As smartbands viraram uma boa companhia de quem quer rastrear seu exercícios e acompanhar sua evolução. Algumas tem tela, outras tem sensores de batimentos, outras até tentam fazer coisas demais. Com tanta funcionalidade, muitas delas precisam ser carregadas quase com a mesma frequência que um smartphone. E quem quer não ficar se preocupando com esse tipo de coisa?

A Moov Now é uma smartband bem focada: nada de telas, alertas de notificação, alarmes e despertadores. Ela monitora os movimentos da pessoa e manda as informações para o smartphone, e é lá que as funcionalidades acontecem. Graças a essa abordagem mais direta, o consumo de energia da band é mínima, e entrega uma autonomia estimada de seis meses!

A Moov Now tem autonomia de até seis meses

O design é bastante simples: o dispositivo em si é uma pequena cápsula arredondada que é encaixada em uma pulseira de borracha. No kit já há duas opções de pulseiras, e é possível escolher diferentes cores para a cápsula e uma pulseira de borracha. A borracha é bastante elástica, e há um bom motivo para isso: alguns monitoramentos precisam que você utilize a Moov... na canela.

Essa excentricidade comparada a outras bands trazem capacidades bem interessantes. Com ela no tornozelo, o Moov Now consegue medir intensidade da pisada e ângulo da passada, alertando o usuário caso esteja pisando com muita força ou realizando a passada de forma errada, algo que as pulseiras tradicionais não conseguem aferir lá do pulso. A segunda pulseira é mais larga justamente para poder encaixá-lo no tornozelo, apesar que "na estica" consegui usar a do pulso no tornozelo também, graças as elasticidade dessa band.

A Now pode ser usada no pulso ou no tornozelo, dependendo do exercício monitorado

Claro que ao colocar pouco hardware na Moov, as funções de análise precisaram ser deslocadas para outro lugar: para o celular. Você precisa usar seu smartphone para receber atualizações de seus exercícios em tempo real. O Moov manda os dados para o seu smapthone, que através do aplicativo analisa e manda instruções para um fone de ouvido.

O aplicativo vem com suporte a múltiplas modalidades, como caminhada, boxe, pedalada, natação e atividades diversas como abdominais e outros exercícios. No app você pode escolher, por exemplo, um exercício mais intenso com "tiros rápidos", correndo por alguns minutos seguido de intervalos de caminhada. Também dá para fazer uma caminhada livre, com técnico te alertando sobre possíveis pisadas muito fortes, ou de tempos em tempos te atualizando de seu ritmo e tempo total de exercício.

A pulseira pode monitorar diversos tipos de atividades físcias, inclusive natação

Além da caminhada, experimentei os modos de exercícios domésticos, onde ele pode contar para você exercícios como abdominais, e também a pedalada, onde eu e o Moov "batemos cabeça" já que ele implicou bastante com a marcha que uso. Para ele, eu devia usar uma marcha mais baixa para aumentar as rotações, mantendo um ritmo semelhante mas com maior intensidade aeróbica. Isso só foi possível pela posição da band: usando ela no tornozelo, a Moov Now consegue medir as rotações por minuto, e assim o técnico digital pode ficar "pegando no meu pé" ao longo do meu exercício.

Além do técnico em tempo real, que infelizmente não está disponível em português, dá para ver os dados posteriormente no aplicativo, sendo que é assim que você pode ver o resultado de suas braçadas em uma piscina: liga o app, inicia o exercício de natação, deixa o smartphone guardado no armário e depois vai ver o resultado capturado de sua prática esportiva.

Além dos exercícios, a band pode monitorar automaticamente sua atividade diária, contando seus passos e também a qualidade e duração de seu sono. Para ver esses dados, basta pressionar a band que ela fará o envio dos dados para o smartphone. 

A Now também monitora atividade diária e qualidade e duração do sono

A Moov Now é uma boa pedida para quem quer um vestível para monitorar seus exercícios e que deseja receber instruções em tempo real. Há uma boa quantidade de esportes compatíveis, além de atividades adicionais e minigames para jogar (e queimar calorias) com a Now. Ela dispensa funções adicionais como notificações ou despertadores, mas em compensação entrega uma duração de bateria impressionante, perfeita para quem não quer outro dispositivo para ficar se preocupando na hora de carregar. E quando a pilha acabar? Não é ciência espacial trocar:

O maior defeito da Moov Now é sua alta dependência do smartphone

O único porém da Moov Now é sua alta dependência do smartphone. É preciso carregar seu celular para que o app faça a interpretação dos dados e gere instruções para o usuário. O Moov também precisa de outros sensores do smarpthone, como o GPS, para rastrear o deslocamento e verificar elementos como velocidade. Quem quiser dispensar qualquer outro aparelho em seus exercícios, vai precisar optar por outros gadget mais independentes como o Moto 360 Sport, Gear S3 ou o Gear Fit 2. Outra ausência é um monitor de batimentos cardíacos, algo importante para acompanhar a eficiência de exercícios físicos, e que infelizmente não está disponível nesse modelo.

A Now é a opção para quem quer um gadget focado monitorar exercícios, e não quer outras funcionalidades

Mas há uma outra importante vantagem para o Moov Now: seu custo. Ele custa US$ 60, metade do custo de uma Gear Fit 2 e muitas vezes mais barata que smartwatchs para esportes. A maior eficiência monitorando caminhadas, natação e outros exercícios que as bands e smartwatchs tradicionais, aliado com seu menor custo, tornam a Now uma excelente opção para quem quer um gadget para acompanhar suas práticas esportivas, mas não está interessando em funções adicionais como as presentes em outros aparelhos.


PRÓS
  • Autonomia impressionante
  • Técnico virtual com instruções em tempo real
  • Monitoramento mais preciso de caminhadas e pedaldas
  • Diversos programas de exercícios no app
CONTRAS
  • Depende muito do smarpthone
  • Sem funções adicionais
  • Sem GPS, monitor de batimentos cardíacos ou display de informações
  • Não está disponível em português