Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

HardwarePC Games

PCIe 4.0 deve chegar ao mercado em julho, depois do lançamento do PCIe 5.0

PCIe 4.0 deve chegar ao mercado em julho, depois do lançamento do PCIe 5.0





Share on Google+

A nova geração do padrão de comunicação Peripheral Component Interconnect-Express, o PCIe 4.0, tem sua chegada prevista para julho de 2019 de acordo com o site Tom's Hardware – o que pode acontecer depois do lançamento do seu sucessor, o PCIe 5.0. Segundo a publicação, em comparação com PCIe 3.0, o PCIe 4.0 terá o dobro da largura de banda disponível para dispositivos como placas de vídeo, HDs, SSDs, placas de Wi-Fi e placas Ethernet.

Isso significa que uma entrada PCIe 4.0 x4 teria o mesmo desempenho de um conector PCIe 3.0 x8, enquanto o novo x8 seria equivalente ao antigo x16 e assim em diante. Mesmo assim, a nova geração do padrão irá manter a tradição de ter retrocompatibilidade com edições passadas e de ser compatível com novas tecnologias que surgirem.

Um dessas tecnologias será o PCI-Express 5.0, que já teve sua especificação finalizada em 2018 e deverá ser lançada antes mesmo da chegada do PCIe 4.0 ao mercado. Isso aconteceu porque o tempo de desenvolvimento da 4ª geração acabou sendo muito maior do que o esperado, com suas especificações sendo finalizadas somente 7 anos depois da chegada da versão anterior.

A expectativa é de que as placas-mãe com chipset AMD X570 – criadas para as CPUs Ryzen 3000 – seriam as primeiras a trazer a interface PCIe 4.0. Depois disso, a expectativa é de que os fabricantes de placas-mãe irão atualizar seus modelos das séries 300 e 400 com suporte parcial para a nova tecnologia. De acordo com a notícia, isso significa que quem fizer update da BIOS terá um slot principal do tipo PCIe 4.0 x16, com o resto sendo limitados a PCIe 3.0.

Em janeiro de 2019, a fabricante Phison realizou uma demonstração do primeiro SSD do mundo com suporte para a tecnologia PCIe 4.0. Ele trazia velocidades de leitura de 4GB/s e de escrita de 4,2GB/s, utilizando uma tecnologia flash TLC de 96 camadas da Micron.

A expectativa, porém, é de que o produto final irá trocar para o chip flash BICS 4 da Toshiba. Caso faça isso, a Phison iria lançar um SSD com 4,8GB/s de velocidade de leitura sequencial e 4,4GB/s de escrita sequencial.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *