, a Asus Ares ainda pode ser overclockada.

Utilizando o software SmartDoctor da própria Asus, fizemos um pequeno overclock, aumentando o clock do core de 850MHz para 950MHz, e das memórias de 4800MHz para 5200MHz. Abaixo podemos ver a tela do SmartDoctor mostrando a placa em modo stock e overclockada.


Temperatura
Mais uma vez o sistema de refrigeração da ARES mostrou-se extremamente eficiente. Em modo ocioso a placa teve um aumento de apenas 5oC, e em full o incremento foi ainda menor, de 4oC.

{benchmark::842}

3DMark Vantage
No 3DMark Vantage o ganho foi de 1.209 pontos, aumento de pouco mais de 3,5%.

{benchmark::840}

Aliens vs Predator
Em AvP, o ganho foi de 6% em 1280x1024 e de 5% em 1680x1050 e em 1920x1080, apesar do aumento de clock na GPU de 11,5%, e na memória de 8%.

{benchmark::841}

{break::Conclusão}Inicialmente gostaríamos de agradecer a toda a equipa da Asus por ceder à Adrenaline e a todos os nossos leitores, um produto da magnitude da ARES. Temos a satisfação e orgulho de sermos um dos poucos portais de tecnologia em todo mundo a ter a chance de "por as mãos" na placa e submetê-la a uma intensiva bateria de testes.

A Asus ARES confirmou todas as nossas expectativas, reinando absoluta em todos os testes. E não é para menos. Contando com duas GPUs Radeons HD 5870 com clocks padrões, ou seja, GPU em 850Mhz e memória a 4.80Ghz, a placa recebe ainda uma "forcinha" extra de 4GB, sendo importante para games pesados e em condições extremas, como filtros e resolução no mÁximo.

Além de um grande "poder de fogo", a placa possui um sistema de refrigeração bonito, elegante e o mais importante: extremamente eficiente.

A placa é digna de elogios em todos os pontos. A única ressalva estÁ no preço, na casa dos US$1.200,00, valor bem acima de uma Radeon HD 5970 "comum". Contudo, é bom lembrar que estamos falando de um produto "raro", com apenas mil unidades produzidas, digno de colecionadores e entusiastas, e não de mais um "simples" produto comercial.

A pergunta que fica é: até quando ela irÁ reinar como placa de vídeo mais rÁpida do mundo?

 

PRÓS
- Equipada com 2 GPUs Cypress com GPU em 850Mhz e memória em 4.8Ghz;
- 4GB de memória;
- Sistema de cooler elegante, robusto e extremamente eficiente;
- Produto do mais alto padrão, limitado, com apenas 1.000 unidades produzidas;
- Margem para Overclock;
- Kit composto com uma elegante maleta e super mouse.
CONTRAS
- Ausência do suporte ao Eyefinity 6 (possibilidade de utilizar 6 monitores simultaneamente);
- Preço para poucos, apesar da exclusividade e diferenciais oferecidos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.