Migração ubuntu --> Manjaro linux guia completo

Discussão em 'Área Linux e Open Source' iniciado por ViniNITRO, 14/03/2017.

  1. ViniNITRO

    ViniNITRO Banido Banido

    Registro:
    17/03/2008
    Mensagens:
    729
    Curtidas recebidas:
    21,718
    Pontos de Troféu:
    19
    wmh curtiu isso.
  2. Ollyx

    Ollyx New Member Registrado

    Registro:
    19/01/2017
    Mensagens:
    436
    Curtidas recebidas:
    174
    Pontos de Troféu:
    0
    Esse manjaro é tipo uma versão windows do linux? haha parece
     
  3. ViniNITRO

    ViniNITRO Banido Banido

    Registro:
    17/03/2008
    Mensagens:
    729
    Curtidas recebidas:
    21,718
    Pontos de Troféu:
    19
    É o ambiente plasma, deixa bem parecido
     
    wmh curtiu isso.
  4. Ollyx

    Ollyx New Member Registrado

    Registro:
    19/01/2017
    Mensagens:
    436
    Curtidas recebidas:
    174
    Pontos de Troféu:
    0
    Esse manjaro é tipo uma versão windows do linux? haha parece

    Ele é tão bom quanto o Ubuntu para quem utiliza para desenvolvimento? Por que tipo, o Ubuntu hoje me satisfaz em quesito de desenvolvimento, mas achei bem legal o visual do manjaro =P
     
  5. ViniNITRO

    ViniNITRO Banido Banido

    Registro:
    17/03/2008
    Mensagens:
    729
    Curtidas recebidas:
    21,718
    Pontos de Troféu:
    19
    Acredito que sim, os repositórios do manjaro tem uma quantidade enorme de aplicativos, e o AUR, repositório mantido pela comunidade, é enorme
     
    wmh e Ollyx curtiram isso.
  6. maciel_lopes

    maciel_lopes New Member Registrado

    Registro:
    25/06/2014
    Mensagens:
    180
    Curtidas recebidas:
    100
    Pontos de Troféu:
    0
    Localização:
    Bahia
    Faz um teste numa máquina virtual e veja se tem todas as ferramentas que você precisa. Mas acredito que tenha sim, o repositório é enorme e o que não tem no repositório oficial, muito provavelmente tem no AUR.
     
    wmh e Ollyx curtiram isso.
  7. ViniNITRO

    ViniNITRO Banido Banido

    Registro:
    17/03/2008
    Mensagens:
    729
    Curtidas recebidas:
    21,718
    Pontos de Troféu:
    19
    O AUR é gigantesco. Umavez acostumado, é difícil ficar sem ele.

    Segue um vídeo review da última versão do manjaro, sabor KDE

     
    wmh e Ollyx curtiram isso.
  8. Lightman

    Lightman Well-Known Member Registrado

    Registro:
    19/05/2012
    Mensagens:
    2,756
    Curtidas recebidas:
    1,373
    Pontos de Troféu:
    72
    Arch tem algumas vantagens em gerenciamento de pacotes e desempenho em alguns casos, mas é muito mais complicado de mexer que Debian e derivados, tem que entender de sistemas operacionais em um nível muito maior que o usuário comum e saber usar o terminal com confiança.

    Na minha opinião pessoal as vantagens não compensam as complicações se você tiver um hardware relativamente novo, não foi por falta de tentativas.

    Tente instalar um driver proprietário da AMD ou um software de virtualização como VMware no Arch e no Ubuntu e verá a diferença.
     
    wmh curtiu isso.
  9. Ollyx

    Ollyx New Member Registrado

    Registro:
    19/01/2017
    Mensagens:
    436
    Curtidas recebidas:
    174
    Pontos de Troféu:
    0
    É, minha preocupação é essa, hoje no ubuntu eu basicamente faço tudo via terminal, se o arch me proporciona isso como o Ubuntu, quem sabe eu venha a testar.
     
  10. maciel_lopes

    maciel_lopes New Member Registrado

    Registro:
    25/06/2014
    Mensagens:
    180
    Curtidas recebidas:
    100
    Pontos de Troféu:
    0
    Localização:
    Bahia
    Só que o tópico está falando do Manjaro, que apesar de ser ArchLinux-Based, tem muitas facilidades (coisa que no ArchLinux tem que fazer na mão), ninguém vai precisar usar o terminal, a não ser que queira, pois existe o Octopi (versão com KDE Plasma) e o Pamac (na versão XFCE) que é como se fosse o Synaptic das distribuições Debian-Based. E mesmo que queira usar terminal, não é difícil, é apenas diferente, você se acostuma rapidinho. Ainda existe a possibilidade de instalar a Central de Programas do KDE Plasma (Discover) para quem gosta de ver tudo bonitinho.

    Suporte a hardware não vem do Kernel Linux? Se sim, então não tem problema nenhum, já que o Kernel é o mesmo em todas as distribuições, sendo diferente apenas as versões. E no Manjaro se usa o Kernel mais atualizado do que no Ubuntu, já que é Rolling Release (Kernel mais novo = maior suporte a novos hardwares)

    AMD é problemática em todas as distribuições Linux (inclusive no Ubuntu), sem contar que a AMD agora está apoiando os drivers de código aberto que estão no Kernel (AMDGPU).
     
    wmh, Dante003 e ViniNITRO curtiram isso.
  11. JoséDaSilvaSauro

    JoséDaSilvaSauro New Member Registrado

    Registro:
    19/07/2015
    Mensagens:
    100
    Curtidas recebidas:
    35
    Pontos de Troféu:
    0
    Os posts são um pouco antigos. Mas, tem coisas importantes que ninguém mencionou até aqui.

    +1

    Parece que ninguém aqui conhece o Manjaro! Você citou todos os pontos importantes que o pessoal esqueceu!


    Embora ele seja arch-based, o ciclo de atualizações dele é diferente do Arch puro. Ao contrário do Antergos, outra arch-based, que o repositório é o mesmo da distro mãe. O Manjaro tem repositório próprio! Os desenvolvedores testam tudo antes de liberar a atualização. E, consequentemente, elas são menos frequentes. Dificilmente você terá problemas com drivers e esse tipo de coisa.

    Para iniciante, o Manjaro é excelente. Acho mais fácil que o Ubuntu. Tem um repositório muito bom, e ainda conta com o AUR, que tem de tudo e mais um pouco. Não acho que faça sentido essa disputa de qual distro é melhor para iniciante. Linux Mint, Ubuntu, Manjaro, OpenSuse, todas são instalar e usar. Com o tempo, o que vai determinar a facilidade é a própria capacidade do usuário de se adaptar ao sistema. Eu, por exemplo, acho, para um iniciante, muito mais fácil de usar o Pamac (modo gráfico do Pacman) que o Synaptic, por exemplo.
     
    wmh e ViniNITRO curtiram isso.
  12. nando-

    nando- ok Let´s Go !!! Registrado

    Registro:
    03/02/2010
    Mensagens:
    1,167
    Curtidas recebidas:
    27
    Pontos de Troféu:
    42
    Localização:
    Ji-paraná - RO
    Utilizei bastante tempo o Manjaro para uso convencional, só programas básicos como: players de musica, editores de video e imagem, e etc.. nunca me deixou na mão..
     
  13. JoséDaSilvaSauro

    JoséDaSilvaSauro New Member Registrado

    Registro:
    19/07/2015
    Mensagens:
    100
    Curtidas recebidas:
    35
    Pontos de Troféu:
    0
    Acho uma ótima distro para iniciantes. Tenho pensado, seriamente, em testar a versão OpenRC deles. Sem contar, a infinidade de ambientes gráficos e gerenciadores de janelas que ele dispõe em suas versões. Para o inciante, isso é bem interessante, basta baixar a iso e testar.
     
  14. ViniNITRO

    ViniNITRO Banido Banido

    Registro:
    17/03/2008
    Mensagens:
    729
    Curtidas recebidas:
    21,718
    Pontos de Troféu:
    19
    Caso faça o teste da versão OpenRC não deixe de postar suas impressões aqui! O que tem de gente que reclama da dupla systemD + Pulseaudio não é brincadeira....
     
  15. JoséDaSilvaSauro

    JoséDaSilvaSauro New Member Registrado

    Registro:
    19/07/2015
    Mensagens:
    100
    Curtidas recebidas:
    35
    Pontos de Troféu:
    0
    Já testei no Virtualbox. A única coisa que tem que tomar cuidado, é quando se instala programas que iniciam com o sistema. Mas, em máquina virtual não dá para ter muita noção. Porém, uma coisa me chamou atenção, tem gente que questiona o boot mais lento com o OpenRC. Testei com 1gb de ram e 2 núcleos do processado (tenho aqui um i3), e o boot foi bem normal, não vi nada de tão drástico como dizem. Uma coisa interessante, ele vem, claro, mais pelado que todas as outras versões do Manjaro.

    Pô, PulseAudio já era. Todo mundo usa hoje em dia. A questão da reclamação é por causa do criador e programador de ambos. O PulseAudio, dizem, melhorou demais depois que ele saiu. Já o systemD... os caras odeiam tanto que tem até um site: http://without-systemd.org/wiki/index.php/Main_Page

    Eu tenho vontade de entender mais sobre isso. Porém, tem que ler bastante. Porque mexe com coisa mais profunda no sistema, um dia chego lá. :D

    Tenho vontade de deixar, o Manjaro OpenRC, instalado como sistema principal. Assim que tiver um tempo vou tentar fazer isso, ai posto as impressões aqui.
     
    hiHo e ViniNITRO curtiram isso.
  16. hiHo

    hiHo tua mãe mente Registrado

    Registro:
    13/07/2016
    Mensagens:
    133
    Curtidas recebidas:
    7,762
    Pontos de Troféu:
    0
    eu ainda não entendi o rage do pessoal com o systemd. é questão de costume, eu mesmo uso que nem percebo mais :haha:
    manjaro usa o systemd também né, só dar um disable no serviço que tiver iniciando junto com o sistema, rapidin ;)
     
  17. JoséDaSilvaSauro

    JoséDaSilvaSauro New Member Registrado

    Registro:
    19/07/2015
    Mensagens:
    100
    Curtidas recebidas:
    35
    Pontos de Troféu:
    0
    Não o Manjaro que a gente está falando. Esse, usa o OpenRC ( e se chama Manjaro OpenRC) que, se não me engano, foi criado pela galera do Gentoo (sei que foi criado pelo Daniel Roberts).

    Ou seja, eu disse para ter cuidado, com os os programas e aplicações para o Manjaro OpenRC. Não o Manjaro normal, esse sim, com SystemD.

    Link: https://wiki.manjaro.org/index.php?title=OpenRC,_an_alternative_to_systemd
     
    hiHo curtiu isso.
  18. JoséDaSilvaSauro

    JoséDaSilvaSauro New Member Registrado

    Registro:
    19/07/2015
    Mensagens:
    100
    Curtidas recebidas:
    35
    Pontos de Troféu:
    0
    @ViniNITRO

    Cara, acabei resolvendo instalar o Manjaro OpenRC. Ficou como a única distro do note. Instalei ontem. Não sou um especialista, vou postar minha impressões de usuário "noob".

    A primeira coisa que me chamou atenção foi o cuidado dos caras, deixaram um arquivo de texto em uma pasta, na home, chamada Manjaro. O arquivo contém dicas e comandos para se usar o OpenRC.

    Como já havia dito, ele vem bem pelado. Mas, eu gostei disso. Tive, inicialmente, que mexer com três coisas: instalar o touchpad, que não teve todas as funções reconhecidas direto. Para isso, dei um pulo na wiki do arch e do próprio Manjaro, resolvi fácil! Instalei o "libmad" para que o Deadbeef (ou o player de sua preferência) leia o mp3 e, por fim, tive que entrar nas configurações de idioma porque o sistema não ficou de primeira em pt-br. Todas as tarefas foram realizadas com facilidade.

    Em relação ao boot. Muitos dizem que faz uma grande diferença, que com o SystemD é mais rápido. Sinceramente, não achei isso. Para mim a diferença é mínima. Só fará diferença se você for neurótico com isso.

    Outra coisa, não consegui instalar ele com o UFEI (obviamente, o secure boot tava desabilitado). A primeira instalação deu erro, ai resolvi mudar para o modo legacy, pois fiquei com preguiça de resolver isso na hora em que estava instalando o sistema. :p

    Um ponto que achei muito bom foi o áudio. Todas as outras distros que tinha aqui, rolava um probleminha com o áudio. Algumas vezes, quando eu escutava música ou via vídeos por muito tempo, ele, sozinho, abaixava ou aumentava ligeiramente (não é problema do meu hardware, com o Lubuntu, por exemplo, isso não ocorria). Parece que isso é coisa cronica do pulse audio. Ao mesmo tempo que esse problema foi resolvido, notei um aumento, significativo, de volume. Usando com os fones que tenho, que antes usava em uns 30-45% do volume, abaixei para 20%.

    Instalei a versão com Xfce. O menu é o Whisker. Particularmente, não gosto dele, prefiro o Xfce com o dock clássico na parte de baixo da tela. Mas, resolvi dar uma chance ao Whisker dessa vez. Até porque, ele é ativado com a tecla super, ficando bem fácil de abrir os aplicativos.

    Ao ligar, o consumo de memória é, aproximadamente, uns 300MB. Porém, se ir em menu/configurações/sessão e inicialização/início automático de aplicativos dá para alterar o que inicia com o sistema. Vou adiantando, não é quase nada!

    Em relação as atualizações, o ciclo do Manjaro é diferente do Arch. Ele é menor, e as atualizações não são diárias. Embora, caso achei interessante, basta habilitar o repositório do próprio Arch.

    Agora, a galera que desenvolve odeia, também, o pulse audio. Na versão que estou usando (17.0), mudaram do Firefox para o PaleMoon. Parece que o Firefox, em algum momento, necessita do pulse audio (ou algo relacionado a ele) para reproduzir o áudio, mas ele não é dependência "direta", dá para se usar o Firefox sem instalar o Pulse Audio. Enfim, não entendi bem essa questão. Vou pesquisar e depois posto mais detalhadamente.

    Em relação ao desempenho como um todo, me surpreendeu. Comparando com Xubuntu, Antergos e Ubuntu "padrão" eu achei o desempenho mais fluido. O note aqui é um i3, com 4GB de ram e tudo onboard da Intel. Como disse acima, o único "problema" que tive foi com o touchpad, o resto do hardware foi reconhecido sem problemas. Sobre sistema em si, não posso falar muito, faço uso básico do pc. E para isso, achei uma excelente distro.

    Como uso um notebook e o linux tem um velho problema com as baterias, basta instalar o TLP ou o Laptop Mode Tools, tenho preferência pelo o primeiro.

    Essa versão com OpenRC, em especial, não recomendo para iniciantes, ao contrário do Manjaro "padrão". Como disse, ele vem pelado e para fazer coisas básicas, como escutar música e extrair arquivos, temos que instalar os respectivos programas ou bibliotecas para complementar o uso, por exemplo, do Xarchiver. A seleção de softwares que vem nele é bem leve. O player padrão é o Parole, por exemplo.

    Gostei dessa versão. Vem com pouco software instalado, o desempenho é bom, o consumo de memória idem, e o pacman é uma beleza! Rápido demais, dá um pau em velocidade e facilidade, na minha opiniçao, em relação, por exemplo, ao apt. Deve ficar por um bom tempo por aqui. :cool:

    Por fim, quando passar um tempo vejo se minhas impressões mudam e aviso por aqui.

    Qualquer dúvida pergunta ai.
     
  19. ViniNITRO

    ViniNITRO Banido Banido

    Registro:
    17/03/2008
    Mensagens:
    729
    Curtidas recebidas:
    21,718
    Pontos de Troféu:
    19

    Obrigado por compartilhar essa experiência!
    Isso me deixa ainda mais com vontade de largar a versão systemD e experimentar a Versão OpenRC
    Agora, uma dúvida que tenho é em relação aos aplicativos
    Por exemplo, estou bem acostumado a usar o gnome 3
    Não sei se ele foi bem adaptado / integrado a distros OpenRC.

    E os demais apps no pamac-manager?
    (Os que não tem o parâmentro -openrc no nome do pacote)

    Pode se instalar normalmente?
     
  20. JoséDaSilvaSauro

    JoséDaSilvaSauro New Member Registrado

    Registro:
    19/07/2015
    Mensagens:
    100
    Curtidas recebidas:
    35
    Pontos de Troféu:
    0
    Você não terá problema nenhum com os programas. Desde que eles não tenham dependências do SystemD, ou seja, você pode instalar seus programas sem problemas. Caso ele tenha dependências do SystemD, o terminal te avisa. No caso de programas comuns, como navegador, player de áudio e vídeo, esses não costumam ser um problema. Alias, fiquei curioso. Depois vou tentar instalar algo inicie com o sistema e que tenha dependência do SystemD e ver o que ocorre (em máquina virtual, claro! :D).

    Ih... Gnome? Aquilo é todo atrelado ao SystemD. Sei que tem gente que usa ele no Gentoo, mas eles tem a opção do OpenRC (criado pelo desenvolvedor da distro, que depois saiu e criou o Funtoo) e do SystemD também. Então não sei como seria. Dá uma olhada na net.

    Uma coisa curiosa, quando fui pesquisar sobre essa questão do Pulse Audio e do SystemD, é que é cada vez mais difícil achar distros sem o Pulse Audio. Até distros baseadas no Slackware tão vindo com o Pulse. O Lubuntu também não tinha, não sei como está hoje em dia. O próprio Manjaro OpenRC chegou a cogitar o uso do Pulse, o pessoal da comunidade que rejeitou a ideia. No uso do dia-a-dia, nunca tive problemas com o SystemD, só com o Pulse Audio.

    Eu tenho, um dia, vontade de testar uma distro "faça-você-mesmo" tipo o Slackware. A gente aprende bastante com essas distros. Tem três dias que estou com o Manjaro OpenRC, que é de fácil instalação, e já aprendi bastante. Mesmo não sendo a "faça-você-mesmo", o simples fato de não ter SystemD e Pulse Audio já faz você ficar bem mais esperto no uso do sistema. Fiquei bem mais atento ao que instalo e ao que ocorre no meu computador como um todo.

    Se quiser, dê uma olhada nesses links:

    https://wiki.manjaro.org/index.php?title=OpenRC,_an_alternative_to_systemd

    https://sourceforge.net/projects/manjaro-openrc/files/?source=navbar

    Sobre a discussão do Pulse Audio e o Firefox: https://bugzilla.mozilla.org/show_bug.cgi?id=1345661
     
    ViniNITRO curtiu isso.

Compartilhe esta Página