Depois do sucesso que o Moto X primeira geração fez aqui na redação, levando inclusive o título de Android mais ágil e inteligente testado até então, estávamos ansiosos pela chegada do Moto X 2014, que começou a ser vendido no Brasil em setembro deste ano por R$1.500,00 – o mesmo valor de lançamento da versão anterior. A expectativa era grande porque o aparelho ganhou mais processamento, uma tela maior e com mais resolução. Concluímos que a Lenovo fez bem à Motorola e que o aparelho amadureceu ainda mais. O Moto X 2014 continua ágil e inteligente.

Vídeo: Todos os smartphones topo de linha analisados no menor tempo possível

Especificações e Comparativo



LG G3

Galaxy S5

Xperia Z3

Moto X 2014
Processador (CPU)
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon S801,
quad-core, 2.5GHz
Chip Gráfico (GPU)
Adreno 330 Adreno 330 Adreno 330 Adreno 330
Armazenamento
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna) +
128GB (microSD)
32GB (interna)
Memória RAM
2/3GB 2GB 3GB 2GB
Sistema operacional
Android 4.4.2
Android 4.4.2 Android 4.4 Android 4.4.4
Câmeras
Traseira 13MP /
Frontal 2.1MP
Traseira 16MP/
Frontal 2MP
Traseira 20.7MP /
 Frontal 2.2MP
Traseira 13MP /
Frontal 2MP
Tela
IPS LCD 5.5''
(1440 x 2560)
Super AMOLED 5.1"
 (1080 x 1920)
LED IPS LCD 5.2''
(1080 x 1920)
AMOLED 5.2''
 (1920 x 1080)
Dimensões
146.3 x 74.6 x 8.9 mm 142.0 x 72.5 x 8.1 mm 146 x 72 x 7.3 mm 71,99 x 139,71 x 9,97 mm
Peso
149g 145g 152g 144g
Dual-SIM
Li-Ion 3000 mAh Li-Ion 2800 mAh Li-Ion 3100 mAh Li-Po 2300 mAh
LTE
TV Digital
Resistência
À prova d'água e poeira
À prova d'água e poeira
Preço (06/11)
R$1.699,00 R$1.699,00 R$2.100,00 R$1.499,00

Design e tela
No início, eu fui resistente ao design do Moto X. Achava que ele possuía “detalhes de Itu” na câmera e no logo da Motorola na parte traseira e nos sensores frontais. Depois, o aparelho acabou me ganhando e acostumei com essas características. Agora, até acho o smartphone bonito. Mas tudo depende da customização do aparelho, claro. O que analisamos tem a traseira de bambu. É bonita, diferente e descolada. Para os mais tradicionais, há umas cores mais neutras. E se a Motorola não fosse vacilona, ela disponibilizaria o Moto Maker no Brasil. Pelo site, o usuário pode customizar vários detalhes do aparelho. Não temos isso por enquanto.

No mais, o acabamento é de qualidade, com bordas de metal e sem muito espaço sobrando na tela. Falando na tela, ela ganhou 0,5 polegadas a mais que o primeiro Moto X (agora são 5,2 polegadas). Resistente graças à tecnologia Gorilla Glass 3, outra novidade é a resolução Full HD e a densidade de pixels de 424 ppi. Pense numa tela boa. Por mais que você vire o aparelho, não há distorção das cores que são fieis, nítidas e com um contraste muito bom. Tá ótimo para assistir a filmes e aproveitar os gráficos dos games.  Outro ponto positivo é que ficam poucas marcas de digitais no vidro. Algo que incomoda um pouquinho nos aparelhos da linha Xperia, por exemplo.

Motorola Moto X 2014


Câmera e Multimídia
O Moto X 2014 tem uma câmera traseira de 13MP. Em condições ideais de luz, faz fotos à altura da resolução, com cores bem definidas, saturação ideal e um contraste muito bom. Mas peca ao granular a imagem. Essa granulação se acentua ao tirar fotos em ambientes mais escuros. A estabilização também não é boa e, na hora de utilizar o flash, o resultado é uma foto um pouco lavada, mas que quebra um galho. Ao fazer vídeos, a qualidade é boa, dentro do que um smartphone consegue fazer, mas o autofoco se perde com frequência. Um recurso legal do Moto X, é que basta girar o pulso duas vezes para que a câmera abra. A melhor saída para os momentos mais apressados.


A câmera frontal possui 2MP. O que vale a pena falar dela é que ao pedir para o Google Now tirar uma selfie, ela abre sozinha e inicia uma contagem regressiva pra bater a foto. A qualidade tá na média oferecida pelas câmeras frontais.

Funcionalidades e Desempenho
O Moto X não oferece mil recursos inúteis como muitos aparelhos por aí (oi, Galaxys). Mas o pouco que ele oferece, tem utilidade. Não fica nada sobrando. Os dois mais legais são o Google Now personalizado, que ativa mesmo com a tela travada ao ouvir o comando, e a tela de descanso que percebe a sua presença e mostra as notificações e hora sem que você pressione qualquer botão. Porém, o Google Now causou certa estranheza ao ficar meio lento em alguns momentos e demorar para executar as ações. Mesmo assim, acostumei com essas funções e senti muita falta depois que voltei pro meu smartphone.

A não existência de firulas desnecessárias ajuda no desempenho do aparelho. Ele consegue rodar o que precisa (e quando precisa) sem travamentos, graças ao processador Snapdragon S801 de 2,5GHz e à memória RAM de 2GB. Esse desempenho potente é confirmado em nossos benchmarks, nos quais o aparelho só fica atrás do Moto Maxx.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Modo Padr?o

[ Antutu | Motorola Moto X 2014 ] Hardwares Comparados: 13

Moto Maxx
48364

Moto Maxx
48364

Moto X 2014
44183

Moto X 2014
44183

Galaxy S5
41128

Galaxy S5
41128

Xperia Z3
40537

Xperia Z3
40537

G2
33011

G2
33011

Xperia Z2
33009

Xperia Z2
33009

G3
29904

G3
29904

Lumia 930
25927

Lumia 930
25927

Galaxy S4 (I9505)
23639

Galaxy S4 (I9505)
23639

Zenfone 5
22939

Zenfone 5
22939

Moto X
22059

Moto X
22059

Moto G 2? Gera??o
17772

Moto G 2? Gera??o
17772

G3 Beat
17521

G3 Beat
17521




CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Modo padr?o

OBS.:

  • Teste baseado na engine Unity 4.2
  • Resultado em pontos, definido pelo aplicativo

[ Basemark OS II | Motorola Moto X 2014 ] Hardwares Comparados: 10

Moto Maxx
1356

Moto Maxx
1356

Moto X 2014
1240

Moto X 2014
1240

Xperia Z3
1121

Xperia Z3
1121

Xperia Z2
1062

Xperia Z2
1062

Galaxy S5
1058

Galaxy S5
1058

G3
1053

G3
1053

Lumia 930
1035

Lumia 930
1035

Moto G 2? Gera??o
511

Moto G 2? Gera??o
511

G3 Beat
489

G3 Beat
489

Zenfone 5
457

Zenfone 5
457




CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Ice Storm Unlimited

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | Motorola Moto X 2014 ] Hardwares Comparados: 11

Moto Maxx
20771

Moto Maxx
20771

Moto X 2014
19785

Moto X 2014
19785

Xperia Z3
18264

Xperia Z3
18264

Xperia Z2
18225

Xperia Z2
18225

Galaxy S5
18054

Galaxy S5
18054

G Flex
17109

G Flex
17109

G3
16247

G3
16247

Galaxy S4 (I9505)
10717

Galaxy S4 (I9505)
10717

Moto X
10554

Moto X
10554

Zenfone 5
5796

Zenfone 5
5796

Moto G 2? Gera??o
4625

Moto G 2? Gera??o
4625



E se engana quem pensa que o processador potente deixa o Moto X com menor autonomia de bateria. O aparelho não precisa ser carregado todo dia. Ele dura, tranquilamente, quase dois dias inteiros com WiFi, 3G e brilho máximo da tela ativados. Fizemos um teste de autonomia da bateria e ele ficou em quarto. Olha:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Alto consumo

OBS.:

  • Consumo de bateria após 3 horas de execução de vídeo
  • Vídeo por streaming do app do YouTube em FullHD
  • Brilho de tela e volume em 50%

[ Autonomia de bateria | Motorola Moto X 2014 ] Hardwares Comparados: 7

Moto Maxx
64

Moto Maxx
64

Galaxy S5
63

Galaxy S5
63

Xperia Z3
61

Xperia Z3
61

Moto X 2014
47

Moto X 2014
47

G3 Beat
42

G3 Beat
42

Moto G 2? Gera??o
37

Moto G 2? Gera??o
37

Zenfone 5
30

Zenfone 5
30



AVALIAÇÃO:

Design

9.0

Desempenho

10.0

Funcionalidades

9.5

Câmera

7.5

Preço

8.5
Conclusão


O Moto X 2014 é bonito, com uma tela muito boa, um design que pode ser despojado ou discreto, dependendo da capa traseira, e tem desempenho superior aos atuais smartphones topo de linha com sistema Android. E o melhor, é que ele custa R$1.500,00 por tudo o que oferece. Mesmo que a câmera não seja a melhor, ela tá mais que suficiente para quem não é entusiasta de fotografia. Sem falar nas funcionalidades do Google Now, na tela que acende quando você tira o aparelho do bolso ou aproxima a mão do smartphone e na bateria que não acaba até o fim do dia. Todas essas características tornam o aparelho muito prático e eficiente, fazendo com que ele seja considerado por nós, do Adrenaline, o melhor smartphone Android que analisamos em 2014.

O Moto X 2014 é o melhor smartphone Android testado pelo Adrenaline em 2014


PRÓS
  • Bonito e com acabamento de qualidade
  • Google Now personalizado
  • Tela que acende com movimentos
  • Ótimo desempenho
  • Boa autonomia de bateria
  • Boa tela
  • Preço
CONTRAS
  • Customização poderia ser melhor caso o Moto Maker existisse no Brasil
  • Câmera deixa a desejar