Com o lançamento da segunda geração de processadores AMD Ryzen Threadripper em agosto, algumas empresas aproveitaram para lançar novos modelos de placas-mãe para o soquete TR4. Elas utilizam exatamente o mesmo chipset X399 que as primeiras placas lançadas para esse soquete, trazendo melhorias no acabamento e pequenos updates em tecnologias oferecidas.

A análise da vez é da placa MSI MEG X399 Creation, a topo de linha da MSI com esse chipset. Lembramos que apenas a ASRock, Gigabyte e MSI lançaram novos modelos de placas TR4 em agosto 2018, a Asus não trouxe placa nova junto com a chegada dos Threadripper de segunda geração, apenas uma atualização de acessórios para a Zenith.

Em cenário internacional esse modelo analisado da MSI foi lançado por US$699, valor absurdamente alto comparado com outros modelos praticamente iguais como a Gigabyte X399 AORUS Xtreme que custa US$ 428 atualmente. Curiosamente no Brasil essa placa custa acima de R$3.000, já a X399 AORUS Xtreme acima disso, vai entender...

Site oficial da placa-mãe MSI MEG X399 Creation

Análise AMD Ryzen Threadripper 2990WX
Análise AMD Ryzen Threadripper 2950X


Tecnologias destacadas pela fabricante
Como não poderia deixar de ser, uma mainboard super completa. Abaixo é possível ver as principais tecnologias destacas diretamente no PCB da placa-mãe:

Muitas tecnologias com excelente acabamento e visual refinado

Assim como praticamente todas as placas X399, a MEG X399 Creation tem um perfil de placa completa em se tratando de tecnologias, brigando com os melhores modelos para essa plataforma, tendo como concorrente a Asus Zenith Extreme e a Gigabyte X399 AORUS Xtreme se analisarmos os modelos topo de linha da concorrência, mas várias outras também são competidoras em nível de tecnologias suportadas, como a Gigabyte X399 Gaming 7. Vale destacar que tanto essa placa analisada como a AORUS Xtreme da Gigabyte, foram lançadas juntas com a segunda geração de processadores Threaripper, já a Zenith da Asus foi lançada lá em agosto de 2017 com a primeira geração desses CPUs soquete TR4.

Como destaque um projeto com bom potencial para overclock, no total são 19 controladores de fases, além de dissipadores cobrindo todos os principais componentes. Suporte para memórias com frequência de 3600MHz+.

Junto com a placa a MSI adicionou uma placa dedicada com suporte para 4 SSDs em formato M.2. Além do suporte a essa quantidade de SSDs, o diferencial fica por conta de seu FAN que vai garantir temperaturas inferiores as quando os SSDs conectados diretamente na placa-mãe. Ela ainda traz duas conexões de rede Gigabit, além de wifi e bluetooth em suas versões mais recentes.

Ainda temos suporte a 4-way SLI ou Crossfire, mesmo que as próprias fabricantes de chips de vídeo já não indiquem mais essa quantidade de placas. O sistema de áudio utiliza componentes de alta qualidade com o tradicional chip Realtek ALC 1220. Ainda temos várias conexões USB Gen1 e uma Gen2 e LED´s RGB como todo modelo com esse perfil.


Fotos
Entre os destaques das novas placas que foram lançadas com o chipset X399 em agosto desse ano, destacamos o acabamento, elas ficaram mais bonitas e refinadas, fora isso as principais melhorias ficaram por conta das atualizações para as últimas versões das tecnologias Wifi e Bluetooth.

A MEG X399 Creation é um daqueles modelos que vai agradar bastante quem gosta de muitos acessórios, até mesmo uma placa dedicada com FAN e LED suportando mais 4 SSDs em formato M.2, além dos 3 já suportados diretamente no PCB da placa-mãe.

É realmente uma placa espetacular, muito bonita e bem acabada com todas as principais tecnologias do mercado, inclusive com um projeto com bastante foco em overclock. São 19 controladores de fases no total. Para ficar completa poderia ter um backplate como acontece com outros modelos, como com sua concorrente Gigabyte X399 AORUS XTREME. Diferente da Gigabyte a MSI manteve os botões de ligar, resetar e overclock do sistema através de botões no PCB da placa.

Estamos falando de uma placa para uma plataforma que é muito utilizada por desenvolvedores e profissionais, já que possui processadores de alto desempenho, sendo assim o que não falta nela é conexões para drivers de armazenamento. Como colocamos acima, junto com a placa dedicada AERO são suportados 7 SSDs em formato M.2, mais 8 drives em formato sata, além das possibilidades de mais drives via demais conexões, como as USB. Lembramos aqui que todos os novos drives de armazenamento do mercado utilizam  linhas PCI-Express, enquanto em um determinado momento o limite de 64 linhas pode ser atingido se utilizado todas essas possibilidades.

Ao todo a placa suporta 7 SSDs em formato M.2, haja canais PCI-Express

O sistema de áudio como toda placa-mãe topo de linha atual utiliza o chip Realtek ALC 1220, além de componentes que visam entregar maior fidelidade e qualidade sonora. Ela também traz uma série de novas tecnologias visando maior durabilidade como os protetores metálicos para os slots de memórias e PCI-Express, que também ajudam a deixar o visual mais refinado.

No painel traseiro senti falta do novo conceito com o espelho fixo como vem acontecendo em vários modelos de alto desempenho, a própria MSI já fez isso em placas mais recentes como em modelos com chipset Z390, e suas concorrentes Asus e MSI tornaram isso padrão em placas topo de linha. O espelho fixo ajuda bastante no acabamento e também na questão de encaixe perfeito das conexões, as soluções da Asus parecem ser as melhores, com melhor acabamento.

Em se tratando das conexões, ao todo ela tem 9 conexões USB Tipo A, e uma USB Tipo C 3.1 Gen2. Ainda tem duas conexões de rede Gigabit da Intel e conexões de áudio banhadas a ouro. Outro destaque fica por conta de um botão para limpar a bios e outro para atualizar a bios via pen drive.

Faltou o painel traseiro fixo igual a modelos concorrentes

Abaixo uma foto comparando a MSI MEG X399 Creation e a Gigabyte X399 AORUS Xtreme. Como é possível notar são placas muito parecidas, não justificando a diferença de mais de US$270 dólares a mais no modelos da MSI, trazendo como principal diferença uma placa dedicada para mais conexões de SSD em formato M.2.

BIOS
A interface de BIOS da placa é a tradicional dos últimos anos em modelos de placas-mãe da MSI. É intuitiva e simples, com opções avançadas especificas para um modelo como esse, cheio de recursos e alto potencial para overclock.

Lembramos que qualquer mainboard X399 suporta todos os modelos Threadripper série 1000 ou 2000, basta estar com a BIOS atualizada. No caso da MEG X399 Creation, utilizamos a última versão disponível durante a análise, a versão 1.10.

Abaixo algumas telas da BIOS.

Manter a BIOS atualizada ajuda na estabilidade do sistema,
maior compatibilidade com memórias entre outros benefícios


Sistema Utilizado
Abaixo, detalhes sobre o sistema que utilizamos em todas as análises de placas-mãe com mesma série de chipset, além de drivers e aplicações utilizadas nos testes, mas antes fotos do sistema funcionando.

Máquinas utilizadas nos testes:
Todas as placas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:

- Processador: AMD Ryzen Threadripper 2990WX [análise]
- Placa de vídeo: Gigabyte GeForce RTX 2080 Ti Gaming OC [análise]
- Memórias: 32 GB G.Skill FlareX @ 3200MHz (4x8GB) [site oficial]
- SSD: Samsung 960 Pro 512GB m.2 [site oficial]
- SSD: HyperX Savage 240GB SATA3 [site oficial]
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s [site oficial]
- Cooler: Noctua NH-U12S-TR4 [site oficial]
- Fonte de energia (PSU): Thermaltake Toughpower 850W GOLD PSU [site oficial]

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 10 64 Bits com Updates
- GeForce 416.xx

Aplicativos/Games:
- AIDA 5.xx
- CineBench R15
- CrystalDiskMark 5.x
- wPrime 1.55
- WinRAR 5.6x
- 3DMark (DX11)
- Grand Theft Auto 5 (DX11)

CPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e parte do sistema utilizado nos testes.

Overclock
Agora estamos utilizando o processador AMD Ryzen Threadripper 2990WX para os testes de placas-mãe X399. É o modelo topo de linha, com absurdos 32 núcleos e 64 threads e clock de 3000MHz em modo normal e 4200MHz em modo turbo. Nosso overclock consiste em aplicar 4000MHz em TODOS os 32 núcleos, apesar de ser abaixo do clock turbo do processadores, fixamos todos os cores nesse clock, já o modo turbo automático coloca apenas alguns. Na pratica um overclock como o que aplicamos vai forçar mais o processador e também fazer ele render mais, como será possível ver nos testes mais adiante.

O processo foi bastante simples, apenas mudando o multiplicador para 40x e aplicando tensão automática. Em algumas mainboards para o sistema estabilizar pode ser necessário aplicar a tensão de 1.4v para o CPU. Também setamos a frequência das memórias para seu máximo, 3200MHz como padrão.

Procure sempre manter a BIOS atualizada
para a versão mais recente disponível

"Faça overclock no sistema por sua conta e risco. Dependendo do modo como aplica o overclock pode gerar problemas irreparáveis em componentes do sistema."


Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema. Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso (IDLE).

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Sistema ocioso (idle)

OBS.:

  • Consumo do sistema inteiro
  • Resultados em Watts
  • Quanto MENOR, melhor

[ Consumo de Energia | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation
92

MSI MEG X399 Creation
92

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
112

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
112

Gigabyte X399 AORUS XTREME
116

Gigabyte X399 AORUS XTREME
116



Rodando o 3DMark
Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os seguintes resultados de consumo:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Rodando 3DMark

OBS.:

  • Consumo do sistema inteiro
  • Resultados em Watts
  • Quanto MENOR, melhor

[ Consumo de Energia | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation
457

MSI MEG X399 Creation
457

Gigabyte X399 AORUS XTREME
491

Gigabyte X399 AORUS XTREME
491

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
576

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
576



Testes de desempenho
Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes; com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.

AIDA64 
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o AIDA64 e seu teste de memórias, mostrando o resultado de leitura, escrita, cópia e latência:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Leitura

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(lat?ncia)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Lat?ncia quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

Gigabyte X399 AORUS XTREME
76042

Gigabyte X399 AORUS XTREME
76042

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
75498

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
75498

MSI MEG X399 Creation
75105

MSI MEG X399 Creation
75105



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Escrita

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(lat?ncia)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Lat?ncia quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation
79231

MSI MEG X399 Creation
79231

Gigabyte X399 AORUS XTREME
79142

Gigabyte X399 AORUS XTREME
79142

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
78761

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
78761



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Cópia

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(lat?ncia)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Lat?ncia quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

Gigabyte X399 AORUS XTREME
79384

Gigabyte X399 AORUS XTREME
79384

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
77967

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
77967

MSI MEG X399 Creation
76763

MSI MEG X399 Creation
76763



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Latência

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(lat?ncia)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Lat?ncia quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

Gigabyte X399 AORUS XTREME
62.7

Gigabyte X399 AORUS XTREME
62.7

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
63.7

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
63.7

MSI MEG X399 Creation
64.3

MSI MEG X399 Creation
64.3



Crystal Disk Mark - SSD
Dando sequência, abaixo um teste de desempenho do mesmo SSD utilizado em todos os sistemas comparados. Diferente de outras plataformas, nessa utilizamos um dos drives SSDs mais rápidos do mundo, o Samsung EVO 960 Pro.

Em se tratando dos testes, a placa da Gigabyte atingiu resultado consideravelmente acima no teste de leitura, algo que pode estar associado a alguma coisa da BIOS ou mesmo drivers. Porém salientamos que ambas utilizaram as mesmas versões em tudo.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

v6.x - Modo Read - Seq Q32T1 (1GiB)

OBS.:

  • Teste Seq
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CrystalDiskMark | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 2

MSI MEG X399 Creation - SSD
3556.1

MSI MEG X399 Creation - SSD
3556.1

Gigabyte X399 AORUS XTREME - SSD
3552.1

Gigabyte X399 AORUS XTREME - SSD
3552.1



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

v6.x - Modo Write - Seq Q32T1 (1GiB)

OBS.:

  • Teste Seq
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CrystalDiskMark | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 2

MSI MEG X399 Creation - SSD
2109.2

MSI MEG X399 Creation - SSD
2109.2

Gigabyte X399 AORUS XTREME - SSD
1966.1

Gigabyte X399 AORUS XTREME - SSD
1966.1



Crystal Disk Mark - USB 3.1
Mais um testes com o Crystal Disk Mark, mas agora com um pen drive USB 3.1 na conexão USB mais rápida da placa. Para esse teste estamos utilizando um dos Flash Drives mais rápidos do mercado, o SanDisk Extreme PRO USB 3.1 de 256GB. Ele tem velocidades altíssimas para um drive USB, com 420 MB/s de leitura e 380 MB/s de escrita.

