Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

InternetSegurança

Dados de 198 milhões de eleitores dos EUA ficam expostos após falha de segurança

Dados de 198 milhões de eleitores dos EUA ficam expostos após falha de segurança







Os dados de 198 milhões de eleitores dos Estados Unidos vazaram por causa de falhas de segurança nos sistemas de uma companhia de análise de dados contratada pelo Partido Republicano. A base de dados da Deep Root Analytics possui 1,1 TB de arquivos com nomes, datas de nascimento, números de telefone e posições políticas das pessoas.

Isso inclui informações de opiniões bastante avançadas, que são usadas pelos grupos políticos para prever as preferências do eleitorado. A base tem a posição dos eleitores sobre legalização do porte de armas, pesquisa com células-tronco e direito ao aborto. Eles ainda têm cadastro de que religião e etnia que imaginam que as pessoas possuem.

Durante as eleições de 2016, o Partido Republicano pagou cerca de US$ 1 milhão pelos dados da Deep Root. Isso inclui um arquivo de 50 GB chamado "Post Elect 2016", que tem dados de prováveis posições dos eleitores em 46 questões diferentes. Elas vão de "o quão provável que tal pessoa vote no Obama em 2012" até se "tal pessoal concorda com a política externa do Trump de 'América Primeiro'", entre outras coisas.

"Nós tomamos total responsabilidade por essa situação", disse o fundador da Deep Root, Alex Lundry, em entrevista ao site Gizmodo. "Desde que esse evento chegou a nossa atenção, nós atualizamos as configurações de acesso e colocamos procolos no lugar para evitar novos acessos".

Os dados ficaram expostos depois que a companhia atualizou suas configurações de segurança no dia 1º de junho. "Baseado nas informações que tivemos até agora, não acreditamos que nossos sistemas foram hackeados", justifica Lundry.

A exposição dos dados foi descoberta no dia 12 de junho pelo analista de risco cibernético Chris Vickery, da companhia UpGuard. Ele estava procurando dados acessíveis publicamente no serviço de nuvem da Amazon, que é onde a base da Deep Root está hospedada. Foi então que descobriu que a base poderia ser acessada por qualquer um com o link para ela.

"Essa informação é valiosa para pessoas que tenham intenções maliciosas", disse Joseph Lorenzo Hall, o chefe de tecnologia do Center for Democracy and Technology.

 


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *