+ Responder ao Tópico
Página 1 de 5 123 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 45
  • Compartilhar Post
  • Ferramentas de Tópicos
  1. #1
    Data de Ingresso
    Dec 2008
    Localização
    Hell cife - PE
    Posts
    2.595

    Língua Nostalgia (bons filmes no anos 80)

    Olá pessoal, estava hoje sem nada a fazer quando comecei a me lembrar de alguns filmes bons da qual eu assistir na Sessão da Tarde e no Cinema em Casa, muitos deles foram produzidos nos anos 80 a qual se passou muito filmes bons, gostaria de compartilhar com vocês esta nostalgia para aquele que nasceu entre 79 e 83, pena que muitos filmes produzidos hoje não possuem um a historia tão boa quanto nesse tempo, tentarei colocar aqui alguns filmes que marcou minha infância e adolescência e sei que haverá algum filme bom que não estará nesta lista.
    Esses filmes não estão em ordem de melhor filme, fui colocando a paço que me lembrava de cada um.

    Alguns dos textos aqui não foi eu que escrevi, mas sim de um blog da qual não me lembro de onde eu encontrei, pois eu salvei para poder encontrar alguns destes filmes, e hoje eu quis compartilhar esses filmes com vocês.


    Caravana da Coragem -


    Super clássico. Este filme veio na rabeira do sucesso que os Ewoks fizeram em O retorno de Jedi. Sobretudo com as crianças menores, que viam neles ursinhos de pelúcia vivos. Lembro claramente como era legal ver e rever caravana da coragem todo ano. (o filme foi um dos que mais repetiu na tv) Inesquecíveis aquele adolescente babaca e sua irmã de voz irritante que tentam salvar os pais, acidentados em Endor. O filme vale mesmo pelo monstrão gigante.


    Apertem os cintos- O piloto sumiu



    Tá aí um clássico das comédias escrachadas que se tornariam muito famosas nos anos subsequentes. O filme é uma paródia com vários filmes envolvendo desastres aéreos. Era (pelo que me lembro) muito engraçado. E algumas cenas ficaram marcadas na minha memória, como quando uma mulher tem um surto histérico e um homem dá umas bofetadas nela para que ela recobre a consciência. Sem seguida, a câmera se move lateralmente e vemos uma fila indiana de pessoas com barras de ferro, tacos de basebol, luvas e boxe e etc esperando sua vez de esmurrar a dona histérica.


    Lagoa azul –



    Fala sério. Quem não sonhou em comer a Brookie Shields naquela ílha paradisíaca no meio do pacífico? O filme é também um clássico e mostra dois jovens inocentes que se refugiam numa ilha e ali crescem, sem saber nada sobre sexo, amor, etc. O filme é piegas, mas é muito bonito, fez bastante sucesso e tem uma poética que se perde na “copntinuação”, o tal do “de volta à lagoa azul”.


    Os goonies –


    Falar dos Goonies é algo obrigatório numa lista como esta. Este filme está com honras na minha lista dos preferidos de todos os tempos. Dizem que vem uma continuação aí. Eu estou ouvindo isso desde a sexta série, hehehe. Em resumo, (para quem esteve fora do planeta nas últimas décadas) o filme trata de um grupo de jovens vizinhos que vão ter que se mudar porque os pais não tem dinheiro para arcar com os imóveis, e uma empresa deseja derrubar o conjunto habitacional. Perseguições, mapas do tesouro, piratas e gigantes deformados tornam o filme uma obra prima da década de 80. A trilha sonora da Cindy Lauper marcou a geração goonie.


    O feitiço de Áquila -


    Eu já disse aqui no blog o quanto amo este filme. Pra mim ele é perfeito em todos os sentidos que um filme de ação e fantasia deve ser. Ele tem efeitos especiais maravilhosamente bem dosados, a história é uma fábula clássica, o conceito e atores perfeitos. Tudo funciona, principalmente a trilha sonora do Alan Parsons . Isso sem contar que ele tem a minha eterna diva da adolescência, Michele Pfeifer, como a mulher apaixonada que nunca podia ver o amado. Quando era de dia, ele era um cavaleiro comum e ela era um falcão. Quando virava a noite, ela era uma mulher linda, e o cavaleiro virava um lobo negro assustador. O casal é ajudado por um ladrão golpista, Philippe Gaston, interpretado pelo Mattew Broderick. Uma obra prima. No último terremoto em Áquila na Itália, os cenários medievais do filme foram bastante destruídos.


    Conta comigo

    Um dos filmes que mais reprisaram na história do programa. Trata-se de um filme de roteiro sensacional sobre um grupo de amigos que resolve viajar em busca do corpo de um adolescente desaparecido. Um filme ótimo sobre amizade. Curiosamente, é baseado num romance do mestre do suspense, Stephen King.


    Um tira da pesada -


    O Eddie Murphi tornou-se uma grande celebridade com a ajuda deste filme e suas continuações. Uma comédia policial bastante agitada, onde ele é o Axel Foley, um policial meio maluco que vem de outra cidade para Bervely Hills, e taca o terror na bandidagem. O melhor fica por conta das improvisações de Foley para se infiltrar nos lugares. Curiosamente, este tipo de coisa, embora teatral, realmente funciona. A música é inesquecível e teve um remake recente com aquele sapo 3d crazy frog.


    A fantástica fábrica de chocolates –


    Uma obra sensacional. Eu lembro quando vi o filme pela primeira vez. Delirei. Eu acreditei que era possível rios de chocolate e lumpa-lumpas fazendo doces. O filme é muito bonito e conta as aventuras de um menino pobre e seu avô numa fabrica de doces gigante e misteriosa. Muito bom mesmo, mas recentemente eu assisti ao remake e achei uma boooooosta. Não tem nem 1% da qualidade do original, onde os lumpa-lumpas eram anões gordinhos. O que eu gosto deste filme é o aspecto de delírio esquizofrênico que ele tem.


    Karatê Kid –


    Este foi repetido tantas vezes que deu pra decorar falas. Pra piorar, eu ainda gravava aquela ***** e ficava imitando o Daniel San, pulando num pé só do alto do sofá. O único que presta, na minha opinião, é o primeiro. Como esquecer do Senhor Miagi? Como esquecer dos movimentos básicos do karatê ensinados com “pintar a cerca”, “polir o carro”, "pega a mosca com palito chinês" e a clássica comemoração: Bansai!!! Este marcou.


    Te pego lá fora -


    Um filme muito bom. Agonizante, mesmo. O cara começa apenas tocando no braço de um aluno novo, um sujeito gigante e com cara de mau, que jura o nerd pela-saco de enfiar a porrada. à medida em que as horas vão passando, o moleque vai vendo que está chegando a hora de entrar no sopapo e faz de tudo para evitar o seu destino trágico. Um filmaço, de roteiro excepcional. Incentiva um pouco a violência, mas não havia este tipo de preocupação babaca e puritana na década de 80. Felizmente. A cena inesquecível é sem dúvida a da professora de inglês.


    Um príncipe em Nova York -


    Mais um do Eddie Murphy. Neste filme ele é um príncipe africano que vai para Nova York em busca de… (não lembro, acho que casar) Ele então passa a trabalhar num subemprego de faxineiro de lanchonete de subúrbio, e se apaixona pela filha do dono da espelunca, que namora um playboy de meia tigela dono de uma empresa de gel afro chamado Sun Soul Glo. (eu nunca esqueci do nome do troço gorduroso e da propaganda ridícula do produto) A coisa embola quando surge o rei, (com uma **** pele de leão no ombro). Acho que o príncipe estava em busca do amor verdeiro, de uma mulher que gostasse dele pelo que ele é e não por ser um príncipe. Pra mim a melhor cena é a do corte de cabelo. É o próprio Eddie que faz os velhinhos.


    Fúria de Titãs -


    Nossa, classicaço total. Foi meu segundo contato de verdade com a mitologia, pois o Monteiro Lobato já havia dado uma ajuda neste sentido no Sítio do Pica-pau Amarelo. Mas reconheço que ver o pégaso, ver o kraken, Zeus, Hera… Cérbero… Muito bom mesmo. Os efeitos são sensacionais, num tempo que não tinha 3d. O Rayharryhausen fazia os monstros em stop motion. Inesquecível a medusa em forma de cobra rastejando nas profundezas do inferno.Triste foi estudar a mitologia na faculdade e ver que o filme era uma salada mista de varias tragédias gregas. Com varias imprecisões e licenças poéticas. Mas o que vale mesmo é que deu um filmaço. Este está no top 3 dos mais clássicos da Sessão da Tarde, né?


    Caça Fantasmas -


    Ghost Busters! Quem é que não viu? Quem não lembra da musica ou das cenas impressionantes de espectros assolando bibliotecas? Quem não lembra dos malucos, do geléia, do Zool… Muito bom. Depois vieram as continuações lixo. Mas o primeiro marcou mesmo a época.


    Quero ser grande -


    Muito legal este filme. Ele mostra um episódio bizarro na vida de um jovem que sentindo-se mal por ter que suportar o peso de crescer, ousou desejar ser grande diante de um brinquedo antigo esquecido num parque em Rode Island. O bizarro é que magicamente, ele vira um adulto conforme desejou. E daí começa a confusão. Um papel perfeito do Tom Hanks. A cena inesquecível é a do piano gigante.Pouca gente sabe, mas o filme tinha outro final, que foi extirpado. Quando o jovem volta a ser uma criança, abandonando sua namorada adulta em Nova York, ele volta à vida normal. É assim que o filme termina. Mas originalmente ele tinha uma outra parte no fim: Surge na sua turma da escola uma aluna nova. Pelo nome ele descobre que é sua namorada adulta que descobriu como rejuvenescer e voltou à infância para ficar com ele. Parece que tiraram este final do filme porque a associação de senhoras cristãs achou meio ofensivo uma mulher adulta ficar com uma criança (mesmo ela voltando a ser criança)


    Férias Fustradas -



    Uma família que resolve viajar meio mundo para ir a um parque. Uma comédia hilária com Chevvy Chase.


    Herbie – Se meu fusca falasse



    Imagina só um fusca ganhando vida própria. Este é o mote para um dos mais amados filmes da Disney. Ele é antigo, de 1968, mas durante toda a década de 80 reprisou inúmeras vezes na Tv.

    Top Gun -


    Tom Cruise bancando de piloto de caça. Uma loura, jaquetas de couro cheias de insígnias, porta aviões e jatos tomcat. Uma moto sensacional kavasaki ninja, uma história de amor com uma instrutora de vôo da base. A perda do melhor amigo em combate, vôlei com atores bombadinhos suados para delírio das meninas pós-Menudo, e boas cenas de combate aéreo. Um filme bem legal. A musica tocou tanto que chega a doer no ouvido.


    A história sem fim -


    Muito bom este filme. Baseado no livro homônimo. Na história um menino com dificuldades sociais se refugia num sótão com um livro misterioso. à medida em que lê, sente que o livro fala sobre ele. Uma história muito interessante e inteligente sobre fabulas, reinos de fantasia, heróis e dragões peludos com cara de cachorro. Também teve continuações nojentas.


    Gremlins -


    Quem não se sentiu cheio de vontade de ter um Gizmo só pra si? Ele era bonitinho, fofinho e engraçadinho. Mas ele não podia ser alimentado após a meia-noite. Nem sem ser molhado. E adivinha o que acontece no filme? Isso mesmo. Ambas as coisas, isso faz com que o simpático e peludinho Gizmo dê origem a centenas de bichos horrendos que tacam o terror na cidade.


    Os aventureiros do bairro proibido -


    Classicaço. Este filme mostrou o deus da energia “Raiden” pela primeira vez. Muito legal este filme mesmo. Destaque para a transformação do Lo pan e para o Beholder que habita os sujos tuneis abaixo da Chinatown. Na história, Kurt Russel é um caminhoneiro que vai parar em Chinatow e se envolve no resgate da noiva de seu amigo, raptada pelo tal mago ante-diluviano Lo pan. Muito louco este filme.


    Curtindo a vida adoidado


    Este é um dos que eu mais gosto. Eu penso que este filme é o clássico insuperável de toda uma geração. Basicamete tem um tema simples. Ferris Bueller (Matew Broderick) resolve matar aula. Ele convence seu melhor amigo e sua namorada a matarem aula com ele e aí a confusão começa e não acaba mais. Destaque para a Ferrari roubada.


    De volta para o Futuro -


    Quem não se lembra de Martin McFly, do “Dr.” e até do Biff, não viveu os anos 80. De Volta para oFuturo conta uma história até relativamente simples, mas muito poderosa. Um cara volta no tempo e se mete em confusões. Dessa vez, o cara é um jovem adolescente, amigo de um cientista tresloucado e a maquina do tempo é um Delorean. Um filme muito bom, super bem feito e muito bem amarrado. O filme virou franquia que se estendeu até a década seguinte.


    O Rapto do menino dourado -


    Como podemos ver, os anos 80 foram prolíficos para o Eddie Murphy. Neste filme ele é um sujeito que tem que proteger uma criançla que é um tipo de “buda” de ninguém menos que o capeta, cheio de poderes sobrenaturais.


    Loucademia de polícia -

    http://images.quebarato.com.br/T440x/dvd+loucademia+de+policia+box+com+7+dvds+dublados+e+legendados+sp+brasil__48A2EA_1.jpg
    Anos 80 puro, este filme era o tipo de comédia pastel onde você junta um bando de figuras e coloca esses caras em situações cotidianas e espera o resultado. O melhor sem dúvida era o sujeito que conseguia fazer barulhos bizarros. O filme virou franquia e até desenho animado.

    Jimi Hendrix By Michael Winslow (será verdade mesmo!!????)



    Sexta Feira 13



    Filmes do tipo que não pode faltar sangue eram comuns na década de 80 e 90. Inicialmente o objetivo era fazer filmes de terror sérios, mas a coisa gradualmente se tornou tão gore que alguns caíram no humor escrachado de tripas, sangue e etc. Sexta Feira 13 conta a história de Jason, um assassino serial, que é uma espécie de morto-vivo. Sua especialidade é esquartejar e matar de maneiras criativas uma série de jovens que vão para um acampamento nas marges do lago cristal lake. Uma curiosidade do Jason é que ele nunca aparecia correndo. Mas sempre estava andando atrás de pessoas desesperadas e subitamente aparecia na frente delas, saído de um arbusto ou de trás de uma árvore. Lotado de clichês, o filme gerou tantos filhotes quanto a série Rocky. A verdade é que a franquia de Jason não acabou. Ela atravessou as décadas de 80, e a de 90. Acredite ou não, o maníaco já foi parar até no espaço!
    Jason já “morreu” de todas as maniras que se pode imaginar. Ao longo dos filmes, ele já foi queimado, mutilado, bombardeado, atacado por poderes paranormais, afogado, eletrocutado, espetado de todas as formas imagináveis, derreteu no ácido, foi atropelado, enforcado, esmigalhado, e etc, mas sempre volta, com sua indefectível máscara de hóckey que oculta sua face grotesca e seu facão de mais de um metro.


    Inimigo meu -


    Eu estou tentando evitar repetir filmes da outra lista filmes de sci-fi e filmes de extraterrestres) mas Inimigo meu marcou uma época. Muito legal ver a amizade surgir entre os eternos inimigos humanos e draks num ambiente totalmente hostil. Quem não lembra do Zamis?


    Conan o Barbaro -


    Eu sei que sou ultra-suspeito para falar deste filme, mas não dá pra deixar o cimério de fora. Sou fã pra ******* (até o limite do dna) dessas histórias da era hiboriana. Foi o filme que mais marcou o Arnold, outro cara que soube como ninguém explorar os anos 80. Conan descia a porrada. Era mau e não deixava barato. Inesquecível a cena em que Tulsa Doom mostra aos pais de Conan quem é que manda. Tulsa Doom forjou o caráter do Conan. Um tempo depois veio uma continuação, marcando pela produção bem menos trabalhada, menos estilo e com uma apelação mais comercial. Tinha a grace jones, o Mombata e a princezinha metida a besta que merecia umas bifas. Fraco o segundo. Piora ainda quando veio o filme Sonja – a guerreira vermelha. O conan aparece -com outro nome, talvez para não pagar direitos? - mas tava tão escroto aquilo que nem vou relembrar.


    Os trapalhões


    - Os trapalhões fizeram um monte de filmes na década de 80. Alguns deles marcaram época e registraram o período, como “os trapalhões na serra pelada”, “os saltimbancos trapalhões e “a filha dos trapalhões” – Deste último, eu fui vizinho da Fernanda Brasil, a menina que é a filha dos trapalhões no filme. Tem também “os vagabundos trapalhões” e aquele em que o Didi vira um tipo de Hulk (não lembro qual o filme, mas era um de corrida).Um mega-clássico do Didi, Dedé, Mussum e Zacarias foi Os trapalhões na guerra dos planetas. Tinha um lance meio apelativo, meio star wars tupiniquim. Naves toscas, efeitos mais toscos ainda, mas era hilário.Os filmes dos trapalhões costumavam passar sempre no dia das crianças. Eu amava principalmente os cartazes. Dia feliz na minha vida foi o que eu conheci o Benício, o cara que fazia esses desenhos. Super gente boa, e na minha opnião um dos melhores ilustradores do mundo.


    A hora do Pesadelo



    A hora do pesadelo seguiu nas fronteiras de Sexta Feira 13. Me parece que os produtores pegaram o mesmo publico alvo. Não tardou a surgirem discussões nerdescas entre quem seria vencedor numa luta entre Jason e o astro de A hora do espanto: Freddy Kruegger.
    Em A hora do pesadelo, Freddy Kruegger é um maníaco assassino de crianças que usa uma luva contendo navalhas nas pontas dos dedos. Após morrer queimado numa vingança dos pais das crianças que ele matou, Freddy não vai para o inferno. Ao contrário ele consegue habitar o universo dos sonhos. Então ele se aproveita deste poder para causar verdadeiras chacinas em adolescentes (filhos dos caras que botaram fogo nele).


    Uma Odisséia no Espaço



    Embora não seja um filme feito nos anos 80, foi nessa época que tive contato com a obra prima de Stanley Kubrick. Um filme muito bom, que tem um dos inícios mais espetaculares do cinema, além de cenas fantásticas. Mas quando vi pela primeira vez eu achei chato. Parado e sem graça. Na verdade, eu não tinha ainda a maturidade para perceber a obra como deveria. Anos depois eu revi e realmente descobri o filme. Na história, uma estação espacial nas proximidades de Júpiter controlada por um computador chamado HAL 9000 é o lar de dois astronautas que seguem em missão de desvendar misterioso monolitos negros, supostamente criados por uma entidade alienígena. No meio da viagem HAL9000 surta. è muito bom. Inacreditavelmente bem feito para o ano de produção, 1968. Os avanços nos efeitos especiais obtidos com 2001 ajudaram muito a George Lucas conseguir produzir Star Wars.


    Cobra –



    Outro estilo que se popularizou muito nos anos 80 e 90 foram os filmes de machões durões violentos, que resolviam tudo na pedagogia do cascudo, explosão e tiro.
    Desses muitos filmes ganharam destaque. Cobra foi um deles. No filme, Cobra é o apelido de Marion Cobretti, personagem do Sylvester Stallone. Cobra é um policial indicado para todos os serviços considerados de alto risco ou impossíveis, mantendo sempre viva a tradição do Esquadrão Zumbi, “os últimos da lista”, especializados em fazer serviços que ninguém mais quer fazer. Quando um assassino começa a cometer crimes na cidade, Cobra é chamado para detê-lo e para proteger suas futuras vítimas, como a linda modelo Ingrid.


    A fuga de Nova York



    Homônimo do personagem de Stallone, dessa vez é Kurt Russel que interpreta o famoso Cobra Plissken, um cara da linha “Fodão inclemente que explode tudo pela frente”.
    N ahistória, em 1997 Nova Iorque se tornou um lugar tão cheio de marginais que o governo dos EUA cercou a cidade e tornou a mesma um gigantesco presídio. Agora uma prisão de segurança máxima, onde estão os piores criminosos. Se fugir de lá é impossível entrar é no mínimo insano, mas quando o avião do Presidente cai em Manhattan, é oferecida a liberdade ao Cobra Plissken, para resgatar o presidente. Para garantir que Cobra cumpra o acordo, é injetado um veneno em seu sangue, de modo que se não retornar no prazo estabelecido com o presidente, não receberá o antídoto.

    Mulher nota 1000 -


    Dois nerds babacas resolvem passar o tempo construindo o que seria pra eles, a mulher perfeita. Naquele tempo o computador era uma realidade distante de 99,9% da população mundial e isso explica a viagem do cara escanear fotos de paginas da playboy e uma mulher “3d” no computador ir se ajustando às imagens. A ***** toda acontece quando um raio cai na casa bem na hora que eles estavam mandando gerar a mulher e magicamente, uma suuuuper gostosona (Kelly LeBrock)aparece na casa cheia de amor pra dar.Eu olhava para o meu Solution 16 e pensava: Porra, por que não chove? Destaque para as cuecas na cabeça durante o ritual de criação.


    Curto Circuito


    Um robô chamado Jonny 5 leva uma descarga elétrica e fica inteligente. Daí ele escapa do laboratório e começa a fazer um monte de loucuras pela cidade com a ajuda de uma moça bonita.


    Hellraiser – Renascido do inferno


    Este é um filme de terror baseado na obra de Clive Barker, dirigido pelo próprio. O personagem central (na minha opinião) é o cenobita chamado Pinhead. O filme teve sete sequencias, mostrando seu grande sucesso. Em termos de terror, ele nunca me deu medo, mas é interessante na medida em que parte da premissa ancestral do mito de pandora.
    O filme começa com um cara comprando num antiquário um tipo cubo metálico. É uma espécie de quebra-cabeças antigo, e segundo a lenda, este cubo é capaz de abrir uma passagem para um reino de prazer sensual inimaginável. Em troca do prazer, o cubo exige a alma do usuário. A história é enorme, mas posso dizer que logo de cara o sujeito resolve o enigma e vai para o tal mundo de “prazeres além da compreensão” que é povoado por monstros deformados chamados “Cenobitas” para os quais o conceito de “prazeres além da compreensão” são a dor e a mutilação dos corpos. Resumindo, o cara se ferra de verde e amarelo. Posteriormente ele consegue fugir do inferno e o filme se desenrola…


    Porkys -


    Muito bom. Pra mim Porkys é o precursor da linha de filmes do tipo American Pie. Um bando de adolescentes querendo transar. Porkys é excelente e pra época era bem pesadinho. Só passava tarde da noite. Lembra da mulher Lessie que uivava quando chegava ao clímax? (é a mais saidinha das moças do Sex and the city, porém muito mais nova, muito mais gostosa e tão safada quanto) A cena inesquecível é a do final, com a treinadora gorda e baranga tentando agarrar o bilau do Biff.


    O último Dragão-


    papagaiada que imitava os filmes do bruce lee, mas no bronx, bairro negro e pobre de Nova York. No filme um jovem chamado “bruce leeroy” luta com um sujeito alto forte e mau, que vive perguntando q”quem é o mestre???” Destaque para a cena mais mentirosa do mundo. Bruce Leeroy pega uma bala de revóver com os dentes. E ela ainda dá o batido brilhinho e o barulhinho: tííím.
    o imortal Sho'nuff, o shogun do Harlem!


    Highlander -


    Calma. Pára tudo! Highlander merece um destaque nessa joça. O filme é foda, o roteiro ultra-mega-fucking foda e a interpretação… Bem é querer demais, né? O melhor do filme é o Juan Sancho Villa Lobos Ramirez, interpretado pelo eterno James Bond Sean Connery. Mas até que o Mcleod não vai tão mal. O maior problema de highlander é o segundo filme. Tão ruim ,as tão ruim que eu considero ele o pior filme de todos os tempos. os caras tentaram matar o filme explicando o motivo dos imortais como seres de outro planeta… Trevas! Mas não há como negar que highlander 1 seja um filme fora de série, até porque ele foi criado como exercício num curso de roteiro. Era pra ser um exercício de fim de semana, mas de cara o maluco mandou ver e saiu o Highlander. Não é atôa que virou franquia e série. Isso sem mencionar a musica do Queen, que parece até feita sob medida. Para quem curte colecionar espadas como eu… Já viu, né? Panquei. Só pode haver um!!!!


    Indiana Jones -


    Indiana Jones foi um marco dos anos 80. Os melhores filmes (todo menos o último) passaram na Sessão da Tarde. O meu preferido é “a última cruzada” mas devo reconhecer que o que marcou os meus anos 80 foi Indiana Jones e a arca da aliança, com os nazistas derretendo feito picolé.


    Star Wars -


    Não preciso falar muito. Só que eu gostava MUUUUITO MAIS da dublagem dos anos 80 do Darth vader, quando ele tinha aquela voz cibernética sinistra. Lembra?


    Predador –


    Aqui está Arnold de novo. Metendo a porrada como semprem, e dessa vez num cara à sua altura. Só que bem mais feio. O bicho tinha uma boca ginecológica, usava dreadlocks e ficava invisível. Ele era de outro planeta e estava aqui por uma razão simples: Caçar humanos. Filmaço.


    O grande dragão branco -


    Lembra desse? Nos anos 80 os filmes de porrada iam se superando sistematicamente. Surgiu Van Damme e sua linha de filmes sempre iguais. (tipo os do Steven Seagal) Mas o último dragão branco foi um marco. Pelo menos pra mim. Lembro claramente de quase rasgar minha bolsa escrotal tentando abrir o espaguete entre duas cadeiras para mostrar que eu também era um saco de pancada. (é nesse que ele quebra a palmeira no bico?)


    MadMax -


    Muito bom. Um clássico. Também virou franquia porque era bom.


    Rambo -


    Rambo 1 é engraçado. Ele é totalmente diferente do resto da franquia Rambo. Parece até outro filme. Embora eu me amarre no rambo soldado da franquia, o rambo 1 que é um ex combatente meio sequelado sendo perseguido por um cherife babaca é um **** filmaço com o Stallone mostrando que é bom ator. Ele já tinha feito isso em Rocky, um lutador -onde além de bom ator mostrou que era bom autor.


    Comando para matar -


    Bandidos sequestram a filha de quem? Quem? Arnold! Está pronto o roteiro do filme que é tiro e porrada pra tudo que é lado. Muito bom. Cena inesquecível aquela do lança foguetes virado pro lado errado.

    continua...
    Última edição por Snake Plissken; 30-01-11 às 22:48.
    i5-760 + Spire TherMax Eclipse II@ 4.1GHz // MSi P55-GD65 // 4x2GB Dominator 1600MHz //GTX670 Windforce X3 // HD: 1Tb + 500Gb + 80Gb // XFX PRO 650 XXX Edition // Creative X-FI Tinanium SB0880 + Creative Tactic3D Sigma // HAF 922+ Sentry 2 // CM Quick Fire TK + CM Storm Sentinel Advance // Windows 7 HP 64bits / LG E2260
    Viva cada dia como se fosse o ultimo, mas um dia você acerta!
    Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.



  2. #2
    Data de Ingresso
    Dec 2008
    Localização
    Hell cife - PE
    Posts
    2.595
    American Ninja –


    Bonecos de porcelana usados por traficando ópio? Soldados mercenarios nas Filipenas? Seja qual for, todo motivo é um bom motivo para o american ninja entrar em ação. Nos anos 80 ser ninja era uma forma de garantir sua “fodicidade”. Eu pensei seriamente em virar um ninja. Comprei um nunchaku e uma estrela ninja. Ambas as armas foram apreendidas pela inspetora do colégio. E eu tive que me resignar em ser apenas um psiconerd.


    Nas minas do rei Salomão -


    Este era um tipo de Indiana Jones de produção mais humilde, com um cara que não lembro o nome. Mas tinha o resto todo, templos, armadilhas, perseguições na floresta, índios e vulcões surgindo do nada. Coisas desabando e pessoas pulando do alto de penhascos em riozinhos. Típico filme de aventura. Tem também na mesma linha o Tudo por uma esmeralda


    Poltergeist, o fenômeno


    Um filme excelente que dá um medinho legalzinho em alguns momentos. No filme, uma familia se muda para uma casa construída sobre um antigo cemitério indígena. este é o mote para estranhas situações que aterrorizam a família. A coisa fica grave quando os espíritos malignos levam a filha do casal para uma outra realidade. Bons efeitos e boa direção.


    Um dia a casa cai -


    Tá aí mais um òtimo filme com o Tom Hanks. Porra, impressionante. Se é anos 80 ou era estrelado pelo Arnold, pelo Tom Cruise, pelo Eddie Murphy ou pelo Tom Hanks! Trata-se da hist´pria de um casal que se muda para uma casa antiga que vive dando problemas. Os problemas vão se agravando quando as reformas no imóvel começam. Muito bom. O melhor ator do filme, é seguramente a casa.


    Colheita Maldita


    É um filme de terror baseado no conto de Stephen King, que tem o mesmo nome do filme. Na história do filme há uma entidade demoníaca referida como “Aquele Que Anda Por Detrás das Fileiras”, o qual alicia as crianças da cidade para ritualisticamente assassinarem todos os adultos para assegurar uma colheita de milho adequada. Lembro que quando vi este filme, eu achei ele meio tosco e me surpreendeu o alcance que a obra obteve nos cinemas. Tornou-se cult e hoje já conta com vários remakes e continuações.


    O cadillac Azul
    -


    Um filme fenomenal. Roteiro priomoroso. Este é aquele em que um pai idoso pede aos três filhos que atravessem os EUA para trazerem pra a mãe deles, no dia do aniversário um raro cadillac azul. Na viagem os três tem que levar o carro (dentro dele) até a Flórida. Os filhos que já não se falavam e vivem às turras resolvem atender ao desejo do pai e fazem a viagem. Gradualmente eles passam por um bilhão e meio de rolos e confusões… resultando na destruição total do carro. O final é magistral. E eu não vou contar.


    Dirty Dancing, Ritimo quente -


    Filmes de dança marcaram os anos 80. Nessa linha estão clássicos eternos como Flashdance (música ótima) e Footloose. Eles provavelmente eram algum tipo de sinal harmônico de filmes-musicais da década anterior como Grease e Embalos de sabado à noite, com o dançarinator John Travolta.Nos anos 80 teve também o “lambada! A dança proibida“… Lembra disso?


    Superman


    Eu adorava os filmes do Super Homem. Nunca houve um Kal El como Christopher Reeve. Durante a década de 80 os filmes de Richard Donner surgiram, levando legiões aos cinemas. A franquia do homem de aço estreou em 1978 e se estendeu em outros filmes até 1987. Eu amava aquela joça. Até hoje me arrepio com a musica. Superman tem o mérito técnico de ter impactado o cinema com um incremento na tecnologia do chroma key, algo que afeta as produções audiovisuais até os dias atuais. A qualidade ao longo da serie decaiu sinistramente, até literalmente matar a franquia com o episódio IV.


    E.T. O extraterrestre


    Uma das melhores obras que o cinema blockbuster trouxe nos anos 80. Um filme de 1982, Et foi um dos maiores sucesso de bilheteria da história do cinema. A história é simples, sem deixar de ser poderosa. Na trama, um alien é esquecida na Terra e faz amizade com um terráqueo, que tenta ajudar a criatura a voltar para casa. Para atrapalhar, o governo americano quer ficar com a pobre criatura. O filme é lindo e me lembro de ter visto no cinema. No fim havia centenas de pessoas chorando. ET é tão bom que está em sexto lugar na lista dos 100 melhores filmes de todos os tempos, uma lista elaborada pelo American Film Institute.
    Uma curiosidade que pouca gente sabe é que o tal comunicador construído pelo alien no filme, usando telefones e quinquilharias diversas da época, como uma sombrinha, realmente funcionava e foi desenvolvido para o filme por um especialista em tecnologia.


    A mosca


    Um remake do sucesso dos filmes B da década de 50, A mosca conta a história de um cientista que após desenvolver o revolucionário sistema de tele-transporte acaba se submetendo ao experimento. O que ele não sabia é que sem perceber uma mosca entrou com ele na cabine. Após ser desmaterializado na primeira cabine e rematerializado na segunda, o DNA dele se mistura com o do inseto e gradualmente, ao longo do decorrer do resto da película, vemos o cientista sofrer grotescas mutações até se tornar um misto de monstro e mosca gigante. Um dos sucessos mais nojentos do cinema. Recomendo!


    A volta dos mortos vivos


    Falando em filme nojento, me veio a mente este outro clássico dos anos 80. A década de 80 foi a década do zumbi mais do que qualquer outra. Foi nessa época que Michael Jackson gravou o sensacional clipe Thriller no qual dançava com pessoas em decomposição saídas dos túmulos. Mas enquanto o clipe de Michael é aclamado como uma das grandes genialidades da musica e video, a volta dos mortos vivos é considerado um cult trash pelos colecionadores e apreciadores do gênero. No filme, após o vazamento de um gás proveniente de um tambor de pesquisas militares escondido no porão de um necrotério, milhares de mortos levantam-se das sepulturas e começam a aterrorizar uma cidade. Posteriormente, um sem fim de filmes de zumbis surgiu. Alguns mais sérios que outros.


    Footloose


    Adivinha só como começa este filme? Isso mesmo, mermão: Um cara se muda da cidade grande para uma cidade do interior. Ao que parece este era o mote preferido nos anos 80.
    Em Footloose, ritmo louco, Ren McCormick é um rapaz criado na cidade grande que se muda para uma cidade pequena do interior. Disposto a organizar um baile de formatura, Ren acaba descobrindo que dançar não é permitido na cidade. Apaixonado por música, Ren decide lutar pela restauração da dança na cidade e, em meio a isso, acaba conquistando o coração de Ariel Moore. Entretanto, Ariel é a filha do conservador reverendo Shaw Moore, responsável pelo banimento da dança na cidade, em virtude da morte de seu filho. O melhor do filme fica no final, quando todo mundo cai na dança. A musica marcou a época e até hoje toca no final de festa de casamento para as tiazonas tirarem os sapatos de salto e já mamadas de champanhe até o talo, se esculhambarem na pista.


    Corra que a polícia vem aí


    Um ícone do humor,leslie Nielsen vive o policial atrapalhado Frank Drebin , que deve impedir o assassinato da Rainha Elizabeth II , planejado por Vincent Ludwig, um magnata que fez lavagem cerebral em um jogador de baseball, para que ele cometa o crime. No meio de toda essa confusão, ele se apaixona por uma das integrantes do bando de Vincent, que fica incumbida de atraí-lo a uma cilada. E eles acabam vivendo uma louca e estranha história de amor.
    Repleto de referências a outros grandes filmes, principalmente do sistema noir de contar histórias, percebe-se todo um charme e cuidado ao se construir tudo no filme, principalmente nos quesitos enquadramento, música e iluminação.


    Blade Runner


    Um clássico entre os maiores clássicos da ficção científica. Considerado um dos melhores filmes noir, mesmo que se passando no futuro, Blade Runner conta uma história inspirada num romance de Philip K. D. (ei, calma aí! Eu conheço alguém com este nome!!!)
    Hehehe, o filme baseado na obra de Philip K. Dick, grande gênio da ficção científica, descreve um futuro em que a humanidade inicia a colonização espacial, para o que cria seres geneticamente alterados – replicantes – utilizados em tarefas pesadas, perigosas ou degradantes nas novas colônias. Fabricados pela Tyrell Corporation como sendo “mais humanos que os humanos”, os modelos Nexus-6 são fisicamente idênticos aos humanos, mas são mais fortes e ágeis. Devido a problemas de instabilidade emocional e reduzida empatia, os replicantes são sujeitos a um desenvolvimento agressivo, pelo que o seu período de vida é limitado a quatro anos.
    Após uma rebelião, a presença dos replicantes na Terra é proibida, sendo criada uma força policial especial - blade runners — para os caçar e “aposentar” (matar). O filme relata como um ex-blade runner – Deckard – é levado a voltar à ativa para caçar um grupo de replicantes que se rebelou e veio para a Terra à procura do seu criador, para tentar aumentar o seu período de vida e escapar da morte que se aproxima.
    Ao visitar Tyrell, o criador dos replicantes, Deckard conhece sua jovem assistente Rachael, que ignora o fato de que também ela é uma replicante. Rachael tem todas as memórias de uma sobrinha de Tyrell, e apoiada em suas memórias não consegue acreditar que é uma replicante. A cena em que ela é submetida a um teste Voight-Kampff e se convence desse fato é uma das mais comoventes do filme, e levanta questões filosóficas importantes. O policial Deckard se sente atraído por Rachael, sua fragilidade e sensibilidade, e se envolve com ela.
    Um a um os replicantes são caçados, e ao longo do filme parecem adquirir características humanas, enquanto os verdadeiros humanos que os caçam parecem adquirir, cada vez mais, características desumanas. Ao fim, as questões que afligem os replicantes acabam se tornando as mesmas que afligem os humanos.
    Além do visual futurista criado por Sy Mead, a trilha sonora do Vangelis ajudou muito este filme a ser o que é. A musica é SENSACIONAL!


    O exterminador do futuro


    Este filme é uma sensacional história de ficção científica que inicia-se no futuro pós apocalíptico quando as maquinas dominaram a terra e impuseram uma guerra contra os seres humanos. As máquinas decidem então enviar ao passado um robô assassino para matar a mãe do líder da resistência e assim assegurar que ele não venha a existir. Descobrindo o plano das maquinas, os humanos também enviam um humano ao passado para ajudar a jovem a escapar do robô implacável. É um filme muito bom que superou as expectativas na época de seu lançamento. O público se assustou ao ver que o robô não parava de perseguir Sarah Connor nem após explodir num caminhão de combustível. O filme acabou gerando uma franquia com quatro outras continuações, que apenas complexificaram ainda mais a história.


    Platoon


    Em 1986 Oliver Stone mexeu na ferida norte-americana (que nunca cicatriza) da guerra do Vietnã. Em Platoon, vemos os horrores da guerra do Vietnã através dos olhos de Chris, um jovem recruta estadunidense que se alista voluntariamente para o combate. Na guerra, o jovem trava contato com os sargentos Barnes e Elias: o primeiro, um assassino brutal e psicopata; e o segundo, um pacifista inteligente e sensível.


    Namorada de aluguel


    Ronald Miller (Dempsey) é um típico nerd. Em determinado momento, ele negocia com uma gatinha muito popular na escola, Cindy Mancini, que tinha danificado o casaco de sua mãe em uma festa. Ronald oferece $1.000 de suas economias para a compra de um casaco novo em troca de sua companhia por um mês. Cindy, sem opções e relutante concorda em fazê-lo “popular”, fingindo ser sua namorada. Ambos concordam em nunca revelar o pacto.
    Ronald então, troca seus amigos nerds e leais pelos estudantes ditos populares e entra em completa mudança de estilo na direção de Cindy. Durante este mês, os dois descobrem que as individualidades de cada um são muito próximas. Cindy começa a ficar com ciúmes quando vê Ronald saindo com suas amigas Barbara e Patty. Quando o mês termina, Ronald e Cindy terminam o “namoro” de maneira dramática dentro da escola.
    Ronald continua sua vida “popular”. Na festa de Ano Novo, Cindy termina brutalmente seu namoro com um ex-estudante quando este descobre sobre seu relacionamento com Ronald. Nervosa e frustrada, Cindy conta a todos na festa a verdade sobre seu relacionamento com Ronald e as mudanças do rapaz. Cindy faz com que todos, até mesmo a turma nerd se afaste de Ronald.
    Ronald sofre muito com seu isolamento social; entretanto, chega o momento de redenção quando Ronald defende um nerd de um dos rapazes populares. Ronald argumenta que eles todos eram amigos e de repente se dividiram entre duas turmas. Cindy reconhece a sinceridade de Ronald e os dois se reconciliam quando Cindy opta por ficar na garupa do cortador de grama do rapaz ao invés de sair com seus amigos. Os dois se beijam num final feliz.


    Rocky


    Em minha opinião, Rocky é o melhor filme de luta que o cinema americano já fez. É a história de um pobre lutador de categoria baixa que acaba sendo convidado pelo detentor do cinturão de peso pesado para uma luta. Para se preparar para a luta, Rocky treina com o ex-lutador Mickey Goldmill, enquanto o seu melhor amigo, Paulie, um trabalhador de frigorífico, o deixa praticar socos nas carcaças penduradas no freezer. Durante o treino, Rocky sai em encontro com a irmã quieta do Paulie, Adrian. Na noite anterior à luta, Rocky confessa para Adrian que ele não espera derrotar Creed, e tudo que ele quer fazer é aguentar os 15 rounds contra ele (o número típico de rounds do boxe daquela época) Creed inicialmente não leva a luta à sério, mas Rocky inesperadamente derruba-o no primeiro round e a partida se torna intensa. A luta dura realmente 15 rounds, com cada lutador sofrendo grandes machucados. Depois da luta, Rocky chama por Adrian, que corre até o ringue. Enquanto Creed é anunciado como vencedor por uma decisão apertada, Adrian e Rocky se abraçam e declaram o amor um para o outro. Uma coisa que Rocky tem de muito bom é a musica, uma obra prima de Bill Conti. A franquia deu certo e se estendeu por nada menos que seis filmes.


    Tubarão


    Spielberg flertou com o suspense e uma dose (pequena) de terror ao criar Tubarão. O filme é de 1975, mas se manteve em exibição por toda as décadas de 80 e 90 em diferentes canais de tv. Este foi outro sucesso de bilheterias de Spielberg, que teve uma produção muito intensa nesta década. Como todo sucesso que acontecia nos anos 80, Tubarão virou franquia e se estendeu por mais quatro filmes. Parte do sucesso pode ser creditada a musica de John Williams. No primeiro filme, uma garota é encontrada morta na beira da praia, possivelmente por um ataque de tubarão.O xerife tenta fechar a praia mas por estar perto do dia 4 de junho (o dia que dar mais lucro na cidade) o prefeito não permite, pois vai criar pânico na população. Só quando uma criança é morta e o tubarão é caçado por todos os pescadores pela recompensa. Brody chama um especialista em tubarões e diz que os atques é de um tubarão branco. Pescadores pegam um tubarão, mas o tal tubarão era um tubarão tigre.Brody,Quint(um caçador de tubarões) e o especialista no assunto decidem matar o tubarão. As melhores cenas se desenrolam no barco de pesca no meio do oceano. O tubarão é uma besta gigantesca e faminta e quase leva a melhor sobre eles. Depois de ver este filme eu adquiri um cagaço crônico de mergulhar em águas profundas. O tal cagaço do monstro de Speilberg perdura até hoje. Mal eu entro na água minha mente já me sabota tocando os acordes de Williams: Tarã… tarã… tarã…


    O Vingador do Futuro



    Na virada de 1990 surgiu este filme com Arnold Shwarzenegger no papel de Douglas Quaid. O ano era 2084, e o operário Douglas “Doug” Quaid recorre a um implante de memória, para poder simular uma viagem a Marte, já que sua esposa não concordava com uma viagem real. Mas algo sai errado e ele começa a se lembrar de quem realmente era e de fatos que, até então, desconhecia. Perseguido por visões de Marte, resolve ir até lá para conseguir respostas sobre seu passado e é perseguido por Lori, que ele pensava ser sua mulher. Ao chegar em Marte, une-se a um grupo de rebeldes que lutam contra uma corporação que quer dominar o planeta e, consequentemente, dominar o mercado de minério na Terra. Esses rebeldes conhecem o passado de Douglas “Doug” Quaid e ajudam-no a conhecer o verdadeiro propósito das visões e sonhos que o mesmo tem. Assim, torna-se a única esperança de vitória dos habitantes locais. O filme conta com bons efeitos visuais e teve a ajuda da NASA para criar as paisagens marcianas.


    Crocodilo Dundee


    Crocodile Dundee, é um caçador de crocodilos de um lugar isolado da Austrália. Casualmente chegam notícias sobre ele aos Estados Unidos e um periódico de Nova Iorque decide enviar uma periodista, para realizar uma reportagem sobre este exótico personagem. Finalmente a filha do editor, Sue Charlton, é escolhida para realizar a reportagem. Depois de enviar várias reportagens sobre Dundee ao periódico, e visto o êxito que teve, decide levá-lo a Nova Iorque para o público o conhecer melhor. Na grande cidade tudo resulta em novo e estranho para o exótico caçador australiano, que estava acostumado a viver sem ninguém da comunidade que a grande cidade tem. Entre Dundee e Sue irá surgir sentimentos que acabam em uma história de amor; sendo que Sue já tem um noivo na cidade. A melhor cena é a que o cara tenta assaltar Crocodilo Dundee com um estilete e o caçador de feras australiano saca sua mega-peixeira de fazer tremer até o Jason.


    Howard, o Pato


    No filme, Howard, é um pato alienígena que foi atingido em seu planeta por um raio laser disparado por uma máquina experimental construída em nosso mundo.
    Ele é trazido, através do raio, para a cidade de Cleveland, nos Estados Unidos. Lá, ele conhece uma garota chamada Beverly Switzler, que se torna sua única amiga.
    Howard precisa, então, tentar se adaptar à difícil vida e costumes locais. As coisas pioram ainda mais quando descobrem que, juntamente com ele, outro alienígena, chamado Dark Overlord of the Universe, foi trazido pelo raio e tem como objetivo dominar nosso mundo. Howard o pato foi muito mal recebido pela critica e me lemnbro que quando passou na Tv só as crianças pequenas gostaram.


    Esqueceram de mim


    Lançado em 1990, “Esqueceram de mim” conta a história de a história de Kevin, um garoto de oito anos, esquecido em casa pela família às vesperas de uma viagem para Paris na época doNatal. Kevin passa a administrar a casa do seu jeito. Então, entra em cena uma dupla de meliantes, Harry e Marv, que planeja roubar a mansão. Porém, os bandidos não contavam com a esperteza do garoto, que os obriga a cair em várias armadilhas.


    A dama de vermelho


    Com uma trilha sonora de Stevie Wonder, “A dama de Vermelho” conta a vida do executivo Teddy Pierce, que sempre andou na linha… até conhecer a dama de vermelho. Com pernas maravilhosas e um estilo de arrasar, a sexy Charlotte é tudo aquilo que a fantasia ousa imaginar. Teddy está fadado a se encrencar, após ter decidido ceder, só esta única vez, à tentação, e ele está ansioso pelo momento mais romântico de sua vida. Mas o que Teddy não pode antever são as hilárias complicações que ocorrem quando seus amigos, sua secretária e o marido de Charlotte se envolvem na história.


    Flashdance


    Na linha clássica das histórias de amor que ficaram marcadas por momentos únicos do cinema e também pelas canções fenomenais que emolduraram-nas, Flashdance se destaca no panorama dos musicais românticos. No filme, uma bela moça pobre divide seus dias entre a profissão de soldadora numa metalúrgica e as noites como dançarina numa boate de strippers. Ela se apaixona por um homem bonitão que é seu chefe e vive um tórrido caso de paixão com ele. A cena mais famosa é a que a jovem se submete ao rigoroso teste para poder integrar uma trupe de ballet e realizar seu sonho de virar bailarina profissional. O filme levou o oscar de melhor canção original por sua trilha sonora e ainda ganhou quatro outras indicações. Este romance é um dos mais lembrados filmes da década de 80.


    Banana Joe e outros filmes de Budd Spencer e Terence Hill


    Quem não se lembra dos classicos filmes de Bud Spencer e Terence Hill? De filmes de faroeste a comédias policiais os dois faziam de tudo. Uma constante em sua parceria é que os filmes geralmente eram marcados por franca pancadaria e tapaços nas fuças dos inimigos. Explosões e confusões com comida voando para todos os lados eram lugar comum em seus filmes.


    Robocop – o policial do futuro


    Robocop é produto de uma experiência da corporação OCP para combater o crime organizado que se alastra por uma Detroit do futuro. Usando um robô que é parte humano, um ex policial que fora chacinado pelos bandidos, a OCP construiu o protótipo do que poderia ser um policial futurista. Robocop vai atrás dos inimigos e gradualmente se humaniza ao longo do filme. Lembranças de sua vida anterior começam a surgir em sua mente eletrônica e ele tem dificuldade para lidar com os sentimentos. Com a ajuda da policial Murphy, Robocop começa a limpar a cidade dos maus elementos. E também se vinga dos que o mataram. O filme deu certo e virou franquia, gerando dois outros filmes, todos de qualidade inferior ao primeiro, além de quadrinhos, videogames e desenhos animados. O filme original se tornou cult.


    Batman

    Eu me lembro da fila gigantesca que se formou para ver a estréia de Batman. Estreou em 1989, dirigido por Tim Burton, com o aclamado Jack Nicholson como coringa e contando com a Kim Bassinger e Michael Keaton no papel do herói. Até então, não havia nada que se comparasse ao Batman das telas e a galera se amarrou no visual do morcegão. O fime levou até um oscar de melhor direção de arte.


    O ataque dos vermes malditos


    Eu acho que este filme era pra ser tipo um filme “b”, mas por alguma razão, deu certo e graças a isso ganhou três continuações e uma série de Tv. No filme, uma cidade chamada Perfeição, já decadente e esquecida no meio do deserto de Nevada, tem entre seus últimos dez habitantes, Val McKee. Os poucos humanos que restam no lugar terão que lutar pela sua sobrevivência, quando a cidade passa a ser atacada por enormes monstros carnívoros, fedidos, gigantes e com tentáculos na boca que eclodem do chão. Para tentarem sobreviver não podem pisar o chão porque os monstros sao minhocas gigantes que andam debaixo do solo.


    Top Secret!


    Nick Rivers é um cantor americano que vai até a antiga Alemanha para participar de um show que unirá vários talentos mundiais. Só que, na verdade, esse show serve como pano de fundo contra um ataque à submarinos aliados. Durante a confusão, ele conhece e se apaixona por Hillary Flammond, uma das pessoas que faz a Resistência Francesa. Um filme muito engraçado, cheio de maluquices e non sense.


    Willow na terra da magia


    Willow Ufgood é um anão e aprendiz de mágico que conta com a ajuda de Madmartigan, um exímio espadachim, numa guerra contra feiticeiros e monstros. Juntos eles terão de vencer todos esses seres para salvar um bebê (que mais tarde será princesa) das mãos de uma terrível rainha, Bavmorda. Bavmorda usa de magia negra para controlar o reino e teme a criança, pois uma profecia diz que será o motivo de sua derrota.


    Crepúsculo de aço

    Num mundo pós-apocalíptico, um guerreiro que vagueia pelo deserto encontra um grupo de colonos que estão sendo ameaçados por uma gangue assassina que está atrás da água que eles controlam.


    Falcão- campeão dos campeões


    De 1987, o filme conta a história de Lincoln Falcão (Sylvester Stallone). Ele é um caminhoneiro solitário em que ganha sua vida fazendo entregas pelo Estados Unidos da América em seu caminhão velho. Falcão como sempre é chamado, abandonou sua família por intermédio de seu sogro o Sr. Cuttler, pois sempre dizia que ele não prestava. Ao receber noticias de que sua ex-esposa esta com uma doença maléfica e a pedido da mesma, Falcão tem o difícil dever de conquistar a confiança e o amor de seu filho, que ele abandonou ainda pequeno. Em uma viagem de três dias para a Las Vegas Falcão realmente se mostrou quem era e demonstrou o que realmente sabia fazer de melhor, e colocou sua velha pratica em ação, a queda-de-braço. Com o passar do trajeto Lincoln foi ganhando a confiança de seu filho e em seu destino teria o campeonato mundial de queda-de-braço. Chegando a Las Vegas Falcão vende seu caminhão para inverter em aposto nele mesmo. Depois de muito esforço para chegar a final Lincoln tem o difícil trabalho de ganhar do campeão Bull Harley e ganhar o premio do torneio um caminhão novinho. Desse modo Falcão e seu filho podem recomeçar suas vidas, unidos o que é mais importante e esperado.


    Gotcha, uma arma do barulho


    Este filme é um clássico da sessão da tarde. Gotcha conta a aventura de um jovem estudante seduzido por misteriosa mulher que envolve-se em trama de espionagem na Alemanha Oriental.


    Os heróis não tem idade


    Thomas, o garotinho que ficava amigo de um extraterrestre em ”E.T.”, aqui mais crescidinho e envolvendo-se numa aventura de espionagem e assassinato quando descobre projetos secretos do governo gravados num jogo de videogame. O roteiro é assinado por Tom Holland, que dirigiu o primeiro ”Brinquedo Assassino”, de 1988.


    Tartarugas ninja


    Este filme saiu em 1990 e foi um dos filmes de maior faturamento na história do cinema. Ele custou 13 milhões e faturou mais de cem milhões. Baseado nos personagens de quadrinhos, as tartarugas ninja salvam a repórter April O’Neil de bandidos, enquanto que o Clan Foot, liderado pelo Destruidor levantam uma onda de crimes na cidade de Nova York. Posteriormente, outros 3 filmes com os personagens surgiram.


    Os eleitos


    O filme é uma adaptação para o cinema do livro homônimo de Tom Wolfe de 1979, sobre os pilotos de teste que foram envolvidos na pesquisa aeronáutica de alta velocidade na Edwards Air Force Base, bem como aqueles que foram selecionados para serem astronautas do Projeto Mercury, a primeira tentativa de voo espacial tripulado dos Estados Unidos. A história contrasta os Mercury Seven e suas famílias com os pilotos de testes, como Chuck Yeager, que foi considerado por muitos contemporâneos, como o melhor de todos eles, mas que nunca foi selecionado como um astronauta. Os Mercury Seven foram Scott Carpenter, Gordon Cooper, John Glenn, Gus Grissom, Wally Schirra, Alan Shepard e Deke Slayton.


    __________________________________________________ _________________________________


    É isso ai pessoal, pena que hoje em dia não se fazem mais filmes bons como antes, agradeço a Deus por ter nascido nessa época, onde se passavam boas coisas na TV e bricavamos de Pipa, Pião e Bola de Gude e outra coisas mais que não femos nas crianças de hoje em dias.
    Última edição por Snake Plissken; 30-01-11 às 23:45.
    i5-760 + Spire TherMax Eclipse II@ 4.1GHz // MSi P55-GD65 // 4x2GB Dominator 1600MHz //GTX670 Windforce X3 // HD: 1Tb + 500Gb + 80Gb // XFX PRO 650 XXX Edition // Creative X-FI Tinanium SB0880 + Creative Tactic3D Sigma // HAF 922+ Sentry 2 // CM Quick Fire TK + CM Storm Sentinel Advance // Windows 7 HP 64bits / LG E2260
    Viva cada dia como se fosse o ultimo, mas um dia você acerta!
    Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.

  3. #3
    Data de Ingresso
    May 2007
    Localização
    Rj, Duque de Caxias
    Posts
    2.143
    cara nao deu para ler tudo agora mas se nao colocou, coloca ai , the nigh of the living dead 1 e 2 mt foda rs
    Steam: midwayz
    Origin:
    miidwayz


  4. #4
    Data de Ingresso
    Jan 2011
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Posts
    32
    Bela coletania clapclap



    Mas tu tinha que botar lagoa azul?? ehuehueheu teve até um terceiro filme, tem quase um status trash, não me perguntem o porquê rsrsrrs
    leia o meu título de usuário

  5. #5
    Data de Ingresso
    Nov 2004
    Localização
    Brasília-DF
    Posts
    1.837
    Eu passei pelo tópico crente que ia deixar de ver algum que marcou minha infância mas parece que estão todos aí. Sou de 1986 e realmente marcaram época.

  6. #6
    Data de Ingresso
    Dec 2005
    Localização
    Monte Sharp
    Posts
    821
    Bons filmes... muito bons mesmo...


    tah cada vez mas dificil acher filmes bons
    #SeAposentaMauri
    challenger everything
    user com tecnologia Cool'n'Quiet (by AMD)
    Já processou alguem hoje? agradeça um adevogado

  7. #7
    Data de Ingresso
    Dec 2008
    Localização
    Hell cife - PE
    Posts
    2.595
    Citação Postado originalmente por Biq Ver Post
    Bela coletania clapclap



    Mas tu tinha que botar lagoa azul?? ehuehueheu teve até um terceiro filme, tem quase um status trash, não me perguntem o porquê rsrsrrs
    hehehe, não sou fâ deste filme mas quando chegava do colégio e ligava a TV só passava isso, e a minha irmã queria assistir, então acabava assistindo também, já que neste tempo não tinha amizade na rua, então meu melhor amigo é minha irmã naquele tempo e hoje.
    i5-760 + Spire TherMax Eclipse II@ 4.1GHz // MSi P55-GD65 // 4x2GB Dominator 1600MHz //GTX670 Windforce X3 // HD: 1Tb + 500Gb + 80Gb // XFX PRO 650 XXX Edition // Creative X-FI Tinanium SB0880 + Creative Tactic3D Sigma // HAF 922+ Sentry 2 // CM Quick Fire TK + CM Storm Sentinel Advance // Windows 7 HP 64bits / LG E2260
    Viva cada dia como se fosse o ultimo, mas um dia você acerta!
    Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.

  8. #8
    Data de Ingresso
    Dec 2007
    Localização
    Banânia
    Posts
    1.305
    De todos vi boa parte, a maioria são muito bons mesmo, coisa que vc não vê com frequencia ultimamente.
    "Não há futuro para a sociedade baseada no consumo"

  9. #9
    Vi muitos desses filmes e são realmente ótimos, muitos filmes atuais não conseguem chegar aos pés desses

    De volta para o futuro (meu preferido, já assisti a trilogia pelo menos 30 vezes xD), Star Wars, Indiana Jones, Blade Runner, Tira da pesada, Príncipe em NY, Platoon, Grande dragão branco, Caça Fantasmas
    nostalgia demais
    Notebook Clevo P150HM | Core i7 2670QM 2.2GHz | 16GB DDR3 1333MHz | New! nVidia GTX675M | 15.6'' Full HD Matte | 120GB Intel 510 + 750GB HDD | Razer Orochi | PS Vita | PS3 Slim | Galaxy Nexus

    Steam Profile | MyAnimeList Profile | TetrisFriends Profile | PSN ID: Luxw_
    みくみくにしてあげる

  10. #10
    Data de Ingresso
    May 2006
    Localização
    Belo Horizonte
    Posts
    7.392
    Faltaram:

    Os Deuses Devem Estar Loucos I e II


    História do Mundo Parte I


    Pink Floyd The Wall


    Scarface


    Monty Python e o Sentido da Vida


    Amadeus


    Era Uma Vez na América
    Última edição por Taels; 31-01-11 às 00:02.
    Check'em!



Marcadores

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado



  
ANÁLISES Ver lista completa VIDEOS Ver lista completa NOTÍCIAS Ver lista completa COLUNAS
subzero 
kerber 
redacao 
joaogan 
kerber 
Ver lista completa

CANAIS: TECNOLOGIA | TELECOM | INTERNET | SEGURANÇA | GAMES |

SEÇÕES: NOTÍCIAS | REVIEWS | ENTREVISTAS | COLUNISTAS | COBERTURAS | DOWNLOADS | VÍDEOS | PODCAST | ENQUETES | BIBLIOTECA | PROMOÇÕES | FÓRUM | RSS

A EMPRESA | EQUIPE | PARCEIROS | PUBLICIDADE | FALE CONOSCO | CONDIÇÕES DE USO | POLÍTICA DE PRIVACIDADE

COPYRIGHT © 2001 - 2013 ADRENALINE.COM.BR. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. ADRENALINE É UMA MARCA REGISTRADA DA ADRENALINE FRANQUIAS.