Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

PC GamesMobileXboxNintendoPlaystation

Jogos desconhecidos, mas que merecem uma chance - Parte 2 [+ Sorteio]

Jogos desconhecidos, mas que merecem uma chance - Parte 2 [+ Sorteio]





Share on Google+

João Paulo Losada

Game By Gamer

Dando continuidade à série "Jogos desconhecidos, mas que merecem uma chance" (leia a primeira edição aqui), hoje trago mais seis games lançados recentemente para PC e Consoles que merecem um destaque em meio a centenas de jogos lançados todo mês.

Embora os seis games sejam bons e no mesmo nível de qualidade, o destaque vai para dois. O motivo? São totalmente desenhados à mão, usando técnicas de desenho diferentes: Earth Atlantis, que aparentemente usa uma técnica baseada em grafite e carvão, e o Old Man's Journey, que lembra um pintura retrô, mas sofisticada, de desenho animado.

Obviamente que existem mais games para entrar na coluna, mas fica para a próxima edição. Os games de hoje, além dos dois citados acima, são: Hungry Shark World, Bud Spencer & Terence Hill - Slaps And Beans, Masters of Anima e I Hate Running Backwards.

A novidade é que agora vamos sortear um game na coluna para nossos leitores. O primeiro game a ser sorteado é Master of Anima para Playstation 4. A key que enviaremos serve para a PSN BR e US. As instruções para participar do sorteio são bem simples e estão no final da coluna.

Confira!

Earth Atlantis
Produtora: Headup Games
Plataforma: PS4, Xbox One e Switch
Nota: 9.0

Earth Atlantis é um jogo que chega como quem não quer nada, sem pretensão alguma, mas que surpreende pela qualidade visual, toda desenhada à mão. O game foi produzido pelo estúdio indie tailandês Pixel Perfex Studio para PlayStation 4, Nintendo Switch e Xbox One.

A história de Earth Atlantis começa com uma grande mudança climática que afeta todo o planeta no final do século XXI e inunda 96% da superfície da Terra. Com isso as máquinas adotaram a forma e as atitudes dos animais que viviam no fundo do mar, tornando o oceano um local extremamente perigoso cheio de monstros robóticos.

O grande destaque sem sombras de dúvida é a sua arte gráfica, que possui um estilo visual único, baseado em desenhos antigos que remetem à Era das Navegações, quando acreditava-se que o oceano era repleto de monstros. Quem não se lembra de 20.000 Léguas Submarinas?

Earth Atlantis usa jogabilidade clássica e livre de games do estilo side scrolling, ou seja, jogo de tiro com progressão horizontal. Com objetivo de caçar os monstros robóticos, o game traz dois modos de jogo que são Missão e Caçada, onde em ambos o jogador terá que achar e destruir 25 monstros enormes (os chefões), 4 submarinos inimigos, e ainda 12 eventos especiais.


Old Man's Journey
Produtora: Broken Rules
Plataforma: PS4, PC, Mobile
Nota: 9.0

Lançado ano passado para PC, Mac, Linux, iOS e Android, e chegando agora ao PS4, Old Man's Joyrney é um dos jogos Indies mais interessantes já lançados nos últimos anos. Com a sua belíssima arte gráfica, jogabilidade inovadora e a marcante história, este é um daqueles jogos que é preciso ter e jogar.

Em meio a tantos jogos de tiros, mortes, monstros e etc, Old Man's Joyrney chega pra mostrar que ainda há esperança e criatividade para se criar games marcantes sem precisar apelar para coisas mais pesadas.

No jogo você controla um simpático e solitário senhor que ao receber uma carta pelos correios que o deixa emocionado, sai em uma aventura em busca de algo relacionado à tal carta. Obviamente que não vou contar o que é, mas será um grande amor perdido? Será que algum familiar está precisando de ajuda? Será que aconteceu uma tragédia?

No decorrer da jogatina ele vai relembrando acontecimentos da sua vida de acordo com os locais que ele passa, e com o tempo dá para ter uma ideia do que está por vir e o real motivo da carta.

Old Man's Journey usa uma jogabilidade inédita onde o jogador vai unindo o cenário afim de fazer com que o senhorzinho consiga seguir seu caminho. O jogo inteiro foi feito à mão de tal forma que tudo parece um quadro de pintura a óleo e guache. Os puzzles são fáceis de se resolver bastando prestar atenção ao cenário. A única ressalva é que fica claro que o game foi feito para ser usado Mouse ou o dedo, no caso de Tablets e Smartphones. No PS4, é preciso se acostumar um pouco com a movimentação do cursor.

É importante que se diga que Old Man's Journey foi vencedor de mais de 10 prêmios entre 2016 e 2018 em eventos do Google, Apple, PAX e Big Festival, dentre outros.


Hungry Shark World
Produtora: Future Games of London (Ubisoft)
Plataforma: PS4, Xbox One, Mobile, Switch
Nota: 8.5

Um clássico dos Smartphones e Tablets chegou aos consoles. O elogiado Hungry Shark World foi transportado para os vídeogames pela produtora Future Games of London, um estúdio que pertence a Ubisoft. A versão que chega aos consoles é completa, sem necessidade de se comprar créditos ou de estar sempre online para poder jogar até o fim.

Hungry Shark World não é bem um jogo "familiar", embora tenha um visual cartunesco. Aqui você vai controlar 20 tubarões de todo tipo, até pré-históricos, sendo que o mais "legal" do jogo é devorar os banhistas que insistem em nadar e mergulhar nos locais perigosos.

O jogo possui nada mais nada menos do que 250 missões (!!) que variam desde salvar tubarões presos, até achar tesouros espalhados pelas regiões disponíveis no game.

O curioso é que apesar de ser sanguinário e assustador, já que você é um tubarão que tem que comer de tudo pela frente para poder sobreviver e isso inclui pessoas indefesas, o jogo é engraçadíssimo, principalmente devido aos itens que você pode por no seu tubarão. É um contraponto interessante onde um jogo violento se torna divertidíssimo e engraçado.

A jogabilidade é extremamente ágil seguindo a mesma linha do Earth Atlantis citado no começo da coluna. Ou seja, é um jogo arcade estilo side scrolling, onde o jogador é livre para ir onde quiser e até mesmo "voar" com o tubarão podendo destruir um helicóptero!


Bud Spencer & Terence Hill - Slaps And Beans
Produtora: Trinity Team srls
Plataforma: PS4, Xbox One, PC, Mobile, Switch
Nota: 9.0

Imagine um Streets of Rage protagonizado por uma dupla de comediantes italianos das décadas de 60/70/80, que embalavam a Sessão da Tarde da época com seus mais de 20 filmes no estilo "Faroeste Espaguete"? Pois é! Trinity (Terence Hill, hoje com 79 anos) está de volta em Slaps And Beans com sua dupla inseparável Bud Spencer (falecido em junho de 2016 aos 86 anos).

O jogo é no estilo beat' em up cooperativo onde a dupla Bud Spencer e Terence Hill enchem de porrada seus inimigos, incluindo golpes clássicos de cada um, como o "Soco Martelo" de Bud Spencer, com direito a efeito sonora original dos filmes! Como o tradicional gráfico Pixel Art, usado em videogames dos anos 90, o jogo segue a linha clássica de games do tipo Streets of Rage, Double Dragon e Final Fight, dentre outros.

Pra quem é da época, a nostalgia será enorme porque o jogo usa músicas e efeitos sonoros que remetem à época dos filmes. Além disso, a história do game é exatamente no mesmo estilo das contadas nos clássicos da TV, com as mesmas tiradas, gags, bordões e situações engraçadas. Os cenários seguem a mesma linha, sendo ambientados em um saloon no Velho Oeste, no centro de Miami ou num parque de diversões dentre outros locais.


Masters of Anima
Produtora: PassTech Games
Plataforma: PS4, PC, Xbox One e Switch
Nota: 9.0

Masters of Anima é um curioso jogo singleplayer de RPG com RTS e toques de aventura. Ele lembra o clássico Overlord, lançado ha 11 anos para PC, na questão de recrutar seguidores e fazer eles "lutarem" por você usando diversos tipos de ordens. A diferença para o clássico do PC é que aqui pode-se recrutar até 100 guardiões de 5 facções diferentes (o vídeo mostra quando a segunda facção é descoberta).

Masters of Anima se passa no mundo de Spark, onde o jogador encarna Otto, um aprendiz de Anima dotado de certos poderes que são melhorados conforme se avança no jogo. Logo no início, sua noiva Ana é capturada pelo grande vilão do game, Zahr, e seus Golems, e agora Otto tem que se tornar um Mestre para conseguir derrotar Zahr e salvar sua amada.

Com belíssimos gráficos estilizados, o game usa tecnologia cell shading que o deixa com aspecto de "desenho animado". Falando em animado, as animações criadas para o game, seja um simples "andar" ou um exército de guardiões lutando a sua volta, possuem qualidade acima da média, digna de games produzidos por grandes estúdios.

É difícil encontrar um defeito no game. Talvez o único "problema" seja a "bagunça" generalizada quando se tem muitos seguidores na tela. Ao lutar contra um chefe, a coisa complica mas é divertido e as vezes engraçado. Sem sombra de dúvidas, Masters of Anima é um dos melhores jogos no estilo, isso incluindo toda as plataformas.


I Hate Running Backwards
Produtora: Binx Interactive, Croteam Incubator, Croteam
Plataforma: PS4, PC, Xbox One e Switch
Nota: 8,0

Vencedor de sete prêmios, incluindo o de melhor game Indie da Gamescon, I Hate Running Backwards traz a fórmula frenética consagrada do épico Serious Sam, afinal a produtora do seríssimo Sam, Croteam, tem participação direta na produção deste game.
Seguindo a linha roguelite e shoot 'em up, que é atirar em tudo que tiver pela frente, aqui você corre de costas (daí o nome Backwards) fugindo das incansáveis ondas com inimigos clássicos de Serious Sam.

Podendo ser jogado sozinho ou com um amigo Local, o jogo possui mais de 40 armas especiais e inusitadas, além das tradicionais pistolas, metralhadoras, lança foguetes e outras mais. A quantidade de personagens desbloqueáveis também é grande, e sempre satirizando um grande herói de filmes de ação e games.

No game, Sam e seus companheiros ficam presos num espaço-tempo contínuo e tem que lutar contra Ugh'Zan (reencarnado em um mech gigante) alem de centenas de monstros mortais. As fases ocorrem em diferentes cenários aleatórios, que variam de florestas Aztecas até desertos no Egito, sempre com um chefão no final de cada fase.


A partir de hoje irei fazer sorteios de games na coluna, em todas as edições. Para participar, basta seguir nossos Canais e Redes Sociais. Cada item cumprido vale uma inscrição para o sorteio, se seguir todos os itens, você poderá concorrer com 4 inscrições e ter mais chance de ganhar. Não se esqueça de usar e-mail válido, já que a chave do game será enviada por ele!
Os próximos sorteios seguirá a mesma mecânica, e se você já for inscrito nos canais, será mais fácil de participar.

IMPORTANTE: Para este sorteio é importante ter conta na PSN Brasileira ou dos EUA!
 

João Paulo Losada
Colaborador: Redator e Colunista

Twitter: @The_DJLosada

Gamer por natureza, JP Losada, ou simplesmente DJLosada como é conhecido por toda a comunidade gamer, é um grande conhecedor de games em geral. Eventualmente analisa lançamentos e comenta sobre os sucessos e decepções relacionadas aos games que chegam ao mercado através do portal Adrenaline. Já escreveu para revistas de games, artigos para produtoras, além de ter citações em seu nome em caixas de jogos de PC lançados no Brasil. Possui parceria com algumas produtoras, principalmente de corridas, onde já participou de campeonatos Oficiais e tem seu nome imortalizado dentro de jogos da franquia GTR como Piloto Oficial.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *