Enfim as tecnologias RTX foram adicionadas ao game Shadow of the Tomb Raider. O jogo foi um dos destaques do anúncio da série 20 da Nvidia, e de lá para cá ficamos na expectativa para ver como ele exploraria as novas capacidades das placas GeForce.

Shadow of the Tomb Raider recebe Patch que habilita ray tracing e DLSS em placas RTX

Os principais destaques da implementação das tecnologias RTX é um cálculo da projeção de sombras utilizando o Ray Tracing, adicionando sombras em locais onde não haviam na tecnologia anterior, e criando um efeito mais realista para elas. Em configurações mais altas, o traçamento de raios de luz híbrido inclusive irá gerar sombras mais suaves, recriando de forma mais verossímil a forma como a luz se comporta, ao invés das sombras "duras" criadas pela rasterização tradicional.

Chegou o DLSS nas GeForce RTX: veja como ficam os gráficos e performance em FFXV

Já o DLSS explora a capacidade dos núcleos tensores presentes nessas Turings RTX, tornando viável para a placa renderizar a imagem em uma resolução menor e então ampliá-la para a resolução final através de aprendizado da máquina. Essa solução busca equilibrar o impacto causado pelo Ray Tracing na performance das placas com um ganho através do DLSS.

DLSS

Começamos a nossa análise com duas cenas sendo geradas em 4K. Ambas foram exectuadas com o pre-set do altíssimo. Quem quiser ver as imagens em resolução máxima, elas estão disponíveis nesse link. Colocamos lado-a-lado o resultado de renderizar a cena sem nenhum filtro antisserilhado, com o TAA e o DLSS.

Analisando os recortes feitos das cenas com zoom em 200%, é interessante notar que tanto o DLSS quanto o TAA trazem melhorias consideráveis comparado a não aplicar filtro nenhum. Mesmo sendo bem menos perceptíveis esses defeitos em uma imagem com resolução tão alta, ainda é possível notar o serrilhado estranho que se forma no cabelo da Lara, mesmo jogando em 4K, se você não usar nenhum filtro.

Em alguns objetos o DLSS se sai melhor, em outros, o TAA

Agora trazendo a disputa para o DLSS x TAA, temos variações. No primeiro e no terceiro comparativo, o TAA parece se sair melhor por conseguir reduzir o serrilhado sem perder detalhes, algo que acontece claramente na manta de couro de animal sobre o ombro da Lara na cena com DLSS. Em compensação o comparativo 2, que mostra outro pedaço da mesma cena do comparativo 1, o DLSS tem muito mais sucesso em resolver o serrilhado que continuou evidente mesmo com o TAA.

O DLSS perde um pouco de definição na imagem, mas em níveis bastante aceitáveis

Considerando que estamos percebendo essas diferenças apenas com o zoom em 200%, a perda de definição que notamos não foi grave mesmo com essa aproximação, a conclusão que o DLSS se sai bem nas duas cenas avaliadas, reduzindo o serrilhado com mais sucesso que o TAA em alguns momentos, mas com um pouco menos de definição que ele em alguns objetos.

Ray Tracing

Para a segunda comparação colocamos o Ray Trancing em ação, o que significa que a tecnologia vai atuar criando sombras em objetos. Usamos nas configurações desligada (usando a tecnologia anterior na configuração ultra), com o Ray Tracing de sombras no Alto e também no Ultra. Abaixo dá para conferir o resultado dos testes, lembrando que quem quer ver as imagens sem compressão e em resolução máxima, elas estão disponíveis nesse link.  No comparativo fizemos o contrário: tem um "zoom out" para possibilitar ver mais da cena.

Aqui temos resultados bem pouco empolgantes. É preciso até fazer um esforço para entender bem o que muda de uma cena para outra, e inclusive não há uma clara vantagem para o uso do Ray Tracing nessas duas cenas. Sem dúvidas, alguém preocupado em "jogar o jogo" ao invés de ficar montando comparativos estáticos dificilmente vai notar que o jogo está com ou sem essa tecnologia RTX.

Performance

Para nosso comparativo de desempenho, colocamos em ação todas as placas da série 20, desde as potentes RTX 2080 Ti até a mais modesta RTX 2060. Fizemos os testes em três resoluções, e também variando o uso das tecnologias. O Ray Tracing foi aplicado na configuração Ultra.

Placas utilizadas nos testes:

- Nvidia GeForce RTX 2080 Ti Founders Edition - Análise
- Nvidia GeForce RTX 2080 Founders Edition - Análise
- EVGA GeForce RTX 2080 Black - Análise
- Nvidia GeForce RTX 2060 Founders Edition - Análise

Máquina utilizada nos testes:

- Processador Intel Core i9-9900K - Análise
- Placa-mãe Gigabyte Z390 Aorus Xtreme - Site oficial
- Kit de memórias G.SKILL TridentZ Royal 2x8GB 3200MHz - Site oficial
- SSD HyperX Fury RGB SSD - Análise
- Sistema de refrigeração liquida Cougar Helor 360 - Site oficial
- Fonte de energia Cougar CMX 1000W - Site oficial
- Gabinete Cougar Conquer - Site oficial
- Monitor Samsung U28E590D 4K 60Hz - Site oficial

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

3840x2160, DX12, Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11 e 12
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Shadow of the Tomb Raider | Shadow of the Tomb Raider - RTX OFF vs ON ] Hardwares Comparados: 12

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti
57

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti
57

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RTX+DLSS
53

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RTX+DLSS
53

NVIDIA GeForce RTX 2080
47

NVIDIA GeForce RTX 2080
47

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RTX+DLSS
41

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RTX+DLSS
41

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RT
37

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RT
37

EVGA GeForce RTX 2070 Black
35

EVGA GeForce RTX 2070 Black
35

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RTX+DLSS
32

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RTX+DLSS
32

NVIDIA GeForce RTX 2060
31

NVIDIA GeForce RTX 2060
31

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RT
27

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RT
27

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RTX+DLSS
26

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RTX+DLSS
26

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RT
21

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RT
21

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RT
15

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RT
15



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

2560x1440, DX12, Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11 e 12
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Shadow of the Tomb Raider | Shadow of the Tomb Raider - RTX OFF vs ON ] Hardwares Comparados: 12

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti
102

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti
102

NVIDIA GeForce RTX 2080
89

NVIDIA GeForce RTX 2080
89

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RTX+DLSS
79

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RTX+DLSS
79

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RT
68

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RT
68

EVGA GeForce RTX 2070 Black
66

EVGA GeForce RTX 2070 Black
66

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RTX+DLSS
63

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RTX+DLSS
63

NVIDIA GeForce RTX 2060
60

NVIDIA GeForce RTX 2060
60

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RT
53

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RT
53

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RTX+DLSS
51

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RTX+DLSS
51

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RTX+DLSS
43

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RTX+DLSS
43

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RT
42

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RT
42

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RT
33

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RT
33



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1920x1080, DX12, Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11 e 12
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Shadow of the Tomb Raider | Shadow of the Tomb Raider - RTX OFF vs ON ] Hardwares Comparados: 12

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti
143

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti
143

NVIDIA GeForce RTX 2080
131

NVIDIA GeForce RTX 2080
131

EVGA GeForce RTX 2070 Black
98

EVGA GeForce RTX 2070 Black
98

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RTX+DLSS
98

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RTX+DLSS
98

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RT
94

NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti - RT
94

NVIDIA GeForce RTX 2060
91

NVIDIA GeForce RTX 2060
91

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RTX+DLSS
83

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RTX+DLSS
83

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RT
77

NVIDIA GeForce RTX 2080 - RT
77

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RTX+DLSS
69

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RTX+DLSS
69

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RT
64

EVGA GeForce RTX 2070 Black - RT
64

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RTX+DLSS (1920x1080)
57

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RTX+DLSS (1920x1080)
57

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RT
51

NVIDIA GeForce RTX 2060 - RT
51



Veredito

Depois de uma espera considerável, enfim um game que estava entre os primeiros dessa geração RTX enfim ganhou o recurso, e o resultado infelizmente é uma das implementações mais desinteressantes que vimos do Ray Tracing até o momento. Enquanto em Metro algumas cenas ganharam uma expressividade muito maior, devido aos cenários muito escuros do jogo, e em Battlefield V foi possível ver vidraças, água e outras superfícies refletirem imagens de forma mais realista, o traçamento dos raios de luz em Shadow of the Tomb Raider trazem como diferença sombras que não impactam em praticamente nada da experiência do jogador.

A implementação do Ray Tracing em Shadow of the Tomb Raider é a mais desinteressante até o momento

Se o RT não empolga, ao menos o DLSS está cumprindo o seu papel aqui. Ele está entregando a performance perdida pelas placas com a aplicação do Ray Tracing, e está conseguindo um nível de qualidade comparável com o TAA. Assim como aconteceu no Final Fantasy XV, tem momentos que uma tecnologia ou a outra parece se sair melhor, e só de ficarem próximas, a vantagem de performance dá a vitória para o DLSS facilmente. O problema é que aplicar o DLSS dessa vez foi insuficiente para "bancar" a perda de desempenho causada pelo Ray Tracing, e mesmo usando o DLSS a perda de desempenho é notável.

Todas as placas tem condições de rodar o game com Ray Tracing

Considerando os resultados dos testes, todas as placas tem condições de rodar o Ray Tracing. A RTX 2060 ficou próxima dos 60fps na configuração FullHD, logo reduzir o Ray Tracing para o Médio ou até para o Alto deve ser suficiente. Fazendo alguns ajustes, dá para rodar na casa dos 60fps com as seguintes resoluções:

- RTX 2060 - FullHD
- RTX 2070 e RTX 2080 - QuadHD
- RTX 2080 Ti - 4K 

Com a nova geração de placas da linha GeForce entregando níveis de performance por preços próximos aos das gerações anteriores, o principal fator tentando justificar esse valor "premium" cobrado são as novas tecnologias, e Shadow of the Tomb Raider não traz uma evolução tão notável na qualidade gráfica do jogo com os recursos RTX, pelo menos não o suficiente para justificar que a RTX 2080 Ti tenha um preço de lançamento de US$ 999 enquanto a GTX 1080 Ti foi anunciada por US$ 699.