A Microsoft começou a disponibilizar, enfim, a versão final do Windows 10 para os seus usuários. Lançado oficialmente em janeiro deste ano, o novo sistema dá adeus àquela dupla interface modern + desktop e incorpora os blocos dinâmicos do Windows 8 no seu menu iniciar, que está de volta. Além disso, ele traz melhorias no design, a assistente de voz Cortana, o novo navegador Edge para substituir o Internet Explorer e uma interação melhor com o Xbox. Confira, abaixo, como obter o Windows 10. Mas antes, assista ao vídeo que fizemos mostrando os motivos que podem fazer você querer o novo SO.

As novidades do Windows 10

Já possuo o Windows 7 ou 8 

Os usuários que possuem a versão mais recente do Windows 8.1 ou Windows 7 instalada, vão receber um aviso na barra de tarefas, no canto inferior direito. Esse aviso está na forma de um ícone com o logo do sistema. Ao passar o mouse em cima, ele vai mostrar o indicativo "Baixe o Windows 10". Clique lá e faça a sua reserva. Quando a atualização estiver disponível para o seu computador, ele irá avisar. Lembrando que, quem possui Windows 7 ou 8, vai poder atualizar gratuitamente!

Agora, se o seu sistema operacional Windows 8 ou 7 estiver desatualizado, vai ser necessário fazer o update para a última versão de cada um antes de ter acesso ao Windows 10. O Windows 8 deve estar na versão 8.1. Ao ir na loja do sistema, lá na interface dos blocos dinâmicos, deve aparecer a opção para que você faça o update para essa versão. No caso do Windows 7, é preciso verificar se você está com o Service Pack 1 instalado. É só ir no menu iniciar e acessar o "Windows Update" e fazer a verificação. Se ficar com dúvida sobre o processo, a Microsoft tem um artigo no qual explica certinho como efetuar a verificação e o download.

Não tenho Windows 7 nem Windows 8

Quem é old school e ainda tá lá no Windows XP ou em alguma versão mais antiga (existe alguém?) não tem essa facilidade de atualização. E ainda vai ter que pagar por isso. Quem está incluso nesse seleto (nem tanto) grupo de usuários, vai ter que desembolsar R$329,99 para ter a versão padrão do sistema, o Windows 10 Home. Já o Windows 10 Pro, com recursos para pequenas empresas e usuários avançados, é vendido por R$559,99.

E não é só isso. Se o sistema é antigo, pode ser que seu hardware também já esteja um pouco ultrapassado. E o Windows 10 exige algumas especificações mínicas, que são:

Processador de 1GHz;

Memória RAM: 1GB para interface em 32 bit ou 2GB interface em 64 bit;

Armazenamento: 16GB (32 bit) ou 20GB (64 bit);

Suporte para gráficos: DirectX 9 ou superior com driver WDDM 1.0;

Tela com, pelo menos, resolução de 800 x 600 pixels.

E eu que tenho Windows RT, como faço?

Não faz. Infelizmente, a Microsoft não vai atualizar o Windows RT para o Windows 10. O que ela prometeu foi disponibilizar um update em setembro para os dispositivos com esse sistema, mas não sabemos o que virá por aí.

Quero instalar agora ou em outra máquina

A Microsoft também permite que você baixe o Windows 10 para instalar em outras máquinas ou imediatamente na sua, caso você esteja curioso e o atualizador automático ainda não tenha baixado pra você. Ela já disponibilizou em seu site os arquivos ISO do sistema, que possibilitam criar uma mídia de boot do Windows 10, seja um pendrive ou CD/DVD. Mas, para isso, é necessário ter uma licença do Windows 7 ou Windows 8. Veja aqui como fazer. 

Mas antes de instalar... 

...faça backup dos seus arquivos. Sempre é bom ter uma cópia dos seus documentos, imagens e programas que não podem ser perdidos de jeito algum antes de fazer qualquer modificação no sistema. Tendo isso feito, é só iniciar a atualização e aguardar. Em menos de meia hora o processo deve ser concluído. Depois, é bom já ir direto para o Windows Update e baixar atualizações de segurança e os drivers compatíveis com esse novo sistema.


Fácil, né? Já conseguiu atualizar para a versão final do Windows 10? Conte como tem sido a sua experiência de uso nos comentários. :)