Com o beta aberto de Battlefield V rolando, aproveitamos para além de colocar nosso PC dos Sonhos em ação, fazer um comparativo com diversas placas para ver como o jogo está se saindo em modelos Geforce e Radeon em diversos segmentos. Para isso, colocamos em ação placas do segmento high-end, intermediário e de entrada para ver que sem sai melhor: AMD ou Nvidia.


Hardwares usados nos testes

Nesse confronto participam as seguintes placas, rodando em configurações compatíveis com suas performances:

QuadHD/Ultra
- AMD Radeon RX Vega 64 (referência)
- Nvidia GeForce GTX 1080 (referência fabricada pela Gigabyte)

FullHD/Alto
- ASRock Phantom Gaming RX 580 8GB
- Gigabyte GeForce GTX 1060 6GB G1 Gaming
 

900p/Médio
- Gigabyte Radeon RX 560 2GB
- Zotac GeForce GTX 1050 2GB Mini

O sistema de testes é composto por:

- Intel Core i7-8700K
- Gigabyte Z370 Gaming 7
- 2x8GB DDR4 3200MHz

Como testamos apenas o beta, ou seja, ainda não temos todos os modos do game disponíveis, o jeito foi escolher um trajeto no mapa multiplayer para criar um comparativo justo.  Como temos muita gente no mapa e é difícil controlar todo mundo (quem organizou guerras mundiais deve saber bem dessa parte) então tentamos minimizar o impacto da presença de outros jogadores, mas é impossível tornar a comparação 100% idêntica, já que em algumas tentativas haviam até construções faltando porque haviam sido destruídas.

Fizemos os testes em DirectX 11 já que o jogo se mostrou bastante instável e péssimo em DX12, API que já ficou devendo resultados mais interessantes no game anterior. Foi rodado nessa nova tecnologia apenas na primeira bateria, com as GTX 1080 e Vega 64, sendo descartado do restante dos testes por seus resultados pífios, especialmente causados por uma instabilidade que chega ao impraticável para o gameplay.

DirectX 12 segue inviável em Battlefield

E a disputa fica assim:
 

Em nossos comparativos temos uma curiosa inversão. Começa com a Vega 64 levando a melhor sobre a GTX 1080, com a GTX 1060 ficando pouco a frente da RX 580 e termina com a vitória mais clara, que é a GTX 1050 levando a melhor sobre a RX 560. Porém mesmo nesse caso onde houve a maior discrepância, o resultado não é ruim e temos um certo equilíbrio entre as duas marcas.

As placas high-end entregaram os desejados QuadHD/Ultra que esperamos, enquanto as intermediárias mantiveram uma boa taxa de quadros jogando em FullHD/Alto. Mesmo as placas de entrada não se deram mal, e vai dar para jogar bem em qualidade média e 1600x900. 

Em geral as placas entregaram um
bom desempenho com o game

É bom lembrar que o jogo final pode apresentar diferenças maiores, já que só será lançado em novembro. Os drivers também podem impactar no resultado final, sendo que usamos os mais recentes disponíveis e apenas a Nvidia trouxe atualizações focadas nesse jogo, com o Nvidia GeForce 399.07 WHQL, enquanto a AMD ainda não traz nada no Radeon Software Adrenalin Edition 18.8.2 especificamente para o Battlefield V. Mesmo sem drivers especializados, as Radeons se saíram bem.

Gameplay do Beta de Battlefield V no PC dos Sonhos!

Pra quem ficou com vontade de ver a GeForce GTX 1080 Ti, não tem problema. Você pode conferir o desempenho dela no nosso gameplay no PC dos Sonhos, que fizemos ao vivo essa semana. Nela foi possível jogar a mais de 110FPS em FullHD/Ultra e até por instantes acima dos 60FPS em 4K/Alto, mas surgiram algumas instabilidades bem estranhas que derrubaram o desempenho. E por hora nada de SLI funcionando, mas considerando que já temos esse recurso implementado no BF1, possivelmente vai estar disponível até o lançamento em novembro.