Os smartphones possuem as mais diversas especificações que podem classificá-los em nichos: de entrada, intermediário ou topo de linha. Mas o que determina a qual "segmento" o smartphone pertence? Características como resolução de display, quantidade de memória RAM, qualidade da câmera, bateria ou velocidade do clock são a resposta. E tudo isso depende do processador que o dispositivo utiliza.

Por isso, processadores são um componente chave para indicar qual será o desempenho (e o preço) do smartphone. 

Como já comentamos em outros artigos sobre processadores Snapdragon (série 400 e série 600), a Qualcomm é uma das empresas que lidera o mercado de processadores mobile com sua conhecida linha Snapdragon. Cada série (200, 400, 600, 800) possui tecnologias que permitem recursos específicos. Gerações diferentes podem suportar tipos diferentes de conectividade, qualidade gráfica e recursos multitarefa, por exemplo.

CADA SÉRIE (200, 400, 600, 800) POSSUI TECNOLOGIAS QUE PERMITEM RECURSOS ESPECÍFICOS

Recentemente, a Qualcomm optou por chamar o Snapdragon de plataforma, e não apenas processador. Além disso, apenas plataformas premium levarão o nome Snapdragon, enquanto processadores da série 200 serão conhecidos pelo nome Qualcomm Mobile.

Snapdragon série 800

A série 800 é a linha de processadores mais potentes da Qualcomm, se destacando em eficiência energética ainda maior do que a série 600 e alta performance. Outras características dessa série é a possibilidade de novas conexões, como o aguardado 5G, e poder de processamento mobile para aplicações em realidade virtual.

A linha começou em 2013 com a estreia do Snapdragon 800, processador com desempenho 50% superior ao Snapdragon 600. Quando o componente foi lançado, sua principal característica era o baixo consumo de energia e melhor distribuição de calor, fazendo com que o aparelho não esquentasse demais durante aplicações pesadas.  

Análise térmica de smartphones para criar soluções de distribuição de calor, via Qualcomm

O que eles têm em comum? Em sua maioria, os processadores Snapdragon da linha 800 chegam com capacidade de gravar vídeos em resolução 4K, além de todos possuírem Quick Charge 2.0 (no mínimo) e suporte a câmeras com um número alto de megapixels. Os SoCs mais recentes desta linha, como o Snapdragon 835, chegam preparados para realidade virtual e conectividades mais avançadas, que é o caso do aguardado 5G.

A série 800 é compatível com Quick Charge 2.0 e 3.0, sendo que o modelo 835 está preparado para a geração 4.0 da tecnologia 

Snapdragon 805
Anunciado em novembro de 2013, o Snapdragon 805 é um SoC quad-core com GPU Adreno 420, baseado em seu antecessor Snapdragon 801. Este hardware trouxe ganhos de performance e algumas características a mais do que o modelo 801, podendo, por exemplo, suportar sistema dual camera até 55 MP. A gravação de vídeos chega aos 4K UHD a 30FPS, além de que os próprios dispositivos com essa plataforma podem chegar em resoluções de display 4K. A CPU (quatro núcleos Krait 450) tem clock de 2,7 GHz por núcleo. Outra tecnologia característica da Qualcomm suportada por este modelo é o Quick Charge 2.0.

Os modelos que contam com o Snapdragon 805 vão desde dispositivos mobile, como o Galaxy Note Edge, Galaxy Note 4, Droid Turbo da Motorola e Nexus 6 da Google, até tablets como o Amazon Fire HDX 8.9 e micro consoles como o Razer Forge TV


O Razer Forge TV é um dispositivo portátil com Android TV que roda nativamente jogos do SO da Google, além de poder ser usado para fazer streaming direto de jogos do seu PC para a TV.

Samsung e Qualcomm já estão trabalhando no Snapdragon 845, o chip do Galaxy S9 [Rumor]

Snapdragon 808 e 810
Estes modelos foram anunciados em abril de 2014, ambos com arquitetura ARM, tecnologia X10 LTE e Quick Charge 2.0. O Snapdragon 808 conta com GPU Adreno 418, a qual suporta Vulkan 1.0. Feito na arquitetura de 20nm, alguns dispositivos que possuem esta plataforma são: Microsoft Lumia 950, LG V10, BlackBerry Priv, Nexus 5X e LG G4. 

Já o Snapdragon 810  possui GPU Adreno 430 (650 MHz) e memória LPDDR4. Sua CPU é octa-core, sendo quatro núcleos ARM Cortex A57 e quatro ARM Cortex A53. A câmera de dispositivos com esta plataforma suportam até 55 MP, e vídeos podem ser gravados em resolução 4K UHD. Alguns modelos de smartphones que possui o Snapdragon 810 são: Microsoft Lumia 950 XL, HTC One M9, Nexus 6P e Droid Turbo 2, da Motorola. 

Snapdragon 821
O Snapdragon 821 foi anunciado em julho de 2016, chegando para substituir o Snapdragon 820, já que conta com 10% a mais de performance e velocidade mais rápida de CPU se comparado ao antecessor. Com CPU Kyro quad-core, o modelo 821 é feito na litografia de 14nm e conta com GPU Adreno 530, a qual suporta Vulkan 1.0.  

Para comparação, as frequências de CPU do Snapdragon 821 e 820 são, respectivamente, 2.342 e 1.804. Outra otimização de uma geração para a outra foi a largura de memória de banda, sendo 1866 MHz (29.8 GB/s) no SoC 821 equanto o 820 fica em 1333 MHz (21.3 GB/s). Com tecnologia Snapdragon X12 LTE, o modem da plataforma oferece velocidades 3x mais rápidas do que a versão X10 LTE. A GPU Adreno 530 também oferece 40% de ganho de performance e capacidade computacional quando comparada à Adreno 430.

Os modens LTE da Qualcomm garantem velocidades de troca de dados mais rápidas a cada geração X

O Snapdragon 821 também traz suporte à realidade virtual mobile, com recursos que permitem a imersão. Além disso, a plataforma oferece conectividade de carregamento rápido Quick Charge 3.0, podendo estar presente nos seguintes dispositivos: ZenFone 3 Deluxe, Xiaomi Mi 5s Plus, Mi mix, Lenovo ZUK Edge e LG G6.

LG G6 chega ao Brasil com Snapdragon 821 e preço de Galaxy S8

Plataforma Premium: 4K e realidade virtual 
Anunciado em novembro de 2016, o Snapdragon 835 estreou neste ano no Samsung Galaxy S8 e chegou ao mercado como a "cereja do bolo" da Qualcomm em dispositivos móveis. Alguns smartphones do segmento topo de linha já estão chegando com a plataforma, que pode suportar 4K (assim como outros modelos da série 800) e está pronta para aplicações em realidade virtual. 


Este processador ainda é novo, já que foi anunciado em novembro de 2016, mas levantou muito hype porque a Samsung tinha preferência para ser a primeira a usar esta plataforma - e sua demora para o lançamento do Galaxy S8 criou mais expectativas para ver o Snapdragon 835 em ação. O diferencial deste processador topo de linha é sua litografia, já que é feito no processo de 10nm (a menor litografia para este tipo de componente, por enquanto). O modelo possui CPU octa-core Kyro 280 operando em frequência de 2.45 GHz em quatro núcleos, enquanto os outros quatro operam a 1.9 GHz. ,

Com o Snapdragon 835, o Xperia XZ Premium consegue gravar vídeos em super slow motion (960 fps)

A litografia de 10nm no Snapdragon 835 melhora sua eficiência energética e reduz o espaço ocupado pela CPU no die do chip, o que abre espaço para inclusão de mais componentes no SoC. Por isso, sua nova CPU Kyro 280 promete consumir 25% menos energia comparado a dispositivos topo de linha da geração passada, e seu design mais compacto e menor aquecimento tornará possível criação de projetos ainda menores de smarpthones.

Com memória LPDDR4X (29.8 GB/s). Além do modem X16 LTE suportar o padrão de conectividade Bluetooth 5.0 e Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac, o Snapdragon 835 está preparado para receber o 5G, próxima geração de conexão sem fio, e tecnologia Quick Charge 4.0. A GPU utlizada neste SoC é a Adreno 540 com suporte a DirectX 12, Vulkan e OpenGL ES 3.2. Outra novidade do Snapdragon 835 é o Qualcomm Heaven, uma plataforma de segurança integrada ao SoC que irá melhorar a precisão da biometria e tornar os dispositivos mais seguros. 

Veja conteúdos relacionados ao Snapdragon 835

Dispositivos anunciados até agora com o Snapdragon 835 são: Samsung Galaxy S8 e S8+, Xperia XZ PremiumXiaomi Mi 6, modelos Pixel da Google (rumor), PCs ARM com Windows 10, Nokia 9 e Nokia P1 (rumor) e headsets VR.

Samsung anuncia o Galaxy S8 e S8+ no Brasil a partir de R$ 3.999

Neste link da Qualcomm é possível comparar todos os processadores Snapdragon.

O Snapdragon 835 está preparado para conectividade 5G e Quick Charge 4.0