Assim que os primeiros processadores AMD Ryzen Threadripper soquete TR4 foram lançados, muitas empresas lançaram adaptadores para tornar seus coolers compatíveis com esse novo soquete, consideravelmente maior que os demais. Porém todas as empresas enfrentaram o problema da base dos coolers "multi-soquete" possuírem tamanho menor, alias, bem menor, que o tamanho dos processadores TR4, sendo assim apesar de alguns suportarem os CPUs através de adaptadores, não cobrem toda a área de dissipação do processador e acabam que não fazendo seu papel da melhor forma, como um projetado especificamente para cobrir toda a área do heatspreader, aquela parte metálica no topo do CPU.

Com o passar do tempo, foram lançados novos modelos como o Noctua NH-U12S-TR4, que já está no mercado faz alguns meses, e agora com o lançamento da segunda geração Threadripper temos novos modelos como o Cooler Master Wraith Ripper, prometendo ser um dos melhores cooler a ar exclusivo para esses processadores.

Nesse artigo iremos comparar esses dois coolers citados, o modelo da Noctua usando apenas um FAN e tamanho mais compacto, o cooler da Cooler Master com visual mais bonito e robusto (o que não chega a ser um desafio, já que os modelos Noctua tem seu design bastante "característico" na paleta de cores).Além de usar dois FANs, o Wraith Ripper traz também um sistema de LED RGB.


Mas calma lá, não teria sentido se não colocássemos ao menos um liquid cooler nos comparativos, então adicionamos o Enermax LIQTECH 240 TR4, uma versão também exclusiva para processadores com esse soquete. Também adicionamos Thermaltake Floe Riing 360 RGB, modelo que não cobre toda a base do cooler, mas foi recomendado e distribuído para a imprensa pela própria AMD quando lançou os primeiros modelos Threadripper, sendo assim vai mostrar o cenário real de um bom liquid cooler, mas que não foi desenvolvido especificamente para os CPUs TR4.


Aos 09:24 temos o unboxing do modelo da Coolermaster e aos 14:31 o da Enermax

 

É bom lembrar que um cooler desenvolvido para soquete TR4 é exclusivo e não suporta nenhuma outra plataforma, diferente de soluções anteriores que eram desenvolvidas com suporte a multi-plataformas.


Noctua NH-U12S-TR4
O modelo da Noctua é o tradicional cooler a ar para processadores, um modelo bom e barato dentre os vários existentes, versão revisada do NH-U12S, agora cobrindo toda a base dos processadores socket TR4. O cooler segue o design já tradicional dos modelos da Noctua, bem feinho para dizer a verdade, já que o FAN vem na "inevitável" cor marrom dos modelos da empresa, apesar de já existirem alguns na cor preta.

Site oficial do Noctua NH-U12S-TR4

Ele acompanha um FAN de 12mm com rotação máxima de 1500RPM e ruído máximo de 22,4 dBA, também suporta um segundo FAN. Baseado em testes que já fizemos com outros modelos, não acontece muitas mudanças na prática quando usando um ou dois FANs.

Instalação
O processo de instalação é bastante simples, basta remover o FAN e fixar o cooler no bracket da placa-mãe, para isso é necessário de uma chave allen que acompanha o cooler. Acho que aqui poderiam seguir o padrão de usar o formato philips que é mais tradicional, mas enfim, não se trata de um problema, especialmente porque a chave vem junto.

Esse cooler não gera nenhuma limitação com módulos de memória, ao menos não tivemos esse problema com nenhuma das três placas-mãe que temos por aqui. Memórias mais altas podem gerar problemas com coolers, e em alguns casos até inviabilizar sua instalação por falta de espaço, mas não é o caso do Noctua NH-U12S TR4, já que mesmo as memórias mais altas podem ser instaladas porque o módulo mais próximo do cooler vai fazer ela ficar rente ao FAN e não por baixo dele.


Cooler Master Wraith Ripper
Já o Wraith Ripper é o novo modelo a ar da Cooler Master para os processadores socket TR4 da AMD, trazendo um visual bastante bonito na cor preta, com uma carcaça cobrindo os FANs, diferente do modelo da Noctua que deixa os mesmos exposto. Ele ainda traz LEDs que o deixam ainda mais bonito, ajudando no aspecto visual do sistema. É possível deixar os LEDs alternarem as cores por padrão ou mesmo gerenciar as cores como a grande maioria dos dispositivos com essa funcionalidade.

Site oficial do Cooler Master Wraith Ripper

Em se tratando da principal finalidade do cooler, ele traz 7 heat pipes (tubos metálicos utilizado para o sistema de dissipação do calor), além de 2 FANs de 120mm, que ficam encobertos pela carcaça do cooler. De acordo com a CM os FANs podem ir até 2750RPM e geram ruído máximo de 38 dBA.

Instalação
A instalação do cooler é tranquila e já traz parafusos com o padrão de fixação philips. O porém é a compatibilidade com memórias, esse cooler avança sobre os módulos de memória gerando incompatibilidade com modelos mais altos, ou em outro caso forçando a instalação das memória antes do cooler dependendo da altura delas, caso tenha algum problema com o sistema e precisar remover as memórias, pode ser necessário remover o cooler antes, o que é um tanto chato. Veremos se o resultado final é tão melhor quanto o Noctua NH-U12S TR4 para justificar esse contratempo, isso desconsiderando o seu visual que é infinitamente superior ao da Noctua em minha opinião.


Enermax Liqtech 240 TR4
O Liqtech 240 TR4 é uma versão do Liqtech 240 específica para processadores soquete TR4 da AMD, tendo como principal diferencial frente ao modelo original o block, que cobre todo o processador soquete TR4, semelhante aos demais modelos exclusivos para esse soquete. Seu visual é bonito e tem bom acabamento, trazendo apenas um LED no block que fica sobre o processador, sendo que os FANs não possuem LED.

Site oficial do Enermax Liqtech 240 TR4

Ele possui um radiador estendido com 2 FANs de 120mm, a rotação máxima desses FANs chega em 2300RPM e o ruído máximo em 28dBA, de acordo com a empresa.

Instalação
A instalação é bastante simples, basta colocar os parafusos de espera sobre a fixação do soquete e depois encaixar e também fixar o block que vai sobre o processador. Logicamente tem que prender os FANs sobre o radiador, modelo extendido para 2 FANs de 120mm, que diferente de muitos modelos atuais não traz nenhum LED.


Thermaltake Floe Riing RGB 360 TT Premium Edition
Usamos o Floe Riing RGB 360 no PC dos Sonhos AMD, sendo ele um bonito liquid cooler baseado em um radiador para 3 FANs com RGB, mas ainda usando uma base "genérica" desenvolvida para compatibilidade com a maioria dos coolers do mercado, e não especificamente para os processadores soquete TR4 que tem tamanho superior. Em teoria coolers com um block capaz de cobrir todo o processador ajudam a dissipar melhor o calor, veremos quanto isso faz de diferença na prática nos testes em seguida.

Site oficial do Thermaltake Floe Riing RGB 360 TT Premium Edition

Como já informamos, o Floe Riing RGB 360 tem um radiador estendido com 3 FANs de 120mm. Os FANs podem atingir até 1400RPM e geram ruído máximo de 24,7 dBA de acordo com a Thermaltake.

Instalação
A instalação dele também é bastante tranquila, inclusive os processadores Threadripper já trazem um "fixador" compatível com o bracket das placas-mãe TR4, tanto os modelos de primeira como segunda geração, resolvendo a questão de compatibilidade. O lado negativo é que os coolers com sistema RGB personalizáveis da Thermaltake trazem uma grande quantidade de cabos, e é bastante chato instalar e organizar todos esses cabos, talvez investir em uma solução que vise melhorar esse tipo de problema pode ser interessante para modelos futuros, isso vale para outras marcas também.

Não posso deixar de destacar que a Thermaltake é uma das poucas empresas que não permite que softwares de terceiros gerenciem as cores de seus sistemas RGB, o que é algo bastante chato porque obriga mais um software desse tipo, além de incômodos por não funcionar como se espera em algumas situações ou mesmo usar outras aplicações que combinem vários hardwares para uma sincronia na configuração das luzes.

Por fim temos que destacar um detalhe desse modelo frente aos demais. Ele não é um cooler exclusivo para soquete TR4, pelo contrario, ele é um cooler multi-plataforma suportando tanto soquetes AMD quanto Intel, o único desse artigo, então mesmo com sua base bem menor não cobrindo todo o processador, já que ele não é exclusivo para o soquete em questão, ele pode ser reutilizado em praticamente todas as demais plataformas do mercado, já os outros três modelos do artigo não, são exclusivos AMD TR4.

Em uma das fotos abaixo quando remover o block fica bem visível o quanto é coberto do processador pela marcação da pasta térmica.


Sistema utilizado
Abaixo, detalhes sobre o sistema utilizado para os testes, assim como uma foto da plataforma utilizada.

Máquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram componentes com mesmas características técnicas para os testes, com exceção da placa-mãe/processador que varia de acordo com a plataforma, veja a configuração utilizada:

- Processador AMD Ryzen Threadripper 2990WX [análise]
- Placa-mãe: Gigabyte X399 AORUS XTREME [análise]
- Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1080 Ti [análise]
- Memórias: 32 GB G.Skill FlareX @ 3200MHz (4x8GB) [site oficial]
- SSD: Kingston Savage 240GB Sata 6Gb/s [análise]
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s [site oficial]
- Fonte de energia (PSU): Thermaltake Toughpower 850W GOLD [site oficial]

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 10 64 Bits com Updates
- GeForce 416.64

Aplicativos/Games:
- wPrime 1.55 [site oficial]
- Blender [site oficial]
- Assassin´s Creed Odyssey (DX11)

CPU-Z/AIDA64
Através do CPU-Z e AIDA é possível ver algumas informações técnicas do sistema, como modelo do processador, placa-mãe, memórias, além de clocks, número de núcleos, threads, bios, frequências etc. Confiram abaixo as telas principais do sistema utilizado:


​Overclock
Colocamos todos os núcleos do Threadripper 2990WX em 4.1GHz, um um clock interessante por não forçar demais o CPU, já que ele chega em 4.2GHz em alguns núcleos através de seu sistema de turbo. A tensão utilizada foi de 1.42v. Vale lembrar que ao colocar todos os 32 núcleos nesse clock, o desempenho fica consideravelmente acima em várias aplicações, já que o modo turbo automático não aplica o clock máximo em todos os cores, mas apenas em alguns.

Lembramos também que não é recomendado uso de tensões muito altas por períodos contínuos, porque elas tendem a diminuir a vida útil do CPU e da mainboard dependendo o nível do OC, especialmente com coolers mais "modestos".

"FAÇA OVERCLOCK POR SUA CONTA E RISCO"


Testes
Todos os testes consistem na "captura" das temperaturas do CPU, porém em diferente situações de uso. Testamos com o wPrime, aplicativo que estressa todos os cores do CPU executando tarefas em todos os 64 threads. Também rodamos o Blender, que é o teste que mais exige do CPU, mais até mesmo do que o wPrime, sendo que normalmente é nesse teste onde as temperaturas atingem o ponto mais quente. Por fim em um game, no caso rodando o Assassin´s Creed Odyssey, recém lançado pela Ubi-Soft e que força bastante o CPU. Ahhhh, não podemos deixar de fora o teste com o sistema em modo ocioso, sem uso, sendo que esse teste consiste na menor temperatura depois de 5 minutos +/- apos o sistema rodar o teste do wPrime.

IDLE (Sistema ocioso)
Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso, com o Windows em espera sem estar executando nenhuma tarefa além das tradicionais do sistema. Vale destacar novamente que as temperaturas desse teste foram registradas após o sistema rodar o wPrime, com o sistema em espera por cerca de 5 minutos até atingir a temperatura mais baixa.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Sistema ocioso (idle)

OBS.:

  • Temperatura ambiente ou no máximo 25ºC
  • Medida em graus Celsius
  • Quanto MENOR, melhor

[ Temperatura (CPU) | AMD Ryzen Threadripper 2990WX ] Hardwares Comparados: 8

Enermax Liqtech 240 TR4
32

Enermax Liqtech 240 TR4
32

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
33

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
33

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
34

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
34

Cooler Master Wraith Ripper
34

Cooler Master Wraith Ripper
34

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
34

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
34

Thermaltake Floe Riing 360
34

Thermaltake Floe Riing 360
34

Noctua NH-U12S-TR4
38

Noctua NH-U12S-TR4
38

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
38

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
38



Rodando o wPrime
Quando colocamos os sistema rodando o aplicativo wPrime, que faz todos os núcleos trabalhem em modo full, temos os consumos abaixo, sempre lembrando que esse aplicativo usa dodos os threads do CPU.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Rodando wPrime

OBS.:

  • Temperatura ambiente ou no máximo 25ºC
  • Medida em graus Celsius
  • Quanto MENOR, melhor

[ Temperatura (CPU) | AMD Ryzen Threadripper 2990WX ] Hardwares Comparados: 8

Cooler Master Wraith Ripper
56

Cooler Master Wraith Ripper
56

Enermax Liqtech 240 TR4
57

Enermax Liqtech 240 TR4
57

Thermaltake Floe Riing 360
62

Thermaltake Floe Riing 360
62

Noctua NH-U12S-TR4
63

Noctua NH-U12S-TR4
63

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
72

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
72

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
84

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
84

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
84

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
84

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
86

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
86



Rodando o Blender
O Blender é um software para renderização de vídeos e imagens, no caso fizemos a renderização de uma imagem todo o trabalho sendo exigido pelo processador, sem ajuda da placa de vídeo. Como esse software faz bom uso dos múltiplos núcleos e threads de CPUs, é um bom teste para força-los ao máximo, com isso as temperaturas do CPU também ficam bastante elevadas.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Rodando Blender (Renderização por software)

OBS.:

  • Temperatura ambiente ou no máximo 25ºC
  • Medida em graus Celsius
  • Quanto MENOR, melhor

[ Temperatura (CPU) | AMD Ryzen Threadripper 2990WX ] Hardwares Comparados: 8

Enermax Liqtech 240 TR4
57

Enermax Liqtech 240 TR4
57

Cooler Master Wraith Ripper
65

Cooler Master Wraith Ripper
65

Noctua NH-U12S-TR4
68

Noctua NH-U12S-TR4
68

Thermaltake Floe Riing 360
68

Thermaltake Floe Riing 360
68

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
85

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
85

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
87

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
87

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
93

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
93

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
94

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
94



Assassins Creed Odyssey
Por fim rodando um game, o Assassin´s Creed Odyssey, último game da franquia da Ubi-Soft que exige bastante do sistema, especialmente do CPU e placa de vídeo, sendo um ótimo teste para medir como fica o aquecimento do CPU nesse tipo de situação. O game roda em em resolução FullHD e qualidade máxima, causando um cenário real de uso para quem tiver uma plataforma semelhante.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Rodando Assassins Creed Odyssey (Very High Full HD)

OBS.:

  • Temperatura ambiente ou no máximo 25ºC
  • Medida em graus Celsius
  • Quanto MENOR, melhor

[ Temperatura (CPU) | AMD Ryzen Threadripper 2990WX ] Hardwares Comparados: 8

Enermax Liqtech 240 TR4
47

Enermax Liqtech 240 TR4
47

Cooler Master Wraith Ripper
49

Cooler Master Wraith Ripper
49

Thermaltake Floe Riing 360
54

Thermaltake Floe Riing 360
54

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
61

Enermax Liqtech 240 TR4 @ Sistema Overclockado
61

Noctua NH-U12S-TR4
63

Noctua NH-U12S-TR4
63

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
68

Cooler Master Wraith Ripper @ Sistema Overclockado
68

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
74

Thermaltake Floe Riing 360 @ Sistema Overclockado
74

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
75

Noctua NH-U12S-TR4 @ Sistema Overclockado
75



Conclusão

Nos testes ficou evidente que o Enermax Liqtech 240 TR4 é a melhor solução entre todas as utilizadas, não apenas porque tem as menores temperaturas, mas também porque não gera nenhuma limitação com memórias por se tratar de um liquid cooler onde o block é muito menor do que soluções a ar.

Como segunda opção em menores temperaturas temos o CM Wraith Ripper, um modelo estilizado da Cooler Master para os CPUs soquete TR4. Ele apresenta boa eficiência e tem um visual bem bacana, inclusive com LEDs, mas traz alguns problemas bem chatos. O primeiro está relacionado a incompatibilidade com alguns módulos de memória mais altos, que felizmente tem sumido do mercado, hoje em dia a maioria das fabricantes desenvolver kits com perfil baixo, mas mesmo assim temos um problema, já que apesar de ser possível instalar esses módulos, eles precisam ser colocados antes da instalação do cooler. Ta, mas se é apenas isso qual o problema? O problema é que em mais de uma situação tivemos que remover e recolocar os módulos para a mainboard reconhecer os mesmos, não é raro disso acontecer em plataformas AMD, e como o cooler não oferece espaço para manuseio, é um outro probleminha bastante chato desse cooler. Por fim ele foi o modelo que apresentou mais ruídos, especialmente em overclock, quando o sistema é mais exigido e naturalmente precisa mais do cooler.

Como trocamos muito os coolers devido as mudanças constantes nos componentes das plataformas aqui na redação, sempre gostei bastante dos modelos da Noctua, alguns modelos como esse NH-U12S-TR4, são ótimos no quesito facilidade de instalação e no próprio resultado de seu trabalho, que é dissipar o calor. Ele ficou empatado com o liquid cooler da Thermaltake que não foi desenvolvido para esse soquete, mas ainda assim para quem não pretende overclockar o sistema é uma ótima opção, isso se não ligar para o visual, como todos sabemos, basta bater os olhos em um cooler da Noctua para saber que é da empresa, sempre bastante simples e com a tradicional cor marrom, bem feiinhos, mas como falei, coolers a ar bastante eficientes.

Por fim temos o Thermaltake Floe Riing 360 RGB, que leva o selo TT Premium, um baita liquid cooler, que não é feito para esses processadores, suportando através de um adaptador para ajudar a quebra o galho especialmente la no lançamento da primeira geração, onde não tínhamos modelos específicos cobrindo todo o CPU, diferente do atual cenário. Por se tratar de um liquid cooler e com 3 FANs, se fosse desenvolvido especialmente para o soquete TR4 com um block cobrindo todo o CPU, teria resultados bem melhores, por outro lado ele é o único que é compatível com todas as principais plataformas do mercado, e não apenas TR4.

Mas qual eu compro? No cenário ideal com boa margem de overclock, o recomendado é optar por um liquid cooler desenvolvido especificamente para os processadores soquete TR4, como o Enermax liqtech 240 TR4. Se não pretende overclockar o sistema, um modelo como o Noctua NH-U12S-TR4 já é uma ótima opção, isso sempre considerando os preços finais, se a diferença for pequena, vale a pena analisar o investimento em um liquid cooler.

Agora no Brasil não temos para onde correr, atualmente o Noctua NH-U12S-TR4 é um dos poucos disponíveis, custando em média R$500. Ainda estamos bem carentes de coolers para essa plataforma, ao menos quando se trata de modelos cobrindo todo o CPU e não soluções multi-plataformas com adaptadores como é o caso do Floe Riing 360. Para nível de comparação de preços fora do país, na newegg.com (pesquisa feita dia 07/11/2018), o NH-U12S-TR4 custa US$ 70, o CM Wraith Ripper US$ 220 (WTF?!?!?), o Enermax LiqTech 240 TR4 já em sua segunda geração custa US$ 133 e o Floe Riing 360 RGB sai por US$ 176. Primeiro de tudo, um absurdo o preço cobrado pelo CM Wraith Ripper, completamente fora da realidade, com o Noctua no preço mais atraente, e o Liqtech 240 em um cenário bom para um liquid cooler eficiente como ele se mostrou, resta saber por quanto ele vai chegar por aqui, se é que vai, enquanto não chega, a indicação é a única que achamos, o Noctua NH-U12S-TR4.