Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

GoogleSegurança

Google é condenado a pagar US$ 20 milhões por violar patentes anti-malware com o Chrome

Google é condenado a pagar US$ 20 milhões por violar patentes anti-malware com o Chrome

15/02/2017 08:54 | | @supermognon | Reportar erro





Share on Google+

A cada nova versão, o Google Chrome ganha novas melhorias e atualizações de segurança, mas um desses updates custou US$ 20 milhões ao Google.

Uma corte no Texas, Estados Unidos, condenou a empresa de tecnologia a pagar uma multa de US$ 20 milhões por infringir patentes anti-malware com o navegador Chrome. Esta é a primeira vez que a companhia é acusada de roubar tecnologias e utilizá-las em seu navegador para desktop.

A ação legal em questão foi movida em 2013 por Alfonso Cioffi e Allen Rozman, engenheiro da antiga empresa de telecomunicações Lucent, que pertence a Nokia desde 2016.

O processo foi avaliado em 2014 por uma corte distrital norte-americana, mas acabou sendo deixado de lado pelo juiz, que considerava inviável uma reivindicação legal de um "processo de navegador da web".

Após a negativa, os engenheiros levaram o caso para um tribunal federal, que acatou a ação legal contra o Google após concluir que Cioffi e Rozman estavam tentando apenas proteger seu trabalho. Os detalhes do veredicto lançado pela corte da cidade de Marshall que culpou o Google estão disponíveis neste documento online.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *