O QuadCast é um microfone da HyperX focado em streamers, podcasters e produtores de conteúdo na internet em geral. Ele tem como principal diferencial tentar trazer todas as características específicas que esse público necessita em um único produto, usando grande quantidade de feedback do público durante o desenvolvimento para evoluir o projeto e adequá-lo a essas demandas.

A HyperX vem trabalhando para crescer seu portfólio de produtos, tentando consolidar a marca como uma solução para múltiplas necessidades dos gamers. Esse processo começou com hardwares e periféricos mais tradicionais como mouses e headsets, e o QuadCast é a primeira incursão da empresa em um produto desse tipo.


Design

O HyperX QuadCast tem um design chamativo, com um LED vermelho bastante vivo, sempre aceso quando está em funcionamento. A luz tem dois objetivos: indicar que o microfone está captando áudio e também tornar o microfone atraente, pois o design do QuadCast mostra que ele foi pensado para ele poder aparecer no enquadramento, combinando com o setup gamer da maioria dos jogadores, que hoje usam e abusam dos LEDs. Seu principal problema, porém, é que a cor não é customizável, então é melhor já adequar o cenário ao vermelho do microfone se pretende usá-lo aparecendo na câmera.

A construção é feita em metal em praticamente toda a estrutura, passando uma sensação de muita robustez e resistência, além do belo visual. Ele já vem montado em uma base "Shock mout" antivibração que reduz sensivelmente o ruído se alguém bate na mesa (um problema clássico aqui no Adrenaline) e pode ser encaixado em pedestais tanto no formato 3/8 quanto 5/8, o que torna ele compatível com a maioria dos formatos disponíveis no mercado.

Os principais ajustes são feitos fisicamente, através de botões

Por conta do feedback recebido durante o desenvolvimento, a HyperX incluiu uma grande quantidade de ajustes feitos via botões, ao invés de configurações no PC ou console. Ele possui um botão touch no topo para "mutar" o áudio, algo útil se você precisa tirar rapidamente do ar seu som e situação que o feedback das luzes é bem interessante para você ter certeza se está "off" ou não. Na parte de baixo há um seletor que traz o ganho, sendo possível aumentar o som em tempo real e por fim um seletor na parte traseira alterna o modo de captação do áudio. 

Funcionalidades

A HyperX tento "gabaritar" todas as possíveis necessidades de um streamer ou um produtor de pocasts com o QuadCast, então trouxe um conjunto amplo de recursos embarcados ao produto.

Recursos como a base "shock mount", o filtro pop interno e o adaptador para encaixe nos formatos mais populares de bases tornam muito fácil pegar o microfone e montar em sua bancada. Mesmo nos meus eventuais esbarrões nele, ele conseguiu neutralizar a minha tentativa acidental de assassinato dos tímpanos de nossa audiência. O que mais me agradou foi a opção por configurações através do hardware ao invés de software, assim é muito fácil fazer algum ajuste necessário como aumentar o ganho do microfone ou desligar temporariamente o áudio.

O QuadCast é "plug-and-play" e não depende de driver
ou software específico para funcionar

O QuadCast é extremamente plug-and-play, sendo esse o principal ponto positivo da empresa ter evitado configurações via software. Se por um lado isso impediu a HyperX de criar mais ajustes além dos possíveis fisicamente, em contrapartida isso tirou do caminho empecilhos como ter que baixar um software da empresa para fazer o microfone funcionar. Só senti falta de algum ajuste do LED, para quem não é tão fã da moda RGB ou achou o brilho muito chamativo.

Não dá para mudar a cor do LED ou trocar a cor

A conexão é exclusivamente USB, então não é possível ligá-lo a outro hardware via conector XLR. Isso deve ser um problema para profissionais ou usos mais complexos, como por exemplo aqui no Adrenaline onde usamos uma mesa de som para as transmissões ao vivo ou em algumas de nossas filmadoras, mas para o streamer ou podcaster faz todo sentido focar na praticidade do USB. O microfone é oficialmente compatível com Windows, Mac e Playstation 4, mas a opção por usar drivers mais genéricos torna ele potencialmente compatível com muito mais sistemas, apesar de não haver suporte oficial.

Esse microfone é exclusivamente USB

Ele opera a captação em quatro modos: estéreo, omnidirecional, cardioide e bidirecional. Novamente a seleção é feita fisicamente, através de um seletor que fica na parte de trás. Os quatro modos dão versatilidade ao QuadCast, que pode servir para diversos usos:

Fizemos alguns experimentos colocando ele "para correr" com o AT2020 da Audio Technica, modelo que temos aqui em nosso estúdio com um custo inferior ao QuadCast (R$ 599). Na comparação direta, ambos trazem um nível de qualidade de áudio próxima, com a vantagem para o microfone da HyperX de já vir em uma base à prova de batidas e também um filtro pop, mas acessórios podem trazer esses recursos ao AT2020, também. Abaixo temos uma transmissão feita com ele, para quem quer ouvir o QuadCast em ação:

AVALIAÇÃO:

Design

9.0

Qualidade de som

10

Funcionalidades

9.0

Preço

7.0
Conclusão

O QuadCast é um microfone bastante completo e muito bem adaptado para as necessidades específicas desse novo público de geradores de conteúdo. Seu grande trunfo é a sua praticidade, e mesmo alguém com pouca experiência na parte de áudio não precisará de muito tempo para montar esse microfone no seu setup e começar a captação do áudio com ótima qualidade.

A opção por drivers genéricos e por deixar nos ajustes físicos as principais funções do QuadCast foram um grande acerto da HyperX, na minha opinião, e estão "anos luz" na frente de modelos que dependem de softwares próprios para ajustes. Ter a configuração de ganho ou um botão bastante sensível para desabilitar rapidamente o áudio, isso junto com um feedback bastante chamativo indicando se o som está sendo captado, é excelente para transmissões ao vivo (onde tudo tende a dar errado) e facilita até alguns improvisos, como esse trecho abaixo. 

O modo de captura do áudio usado no vídeo acima é o cardioide, e fica claro como ele abafa rapidamente o som fora da área de captação quando eu falo direcionando a voz para fora dele, melhorando a qualidade do áudio captado.

O QuadCast não é barato, mas atende de forma muito competente todas as necessidades dessa nova geração de produtores de conteúdos

O custo, porém, é caro. Ele fica em patamares semelhantes ao cobrado em produtos similares de marcas como Razer, e pode rivalizar com produtos profissionais que entregam mais qualidade, mas ao mesmo tempo nem sempre são tão bem adaptados para as situações que o QuadCast foi desenvolvido para atender. Também há opções um mais acessíveis de microfones USB, mas muitas das vezes eles entregam menos qualidade ou ficam devendo algum recurso. Por conta disso, acho que o QuadCast garante seu espaço por unir muito bem todos os recursos que um streamer ou um produtor de conteúdos para a internet precisa em um produto bem-acabado que, pode não ser das mais baratos, mas que resolve com excelência as demandas desses consumidores.


PRÓS
  • Belo design
  • Bastante completo em recursos
  • Vários comandos físicos
  • Alta compatibilidade por uso de drivers genéricos
  • Excelente áudio
CONTRAS
  • Caro
  • LED não pode ser desligado e só opera na cor vermelha
  • Sem suporte a conexão XLR