Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

AppleMobileiPhone

Qualcomm está tentando proibir a Apple de vender iPhones nos Estados Unidos

Qualcomm está tentando proibir a Apple de vender iPhones nos Estados Unidos

04/05/2017 15:23 | | @supermognon | Reportar erro







A Qualcomm e a Apple estão prestes a se enfrentar judicialmente mais uma vez, de acordo com o Bloomblerg. Segundo o site, a fabricante de chips vai entrar em contato com a International Trade Comission para impedir que os iPhones sejam vendidos nos Estados Unidos.

De acordo com a fonte próxima da dona do Snapdragon, o objetivo da Qualcomm é fazer com que a comissão de comércio exterior proíba a entrada dos smartphones da Apple no país. Apesar da Apple ser uma das empresas estadunidenses mais famosas no mundo, o iPhone é fabricado na China e só vai para os Estados Unidos quando está pronto para a venda.

Viajante monta um iPhone peça a peça na China

Caso a Qualcomm realmente faça isso e o pedido seja acatado pela ITC, a Apple pode sofrer uma grande queda em suas finanças. Os iPhones são a maior fonte de renda da companhia e, segundo o último relatório da companhia, representam 60% dos ganhos da companhia. Além disso, os Estados Unidos é um dos principais mercados da empresa: além de ser a casa da companhia, o país consome 40% de todos os iPhones vendidos pela Apple.

A possível investida da Qualcomm contra a Apple vem alguns dias após a fabricante de chips acusar a empresa da maçã de um calote bilionário. No dia 28 de abril, a Qualcomm lançou uma nota onde acusa a Apple de não pagar o licenciamento de tecnologias para smartphones.

O processo é consequência de algo que começou lá em janeiro, quando a Apple processou a Qualcomm em US$ 1 bilhão por "exercer um monopólio" sobre as tecnologias de modem dos smartphones e aproveitar sua posição para cobrar taxas injustas e "extorquir" suas parceiras em contratos. A empresa da maçã teria parado de pagar royalties para a Qualcomm, o que causou uma queda de US$ 500 milhões nas expectativas de lucro para o segundo semestre de 2017, de acordo com o relatório da fabricante de chips.

Além das constantes batalhas com a Qualcomm, a Apple também deve enfrentar a Imagination Technologies nos tribunais em breve. A companhia era responsável pela fabricação da GPU do iPhone, mas após um rompimento de contrato e queda de 70% em suas ações, a Imagination acredita que a Apple vai acabar quebrando algumas patentes quando for conceber um novo chip para o seu smartphone.

A Apple e a Qualcomm ainda não se pronunciaram sobre o assunto.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *