Para a alegria dos donos de Xbox e PC, a Microsoft derrubou as barreiras entre suas duas plataformas e agora seus games não discriminam mais se você está jogando em um Xbox ou em um PC: eles vão rodar nas duas, vão compartilhar seus jogos salvos e até o multiplayer será disputado cruzando gamers de ambos os sistemas.

Análise: [Forza Horizon 3] O novo padrão de qualidade a ser batido nos games de corrida em mundo aberto
Análise: [ReCore] Combates divertidos e personagens carismáticos esbarram em problemas clássicos

O Xbox Play Anywhere foi estreado pelo game ReCore, e pouco depois foi acompanhado por Forza Horizon 3. Pois é hora de colocar a prova o nosso PC Baratinho, e ver o que precisamos para conseguir rodar os dois games!

As especificações utilizadas no último episódio, quando rodamos Deus EX Mankind Divided:

Começamos com a pedreira, e rodamos Forza Horizon 3. O game enrosca muito na combinação RX 460 e FX-6300, travando constantemente de tal forma que fica difícil dizer de quem é a culpa. Como fazer um upgrade para uma RX 470 representa um aumento de custo muito grande, tivemos que pegar uma placa da geração passada para "preencher" a lacuna: a Radeon R9 380 de 4GB, que custa entre 700 e mil reais dependendo do modelo e quantidade de memória.

A RX 460 não venceu FH3, tanto por falta de desempenho quanto de memória, que estoura os 2GB mesmo 1080p/mínimo

Com o upgrade o game ganhou muito mais estabilidade nos quadros, resultado da memória que parou de lotar (2GB não são suficientes) e o ganho de performance. Porém ainda acontecem engasgos ocasionais, resultado do processador: por algum motivo ele é sobrecarregado especialmente no primeiro núcleo lógico, enquanto os demais tem um uso bastante errático. Esse problema acompanha até mesmo CPUs mais potentes, e até mesmo "chutando o balde" e dando uma conferida no PC dos Sonhos, é possível ver queda de frames por causa do uso excessivo de apenas UM DOS VINTE THREADS disponíveis no Core i7 6950X.

PC dos Sonhos 2016 - veja a montagem e performance da supermáquina para nossos gameplays e artigos!

O jeito de estabilizar o game é uma coisa que não faz a alegria de gamers de PC: capar o game em 30FPS, a mesma forma como ele opera no Xbox One. Assim os engasgos de performance são estabilizados, e tivemos um gameplay excelente, sem mais daqueles "sopetões" da CPU sendo sobrecarregada. A qualidade gráfica ficou próxima daquela no console da Microsoft, ainda com uma vantagem para o console em alguns filtros e efeitos.

Ou o jogo fica cravado a 30FPS, ou é preciso encarar as eventuais engasgadas

Pela necessidade de upgrade da placa de vídeo (afinal não tem como jogar com só 2GB e a performance da RX 460), o PC Baratinho para o Forza encarece bastante, resultado da necessidade de uma fonte mais potente, também:

Total para Forza: R$ 2.186

E Recore? Continuamos o combo e colocamos em ação o outro game também dentro da Xbox Play Anywhere. E o resultado... bem, também não foi dos melhores. Agora a CPU não é mais problema, e memória não está tão lotada. Porém o chip gráfico mesmo que não está segurando a onda: a Radeon RX 460 até roda em FullHD em qualidade média, mas oscila muito entre 30 e 60FPS dependendo da cena. Aí a alternativa é outra: baixando a resolução para 900p passamos a ter uma jogabilidade mais constante, ficando quase o tempo todo em 60FPS e com quedas bem menos perceptíveis, não indo muito abaixo dos 50FPS. Esteticamente o game não fica lá muito bonito, mas também não está excepcionalmente belo no Xbox One, também.

A parte mais interessante é que sem a necessidade de um upgrade acima da RX 460, temos um preço bem mais convidativo:

As especificações utilizadas no último episódio, quando rodamos Deus EX Mankind Divided:

Total para ReCore: R$ 1.796

Não foi um bom começo para os games Play Anywhere no PC Baratinho. Está difícil rodá-los sem comprometimentos na parte de fluidez (os 30FPS do Forza) ou nos gráficos (900P/Médio do ReCore). Já estamos baixando Gears of War 4 e vejamos se o episódio com essa franquia clássica do Xbox será melhor para nosso PC de baixo custo. Mafia III também já está na roda, e em breve testaremos ele também. Até o próximo episódio!