ANÁLISE: SteelKeys 6G

ANÁLISE: SteelKeys 6G
Quando compramos um teclado (principalmente para jogos) não levamos em conta uma série de fatores que deveriam ser observados mais atentamente.

Muitos usuÁrios têm dificuldades na escolha correta deste item, existem centenas de opções, com variação de preço entre R$15,00 à R$400,00, o que leva muitos consumidores hÁ optar por um item mais barato, escolhendo produtos de baixa ou média qualidade e percebendo que num longo prazo é mais vantajoso você ter um teclado de alta qualidade.

SteelSeries
SteelSeries é uma empresa que especialmente  se dedica a produtos voltados para jogadores.  Sua missão é criar equipamentos de alta tecnologia e desempenho para seu público.

Sua matriz fica localizada na Europa, mais precisamente em Copenhagen, Dinamarca. Foi escolhido esse local para facilitar a produção e coordenação dos projetos.  Atuando hoje em todos os continentes, com escritórios de venda nos continentes da Europa, America do Norte, nas cidades de Los Angeles e Califórnia que abastecem  o CanadÁ, EUA e America do Sul, na Ásia nas cidades de Taipei e Taiwan, onde abastece também o mercado da Nova Zelândia e AustrÁlia.

SteelKeys 6G
Quando peguei o teclado em mãos a primeira coisa que percebi foi o seu peso (1,4kg), peso muito superior a qualquer teclado que jÁ utilizei. Abrindo a caixa me deparei com um teclado simples (lembrando aqueles teclados antigos, de teclas altas) porem robusto e muito bem acabado, mas que utiliza Layout das teclas em Português de Portugal e não contém nenhum tipo de tecla multimídia.



O teclado tem apenas 44,5cm de comprimento, tornando-o um teclado pequeno e ótimo para carregar na mochila.

Outro detalhe é que esse teclado ainda utiliza o logo antigo da SteelSeries, alguns teclado jÁ vem com o novo logo como mostrado na figura 2.



Basicamente olhando por cima parece se tratar de um teclado simples, mas não se deixe enganar, pois por baixo dessa simplicidade temos um produto de alta qualidade como vamos ver a seguir.

{break::Especificações, Instalação}Especificações
   -    Interruptor: Contato banhado a ouro sem Click
   -    Montagem: conjunto de teclas montadas em contato blindado.
   -    Vida útil: 60,000,000 ciclos
   -    Força de operação: 65g
   -    Cabo: 155,5 cm (Saindo do teclado até a ponta com Adaptador USB)
   -    Peso: 1,4 Kg
   -    Dimensões: 445 mm * 185 mm * 30 mm
   -    Conexão: PS/2 + USB

   Dentro da Caixa
   -    Teclado Steelkeys 6G
   -    Capa para guardÁ-lo.
   -    Teclas Extras
   -    Chave de troca
   -    Adaptador PS/2-USB
   -    Manual



Instalação e troca das teclas
Plugado na USB através do adaptador PS2-USB, o teclado é detectado sem problemas, ele não provem de teclas multimídia, sua instalação é feita apenas com a mudança da configuração para Português de Portugal e reinicialização do sistema.  

Colocar e tirar o apoio de mão é feito sem complicações, mas para tirar com facilidade tem um truque, tens que forçar para baixo o apoio até ficar parecendo um "L" em relação com o teclado, e ai puxar cuidadosamente cada lado.

Troquei algumas teclas pretas pelas cinzas em cerca de um a dois minutos e tanto a remoção como a colocação das teclas são extremamente simples e rÁpidas com a ajuda da Chave de Troca, bastando empurrÁ-la de cima para baixo na tecla escolhida para prendê-la e puxar de volta para removê-la do teclado. Para colocar a tecla basta pressionar a mesma com o dedo sobre o local (Figuras 4 e 5).



{break::Testes, Parte interna}Testei o teclado nas tarefas do dia-a-dia e com os jogos Rainbow Six Vegas 2, Need For Speed Pro Street e Devil May Cry 4 durante duas semanas.  

As teclas são bastante sensíveis, respondem quase que instantaneamente ao toque, e apesar de teclas altas, são macias, e seu uso é extremamente confortÁvel.

Quando utilizado para digitação, senti um pouco de dificuldade com os acentos por ficarem em locais diferentes, apesar de existir o Ç ele não segue o padrão ABNT/ABNT2 dos teclados Português do Brasil e sim o padrão Português de Portugal, mas até o final dos testes jÁ comecei a me acostumar com a diferença.



Através dos jogos que se percebe a real diferença. Joguei por aproximadamente seis horas consecutivas, sem nenhum desconforto, sua resposta é rÁpida e o fato de ter possibilidade de utilizar até oito teclas (quando conectado na entrada PS/2) ao mesmo tempo evita aqueles problemas das teclas pararem de responder ou responderem de forma incorreta, no Devil May Cry 4 pude perceber essa diferença jÁ que esse jogo não utiliza mouse.

Por dentro (literalmente)
Senti-me obrigado a desmontar e tentar sanar minha curiosidade
   •    O motivo de o teclado pesar 1,4kg
   •    Ter um tempo de resposta tão curto
   •    E ter as teclas macias



O teclado como falei anteriormente, no seu exterior é robusto e muito bem feito, então internamente não poderia deixar de ser diferente. Ele é montado totalmente em cima de uma placa de circuito impresso, tornado a possibilidade de maus contatos praticamente nula, suas teclas são "blindadas" e usam o sistema de interruptores de chave (Keyswitches) que faz com que a tecla seja acionada quando pressionada pela metade, diferente dos teclados que usam o sistema de membrana, que precisam que a tecla seja apertada até o final para obterem a resposta, além disso, suas teclas são acionadas através de um contato banhado a ouro 18K, todo esse conjunto torna possível diminuir o tempo de resposta das teclas e aumentar sua vida útil.

{break::Conclusão}O SteelKeys 6G, superou as expectativas, é uma ótima escolha para a maioria dos jogadores.

Sua construção faz com que tenha um tempo de resposta curto com teclas duradouras (60,000,000 ciclos), seu kit com teclas extras na cor cinza possibilita a troca com facilidade das mais utilizadas durante um jogo,  facilitando sua visualização principalmente dentro de locais mais escuros como Lan-Houses. Muito boas também para aprender as teclas de jogo novo, bastando trocar para as que o jogo utiliza.

Por suas características e ter apenas 44,5 cm de comprimento, esse teclado se torna pratico para utilização em campeonatos onde é possível você levar o seu próprio teclado dentro da mochila.

Prós
   •    Robusto e bem acabado
   •    Resposta das teclas de até 50% mais rÁpida do que outros teclados
   •    Seus 1,4Kg fazem com que fique fixo na mesa
   •    Vida útil: 60,000,000 ciclos
   •    Possibilidade de usar até 8 Teclas ao mesmo tempo (via PS/2)
   •    Teclas extras na cor cinza

Contras
   •    Configuração do teclado em Português de Portugal (leva um tempo até se acostumar)
   •    Seu cabo é um pouco curto 155,5 cm com adaptador PS/2-USB, sem ele fica com aproximadamente 139 cm (no site informa 180 cm)

Mais Fotos



PRÓS
CONTRA
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado é responsável pelas análise de drones e alguns gadgets relacionados a fotos e vídeo, como Action Cams.