É importante instalar os drivers do controlador USB da placa
para atingir o cenário ideal

Destacamos ainda que o drive utilizado é padrão USB 3.1 Gen1, futuramente em nova versão Gen2 ele atingirá velocidades ainda maiores, já que as placas trazem essa nova conexão. Abaixo os resultados, que mostram que as placas se alternando entre as velocidades de leitura e escrita, curiosamente, ambas ultrapassaram a velocidade máxima de escrita do drive. indecision

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

v6.x - Modo Read - Seq Q32T1 (1GiB)

OBS.:

  • Teste Seq
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CrystalDiskMark | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 2

MSI MEG X399 Creation - USB
330.4

MSI MEG X399 Creation - USB
330.4

Gigabyte X399 AORUS XTREME - USB
311.1

Gigabyte X399 AORUS XTREME - USB
311.1



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

v6.x - Modo Write - Seq Q32T1 (1GiB)

OBS.:

  • Teste Seq
  • Resultados em MB/s
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CrystalDiskMark | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 2

MSI MEG X399 Creation - USB
344.1

MSI MEG X399 Creation - USB
344.1

Gigabyte X399 AORUS XTREME - USB
328.1

Gigabyte X399 AORUS XTREME - USB
328.1



CineBench
Vamos para um teste de conversão de imagem utilizando os múltiplos cores:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

R15: Teste modo CPU (multi)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CineBENCH | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
6125

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
6125

MSI MEG X399 Creation
5161

MSI MEG X399 Creation
5161

Gigabyte X399 AORUS XTREME
5009

Gigabyte X399 AORUS XTREME
5009



7-Zip
Outro teste indicado que pode ser usado para medir o comportamento do processador é através de compressão e descompressão de arquivos, para esse teste usamos o 7-Zip.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Comprimindo

OBS.:

  • Resultado em MIPS (Million Instructions Per Second = Milhões de Instruções Por Segundo)

[ 7-Zip | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation
55471

MSI MEG X399 Creation
55471

Gigabyte X399 AORUS XTREME
49850

Gigabyte X399 AORUS XTREME
49850

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
42066

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
42066



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Descomprimindo

OBS.:

  • Resultado em MIPS (Million Instructions Per Second = Milhões de Instruções Por Segundo)

[ 7-Zip | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
201430

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
201430

MSI MEG X399 Creation
191762

MSI MEG X399 Creation
191762

Gigabyte X399 AORUS XTREME
191134

Gigabyte X399 AORUS XTREME
191134



wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1024M (HWBot v1.55)

OBS.:

  • Resultados em segundos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MENOR, melhor

[ wPrime | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 3

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
24.741

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
24.741

MSI MEG X399 Creation
28.972

MSI MEG X399 Creation
28.972

Gigabyte X399 AORUS XTREME
33.283

Gigabyte X399 AORUS XTREME
33.283



3DMark
Começamos nossos testes com foco em vídeo com o 3DMark, mas por enquanto com a placa de vídeo dedicada.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

DX11, Fire Strike

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 4

MSI MEG X399 Creation @ Game Mode
22741

MSI MEG X399 Creation @ Game Mode
22741

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
21411

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
21411

MSI MEG X399 Creation
19716

MSI MEG X399 Creation
19716

Gigabyte X399 AORUS XTREME
19043

Gigabyte X399 AORUS XTREME
19043



Grand Theft Auto 5
GTA 5 está entre os mais exigentes da atualidade, trazendo ótima qualidade gráfica. Confiram abaixo o comportamento das placas rodando o game e como fica a diferença entre os processadores:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1920x1080, DX11, Pass 4, Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Grand Theft Auto V | MSI MEG X399 Creation ] Hardwares Comparados: 4

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
138.9

MSI MEG X399 Creation @ Overclocked
138.9

MSI MEG X399 Creation @ Game Mode
127.0

MSI MEG X399 Creation @ Game Mode
127.0

Gigabyte X399 AORUS XTREME
106.2

Gigabyte X399 AORUS XTREME
106.2

MSI MEG X399 Creation
105.3

MSI MEG X399 Creation
105.3




AVALIAÇÃO:

Tercnologias

9.5

Acabamento

10

Overclock

9.5

Preço

6
Conclusão

Praticamente todas as placas-mãe soquete TR4 podem ser consideradas modelos que competem de igual em tecnologias oferecidas. Primeiro porque são poucos modelos, como exemplo, pegando as 4 principais fabricantes, ASRock, Asus, Gigabyte e MSI, da pouco mais de 10 modelos e olha lá, esse número provavelmente é inferior ao que a Asus tem só em placas com chipset Z370. Segundo porque todas elas são modelos topo de linha, um ou dois são mais modestos, a maioria tem de tudo e mais um pouco em tecnologias, aliado a componentes e acabamento de alta qualidade. Partindo desse principio, como não tem

A MEG X399 Creation é atualmente a melhor placa X399 da MSI, com excelente acabamento e suporte a tudo que existe de melhor em tecnologias, inclusive com uma placa dedicada exclusiva para drives de armazenamento em formato M.2, com um sistema de resfriamento com FAN que ajuda muito na dissipação do calor desses drives. Suporte para 4 placas de vídeo, memórias de até 3600MHz em quad-channel, Wifi e Bluetooth nos padrões mais recentes, Wifi Wave2 e Bluetooth 5.0, são alguns desses destaques positivos. Frente aos modelos concorrentes, ela deixou de lado o espelho traseiro fixo, um detalhe para muitos, mas que hoje já é um diferencial nesse nível de placa.

Mais uma mainboard X399 recheada de tecnologias

A review passou a utilizar o CPU Threadripper 2990WX, modelo topo de linha com 32 cores e 64 threads. Em se tratando do overclock, aplicamos o mesmo da análise dele, 4GHz em todos os núcleos. Para quem não conhece, pode parecer pouco já que el turbo core ele alcança 4.2GHz, mas aqui aplicamos o clock de 4GHz em todos os cores e não apenas em 2 como acontece no overclock automático. Ainda é importante esclarecer que tanto e AMD como Intel utilizam o processo de "cascata" para os clocks, ou seja, dois núcleos ficam em 4.2GHz, 2 em 4.1GHz, 2 em 4GHz, 2 em 3.9GHz e vai diminuindo até chegar ao clock base, no caso desses overclocks que aplicamos, TODOS os scores ficam setados em um clock fixo, resultando em melhor desempenho. Para o overclock aplicado, setamos a tensão em 1.4v e definimos a frequência das memórias em 3200MHz

Placa muito bonita e bem acabada

O que chamou muito a atenção foi o preço dela em cenário internacional, absurdos US$699, para nível de comparação a Gigabyte X399 AORUS Xtreme que testamos pouco tempo atrás custa US$428, incríveis US$271 a menos. Em questão de acabamento elas são muito parecidas, ficando por conta da placa dedicada para drives SSD em formato M.2 o único grande diferencial da placa da MSI, que ao menos pra mim nem de longe justificaria essa diferença. Bom, eu já ia descer a lenha no preço, ai quando vou pesquisar no Brasil para ver o nível da conversão que ela chega por aqui outra surpresa, pouco mais de R$ 3.000, sim sim, eu sei que é caro, como falei, todas são placas com características voltadas a usuários entusiastas, muito por se tratar de placas de plataforma HEDT, mas o curioso é que a mesma placa da Gigabyte que la nos EUA custa menos de US$271 do que essa da MSI, custa mais aqui no Brasil, vai entender, bem contra o normal. Os motivos para isso acontecer podem ser os mais variados possíveis, mas mesmo sendo caríssima lá fora, tem um preço "bom" por aqui.

Em placas para essa plataforma é bom ficar de olho nos preços um tempo antes de comprar, em outros também, mas aqui são poucos modelos disponíveis e as vezes um modelo melhor em quantidade de tecnologias acaba custando o mesmo preço de um modelo mais simples, mesmo os modelos mais simples já oferecendo praticamente tudo que existe de melhor.

De todos os modelos X399 que testamos, não consigo dizer claramente qual a melhor em minha opinião porque todas eles são bem parecidos em quantidade de tecnologias. Gosto muito do visual da AORUS Xtreme e dessa MEG Creation, de resto é procurar o modelo que tem as tecnologias mais atrativas, mesmo que muito parecida em quase todas as placas.

Galeria da análise da MSI MEG X399 Creation


PRÓS
  • Componentes de alta qualidade
  • Ótimo pacote de tecnologias
  • Suporte a múltiplas placas de vídeo
  • Excelente acabamento e visual
  • Bom projeto para overclock
  • Bom sistema de som onboard
  • Suporte a até 7 SSDs M.2 com placa dedicada com ótima dissipação
CONTRAS
  • Preço alto, acima de 3k so pra mainboard