A MSI enviou para análise a placa-mãe MSI Z270 Gaming Pro Carbon, modelo com características intermediárias da empresa com socket LGA 1151 e chipset Z270, suportando tanto processadores Intel Core de 6ª geração (Skylake) como de 7ª geração (Kaby Lake).

Em cenário internacional, essa placa está custando US$ 175 (pesquisa feita dia 17/01/2017 na newegg.com), pouco acima dos mais baratos com essas características e chipset Z270. No Brasil, as primeiras placas com o chipset Z270 chegaram a partir de R$650. Uma placa como essa Z270 Gaming Pro Carbon vai custar na casa de R$ 850 ou mais em seu lançamento.

Site oficial da placa-mãe MSI Z270 Gaming Carbon
Veja as novidades dos processadores Kaby Lake e chipsets série 200

Tecnologias
Abaixo você confere as principais tecnologias oferecidas na placa-mãe MSI Z270 Gaming Pro Carbon socket LGA 1151:

Mystic Light e Mystic Light Sync:
É possível personalizar e configurar seu próprio esquema de cores com RGB Mystic Light. Utilizando o aplicativo App Gaming pelo smartphone, você pode controlar 17 efeitos do LED com 16,8 milhões de cores. 

O Mystic Light Extension da MSI fornece uma maneira intuitiva de controlar tiras RGB adicionais e outros periféricos RGB certificados que estão no sistema. É possível conectar tiras extras de LED RGB de 12V à conexão de 4 pinos em sua placa mãe para customizar seu PC. 


Total Fan Control e resfriamento líquido:
A placa-mãe é feita com materiais de alta qualidade e as otimizações inteligentes dos fans contribuem para o resfriamento de todos os componentes essenciais. As placas-mãe MSI permitem gerenciar velocidades e temperaturas para todos os fans do sistema e da CPU. Com o Total Fan Control o usuário pode controlar as ventoinhas e verificar de maneira intuitiva o status do sistema. Você também pode configurar perfis de temperatura para CPU e placa-mãe para ajustar os fans automaticamente. A placa-mãe também é otimizada para warer cooling, com um PIN header dedicado.


Armazenamento e M.2 Shield
Esta placa-mãe suporta todos os padrões de armazenamento mais recentes. Isso permite que você conecte qualquer dispositivo de armazenamento ultra-rápido, além de atuar com a tecnologia Intel Optane, que melhora as velocidades de seus dispositivos de armazenamento.

Com a tecnologia  M.2 Shield, é mais seguro e fácil conectar seus dispositivos.O M.2 Shield possui uma estrutura de de resfriamento que diminui a temperatura do seu dispositivo M.2 e evita qualquer dano que faça com que diminua a velocidade.
Inclusive, a estrutura Steel Armor presente na placa protege slots e SSDs M.2 de danos além de proteger contra interferência eletromagnética.


A placa-mãe também oferece velocidades de até 32Gb/s por dispositivo usando Gen3 x4. Assim, o Turbo M.2 é 5X mais rápido do que uma conexão regular SATA III. E com a ferramenta X-Boost é possível otimizar seus SSDs para manter o sistema mais rápido e maximizar o desempenho de armazenamento.

Otimização para realidade virtual:
Com algumas características exclusivas da MSI voltadas para a VR, a placa-mãe oferece uma experiência realista. Com o MSI Audio Boost, é garantida a mais qualidade de som através do uso de componentes de áudio de qualidade premium. E o MSI GAMING LAN conta com componentes de alta qualidade ajustados para oferecer a melhor experiência de jogos online sem latência.

Os produtos MSI estão equipados com VR Boost. O VR Boost é um chip inteligente que garante um sinal mais forte para portas USB otimizadas para VR.


Memórias reforçadas com Steel Armor e LED XMP:
A estrutura Steel Armor protege sua memória e os slots de memória de danos físicos e sobrecargas de corrente elétrica. Ele também protege os componentes de interferências eletromagnéticas. E com o DDR4 Boost é possível garantir estabilidade e desempenho de suas memórias.


O LED XMP indica se o seu perfil "Extreme Memory" está ativo para melhorar a velocidade de memórias e estabilidade.

Conexões e X-Boost
A MSI ofereceu nesta placa diversas opções de conexões como conector UBS Tipo-C reversível e o sistema X-Boost anteriormente comentado.

O X-Boost da MSI Z270 Gaming Pro Carbon traz um software exclusivo que permite ao usuário aumentar o desempenho de qualquer dispositivo de armazenamento ou USB ligado ao seu sistema. No perfil do X-Boost há o modo fácil ou avançado para sintonizar seu sistema e aumentar a velocidade em até 20%, além de ter maior capacidade de resposta do sistema e carregamentos mais rápidos em jogos. 

Fotos
A Z270 Gaming Pro Carbon tem um visual bem interessante. Ela é imponente, mas sem ser chamativa de mais, graças ao uso de muito preto como cor predominante, além de detalhes na cor prateada que dão esse acabamento mais dark a placa. Os "protetores" metálicos que viraram padrão em modelos intermediários e de alto desempenho deixam as placas consideravelmente mais bonitas. No caso desse modelo, os mesmos foram utilizados em dois slots PCI-Express 16x, no M.2 que fica exposto e também nos slots de memória, além do visual eles prometem maior resistência as placas.

Por se tratar de uma placa com chipset Z270 e por ser um modelo com características e tecnologias de produto intermediário é uma placa que tende a se comportar bem em overclock dos processadores série K.

Em se tratando de conexões para drives de armazenamento, só faltou o U.2, que na verdade sequer é uma conexão que deve ter muito espaço para o público de computadores desktop sendo que o próprio mercado passou a focar nos produtos M.2. Uma curiosidade desse modelo frente a outros da empresa é que ele traz o que a MSI chama de M.2 Shield, nada mais do que uma proteção sobre um dos conectores M.2 da placa. Essa proteção é fixa e serve para ajudar a dissipar o calor do SSD além de fazer a proteção do mesmo, mas também gera um visual "legal".

A placa traz um chip de audio Realtek ALC1220 com suporte a 7.1 canais. Ela ainda traz um chip chamado "VR Boost" que, de acordo com a MSI, otimiza o uso de óculos de realidade virtual, melhorando a resposta de acesso pelas conexões. Outro detalhe que tem se tornado padrão em modelos intermediários e de alto custo são os acabamentos em metal, que além de ajudar a dar maior resistência em slots como PCI-Express, das memórias e até do conexão M.2, também ajudam a gerar um visual mais refinado.

Em se tratando do painel traseiro, o destaque fica por conta de algumas conexões banhadas a ouro, já outras viraram padrão em mainboards Z170 e Z270 como USB 3.1 tipo A e C. Vale destacar que a conexão HDMI é 1.4 e não 2.0.

Lembramos que os processadores Kaby Lake são os primeiros para desktop a rodar Netflix em 4K, mas se a conexão tem limitação de nada adianta, especialmente porque além do HDMI só temos uma DVI e não DisplayPort.

BIOS
A MSI em nossa opinião briga junto com a ASRock para se aproximar da Asus quando o assunto é interface de BIOS, com uma interface bem definida e organizada, sem complicar a vida do usuário na hora de achar as opções. Para quem deseja opções avançadas para overclock ela também se sai bem, sempre considerando que é um modelo intermediário, ou seja, pode não ter algumas opções mais avançadas disponíveis apenas nos modelos topo de linha com maior potencial para overclock.

Abaixo algumas telas da BIOS da placa da geração com chipset serie 200, com poucas mudanças sobre a geração de placas com chipset série 100.

Abaixo um vídeo que publicamos em nosso Instagram mostrando os efeitos de LED da placa:


Sistema Utilizado
Abaixo, detalhes sobre o sistema que utilizamos em todas as análise de placas-mãe com mesma série de chipset, além de drivers e aplicações utilizadas nos testes.

Máquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:

- Processador: Intel Core i7 7700K
- Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1080 (referência)
- Memórias: 8 GB Kingston HyperX Predator @ 2122/3000MHz (2x4GB)
- SSD: Kingston HyperX 3K 240GB Sata 6Gb/s
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s
- Cooler: Noctua NH-U12S
- Fonte de energia (PSU): Thermaltake Toughpower 850W GOLD PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 10 64 Bits com Updates
- GeForce 376.33

Aplicativos/Games:
- AIDA 5.xx
- AS SSD Benchmark 1.9.x
- CPU-Z Bench
- wPrime 2.10
- WinRAR 5.4x
- 3DMark (DX11)
- Grand Theft Auto 5 (DX11)

CPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e parte do sistema utilizado nos testes.

Overclock
A MSI prometeu um perfil de 5.2GHz para overclock do Core i7-7700K quando rodando em algumas placas de alto desempenho combinada com sistema de liquid cooling. No caso da Z270 Gaming Pro Carbon, não foi possível chegar nesse clock até porque o Core i7-7700K que temos aqui não tem se comportado muito bem quando overclockado, e nossos testes utilizam um cooler a ar. Por outro lado, o CPU chegou sem problemas em 4.9GHz em um overclock manual apenas modificando o multiplicador para 49x. Pudemos manter a tensão em modo automático e o sistema ficou 100% estável e mostrou bons resultados no ganho de desempenho como podem ver na sequência da análise.

MSI Game Boost eleva clock do Core i7-7700K para 5.2GHz

Abaixo algumas telas do CPU-Z, do AIDA64 e também da BIOS com o CPU trabalhando em 4.9GHz e as memórias usando seu perfil XMP de 3.000MHz.

Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema. Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso (IDLE).

Reparem que ao setarmos todos os núcleos em 4.2GHz full time, o consumo sobe muito quando comparado ao overclock da X99 Strix (que utilizou um perfil pré-programado de overclock onde a Asus alterna o clock de cada núcleo). 

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Sistema ocioso (idle)

OBS.:

  • Consumo do sistema inteiro
  • Resultados em Watts
  • Quanto MENOR, melhor

[ Consumo de Energia | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
36

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
36

Asus Maximus IX Formula
57

Asus Maximus IX Formula
57

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
60

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
60

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
60

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
60

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
63

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
63

Gigabyte Z270X-Gaming 9
80

Gigabyte Z270X-Gaming 9
80

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
81

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
81



Rodando o 3DMark
Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os seguintes resultados de consumo:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Rodando 3DMark

OBS.:

  • Consumo do sistema inteiro
  • Resultados em Watts
  • Quanto MENOR, melhor

[ Consumo de Energia | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
276

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
276

Asus Maximus IX Formula
280

Asus Maximus IX Formula
280

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
304

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
304

Gigabyte Z270X-Gaming 9
310

Gigabyte Z270X-Gaming 9
310

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
310

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
310

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
312

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
312

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
324

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
324



Testes de desempenho
Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes; com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.

CPU-Z Bench
Abaixo o resultado do teste "Multi Thread" do aplicativo CPU-Z.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

CPU Multi Thread (15.01.64)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ CPU-Z Bench | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
10452

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
10452

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
10423

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
10423

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
10092

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
10092

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
9660

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
9660

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
9645

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
9645

Gigabyte Z270X-Gaming 9
9630

Gigabyte Z270X-Gaming 9
9630

Asus Maximus IX Formula
9555

Asus Maximus IX Formula
9555



AIDA64 
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o AIDA64 e seu teste de memórias, mostrando o resultado de latência, confiram:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Memórias: Latência

OBS.:

  • Resultados em MB/s ou ns(latência)
  • Quanto MAIOR, melhor
  • Para Latência quanto MENOR, melhor

[ AIDA64 | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
43.4

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
43.4

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
43.6

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
43.6

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
48.4

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
48.4

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
54.2

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
54.2

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
54.5

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
54.5

Asus Maximus IX Formula
54.6

Asus Maximus IX Formula
54.6

Gigabyte Z270X-Gaming 9
54.7

Gigabyte Z270X-Gaming 9
54.7



AS SSD Benchmark
Dando sequência, abaixo um teste de desempenho do mesmo SSD utilizado em todas as placas:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Media Final (1GB)

OBS.:

  • Resultado em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ AS SSD Benchmark | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 4

Asus Maximus IX Formula
768.00

Asus Maximus IX Formula
768.00

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
759.00

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
759.00

Gigabyte Z270X-Gaming 9
743.00

Gigabyte Z270X-Gaming 9
743.00

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
724.00

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
724.00



WinRAR
Outro teste indicado que pode ser usado para medir o comportamento do processador é o WinRAR, que consegue fazer bom uso de todos os cores.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Padrão

OBS.:

  • Pontuação calculada pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor.

[ WinRAR | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
13189

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
13189

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
13166

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
13166

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
12239

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
12239

Asus Maximus IX Formula
10996

Asus Maximus IX Formula
10996

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
10936

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
10936

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
10882

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
10882

Gigabyte Z270X-Gaming 9
10799

Gigabyte Z270X-Gaming 9
10799



wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:  

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1024M

OBS.:

  • Resultados em segundos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MENOR, melhor

[ wPrime | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
159.215

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
159.215

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
159.504

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
159.504

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
162.485

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
162.485

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
168.237

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
168.237

Gigabyte Z270X-Gaming 9
168.376

Gigabyte Z270X-Gaming 9
168.376

Asus Maximus IX Formula
168.410

Asus Maximus IX Formula
168.410

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
168.705

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
168.705



3DMark
Começamos nossos testes com foco em vídeo com o 3DMark, mas por enquanto com a placa de vídeo dedicada.

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

Fire Strike (default)

OBS.:

  • Resultados em pontos calculados pelo aplicativo
  • Quanto MAIOR, melhor

[ 3DMark | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
18261

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
18261

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
17800

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
17800

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
17782

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
17782

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
17632

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
17632

Asus Maximus IX Formula
17556

Asus Maximus IX Formula
17556

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
17355

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
17355

Gigabyte Z270X-Gaming 9
17281

Gigabyte Z270X-Gaming 9
17281



Grand Theft Auto 5
O game GTA V para PC está entre os mais exigentes da atualidade, trazendo ótima qualidade gráfica. Confiram abaixo o comportamento das placas rodando o game e como fica a diferença entre os processadores:

CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

1920x1080, Pass 4 - Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Grand Theft Auto V | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
127.7

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
127.7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
126.6

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
126.6

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
119.2

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
119.2

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
115.3

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
115.3

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
114.4

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
114.4

Asus Maximus IX Formula
112.9

Asus Maximus IX Formula
112.9

Gigabyte Z270X-Gaming 9
110.9

Gigabyte Z270X-Gaming 9
110.9



CONFIGURAÇÃO PARA O TESTE:

3840x2160, Pass 4 - Ultra

OBS.:

  • Game baseado em DirectX 11
  • Resultados em FPS médio
  • Quanto MAIOR, melhor

[ Grand Theft Auto V | MSI Z270 Gaming Pro Carbon ] Hardwares Comparados: 7

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
62.0

MSI Z270 Gaming Pro Carbon @ Overclocked
62.0

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
62.0

MSI Z270 Gaming Pro Carbon
62.0

Asus Maximus IX Formula
61.8

Asus Maximus IX Formula
61.8

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
61.4

Asus Maximus IX Formula @ Overclocked
61.4

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
61.4

Gigabyte Z270X-Gaming 9 @ Overclocked
61.4

Gigabyte Z270X-Gaming 9
60.7

Gigabyte Z270X-Gaming 9
60.7

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
60.7

Gigabyte GA-Z170X-Gaming G1
60.7




AVALIAÇÃO:

Tecnologias

9

Acabamento

9

Overclock

9

Preço

9
Conclusão

A MSI Z270 Gaming Pro Carbon é aquele modelo de placa-mãe indicado para a maioria dos usuários que forem comprar um processadores série K visando um overclock intermediário, já que se comporta bem nessas condições. Por não trazer algumas tecnologias como WiFi, Bluetooth, placa de rede com chip Killer ou áudio com chip Creative, acaba tendo um preço bem mais atrativo do que os modelos de alto desempenho. Para uma comparação básica, essa placa custa nos EUA US$ 175. Já a Gigabyte Z270X-Gaming 9, que é o modelo topo de linha da Gigabyte, custa acima de U$500. Dá para comprar um Core i7 Kaby Lake com essa diferença, e no final das contas para a grande maioria dos usuários vários dos recursos utilizados em modelos de altíssimo desempenho não farão muita diferença.

Modelo tem os principais recursos da plataforma com preço atrativo

Como destaque do modelo, um visual gamer com alguns LEDs para quem curte (:-O), suporte a 2 SSDs em formato M.2, além é claro dos futuros Intel Optane (que sabe-se lá quando serão lançados) e suporte a multiplas placas de vídeo via Crossfire ou SLI. Ela ainda traz suporte a conexões USB 3.1 tipo A e C como virou padrão em placas Z170 e Z270, mas não traz a conexão frontal para futuros gabinetes com conexão USB 3.1. Outro detalhe que conta pontos contra é que o HDMI no painel traseiro é 1.4 e não 2.0.

Modelo é destinado a usuários que buscam montar máquina gamer intermediária

Nas reviews relacionadas a novos produtos desse gênero sempre estamos destacando a chegada da nova plataforma de alto desempenho da AMD através dos processadores Ryzen e mainboards socket AM4, que deve acontecer no final de fevereiro ou inicio de março, de acordo com vazamentos. Se isso acontecer e os rumores forem verdadeiros, essa plataforma chegará com alto desempenho podendo inclusive superar modelos da linha Intel Core Extreme, mas com preços bem mais atrativos. Sendo assim fazer um investimento agora em uma máquina visando games e pensando em ficar com ela por um bom tempo não é a coisa mais indicada a se fazer, ainda mais quando se trata de placa-mãe e processador sendo que depois existirá a limitação de upgrade apenas para essa plataforma.

Porém, em nosso ver, é mais interessante optar por modelos com essas características do que aqueles com valores acima – às vezes mais do que o dobro do preço – que vão entregar tecnologias que na prática não serão tão utilizadas. No Brasil a placa deve custar pouco acima dos R$800, considerado um valor interessante para um produto com as características que a placa tem, especialmente porque os modelos mais baratos do que ela com chipset Z270 devem chegaram pouco acima de R$600, mas ai considerando os modelos mais simples com esse chipset, a MSI Z270 Gaming Pro Carbon pode ser considerada uma placa intermediária de ótima qualidade.

Galeria da análise da MSI Z270 Gaming Pro Carbon


PRÓS
  • Bom acabamento e visual
  • Componentes de alta qualidade
  • Bom potencial para overclock
  • Suporte a múltiplas placas de vídeo
  • Suporte a SSDs Intel Optane
  • Conexões M.2 e USB 3.1
  • Bom preço frente a modelos concorrentes
CONTRAS
  • Não tem suporte a conexão USB 3.1 frontal para gabinetes
  • HDMI do painel traseiro não suporta 4K@60Hz