Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

HardwarePC Games

Competição volátil: Adata e Micron estão brigando pelo título de memória RAM mais rápida do mundo

Competição volátil: Adata e Micron estão brigando pelo título de memória RAM mais rápida do mundo

21/05/2019 18:31 | | @supermognon | Reportar erro





Share on Google+

Em menos de uma semana, o recorde de memória RAM DDR4 mais rápida do mundo foi quebrado três vezes, e isso só aconteceu por causa da intensa competição entre as fabricantes Adata e Micron. As duas companhias estão brigando pelo título da melhor maneira possível: fazendo sua tecnologia evoluir e usando muito nitrogênio líquido.

De acordo com o pessoal do PC Gamer, que está acompanhando mais de perto essa batalha, a competição está extremamente volátil: o título atual está com a Adata e sua divisão XPG Overclocking Lab (XOCL), que conseguiu alcançar a frequência de 5.738 MHz com um kit de memória Spectrix D60G RGB DDR4, como é possível ver no ranking do HWBOT.


XPG Spectrix D60G RGB DDR4, dona atual do recorde de maior frequência com overclock. Imagem: Adata | XPG

Antes disso, porém, a Micron já havia quebrado o recorde de memória RAM mais rápida do mundo, quando conseguiu a velocidade de 5.726 MHz usando seu conhecimento na área e muito overclock. O feito tirou a glória da líder anterior, a já mencionada Adata, que no dia 15, última quarta-feira, havia alcançado a frequência de 5.608 MHz com uma de suas memórias RAM.

Agora, o negócio é esperar para ver se a Micron vai conseguir dar uma resposta à altura para a frequência de 5.738 MHz conquistada pela Adata ainda esta semana. Se isso acontecer, o feito se tornará ainda mais surpreendente, visto que os procedimentos para alcançar tanta potência envolvem overclock com resfriamento de alta intensidade, incluindo o uso de nitrogênio líquido.

Além de ser um hobbie para quem acompanha hardware e para o pessoal mais entusiasta nesse setor, os recordes de velocidade de memória RAM são utilizados pelas empresas para a divulgação de seus produtos. Segundo ressalta o PC Gamer, a Micron é conhecida por ter recordes e fabricar seus próprios chips de memória premiados no setor de RAM. Outra firma conhecida pelos overclockers é a Samsung, responsável por módulos de DDR4 que constantemente aparecem em competições. A empresa, porém, deve parar de fabricar seus B-die de 8 Gb futuramente, de acordo com o Anandtech.

Além da parte de marketing, a competição de overclock também tem seu valor para avanços tecnológicos: o processo de elevar a velocidade ao extremo ajuda em descobertas que auxiliam no desenvolvimento de produtos mais potentes e resistentes.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *