Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

InternetSegurança

Ransomware Mamba volta a atacar corporações e um dos alvos é o Brasil

Ransomware Mamba volta a atacar corporações e um dos alvos é o Brasil





Share on Google+

O ransonware Mamba, descoberto ainda em 2016, está voltando a infectar computadores com objetivo de atingir corporações e um dos países alvo do vírus é o Brasil. De acordo com uma publicação no blog Securelist, especialistas de tecnologia estão monitorando ataques contra empresas localizadas aqui no país e na Arábia Saudita. 

Petya destrói os dados do PC sem chance de resgate, mostra análise do código

O ransomware Mamba ficou conhecido no final do ano passado quando atacou a Agência Municipal de Transportes de São Francisco (EUA). Esse ransomware utiliza a ferramenta DiskCryptor que criptografa discos rígidos, partições ou drivers USB. Ele também é capaz de manipular o boot do sistema, tornando impossível a utilização do computador. 

Ransomware: conheça o vírus que sequestra computadores e pede resgate - e está atingindo o Brasil em cheio

Uma vez que o software malicioso é instalado, o sistema é forçado a reiniciar. O malware começa a modificar o Master Boot Record (MBR) e as partições do disco rígido são encriptadas com uma senha. Depois do processo, o sistema reinicia e uma mensagem de resgate aparece para as vítimas:
"Seus arquivos foram encriptados, contate para a chave (Mcrypt2017@yandex.com ou citrix2234@protonmail.com)
Seu ID: 721. 
Enter Key:___"

Infelizmente, ainda não há métodos possíveis para decriptar arquivos ou drives sequestrados pelo Mamba. 


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *