Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

AppleHardwareSegurança

Supermicro rebate acusações de chip espião em suas placas-mãe

Supermicro rebate acusações de chip espião em suas placas-mãe





Share on Google+

A Super Micro Computer (SuperMicro) respondeu às declarações feitas em um artigo da Bloomberg em que relatou terem sido encontrados microchips maliciosos nas placas-mãe de servidores vendidos em 2015. Em uma nota oficial a Supermicro informou nunca ter encontrado nenhum chip espião em seus servidores e nem mesmo ter recebido reclamações de seus clientes ou de órgãos-governamentais.


“A Supermicro nunca foi contatada por nenhuma agência governamental, seja nacional ou estrangeira, em relação às alegadas reivindicações.”

O artigo teve bastante repercussão e ainda citou outras empresas como Apple e Amazon que fizeram declarações mostrando seu descontentamento e negando as reivindicações feitas pela Bloomberg.

A empresa fez questão de defender a capacidade de segurança dos seus produtos e esclareceu que suas inspeções nas instalações e processos são feitos rotineiramente.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *