Diferente de outras geração, as Nvidia estreou as placas Turing com o lançamento de três modelos. Além da RTX 2080 e 2070, já está presente no line-up inicial a RTX 2080 Ti. Como é de se esperar, esses produtos possuem diferentes especificações com mais recursos no modelo topo de linha e com algumas reduções nos subsequentes. Vamos aqui fazer um comparativo e destacar as mudanças mais relevantes entre eles e também o que foi alterado comparado aos modelos antecessores. Para quem quiser se aprofundar mais nas novidades das placas Turing, dá pra conferir mais nesse link aqui.

Uma visão aprofundada da microarquitetura
Turing das GeForce RTX série 20

RTX 2080 Ti

A RTX 2080 Ti é o modelo mais potente da serie 20 da linha GeForce e é baseada no chip TU102 parcialmente habilitado. Apesar de ser um corte modesto, essa GPU possui um total de 4352 núcleos CUDA e 68 Multiprocessadores Stream (SMs), um pouco abaixo dos 4608/72 presentes ao total no TU102, contagem usada nas Quadro RTX 6000 e 8000. 

Com a reorganização dos SMs, a comparação entre a RTX 2080 Ti e a GTX 1080 Ti fica bem mais confusa, então é preciso entender as alterações para os números fazerem sentido. Ao total, a RTX 2080 Ti aumenta a contagem de núcleos CUDA para 4.352 comparado aos 3.584 da GTX 1080 Ti. O número de SMs também sobe de 28 para 34, porém há uma quantidade bem menor de núcleos CUDA por SM nas placas Turing. Essas estruturas seguem organizadas em 6 clusters de processamento gráfico (GPC).

Enquanto a GTX 1080 Ti tem um total de 128 núcleos CUDA por SM, a RTX 2080 Ti tem essa contagem reduzida para 64, resultado de uma maior divisão nos SMs, e também a presença de novas estruturas:  são 8 núcleos tensores (tensor cores) em cada SM, com um total de 544 na RTX 2080 Ti. Além disso, há também 68 núcleos RT e (RT cores), outro componente que não estava presente nas placas Pascal.

A placa mantém os 11GB de memória, assim como é na GeForce GTX 1080 Ti, porém a tecnologia utilizada agora é a GDDR6, algo que aumenta a velocidade das memórias de 10Gbps (GTX 1080 Ti) para 14Gbps.

RTX 2080

A GeForce RTX 2080 usa o chip TU104, e como é de se esperar ele apresenta redução nas especificações em comparação com o mais potente TU102 presente na GeForce RTX 2080 Ti. Há uma redução significativa no número total de núcleos CUDA, tensor cores e RT cores disponíveis, algo que resulta em especificações técnicas em torno de 33% menores. Comparado ao modelo antecessor, a GTX 1080, temos um aumento no número de núcleos CUDA e um salto no número se Multiprocessadores Stream (SM), porém essa mudança é devido a reestruturação da microarquitetura Turing, que reduz de 128 para 64 o número de núcleos CUDA por SM.

Houve um aumento no número de GPCs de 4 para 6 na comparação da 1080 vs 2080, fazendo com que a RTX 2080 e 2080 Ti tenham a mesma quantidade de clusters de processamento gráfico, porém cada GPC tem uma quantidade menor de TPCs, caindo de 6 (RTX 2080 Ti) para 4 (RTX 2080). Com isso, a RTX 2080 tem 2.944 núcleos CUDA e 46 SMs, versus os 4.352/64 presentes na RTX 2080 Ti. A quantidade de tensor cores cai para 368 (a RTX 2080 Ti tem 544) e e RT cores para 46 (são 68 no modelo topo de linha).

Uma especificação que foi mantida comparada a antecessora é a memória, sendo que a RTX 2080 também é equipada com 8GB, porém usa a tecnologia memória GDDR6, o que também aumentando a performance para 14Gbps.

RTX 2070

A GeForce RTX 2070 é o modelo mais modesto da linha inicial de placas serie 20 da Nvidia, baseado no chip TU106. Em relação a sua antecessora, a GTX 1070, há um aumento de 1.920 para 2.304 na contagem de núcleos CUDA disponíveis. Em relação a RTX 2080, temos cortes nas especificações principais, como contagem de núcleos CUDA, núcleos tensores e núcleos RT, na casa dos 22%.

Assim como os demais modelos desse line-up inicial das RTX, a 2070 também usa 8GB de memória GDDR6, mesma especificação das RTX 2080 e 2080 Ti. Como resultado, esse modelo é o que apresenta o maior salto de desempenho na geração, já que a GTX 1070 é equipada com 8GB de memória GDDR5 e com uma performance de 8Gbps, versus os 14Gbps que a RTX 2070 alcança com o uso da tecnologia GDDR6.


Já estamos rodando nossos testes por aqui, e não esqueça de ficar de olho no site e também no canal do YouTube para a publicação de nossa análise dos modelos que vamos recebendo das fabricantes.