Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

PC Games

PC Baratinho encara Ghost Recon Wildlands!

PC Baratinho encara Ghost Recon Wildlands!

18/03/2017 16:20 | | @kerberdiego | Reportar erro






Share on Google+

Depois de alguns resultados pouco animadores com o PC dos Sonhos e com o PC do Custo x Benefício, chegou a hora de tentar o mais difícil: colocar o PC Baratinho para rodar o novo lançamento da Ubisoft! Recebemos a versão de PC através da Nvidia Brasil, e vamos colocar a prova em nosso hardware limitado! Como é tradicional por aqui, nossa configuração inicial conta com:

- AMD FX-8300 - R$ 408
- Gigabyte AM3+ mATX GA-78LMT-USB3 - R$ 315
- AMD Radeon RX 460 2GB - R$ 450
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 220
- 8GB de memória RAM - 2x R$ 170
- Fonte 350W -  R$ 150
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

Com essa configuração, jogando em 1080p/Médio, tivemos um resultado horroroso, com uma média na casa dos 10FPS e as veze até menos. Logo de cara os 2GB de memória se mostraram um problema, e mesmo no menu de ajustes gráficos já haviam avisos que 2GB seriam pouco. Tentando manter em 1080p o game, reduzimos outro elemento que ajuda bastante a reduzir o consumo da VRAM: baixamos as texturas de média para baixa qualidade.

Está difícil jogar com placas de apenas 2GB de memória

O resultado é evidente. O game passa a rodar acima dos 30FPS a maior parte do tempo, mostrando que daria para estabilizar nessa taxa de quadros. Comparando com a GTX 1050, outra placa de 2GB, a performance foi levemente superior no modelo da Nvidia.

Porém baixar  qualidade das texturas para o mínimo traz um impacto muito negativo no visual do game. E é então que entra em ação a Sapphire RX 460 Nitro 4GB, um modelo com mais memória e clocks um pouco mais altos no chip da AMD. O resultado é um gameplay mais estável a 30FPS e mais qualidade gráfica graças as texturas estarem configuradas em qualidade média. Nessa situação vemos o consumo de VRAM passar facilmente dos 2,5GB, indicando que o ideal é uma placa de ao menos 3GB.

Nessa situação, com a AMD o upgrade é simples: só pegar a RX 460 4GB e está "tudo certo". Com a Nvidia, porém, a ausência de uma GTX 1050 de 4GB nos força necessariamente a investir em uma GTX 1050 Ti, que custa consideravelmente mais. Não que o investimento seja injustificado: partir para a GTX 1050 Ti nos possibilita jogar o game em qualidade alta atingindo em torno de 45FPS, mas como no Baratinho estamos enxugando tudo que dá em termos de orçamento, a qualidade média da RX 460 4GB e seu menor custo já vai nos servir.

No lado do processador, o FX-8300 tirou de letra, e conseguiu empurrar as placas de vídeo a toda sua capacidade, chegando a até 45FPS quando testamos com a GTX 1050 Ti. Isso é um excelente resultado se considerarmos que no PC do Custo x Benefício o Core i5-6400 não conseguiu nada melhor que isso, e custa consideravelmente mais. Parece que enfim a aposta da AMD por mais threads se pagou aqui.

O FX encarou tranquilo Wildlands para jogar a 30FPS

Ficando com a RX 460 4GB, a config do Baratinho se torna:

- AMD FX-8300 - R$ 408
- Gigabyte AM3+ mATX GA-78LMT-USB3 - R$ 315
- AMD Radeon RX 460 4GB - R$ 520
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 220
- 8GB de memória RAM - 2x R$ 170
- Fonte 350W -  R$ 150
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

Total: R$ 1.953


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *