Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

NvidiaHardwarePC Games

Gameplay com a GTX 1660 Ti: como ficou a Turing sem o RTX?

Gameplay com a GTX 1660 Ti: como ficou a Turing sem o RTX?

27/02/2019 21:21 | | @kerberdiego | Reportar erro






Share on Google+

Enfim a Nvidia apresentou uma sucessora para GTX 1060, e uma placa que deve ganhar a atenção dos gamers de olho na relação entre custo e benefício. A placa mantém as novas tecnologias da microarquitetura Turing, tira os elementos RTX: os núcleos tensores e RT. O resultado é uma placa capaz de entregar mais desempenho, mas que não obriga o consumidor pagar mais para apostar no futuro de recursos como o DLSS e o Ray Tracing.

Games testados:

03:00 - Resident Evil 2 Remake
09:05 - Anthem
12:15 - Shadow of the Tomb Raider
15:50 - Apex Legends

Máquina utilizada nos testes:

- Processador Intel Core i7-6950X - Placa-mãe Asus X99 Strix
- Kit de memórias Kingston HyperX Predator DDR4 32GB 3000Hz (4x8GB)
- SSD Kingston HyperX Savage 240GB - SSHD Seagate 2TB SATA3
- Sistema de refrigeração liquida Thermaltake Water 3.0 Riing RGB 280
- Fonte de energia Thermaltake Toughpower DPS G RGB 850W Gold
- Gabinete Thermaltake Core P3


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *