Uma das perguntas mais comuns em nossos vídeos é "como é que vocês fazem para ver as estatísticas na tela?". Vamos fazer aqui um tutorial mostrando como instalar e configurar o MSI Afterburner e o RivaTuner, dobradinha responsável por capturar os dados e exibir na tela enquanto jogamos.

Um aviso importante: alguns games podem ter incompatibilidade com esses softwares, sendo que eles são identificados falsamente como trapaça devido o uso de overlay e captura de dados do game. Alguns casos incluem Forza Horizon 4 e Watchdogs 2 em seu lançamento. Caso o jogo esteja fechando de forma inexplicada, experimente fechar ambos os programas e tente novamente.

Instalando

Para começarmos, primeiro é preciso baixar o MSI Afterburner em seu site oficial. O RIvaTuner virá junto com esse pacote.

Link para download do MSI Afterburner

Além do Afterburner e da versão beta, há mais dois softwares no site oficial que merecem menção:

- MSI Afterburner Remote Server - aplicação para acesso remoto. Deve ser instalado e configurado no PC para possibilitar ver dados e ter controle sobre aspectos do hardware via smartphone.

- MSI Afterburner App for Android - app para celulares Android que serve para ver estatísticas do PC e controlar aspectos como velocidade de fan e overclock remotamente em computadores com o Remote Server configurado.

Após baixado e instalado, é preciso reiniciar o PC. Isso tornará os dois softwares disponíveis, e com interfaces parecidas com essas aqui: Afterburner (esquerda) e RivaTuner.

Organizando as estatísticas na tela

Copiando as configs do Adrena

Para quem quiser replicar nossas configurações, vamos deixar aqui os dois arquivos necessários para você pegar o padrão que usamos em vários vídeos. Vamos colocar em dois modos, um voltado para um PC em FullHD e exibindo os hardwares que monitoramos quando fazemos os testes no PC Baratinho. A outra config é mais entusiasta, e é usada em um PC rodando na resolução 4K e com duas placas de vídeo ativadas.

Arquivos para a configuração FullHD com uma placa (MSIAfterburner e Global)
Arquivos para a configuração 4K com duas placas (MSIAfterburner e Global)

Pode acontecer variações de hardware que façam com que não seja aplicado corretamente todos os recursos. Aí basta checar nosso tutorial para ver como fazer as correções.

É preciso copiar os arquivos em dois locais, e vamos considerar que você instalou no diretório padrão sugerido pelo instalador. 

O arquivo Global precisa ser colado em C: > Arquivo de Programas (x86) > RivaTuner Statistics Server > Profiles

O arquivo MSIAfterburner deve ser colado em C: > Arquivo de Programas (x86) > MSI Afterburner > Profiles

Lembre que você precisa fechar os aplicativos antes de colar esses arquivos (eles podem estar ali no relógio do Windows) e que é preciso sobrescrever os arquivos atualmente na pasta.

Organizando as informações

Você define quais informações serão monitoradas no MSI Afterburner. Após abrir as opções (aquela engrenagem logo abaixo do fan speed) abre a interface de ajustes, e é na aba "Monitoramento" que temos a lista completa de componentes que podem ser monitorados

Clicar no "V" na lateral esquerda indica que você quer que aquele componente seja monitorado. Se você clicar nele e depois marcar a caixa "Exibir informações na tela" ele passará a ser visto na tela. 

Na caixa ao lado do "Exibir Informações na Tela" você pode escolher se a informação será exibida como texto, como gráfico ou como ambos. Se você quer ter uma visão melhor de como está oscilando os dados, o gráfico é o ideal por manter por mais tempo e mostrar a evolução de uma característica, como frametimes, temperatura ou frequências.

Para agrupar informações em uma linha, você precisa acionar a caixa "Renomear Sensor". O Afterburner colocará na mesma linha todos os sensores com o mesmo nome, então você pode colocar a temperatura, frequência, e porcentagem de uso da GPU em uma única linha, por exemplo, basta renomear todos para o mesmo nome.

Customizando cores, fontes e posicionamento

Para customizar o estilo dos dados exibidos, é preciso mexer tanto no RivaTuner quanto no Afterburner. No After você mexe em boa parte das características, clicando no botão "..." ao lado do "Exibir Informações da Tela". Na próxima tela, a "Estilo de Exibição de Informações na Tela", está boa parte das características como fontes com tamanho reduzido, cores, etc.

O tamanho e o posicionamento, porém, ficam lá no RivaTuner. Na parte de baixo ficam as margens horizontais e verticais, nas duas caixas de texto na parte inferior, e a seta azul nos cantos define em qual parte da tela você deseja por os dados. 

On-Screen Display Shadow aplica uma sombra na fonte, On-Screen Display Fill aplica uma caixa cinza para melhorar o contraste dos dados, On-Screen Display Palette permite trocar as cores dos elementos que não foram mudados no Afterburner e On-Screen Display Zoom é onde você ajusta o tamanho das informações exibidas.

Fique de olho para o Show on-screen Display. Se essa caixa não estiver ativada, as informações não vão aparecer na tela. Se você pegou os arquivos com a configuração como fazemos no Adrena, o botão F11 irá alternar essa opção, fazendo as informações aparecerem e sumirem a cada pressionamento.

Medindo médias, 1% e 0.1% para ver a estabilidade do sistema

Um recurso que temos usado muito são as médias e o percentil, que agrupa os piores momentos do hardware e nos dão uma ideia do quanto está instável a produção de quadros. Para exibir esses dados, você deve primeiro habilitar para aparecer na tela o Framerate Avg (as médias), o FRamerate 1% Low (as quedas eventuais) e Framerate 0.1% Low (as quedas raras).

Você precisa definir o período que os dados serão coletados, e isso é feito nas configurações do MSI Afterburner, na aba "Registro da Taxa de Quadros". Após você apertar para iniciar o registro, usando o botão de atalho definido naquela tela, os dados começam a ser capturados. Apertar para iniciar novamente zera os dados coletados, e apertar para finalizar faz com que o teste pare.

Gerar relatório do monitoramento

Além de exibir na tela, dá para salvar o registro dos dados coletados para visualização posterior. Isso é feito na aba "Monitoramento" no MSI Afterburner. Na parte inferior, há uma opção chamada "Salvar Registro". Ali você pode definir o caminho que será salvo o arquivo com os dados.

O registro salva todos os dados que você marcou com o "v" para serem monitorados, incluindo até aqueles que você não definiu para aparecerem na tela.

Com paciência dá até para normalizar os dados e abrir em um software de planilhas, como o Excel, e extrair mais dados ou gerar gráficos.

Travar a taxa de quadros com o Riva

Os games costumam trazer opções de travar a taxa de quadros ou usar técnicas como o V-Sync, porém muitos já devem ter reparado como nem sempre isso funciona bem. Através do RivaTuner dá pra travar a produção dos quadros, e muitos momentos com resultados excelentes.

Basta preencher o campo Framerate Limit, colocando a taxa de quadros que você deseja, seja 30, 45 ou 60fps, por exemplo. Deixar preenchido com 00 libera a produção novamente para o máximo que o sistema conseguir.

Dá também para trazer diferentes configurações para diferentes programas. Basta clicar em "Add" no botão verde no canto esquerdo inferior, escolher o arquivo executável do jogo e adicioná-lo aos softwares na listagem. O Global define a configuração para todos os aplicativos, enquanto selecionar o aplicativo na listagem permite fazer um ajuste específico para ele.


Terminamos por aqui, já que tem outras funcionalidades que podem ficar para um outro vídeo (ajuste de fans, overlock, etc). Deixem suas dúvidas nas caixas de comentários, assim como também futuros tutoriais que vocês estão interessados em ver!