Hora de colocar o game Mass Effect Andromeda em sua prova de fogo. Vamos colocar pra rodar no PC Baratinho, e enxugar o máximo de desempenho que der do mínimo de hardware! O game passou bem pelos testes com o PC dos Sonhos e também em nosso PC intermediário. Será que se apertar ainda mais, o jogo ainda roda?

PC dos Sonhos vs Mass Effect Andromeda - o SLI de GTX 1080 vai segurar em 4K?
PC Ideal Custo x Benefício vs Mass Effect Andromeda

Como costumamos fazer, começamos nossa rodada de testes com a configuração que tem sido a básica do PC Baratinho:

- AMD FX-8300 - R$ 408
- Gigabyte AM3+ mATX GA-78LMT-USB3 - R$ 315
- AMD Radeon RX 460 2GB - R$ 450
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 220
- 8GB de memória RAM - 2x R$ 155
- Fonte 350W -  R$ 150
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

Preço total: R$ 1.853

O Mass Effect vinha se dando bem em nossos PCs anteriores, e em seu maior desafio também trouxe um resultado bem interessante! O Baratinho conseguiu rodar o game em qualidade média, porém o próprio jogo ativou um artifício: reduziu a renderização para 900p. Como ficou evidente pelo uso de GPU, que sempre estourou 100% e manteve o gameplay entre 40 e 60FPS dependendo da cena, tentar 1080p só agravaria a situação.

Testando o "lado verde da força", a GeForce GTX 1050 trouxe resultados semelhantes, mantendo o game em uma taxa de quadros semelhantes ao que vimos na RX 460. Nesse caso, não fica dúvidas: o que define é o preço. As duas placas estão bem próximas, mas em geral vejo diferenças na casa dos 50 reais em favor da RX 460, tornado a placa a escolhida da vez. Claro que sempre recomendamos pesquisar os valores, já que podem aparecer boas promoções tanto de GeForces quanto de Radeons, e mudar esse equilíbrio.