Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

IntelSegurança

CEO da Intel vendeu US$ 11 milhões de suas ações antes da divulgação do Meltdown

CEO da Intel vendeu US$ 11 milhões de suas ações antes da divulgação do Meltdown

04/01/2018 10:52 | | @joao_gan | Reportar erro

04/01/2018 10:52 | | @joao_gan | Reportar erro





Share on Google+

Brian Krzanich, o CEO da Intel, vendeu o equivalente a US$ 11 milhões de suas ações na empresa logo antes da divulgação da vulnerabilidade dos processadores Intel fabricados nos últimos 20 anos, dando origem aos possíveis ataques que ficaram conhecidos como Meltdown e Spectre. Foi vendido um total de 495.743 ações, deixando Krzanich com apenas 250.000, o mínimo exigido para o executivo manter seu cargo.

A empresa se posicionou em defesa da transação, afirmando que ela não está em nada relacionada à divulgação da falha dos processadores, o que poderia configurar numa prática de informação privilegiada. Em declaração, a Intel diz que essa venda já estava programada faz tempo e esse tipo de "despejo" de ações programado é, de fato, muito comum no meio empresarial.

As ações da Intel, como seria de se esperar, caíram com a divulgação do problema. Foi uma redução de mais de 4% no valor, mas elas ainda se mantêm acima do preço de venda que tinham quando Krzanich negociou as próprias ações. Enquanto isso, as ações da AMD subiram mais de 7% no período.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *