Faz tempo que reclamamos de uma relativa estagnação no mercado de processadores. E a crítica é justa se colocamos em perspectiva o quanto as GPUs evoluíram no mesmo período (2013-2017):

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

R15: Teste modo CPU (multi)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CineBENCH | ] Hardwares Comparados: 2

Intel Core i7-6950X
1786

Intel Core i7-6950X
1786

Intel Core i7-4960X
1075

Intel Core i7-4960X
1075



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Fire Strike (default)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | ] Hardwares Comparados: 2

NVIDIA GeForce GTX 1080
17265

NVIDIA GeForce GTX 1080
17265

NVIDIA GeForce GTX 780
10326

NVIDIA GeForce GTX 780
10326



Bem... visto dessa forma até parece que CPUs e GPUs evoluíram no mesmo ritmo, não é mesmo? Mas quando falamos de games, tem uma especificidade: raramente os jogos se beneficiam de grandes quantidades de núcleos, como acontece com o teste do CineBENCH. Se avaliarmos a performance em um thread, que impacta muito mais em games, a evolução que temos é essa aqui:

 

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

R15: Teste modo CPU (single core)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CineBENCH | ] Hardwares Comparados: 2

Intel Core i7-6950X
149

Intel Core i7-6950X
149

Intel Core i7-4960X
144

Intel Core i7-4960X
144



Então se CPUs não melhoraram muito, dá pra montar um PC com algumas peças mais velinhas e jogar, não é mesmo? Já testamos um extremo nesse vídeo abaixo, onde jogamos com as peças mais velhas que temos disponível aqui no Adrenaline.

Hoje vamos ser mais realistas e falar de algo mais possível do que montar um computador com peças que você nem acha mais à venda. Vai ser uma situação tão verossímil que chega a ser verdade: o Rogério Silva comprou um kit e nos perguntou se dava pra jogar bem nele. Por R$ 430, comprou usado um AMD Phenon II X6 1055T, uma placa-mãe Gigabyte GA-880GM-UD2H, um cooler para a CPU e dois módulos de 2GB de memória RAM, com um total de 4GB. Temos aqui um bom começo para um PC para jogos?

Não temos exatamente esse modelo de Phenon II. O que temos por aqui é o AMD Phenon II X6 1100T, que baixando seu clock de 3.3GHz para os mais modestos 2.8GHz do modelo 1055T, deve nos entregar uma performance semelhante. Começamos nossos testes com 8GB de memória RAM, para ver o quão longe vai o consumo acima dos 4GB presentes no kit do Rogério, e depois também conferimos como ficava jogar com apenas 4GB.

Um detalhe importante, na configuração do Rogério, a mainboard é a Gigabyte GA-880GM-UD2H. Essa é uma placa-mãe com tecnologia SATA II. Não é algo inviável de se usar, mas outro motivo de usarmos outra plataforma é ter ao menos SATA 3 para nos dar mais rapidez no boot do sistema e para abrir os games, algo que definitivamente considero bem-vindo para agilizar os testes.

Gameplay

Configurações usadas:

- CPU AMD Phenom II X6 1100T - Site oficial - Review - 2011
- Placa-mãe Gigabyte GA-890GPA-UD3H - Site oficial - Review - 2010
- RAM: 2x 4GB (8GB) DDR3 1600MHz e 2x 2GB (4GB) DDR3 1333MHz
- Placa de vídeo XFX Radeon HD 7850 Black Ediiton Overclocked DD 2GB - Review - 2012

E aí, vale a pena?

Nesse nosso experimento, tem muita peça de 2010-2012 que "ainda dá um caldo". O Phenom II X6 conseguiu entregar desempenho suficiente para muitos jogos, e considerando que é encontrado por pouco mais de R$ 350 usado, ele tem um custo semelhante ao do FX-6300 entregando um pouco mais de desempenho em nosso testes sintético. Em características gerais, ambos são processadores com seis núcleos e com clock máximo de 3.3GHz. Dependendo do preço que você encontrar, pode compensar pegar uma CPU usada. Se o preço está muito próximo, prefiro ir de FX-6300.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

R15: Teste modo CPU (multi)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CineBENCH | ] Hardwares Comparados: 2

AMD Phenom II X6 1100T BE
499

AMD Phenom II X6 1100T BE
499

AMD FX-6300
421

AMD FX-6300
421



E quanto a GPU? A placa de vídeo Radeon HD 7850 foi o gargalo principal do desempenho nos jogos, forçando o gameplay a algo entre o mínimo e o médio em FullHD, muitas vezes precisando travar a 30FPS, uma experiência próxima a dos consoles. Ela é encontrada usada por R$ 350 a 450, o que coloca ela abaixo dos R$ 500/600 cobrados em placas de entrada como a GTX 1050 e a Radeon RX 460, e cola ela em modelos como a GTX 1030.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Fire Strike (default)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | ] Hardwares Comparados: 3

ZOTAC GeForce GTX 1050 Mini
6542

ZOTAC GeForce GTX 1050 Mini
6542

XFX Radeon HD 7850 Black Edition Overclocked DD
5080

XFX Radeon HD 7850 Black Edition Overclocked DD
5080

NVIDIA GeForce GT 1030
3175

NVIDIA GeForce GT 1030
3175



Nessa situação, prefiro a HD 7850 que uma placa nova, já que não ficou distante de placas bem mais caras. Mas tem um fator importante que entra na conta: a XFX recomenda uma fonte de 500W para acompanhar sua HD 7850, bem mais que os 300W que já lidam com a GTX 1050 e RX 460, por exemplo. Só aí temos uns 50 a 100 reais ao menos de investimento adicional, que acaba encurtando a diferença de custo final entre montar o PC com a HD 7850 e as placas mais modernas. Se o preço está próximo, prefiro as mais eficientes placas atuais.

E a RAM? Esse foi outro ponto crítico do sistema. Em alguns games, ele não representou problema, mas foi abrir um jogo com um mundo um pouco mais amplo, como GTA V, e os 4GB passaram a ser um problema. Isso indica que a maioria dos jogos de mundo aberto ou com cenários muito amplos vão penar em um PC com apenas 4GB de RAM, e que partir para 8GB é a opção mais indicada para garantir que não terá perdas de desempenho por falta de memória. Fizemos nossos testes em memórias DDR3 de 1600MHz, e as memórias DDR2 em 800MHz tendem a agravar a situação.

Dicas do que comprar
É sempre bom pesquisar um pouco antes de fazer a compra de peças usadas mas, para dar uma ajuda aos que estão começando a busca, aqui vão algumas linhas gerais que podem te ajudar a evitar componentes sem desempenho ou recursos indicados para jogos:

CPU
- Não pegue nada com menos de quatro núcleos lógicos (threads), e inclusive é recomendável pegar CPUs com ao menos quatro núcleos físicos (cores).
- Evite CPUs com frequência muito baixa (a maioria dos modelos interessantes possuem 2.8GHz ou mais)

RAM
- Instale ao menos 4GB, sendo que 8GB é um patamar mais indicado

Placa-mãe
- Procure um modelo com ao menos PCIe 2.0
- Evite pegar modelos SATA II, pois limitam a velocidade do HD e tornam o sistema mais lento
- Verifique se a placa possui todas as conexões e tecnologias que você necessita (ethernet, USB, SATA, slots PCIe, etc)

Placa de vídeo
- Pegue um modelo ao menos DX 11, e de preferência uma compatível com DX 12 (Nvidia a partir das GTX 400, AMD a partir da serie 7000)
- 2GB de memória ou mais