Adrenaline: Fonte de informação sobre Tecnologia e Jogos

AMDHardware

O que muda no Ryzen? Entenda porque é tão importante a nova geração de CPUs AMD

O que muda no Ryzen? Entenda porque é tão importante a nova geração de CPUs AMD

01/02/2017 13:38 | | @joao_gan | Reportar erro

01/02/2017 13:38 | | @joao_gan | Reportar erro







A AMD está se preparando para realizar o lançamento oficial de sua nova geração de processadores Ryzen ainda no primeiro trimestre deste ano. Mesmo quem não acompanha notícias sobre hardware deve ter ouvido falar do acontecimento. O lançamento de novas gerações de processadores é normal e faz parte do mercado de computação, então por que tanta atenção está sendo dada ao Ryzen? É pelo número de mudanças que ele representa para o posicionamento da AMD no segmento, e vamos destacar aqui quais as três novidades que mais impactam na vida dos usuários.

CPUs AMD Ryzen e Placas-mãe AM4 chegam ao mercado em março 2017

Nova arquitetura
A geração Ryzen de processadores não é um "requentado" de hardwares passados. Não se trata de uma melhor otimização de processadores já lançados antes com um clock maior, por exemplo. Como destacado pela própria AMD, a arquitetura Ryzen foi pensada do zero, é uma tecnologia completamente nova com o que a empresa tem de melhor para oferecer atualmente.

A empresa não falou abertamente ainda sobre litografia, mas tendo dominado o processo FinFET de 14nm para suas GPUs no ano passado com o lançamento das Polaris, não se espera algo diferente disso para suas novas CPUs. Ou seja, o processo de fabricação das novas CPUs por si só já promete uma melhor eficiência energética, entregando mais perfomance por menos energia e menos aquecimento.

Simultaneous Multithreading (SMT): Essa é a nova tecnologia que a AMD vai usar nos processadores Ryzen que funciona de maneria análoga ao Hyperthreading da Intel. Colocando em termos simplificados, este recurso permite que os threads de cada núcleo da CPU trabalhem de forma independente, executando instruções simultaneamente e entregando um grande incremento na performance.


 

Novo socket AM4
A chegada dos Ryzen marca também uma nova geração de placas-mãe com as parceiras da AMD, com o socket AM4. Os novos processadores possuem uma quantidade de pinos maior que os anteriores, tornando eles incompatíveis com os sockets atuais, mas não é apenas por isso que os componentes serão atualizados.

As tecnologias das placas AM4 (Ryzen): veja modelos e tecnologias de Asus, Gigabyte e MSI

As placas-mãe lançadas neste ano com o socket AM4 vão ter compatibilidades padrão que você deve encontrar em todos os modelos prontos para CPUs Ryzen. Essas tecnologias são:

- Conexão M.2 NVMe
- USB 3.1
- Slots DDR4 pra memória

Lembrando que o USB 3.1 possibilita as conexões Type-C para as fabricantes que quiserem colocar os ports em suas placas.


 

Gráficos integrados: Outra novidade muito importante trazida pelo novo socket AM4 é que ele vai ser compatível tanto com a geração Ryzen de processadores como com as futuras APUs "Bristol Ridge" da AMD, ou seja, os processadores com gráficos integrados. Isso é uma vantagem enorme pro consumidor, porque lhe permite passar de um tipo de CPU para outra sem a necessidade de trocar sua placa-mãe. Você pode, por exemplo, começar com gráficos integrados e depois passar para uma CPU Ryzen depois que conseguir comprar uma placa de vídeo. 

Mas é necessário lembrar, também, que isso pode depender do chipset e do modelo e segmento que a mainboard será posicionada . As placas-mãe AM4 terão diferentes chipsets dependendo do segmento em que as fabricantes quiserem colocá-las, ou seja, entrada, intermediário, topo de linha, etc. Pode acontecer de existir modelos com certas limitações em relação a vídeo integrado.

Os novos sockets também trazem uma questão sobre a compatibilidade com coolers atuais. Temos um artigo especial para esclarecer as dúvidas sobre o assunto neste link.

Veja como irá funcionar os coolers no novo socket AM4 da AMD e se os coolers atuais serão compatíveis


 

Tecnologias SenseMI
A AMD anunciou um pacote de tecnologias exclusivas que você só vai encontrar nas CPUs Ryzen, chamado SenseMI. Claro que dizer "tecnologia exclusiva" não significa que você não vai encontrar algo análogo em outros componentes, mas os recursos em questão são de autoria da empresa para sua nova linha de processadores.

Pure Power: Um sistema de monitoramento de temperatura, performance e tensão que busca a melhor eficiência possível sem aquecer demais o processador. A promessa é ter a mesma performance com um aquecimento menor.

Precision Boost: No "embalo" do Pure Power, o Precision Boost usa os mesmos sensores, mas em vez de manter a performance por menos temperatura, ele mantém a mesma temperatura por mais performance.

Extended Frequency Range: Esse recurso permite ganhos automáticos no clock do processador, sem a necessidade da intervenção do usuário e conhecimento técnico. Os sensores detectam a solução de resfriamento sendo utilizada e regulam a frequência da CPU de acordo. Ou seja, um resfriamento melhor = boosts maiores.

Neural Net Prediction: O Ryzen conta com uma espécie de "rede neural" dentro dele capaz de aprender a usabilidade dos softwares que ele executa, o que permite a ele predizer instruções futuras, podendo carregar de forma antecipada e, no fim, entregar mais velocidade no processamento das informações.

Smart Prefetch: O mesmo conceito da tecnologia anterior, mas aplicado ao cache. Antecipa o local de dados que precisarão ser acessados em seguida para agilizar os processos da CPU.

Temos um artigo completo explicando as tecnologia SenseMI em maior detalhe, que você confere neste link.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Adrenaline. Se achar algo que viole nossas condições de uso, denuncie através do link de report de erro do conteúdo.

Comentários que não são pertinentes a discussão, com caráter ofensivo, com xingamentos etc., serão deletados sem aviso prévio e os usuários serão BANIDOS. Não iremos fazer análises de reclamações sobre banimentos, então pedimos a colaboração para evitar inconvenientes.

* Esse é um espaço de troca de conhecimentos e opiniões, use-o para esses propósitos *