Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

GamesPC GamesPlaystationXbox

Este vídeo é a prova de que não importa em qual plataforma você joga, mas sim como você joga

Este vídeo é a prova de que não importa em qual plataforma você joga, mas sim como você joga

27/11/2016 10:10 | | @supermognon | Reportar erro






Share on Google+

Mateus Mognon

O antigo estagiário

Além de uma Black Friday cheia ofertas imperdíveis e várias notícias empolgantes no mundo dos games, um dos momentos mais memoráveis desta semana pode ter passado despercebido pela sua timeline: a lição de vida, o despertar da treta, o vídeo Vindication, que pode ser visto logo acima.

Utilizando suas habilidades com o personagem Lúcio de "Overwatch", o jogador conhecido como DSPStanky conseguiu provar lindamente que a guerra entre jogadores de PC e consoles é inútil, e não importa em qual plataforma você joga, mas sim como você joga.

Como tudo aconteceu

Tudo começou com uma publicação feita por DSPStanky em 16 de setembro, no vídeo nomeado "The King of The Swing". O jogador de "Overwatch" exibe sua maestria com o personagem de suporte brasileiro Lúcio, fazendo movimentos extravagantes e mostrando bastante habilidade para curar os parceiros de time e jogar os inimigos para fora da arena.

A produção chamou a atenção da comunidade de Overwatch, que caiu de amores pelas skills de DSPStanky, mas, como era de se esperar, também acabou levantando o ceticismo de um grupo: os jogadores de PCs. Todo o gameplay foi feito em um console, o que acabou gerando diversos comentários preconceituosos a respeito da comunidade de jogadores de videogame de mesa.


Como é mostrado no início do vídeo, alguns usuários do Youtube questionaram as habilidades do jogador dizendo que ele não duraria muito tempo no PC, que só conseguia fazer aquilo porque o "pessoal do console não sabe mirar", além de que estaria jogando com "noobs", pois, "o ranking do consoles é inferior ao do PC".

Reunindo todo o seu tempo e amor por "Overwatch", o jogador resolveu dar uma lição nos haters: em dois meses, montou um PC e migrou para a comunidade "Master Race".

O resultado da experiência abre esta coluna: para provar que não existe diferença entre as plataformas, DSPStanky começa jogando no ranking 2700 e chuta tantas bundas no PC quanto nos consoles. Tudo ao som de Queen e com uma edição satisfatória, regada de superação e lágrimas dos haters.

Moral da História

A lição que podemos tirar disso é que, no final das contas, não existe uma plataforma melhor, existem jogadores bons e ruins. E se isso te incomoda, é só jogar até ficar melhor. Como o co-criador da Alienware disse: "Contanto que você esteja jogando e a comunidade continue viva, todo mundo ganha".

Mateus Mognon
colaborador

Twitter: @supermognon

Meu nome é Mateus Mognon. Depois de viver 16 anos sem internet no interior de Lagoa Vermelha-RS, eu vim até Florianópolis com apenas um objetivo: sobreviver. Para isso, eu comecei a estudar Jornalismo na UFSC e trabalhar no Adrenaline, onde produzo conteúdos e notícias da forma mais ágil possível. Com pouco salário e muito trabalho, eu sou... O Antigo Estagiário (agora colaborador!)



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *