Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

InternetRedes Sociais

Facebook começa a sinalizar notícias falsas nos Estados Unidos

Facebook começa a sinalizar notícias falsas nos Estados Unidos

08/03/2017 10:04 | | @supermognon | Reportar erro







Após promessas feitas por Mark Zuckerberg em dezembro, o Facebook começou a marcar as notícias compartilhadas na rede social com fontes duvidosas. A novidade já está disponível nos Estados Unidos e deve chegar aos outros usuários da rede social futuramente.

De acordo como Gizmodo, a notícia utilizada como exemplo foi uma postagem que dizia que o celular Android de Donald Trump foi responsável por vazamentos de informação na Casa Branca. Após ser verificado por equipes de apuração terceirizada, a notícia recebe um aviso com um triângulo vermelho e é classificada como "contestada". 

Além disso, o aviso também exibe um link para as agências que fizeram a apuração do material, para que o usuário possa fazer seu julgamento diante da checagem. No caso da notícia de Donald Trump, as equipes responsáveis pelo trabalho foram a agência de checagem Snopes.com e o site PolitiFact, especializado em analisar notícias de política.

As notícias serão analisadas com base no número de denúncias dos usuários e circulação na rede social. Além disso, o Facebook também está trabalhando em uma lista com sites conhecidos por postar notícias falsas para serem automaticamente como fontes duvidosas.

 


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *